Contos Engraçados

Cerca de 151 frases e pensamentos: Contos Engraçados

Um menino chamado... 

E tentando – ela milésima vez – ter um pouco de ti nos meus contos, percebo que o perco a cada maldita palavra, as mesmas que, por birra ou consentimento, fazem um carnaval em minha mente todos os dias. Percebia então a minha falta de respeito com o destino não aceitando outras linhas tortas no meu caminho, justamente por me adaptar em tua linha, tão confusa, e conseguir me aninhar nela. Desespero, talvez. Ver-te assim, tão vivo, tão morto, tão seco, fingindo prazer no nada, letargia óbvia, consciência adormecida, olhar vazio, consegui distinguir do sonho qualquer zelo que a ti já dedique, qualquer adoração maluca que, por milhas do tempo, me acompanharam feito uma máscara de porcelana. Tinha uma boca na tua boca que não era a minha. Você provou outro gosto, outra espessura. Você arruinou qualquer possibilidade do nosso par – por mais sem sentido que fosse -, e todos os afetos que algum dia pensei em te presentear num embrulho dourado. Eu não chorei, porque, veja bem, por mais que sentisse a enxurrada de lembranças me dando pontapés no estômago, a fuga das borboletas, a vontade de verter tudo que um dia escapou junto com o sol naquele fim de tarde. Apesar das pernas bambas, do caos me consumindo, do impulso insano de sair correndo e não ver, de ficar parada e aplaudir. Apesar da inveja de quem não conheço, do sentimento de sorte por cair à ficha. Eu descobri que eu alimentava um monstro aqui dentro, o alimentava com a tua presença, que num piscar de olhos pareceu morrer. E ao final de tudo eu ainda conseguia sentir pena daquele menino ali tão amedrontado, tão vazio. Ele era só um menino. Ele era um menino tão só. Contemplei a inexatidão dos olhos que há muito me acompanhavam nas mais diversas formas de sonho. Eu admirava o medo transcendendo em silêncio, e posso até ousar ao dizer que eu sentia o cheiro do teu desespero e ele fedia. Compreendi então, num lapso, que não precisaria mover um dedo, encontrar um significado para tanto desalento ou um conforto para a tua desordem. Percebia através da nuvem negra no contorno do teu corpo que tua desconsolação iria te matar aos poucos e você iria seguir  se depredando. Sumindo. Virando o pó de uma biblioteca com livros sem história alguma. E até me atrevo a dizer que Gabito Nunes lhe dedicou a frase: “Você mal deve ter uma alma, quanto mais gêmea de alguém.”. Caiu a ficha de que eu não preciso querer o mal de quem faz isso sozinho, sem precisar de alheios. Acho que você vai me acompanhar pra sempre a cada loucura, a cada gargalhada alta. Porque você preencheu um vazio em mim que eu nem sabia que existia, e agora eu me sinto vazia também. Vazia de nós. Depois de tudo, eu ainda te desejo um novo recomeço e uma nova perspectiva. Eu te desejo um infinito mais bonito, mesmo que nunca o tenha visto. Desejo nunca mais te ver de novo. E pode passar quanto tempo for, eu acho que ainda vou te dedicar os meus melhores versos.
 Um menino chamado...     
Desculpa, mas eu acho nem sei o teu nome direto.

Amanda Seguezzi

Com o tempo diferenciamos o que é belo.
Descobrimos que as lendas, contos e o não
Tendo a família a educação como elo.

Sendo a tristeza uma constante
Mas a vida sempre importante.
Acordado diminuindo a nostalgia
Se frequente foi, essa se foi
Alicerço-me em muita alegria.

Emplaquei derrotas, algumas não as vi
Implicará sempre a dúvida, que menor
Será a resistência
A busca até cansar
Do eldorado, do bem estar.

Com a mais simples tela
Sendo ou não apreciador de artes
Escolhido o devido pincel
E o quadro pintado em iguais partes.

Kleber Plinio

Se o tempo contasse,
Ele não usaria números,
Não escreveria contos,
Nem abraçaria palavras...

Se o tempo contasse,
Teria como suas variáveis:
Gestos, atos e emoções.
Não nesta ordem talvez...

Se o tempo contasse,
Quem tem experiência
Não falharia, não cairia
E por tristeza não choraria...

Se o tempo contasse,
O inevitável seria evitável
Morreriam-se as surpresas,
E o amor seria mensurável...

Rodolpho Moraes

Lucas Araujo,
Você apareceu como nos contos de fada em minha vida, como meu anjo protetor, meu príncipe encantado, meu sonho, e é tudo que necessito. Você esta nas horas que mais preciso, sendo meu melhor amigo, ouvindo e me apoiando em meus conflitos pessoais. Você, coração, é aquele que fica quando os outros me deixam, é o que me repreende quando to sendo muito dramática, é o homem da minha existência. Há diversas dificuldades em nossas vidas, brigas e discuções. Porém há também um amor imedível e inquestionavelmente lindo. Assim como você >.< E superaremos a cada dia, como um primeiro.. E as barreiras não serão suficientes para nos impedir de ser feliz.

Obrigada por existir coração..

Você é tudo que mais quero..


Te amo

(muito muito muito)


09/09/2012

Vittória Brandino

Hoje em dia muitas mulheres vive de sonhos... Me sinto, aliás SOU diferente!
Não acredito em contos de fadas e nem espero o príncipe numa bosta de um cavalo branco! Não espero pelo felizes para sempre, não espero aquele homem perfeito...
Sei que meu príncipe não chegará em um cavalo branco para me levar para seu lindo castelo! E você mulher que está lendo isso saiba que o único ato de cavalheirismo os príncipes de hoje podem fazer é, te levar para o cafofo dele te ludibriar e...
Enfim, hoje em dia existem vários "sapos" que se passam por príncipes, os cafajestes é um exemplo! Normalmente eles são encontrados em bares, baladas, festas e lugares onde são frequentados por "maripozas." Homens de bem não frequenta esses tipos de lugares, porque são honrados e não se interessam por vagabundas!
"Ahh Suelita, você diz isso porque foi muito enganada pelos cafas" Blá blá blá!
Não precisei de me envolver com um para saber que são falsos!
Garota não seja burra em achar que deixando seu sapatinho de cristal na balada que ele vai te procurar porque não vai! Não seja burra ao ponto de acreditar em qualquer canalha que encontre em baladas, primeiro estude ele e só depois se envolva!
Não acredito em príncipes modernos, porque NÃO EXISTEM - e por não acreditar que eles existem , não ajo como princesa! Rasguei meu vestidinho rodado e com brilhantes, coloquei uma calça jeans e fui a luta, não sou emocionalmente dependente de ninguém!
"Que conversa é essa? Quem te magoou assim menina?" Ninguém, só me revolto quando vejo menininhas idiotas me pedindo conselhos para conquistar esses imbecis!
Não preciso usar máscara para agradar ninguém e nem vocês! Sejam vocês mesmo!
Mas calma isso não significa que vocês não tem que se envolver com ninguém, mas saibam pelo menos ser selectivas poha! Mesmo solteira, sou uma mulher tenho minha integridade intacta, incorruptível e é o que todas vocês devem fazer! Com essa mensagem não quero propagar a famosa frase: Não preciso de um homem! Você precisa, precisa muito, mas precisa de um HOMEM e não desses vermes que andam rondando por ai! Estudem bem o cara, saiba com que você está se relacionando garotas e fujam, sim fujam desse dito amor, que vem com segundas intenções. como por exemplo: Ahh, se você não ficar/dar comigo é porque você não me ama!
Se o cara vem com essa conversinha já prova que é um mal carater um podre!
Existem muito poucos homens dignos e honrados por ai, mas você vai encontrar um pra sua vida, não precisa sair pegando esses lixos só pra não estarem solteiras cara e chega to falando de mais, vou parar por aqui mesmo, quem sabe um dia eu possa narrar um cotidiano menos sujo, mas até la fica ai mais um desabafo...

Suelita Ribeiro

CHEGA DE CONTOS DE FADAS...
- Porque toda BRANCA DE NEVE que se preze,
...Morde seu PRÍNCIPE ao invés da maçã envenenada.
- Porque toda BELA ADORMECIDA que é esperta,
... Dorme com um olho fechado e o outro aberto.
- Porque toda CINDERELA que se garante,
... Nunca desce do salto.
- Porque toda GATA BORRALHEIRA que se valoriza,
... Limpa o chão com a cara da madrasta.
- Porque toda RAPUNZEL que se dedica,
... Sabe bater cabelo na cara das inimigas.
- Porque toda CHAPEUZINHO VERMELHO que se ama,
... Sabe que o bom mesmo é ser BEM comida pelo LOBO MAL !

CHEGA DE CONTOS DE FADAS !

RobsonAraujo

A real mentira dos contos de fadas

Passamos a maior parte de nossas vidas imaginando que existe alguém no mundo feito para você, seu príncipe encantado ou alma gêmea, mas isso é a maior mentira. Assim, acreditamos que temos a obrigação de casar, ter filhos, formar uma família. Mas na realidade, só fazemos isso para continuarmos mascarando esse sonho irreal, e porque temos medo de ficarmos sozinhos no final de nossas vidas.

Laynara Gomes

“Não sonho com contos de fadas, nem com um príncipe encantado.
Quero apenas alguém que estenda a mão para me ajudar a atravessar os momentos
difíceis; alguém que olhe no fundo dos meus olhos e que possa ver minha alma e
que não se assuste com isso; que possa me abraçar e me amparar nos momentos em
que pareço desabar; que sorria feito criança, sempre que fizer uma palhaçada;
que possa compreender os momentos em que preciso ficar só e que mesmo assim,
continue ao meu lado; alguém que me veja chorar e ao invés de me encher de
perguntas, abra os braços e me conforte, deixando assim que eu escolha o
momento certo da explicação para aquele desabafo; alguém que entenda minhas
loucuras e meus surtos de menina; alguém que olhe meu reflexo no espelho e
enxergue além daquela imagem refletida. Enfim, eu quero alguém que me ame como
sou, que entenda meu momentos de ser menina e meus momentos de ser mulher.”

N.Costa

EM MIM

Em mim surgem histórias contos e poesias
que vêm solitárias em noites quentes ou frias...
Em mim há reflexos de eternas lembranças
que insistem numa triste aliança...

Em mim permanece uma forte saudade
de tempos movidos por felicidade...
Em mim mora uma risonha criança
que desconhece a temida insegurança...

Em mim habita uma mulher forte e guerreira
que contra o adversário faz trincheira...
Em mim faz sol chuva e tempestades
que se adaptam às minhas necessidades...

Em mim nascem flores árvores e ervas daninhas
que comigo convivem em forma de rinhas...
Em mim caem lágrimas sorrisos e prantos
que em doses diárias são meus acalantos...

Em mim existem sonhos quase intransponíveis
que me fazem crer que tudo é possível...
Em mim encontro uma alegria constante
que não deixo escapar por nenhum instante...

Em mim brota um amor que extravasa de emoção
que a quem eu amo entrego de coração...

mel - ((*_*))

melania ludwigmm

Em mim nascem histórias contos e poesias
que surgem em solitárias noites quentes ou frias...
Em mim há reflexos de eternas lembranças
que insistem numa triste aliança...
Em mim permanece uma forte saudade
de tempos movidos por felicidade...
Em mim mora uma risonha criança
que desconhece a temida insegurança...
Em mim habita uma mulher forte e guerreira
que contra o adversário faz trincheira...
Em mim faz sol chuva e tempestades
que se adaptam às minhas necessidades...
Em mim nascem flores árvores e ervas daninhas
que comigo convivem em forma de rinhas...
Em mim brotam lágrimas, sorrisos e prantos
que em doses diárias são meus acalantos...
Em mim existem sonhos quase intransponíveis
que me fazem crer que tudo é possível...
Em mim encontro uma alegria constante
que não deixo escapar por nenhum instante...
Em mim existe um amor que extravasa emoção
que a quem eu amo entrego de coração...

Melania Ludwig

Ela não acreditava em contos de fadas,
E acreditou no que você falava!
A decepção foi tão grande ao descobrir que o que você falava era mais fictício do que os próprios contos,
Que naquele instante ela silenciou.
E guardou suas cartas forjadas junto com os livros de histórias inventadas,
E não mais as leu.

Isabela Mota

Chamo-te de bela pelas minhas esferas
de contos românticos, a seus encantos
Em lugares perdidos encontro-te em minha busca.

Seus olhos fechados sempre abrem os meus
Protejo meu cálice juntos aos seus.

Bebo do calor que você me faz
Possuo seus desejos, seu amor.

Linda que me fascina, que me desorienta
Desse jeito eu sei que você não aguenta.

Ricardo Teixeira.

Na Europa, nas antigas civilizações, os contos de Fadas constituíam uma forma de entretenimento tanto para crianças como para adultos, contadas principalmente entre as comunidades agrícolas, na época do inverno, chegando a dizer-se que "os contos de Fadas representam a filosofia da Roda de Fiar".
> (Marie-Louise Von Franz em "A Interpretação dos Contos de Fadas"; citada por Bárbara Vasconcelos de Carvalho em "A Literatura Infantil - Visão Histórica e Crítica")

Marie Louise Von Franz

Incompatível

Quantos contos de fadas são precisos para escrever um final feliz
Nenhuma maquiagem é capaz de esconder do coração uma cicatriz
Quantas verdades se perdem no medo da escuridão
E quantos passos são dados no caminho da solidão
De quantas ilusões é preciso se inventar pra sobreviver
Apenas uma, mas esta ilusão é capaz de me fortalecer
Essa ilusão é você

Quanto barulho cabe no silêncio de um coração apaixonado
Quanta esperança morre em cada amanhecer de mais uma noite acordado
Quanta saudade some na poeira de uma estrada sem fim
Quantos beija-flores cercam a mais bela flor do jardim
De quantos sonhos é preciso desistir pra não sofrer
Apenas de um, mas este um é o maior sonho que se pode ter
Esse sonho é você

Quantas apostas são precisas pra se ganhar um coração
Quantos inocentes morrem presos dentro dessa prisão
Quantos gigantes caem por subestimar a força do oponente
Quantas lutas são vencidas sem desferir um golpe somente
De quantos verbos eu preciso pra falar e alguém entender
Que por mais incompatível que possa parecer
O meu amor é você

Djalma Alves de Souza

Contos: Todos se amam, se respeitam, o mundo é perfeito, não há mortes e todos tem um final feliz.
Realidade: Onde se paga convenio médico para cuidar da saúde, pois a vida já tem gente cuidando, todos se odeiam, a mídia controla, mortes acontecem por minutos, a vida não passa de brincadeira e a maioria não tem cultura.
Infelizmente vivemos a realidade, por isso prefiro ser esse idiota, bobão, esses sim pensam no amanhã e sonha com contos, a vida não é um jogo é realidade.

Mateus alves dos santos

Realidade

Acho que nunca acreditei em contos de fadas
Sempre fui uma pessoa realista, vivo analisando os fatos e buscando o porquê de tudo
Essa reação é fruto da caminhada de vida
Mas o que posso fazer pra ser menos dura comigo mesma?
Queria demonstrar mais os meus sentimentos, dizer que sofro e que preciso de carinho, atenção
Mas as palavras e os gestos são travados, algo em mim se perdeu ou nunca realmente tive
O que sinto é a minha alma inquieta, pedindo socorro, pedindo ajuda ...
Não sei onde quero chegar, só sei que aqui e dessa forma eu não fico!!

Camila Dudley

Contos de fada

Amar é como a brisa,
Paixão, fogo ardente...
Sonhar faz parte da vida,
Mas a despedida vem de repente...

Saudade é dor sofrida,
De alguém que ficou sem chão.
Mas com o tempo tudo suaviza
E revela toda intenção...

A alma se escraviza,
Quando age na mais pura emoção...
Ali habita a tristeza recolhida,
Ao não se vê pela razão.

A ausência é sempre sentida,
Pelo apaixonado coração.
Conto de fadas para quem dormita.
Aqueles que vivem na pobre ilusão...

Ao dar rosas desfolhadas,
Em troca, receber desprezo profundo...
Percebe-se que não viu a orgulhosa,
O gesto do sentimento mais lindo do mundo...

O amor!

Djalma CMF

Contos de fadas - Versão Atualizada - Coisas que aprendi na infância...

Os pais passam a vida inteira ensinando os filhos a serem pessoas melhores, afinal são responsáveis por sua formação.
Ao longo de nossa infância aprendemos nos contos de fadas que a princesa sempre encontra um príncipe, e que através de um beijo um mero sapo se transforma em um. Aprendemos que no final de cada arco íris tem um pote de ouro.
As moças tem que ser magras e lindas como a Barbie, e almejar um namorado como o Ken.
Aprendemos que existe bem e que existe mal, porém o bem sempre vence. Aprendemos que o papai Noel leva presentes para crianças obedientes, e que se deixarmos ninhos embaixo de nossas camas o coelho da páscoa passará e levará um delicioso ovo de chocolate.
Aprendemos que devemos respeitar os mais velhos, afinal olha a carinha de inocente que os velhinhos tem.

Coisas que aprendi na vida real...

O príncipe não vem em um cavalo branco, e nem sempre os bandidos terão cara de bandidos, afinal, existem bandidos de terno e rostinho de bebê.
Casamento nem sempre traz felicidade. Você pode se casar e ter que conviver com uma pessoa totalmente oposta de você. E que cresceu com princípios e valores diferentes dos seus.
Você vai conhecer o real significado de “Lua de Mel”, quando você ter a primeira noite de núpcias, quando seu companheiro aparentar parecer mais um “Shrek” do que um príncipe.
Se você é mulher, passará a vida lutando contra seus atributos físicos reais, incluindo progressivas nos cabelos e luta constante com a balança.
Aprendemos depois que existe a Barbie divorciada, que já vem com o carro do Ken, a casa do Ken e a pensão do Ken.
Aprendemos que as comemorações de Natal e fim de ano são hipócritas, e que nem sempre quem te dá um abraço na virada do ano realmente gosta de você.
Percebemos que coelhos não botam ovos, muito menos de chocolate.
E por final, aprendemos que “Os canalhas envelhecem”.

Vanessa

Guarda as declarações decoradas para as menininhas que ainda acreditam em contos de fadas. Comigo, pode vir tranquilo, desarmado, sem os textos decorados desse papel que te entregaram de príncipe encantado. Eu também já me despi de todos os sonhos de relacionamentos perfeitos que a vida me trouxe pelo caminho. Aprendi, na marra, nas caras e nos corações quebrados, que vocês nunca vão funcionar como os príncipes que acordam as belas adormecidas. Depois disso, sempre me mantive bem acordada.
Eu sei seus defeitos. Sei cada um deles. Mania que tenho de observar cada mísera ação das pessoas antes até do primeiro oi. Te analisei enquanto você sorria despreocupado e deixava o sol iluminar seu cabelo castanho. Vi como os traços do seu rosto se suavizam quando sua mãe chegava por perto e descobri no brilho dos seus olhos o que é o amor incondicional. Observei a maneira como você pisca o olho incessantes vezes quando está muito nervoso. E como coça o queixo sem parar quando não sabe o que responder.
Não precisa mesmo saber o que responder. Não quero que responda minhas dúvidas da vida. Talvez, você se veja tentado a questionar o mundo comigo. Talvez você se assuste. Eu sou mesmo alguém cheio de falhas. Tenho buracos em cada partezinha do corpo. Principalmente, no coração. Foram as cicatrizes – no corpo e na alma – que os outros antes de você deixaram aqui. Mas, fica tranquilo, não te quero perfeito. Pode vir cheio de erros.
Vamos nos despir dessa obrigação de fazer o outro feliz. Deixa ali no canto do quarto essa necessidade louca de fazer tudo certo. Eu aceito errar junto. Eu aceito gritos, pratos quebrados, brigas de tirar o fôlego. Basta que você diga que está disposto a errar comigo. E, quem sabe, entre nossos erros, a gente não consiga um ou outro acerto. Mas não te cobro nada não. Meu “felizes para sempre” sou eu que construo. Tô te chamando pra minha vida não pra preencher meus buracos, mas para me dar a mão e me ajudar a tampar minhas feridas. Te ajudo a cicatrizar as suas também, se quiser. E, juntos, rimos disso tudo.
Mas não te cobro nada. Talvez, a gente consiga dar certo. Talvez, a gente acabe, mesmo com uma história bonita. Talvez, você vá embora, talvez eu não queira mais ficar. Mas eu tô aqui, agora: vida e portas abertas pra se você quiser entrar. Porque, sem te cobrar felicidade, sem te cobrar uma história bonita e sem te cobrar amor, talvez, quem sabe, a gente dê sorte e consiga se amar, ser feliz, ter uma história bonita junto. Vai que a vida, o destino, ou sei lá, resolvem dar um empurrãozinho. Quem sabe, até, a gente não se ame até o final dos dias. Até o fim.

Karine Rosa

Revendo minhas escritas, minhas histórias
e contos, percebi que nada era mais
importante, que a chance de corrigir
os erros e mudar as atitudes, ter mais
confiança na vida e mais fé em Deus.
Me livrei de tudo, rasgando e jogando
no lixo, para que guardar traquinarias
de fatos que já não interessam mais
nem lembrar. Foi como se eu estivesse
renascido das cinzas de alma lavada,
não mudei meu jeito de ser, apenas
eliminei o que nunca me fez bem!
Muitas vezes pedi a Deus que
mudasse minha vida, custei a
perceber, que teria de mudar
eram as pessoas que me
cercavam! Obrigada Deus!

Maria Izabel da Silva Thomáz