Coleção pessoal de Josilyn

1 - 20 do total de 139 pensamentos na coleção de Josilyn

A arte de viver é simplesmente a arte de conviver ... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!

Mario Quintana

Ele (Jesus Cristo) foi o primeiro comunista. Repartiu o pão, repartiu os peixes e transformou a água em vinho.

Fidel Castro

Não importa saber se a gente acredita em Deus: o importante é saber se Deus acredita na gente...

Mario Quintana

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não lêem.

Mario Quintana

Se eu amo o meu semelhante? Sim. Mas onde encontrar o meu semelhante?

Mario Quintana

Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho.

Mario Quintana

O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formámos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o princípio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspecto da criatura, por eles vestida.

Fernando Pessoa

As mulheres existem para que as amemos, e não para que as compreendamos.

Oscar Wilde

A medida do amor é amar sem medida.

Victor Hugo

O livro é um mestre que fala mas que não responde.

Platão

POEMINHA DO CONTRA
Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho!

Mario Quintana

É possível descobrir mais sobre uma pessoa numa hora de brincadeira do que num ano de conversa.

Platão

A amante que chora o amante que teve, na presença do amante que se lhe oferece, quer persuadir o segundo que é arrastada ao crime pela ingratidão do primeiro.

Camilo Castelo Branco

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...

Mario Quintana

A poesia tem comunicação secreta com o sofrimento do homem.

Pablo Neruda

Loucos e Santos

Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que normalidade é uma ilusão imbecil e estéril.

(Nota: este texto não é de Oscar Wilde)

Marcos Lara Resende

Há muitas razões para duvidar e uma só para crer.

Carlos Drummond de Andrade

Dupla delícia/ O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado.

Mario Quintana

Passou a diligência pela estrada, e foi-se;
E a estrada não ficou mais bela, nem sequer mais feia.
Assim é a ação humana pelo mundo fora.
Nada tiramos e nada pomos; passamos e esquecemos;
E o Sol é sempre pontual todos os dias.

Alberto Caeiro

Não tenho certeza de nada, mas a visão das estrelas me faz sonhar.

Vincent Van Gogh