Dar a Mão e Acorrentar a Alma

Cerca de 2 frases e pensamentos: Dar a Mão e Acorrentar a Alma

Depois de algum tempo apendemos a diferença entre dar a mao e acorrentar uma alma.Aprendemos que amar nao significa apoiar-nos e que companhia não significa segurança. Começamos a aceitar as derrotas de cabeça erguida e olhos adiante com a graça de um adulto e nao com a tristeza de uma criança, Aprendemos a contruir todas as nossas estradashoje, porque o terrreno de amanha é incerto de mais para planos e o futuro tem o costume de cair em vão. Aceitamos que nao importa o quanto boa seja uma pessoa, ela vai ferir-nos de vez em quando, e nós precisamos de perdoar-lhe por isso. Apredemos que falar pode aliviar dores emocionais. Com o passar do tempo descobrimos que se levam anos para se construir confiança e apenas alaguns segundos para a destruir, e que se pode fazer coisas num instante das quais nos arrependeramos pelo resto da vida. Aprendemos que nao temos de mudar de amigos se compreendermos que os amigos mudam, percebemos que o nosso amigo pode fazer qualquer coisa ou nada e termos bons momentos juntos. Descobrimos que as pessoas com quem mais nos importamos na vida são levadas para longe de ti muito depressa, por isso, devemos sempre deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pois pode ser a ultima vez que as vemos.Começamos a aprender que não nos devemos comparar com os outros , mas com o melhor que podemos ser. Aprendemos que, ou controlamos os nossos actos ou eles nos controlarão e que ser flexivel não segnifica ser fraco ou não ter personalidade. Descobrimos que, algumas vezes, a pessoa que esperas que te chute é das poucas que te ajudam a levantar. Aprendemos que quando estamos com raiva, temos o direito de estar com raiva, mas isso nao nos dá o direito de sermos crueis. Descobrimos que só porque uma pessoa nao nos ama da forma que nós queremos que ame, nao segnifica que esse alguém nao nos ame com tudo o que pode, pois existem pessoas que amam mas, simplismente, nao sabem como demostrar ou viver isso. Aprendemos que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguem, algumas vezes temos que aprender a perdoar.nos a nós proprios. E nao importa em quantos pedaços o nosso coração foi partido, o mundo nao para para que o consertemos, e o tempo nao é algo que volte atrás. Portanto devemos ser nós a platarmos o nosso jardim e decorar a nossa alma em vez de ficar á espera que alguém nos traga Flores. E apredemos que realmente podemos suportar... que realmente somos fortes e que podemos ir muito mais longe depois de pensarmos que nao podumos mais.

Veronica Shoffstall

“Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar a alma."
Adoro esta frase, ela me faz pensar e refletir melhor sobre a minha vida.

Cláudia Leite S.

Cláudia Leite S