Coletivo de Uvas

Cerca de 116 frases e pensamentos: Coletivo de Uvas

A raposa e as uvas

Morta de fome, uma raposa foi até um vinhedo sabendo que ia encontrar muita uva. A safra tinha sido excelente. Ao ver a parreira carregada de cachos enormes, a raposa lambeu os beiços. Só que sua alegria durou pouco: por mais que tentasse, não conseguia alcançar as uvas. Por fim, cansada de tantos esforços inúteis, resolveu ir embora, dizendo:

- Por mim, quem quiser essas uvas pode levar. Estão verdes, estão azedas, não me servem. Se alguém me desse essas uvas eu não comeria.

Moral: Desprezar o que não se consegue conquistar é fácil.

Esopo

Homens são como um bom vinho. Todos começam como uvas, e é dever da mulher pisoteá-los e mantê-los no escuro até que amadureçam e se tornem uma boa companhia pro jantar.

Leticia

Nós temos uma ótima impressão do futuro !... ( Divisa de uma empresa gráfica que prioriza a sustentabilidade em suas atividades ).

Coletivo

O meu direito não acaba onde o seu inicia, pois o Direito não é individual mas coletivo.

Jéverton Lamarck

Sucesso é um esporte coletivo. Demonstre gratidão a todos os que colaboram com suas vitórias.

Carlos Hilsdorf

A teoria do inconsciente coletivo (jung) explica nossa contradição. O conflito existencial entre o homem comum e o homem coletivo que precisa marcar sua passagem e devolver a raça humana a sua dignidade

Gilberto Dimenstein

Aqueles que são incapazes de atingir sua própria meta tendem a depreciá-la, para diminuir o peso de seu insucesso.
É fácil desprezar aquilo que não se pode alcançar.

A Raposa e as Uvas

Quanto mais você pisa nas uvas, melhor é o vinho. Assim também, inexplicavelmente, algumas mulheres gostam de ser tratadas. Quanto mais você pisa nela, mais elas gostam.

mulheres piriguete uvas vadia biscate pisa pisar masoquismo

Não coloque palavras na minha boca. Coloque chocolate, uvas e me abane que sou uma deusa.

Bárbara Flores

E lá vamos nós pular sete ondas, guardar caroços de uvas e comer lentilha. É só uma data qualquer, um zerar de relógio como todos os demais, mas, para nós meros mortais, é uma suposta chance nova de ser feliz, recomeçar, sei lá, é um ano novo. Nesse tal ano, quero mesmo e muito, todos os sorrisos que o ano antigo me roubou ou me fez conter. Só peço para ser feliz, vai bem também um pouco de amor próprio e mais determinação. Que neste ano novo eu reclame menos e me lembre de agradecer mais. Enfim, estou com a caneta em punho buscando um pedaço em branco deste novo ano, para escrever lindas histórias. Que seja doce.

Matheus Rocha

212. Não colher um cacho de uvas deformado, deixando-o para os necessitados.

Preceitos Proibitivos (Não faça)

Hoje,tudo aquilo que me fazia mal e me deixava triste ,eu piso por cima, assim como uvas sendo transformadas em vinho.

Ailson Lovato

" Volta Raposa? Já separei algumas uvas e galinhas pra te animar a face. Volta? A toca é muito sem graça sem você..."

Tassia Ferreira

Caminhava só pelas vinhas da ira...
Solidão de um caminho escuro......
Encontrei as uvas doces de morangueiro....
Entrei numa velha adega......
Adega esta..... onde estava um velho barril....
Perdido e talvez esquecido...vazio.....
Queria tanto tentar fazer...
Fazer o vinho dos mortos...
Enterrá-lo na terra húmida da velha adega.....
Rezei....rezei enquanto trabalhava....
Não queria mais andar ...
Era difícil ver na noite escura .....sem luar....
Transformei-me no vinho que fiz.....
Deixei-me guiar pelo som das águas que corriam...
No leito do rio......passando debaixo da ponte......
Que descia pelos montes e prados......
Sobre as fragas ...choupos...
Matando a sede das aldeias........inundando o chão....
Fecundado as novas searas...as novas sementes....
Tinha medo .......e quis enfrentar....
Enfrentar o medo...
Lavei a minha alma no leito do rio ...
Até todo medo evaporar-se.....
Só então.......voltei para a vinha......
Vinha da ira de todas as mágoas ....
De todas as sombras ......
Fiquei nua.....sem pele...sem medo....
Nadei à tona......no lagar onde fiz.......
Fiz o vinho dos mortos........vinho de sabor.....
Amargo......forte.......e de doce paladar..!!

IsabelMoraisRibeiro

Difícil é tentar contar as uvas de uma vinha, uma vez que ao chegar na última uva da última videira grandes serão as chances de alguma uva ter amadurecido e caído ao chão. Assim podemos parabolizar a tentativa de entender a fórmula da felicidade: as situações que me causaram bem-estar ao 12h36, elas mesmas, poderão me abalar e varrer minhas dopaminas ao 12h37. É como se a felicidade tivesse autonomia suficiente pra decidir quando entrar e quando sair, quando aceitar a proposta e quando recusá-la. O que a gente pode fazer é estar sempre fazendo boas propostas pra que ela permaneça, não é? — Aceita mais um cafezinho, Felícia?

Matheus Peres

A parreira dá muitas uvas; assim são os cristãos
que enxertam os seus ramos em Cristo.

Helgir Girodo