Condenação

Cerca de 94 frases e pensamentos: Condenação

A espiritualidade da nova era caminha para a destruição e condenação, pois ignora o cristianismo, influenciado pelas forças místicas do islamismo e outras facções doutrinárias modernas.

Helgir Girodo

Enquanto a voz da condenação for maior que a voz do amor eles não vão conseguir ouvir Jesus.

Sim, Jesus é modelo de retidão. Só que se esquecem que suas marcas registradas também são a mansidão e o perdão.

Tainah Ferreira

CONDENAÇÃO (03/2001)

É ímpar, é demais poder amar
Mas amor é como o satanás
Faz proteger o nome do condenado
Precisando usar codinome para o ser amado

A sociedade não permite
Um amor assim tão alvo
Tão leve, tão solto, tão verdadeiro
Mas que nada tem de arbitrário

O satanás quem criou o dinheiro
Quem criou os valores materiais
Mas Deus criou o amor
Para combater o satanás

Quem é o homem?
Que se julga capaz de condenar
Um amor assim tão presente
No íntimo de um ser?

A liberdade existe
Mas na insensatez
A sociedade
Protege-se com Deus
E ama o satanás

Como um carrasco
Usando sua lâmina afiada
Cravando no coração amante
Mata morbidamente este amor tão presente.

Maria da Penha Boina

Sentimos em nós as dores do mundo de crimes que não cometemos e essa é a nossa condenação... ver sentir e saber que somos impotentes. Meu consolo está em meu coração pacificado que toda vez que olha um animal sente um amor imenso e uma profunda gratidão!

LilianePMarques

Não Mais na Carne

“Rom 8:1 Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
Rom 8:2 Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.
Rom 8:3 Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado; e, com efeito, condenou Deus, na carne, o pecado,
Rom 8:4 a fim de que o preceito da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Rom 8:5 Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito.
Rom 8:6 Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz.
Rom 8:7 Por isso, o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar.
Rom 8:8 Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.
Rom 8:9 Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
Rom 8:10 Se, porém, Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito é vida, por causa da justiça.
Rom 8:11 Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita.
Rom 8:12 Assim, pois, irmãos, somos devedores, não à carne como se constrangidos a viver segundo a carne.
Rom 8:13 Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis.
Rom 8:14 Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.”

A força e o foco do argumento do apóstolo Paulo, nesta seção do oitavo capítulo da epístola aos Romanos repousa na verdade espiritual de que em Cristo nenhum servo autêntico de Deus, nascido de novo do Espírito Santo, encontra-se em estado de inimizade com Deus, por não estar reconciliado com Ele.
Todos, sem uma única exceção, são filhos amados, por meio da sua união com Cristo.
Foram resgatados de um viver exclusivamente pela energia da natureza terrena, porque encontram-se agora também dotados de uma nova natureza, pela habitação do Espírito Santo, que está destinada a destruir e a despojá-los da antiga natureza terrena pecaminosa.
Já são assim considerados, embora ainda neles remanesça o velho homem com suas paixões terrenas, de modo que deles se diz que não estão mais na carne, caso tenham de fato a habitação do Espírito Santo.
Deus os vê na nova natureza que lhes deu por causa da fé em Cristo.
E os chama a mortificarem os feitos da velha pelo poder da nova, de modo que tenham toda a plenitude da vida espiritual que se encontra em Jesus Cristo.
Já se encontram na posse da vida eterna, mas necessitam crescer na graça e no conhecimento de Jesus, pela mortificação do pecado e por um andar no Espírito Santo.
É evidente que, quando o cristão faz provisão para as obras da carne, que ele não está agradando a Deus, mas ele possui, pelo Espírito que nele habita, a condição de reverter este quadro pela confissão e abandono do pecado, com a devida consagração ao Senhor.
Mas, não é ao cristão que Paulo está se referindo, quando diz:
“Rom 8:8 Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.”
Porque, seu propósito, quando faz esta afirmação no contexto desta epístola aos Romanos, é o de demonstrar que não ter a Cristo significa não ter consequentemente a nova natureza celestial e divina, senão apenas a terrena, que é designada na Bíblia pela palavra “carne”.
Assim, não é possível se agradar a Deus, por qualquer obra religiosa ou de caráter de benemerência, com vistas à salvação ou à comunhão, porque a carne não está sujeita a Deus, não lhe ama, nem os seus mandamentos, e não está habilitada a fazer a sua vontade, porque isto é possível somente quando somos transformados e dirigidos pelo Espírito Santo.
Como o cristão possui a referida habitação do Espírito ele pode realizar o trabalho de mortificação do pecado, pela operação do Espírito.
E como este trabalho é realizado pelo Espírito, podemos concluir consequentemente que não se pode ver isto sendo feito naqueles que não são de Cristo.

Silvio Dutra

– Não espere nada do destino, pois o destino de todos era a condenação e a morte, por tanto Deus deu o livre arbítrio para todos e isso exclui a idéia de destino, deixando apenas para uma questão de seus planos a serem cumpridos, e a maldição da morte, fora disso, não há nada que nos impeça de errar inúmeras vezes até alcançarmos o fundo do abismo. Se isto acontecer, que não seja atribuída à culpa ao destino, mas a ignorância de quem escolheu errado.

Paulo Fernandesky

Quando descobre-se dinheiro sujo deve-se a condenação, quando se lava o dinheiro sujo deve-se a repartição...

Cesar Jihad (Vulto Madhiba)

Condenação é sinônimo de falta de capacidade para pensar. Nem mesmo a justiça falha de nosso país pode condenar antes de ouvir partes de relatos. Então por que nós, pobres ignorantes, temos o costume de fazermos isso diariamente?

Maria Letícia Andrade

Neste mundo onde os erros são constantes e já fazem parte da nossa rotina, a condenação é a virtude dos fracos, o perdão dos fortes, o orgulho dos tolos e a humildade dos sãos.

Afonso Allan

Deveras, não há maior condenação.
Todo o resto é disfarce, e só aqui regurgitarei os estilhaços cravados por dentro.
Como pontas de vidro dilacerando a carne se esquiva em tempo ambíguo, encontra final vago, ou representa recomeço de histórias repetitivas, da dor esquecida, eterna atormentação.
E as vozes se perdem e se confundem atiradas ao silêncio um segundo antes do pânico.
Estúpida existência, esvazia-se os sentidos e preenche-se de nada todo o vácuo que subsiste por tanto tempo.
Faça dos gemidos obscuros coragem para resignação. Das vazias lembranças desgosto, e todo o sono frenesi perdurável mesmo após amanhecer.
Que toda hesitação seja dilacerada e se perca no pretérito; todas as ruas chãos de remorso, onde a morte se esquive e todos os minutos sejam representação do tormento.

Itarcio A. L.

Condenação (A minha Perdição)
Meu corpo quando ao teu se encontra
arde e queima como chama
que incendeia minhas vestes,
e em rubras noites nossos corpos inflama.
E desce sobre mim algo,
que parece ser inspiração satânica,
condeno-me ao tártaro, inferno eterno,
e nossos corpos explodem, como uma erupção vulcânica.

Marcos welinton

REFÉM

Algemada, fruto do meu coração
Consumada, minha própria condenação...
Viver sem ti, é estar sem mim
Mesmo sabendo aonde estou
Certo de que nada sou.
Certo demais,
De que não sou capaz.

Confinado, olhos da minha razão
Fustigada fio da minha canção.
lembro os teus olhos
Entre as vidraças
Te acostumando ao pavor
E eu me entreguei ao sabor
Da mesma pena e da mesma dor.
_________________
naeno*comreservas

Naeno Rocha

É a dor de carregar alguém conosco. É a condenação eterna por um erro do qual não temos culpa. É sentir que tudo o que possuis é uma perda incalculável. É olhar para o céu e conseguir enxergar mais do que nuvens ou estrelas. É correr sem parar e não conseguir se cansar. É tomar banhos de chuva cada vez mais demorados, e agir como se não sentisse nenhuma gota tocando sua pele. É sussurrar palavras suaves sobre alguém que talvez você nem conheça tão bem. É um nome no meio da infinidade. É um desafio no meio do inalcançável. É uma perda no meio das conquistas. É uma rosa que brota em um deserto povoado pelo vento. É uma conseqüência no meio dos riscos não sentidos. É um momento que poderia ser ignorado como tantos outros. É uma lembrança de uma conversa que nunca acontecera. É uma memória que se tem de um momento nunca vivido. É sobrepor consigo o retorno de quem nunca partiu de fato. É ver um filme e chorar não pela história, mas pelo impacto que a dúvida de quem se ama está sentindo o mesmo por você ou não. É escrever coisas absurdas pensando em alguém que talvez nunca leia. É olhar para alguém que senti no começo apenas uma atração, e ver se a mesma pessoa carrega uma aliança em seu dedo. É passar todos os dias em frente ao lugar que viu aquela pessoa pela primeira vez, na esperança de poder revê-la, mesmo sem muita coragem de cumprimentá-la. É ouvir uma música e sentir que está dançando com a pessoa que você tanto cobiça. É uma coisa que vale mais do que qualquer diamante, até mais do que uma vida. É uma coisa que sabe que sem ela, você perde um pouco os sentidos. É uma sensação de liberdade que te prende. É uma forma inusitada de chamar loucura de sentimento. É uma forma meio perdida de se fazer o que quiser na direção que leva o vento. É uma esperança que nunca morre. É uma coisa que você sabe que nunca te trairá, e se acontecer, você irá perdoar. É um momento que você nunca esquece, apesar de substituí-lo várias vezes por momentos sem significado algum, mas que você encara como uma forma sensata de viver a vida sem algemas. É um momento que você implora para ter todos os dias. É uma sensação que te livra do mundo por instantes. É acima de tudo, uma conseqüência formada de carne e sonho.

Denis Scarpa

Num mundo repleto de condenação e morte,
Ouso ter voz evangélica, profética, poética
E afirmar que família é lugar de união e ressurreição.
Família é solo divino em terras humanas...

Néreo Wilker

Julgamento é ferramenta de apuração, condenação é ferramenta de contundência.

Murillo Leal

Escrever as vezes parece alívio, outras condenação.

Itarcio A. L.

Mostre ao mundo que existe a graça de Deus. Mostre ao mundo que não há mais condenação naqueles que estão em cristo Jesus, pois os cristãos em si, se esqueceram do favor imerecido e vivem a julgar pela lei, sendo hipócritas em si mesmo, vivendo como os fariseus para os que deveriam ser seus.

João Lopes da Costa Neto

Preso em teus olhos com a condenação de ser castigado pelo o teu amor, obedecendo as suas vontades sem chances de escapar;
Lentas são suas mãos que em aflição chicoteia-me com tamanho prazer sem que eu possa fugir;
Ao meu sono me faço tão satisfeito com os meus castigos que não piso em ovos para não acordar meu algoz para que possa me acordar com beijos;

Julio Aukay