Coleção pessoal de Felicity-secret2010

1 - 20 do total de 271 pensamentos na coleção de Felicity-secret2010

Tempo


O tempo é o senhor de tudo
Ele decretou que serás eterno em mim…
Ele me avisou que te esquecer será impossível
Mandou me avisar que corra mundo afora, mas meu lugar é com você …
O tempo deixou claro que sua palavra não volta atrás…
Que ele sendo o senhor de tudo, não vai deixar esse sentimento morrer…
O tempo falou que vai mandar a inquietação me torturar
Que não faltará a saudade, te tirando do passado, fazendo-o ser presente constante
O tempo gritou que pode ser implacável, caso eu tente fugir, vai mandar músicas rondarem
Ele pede que eu me renda o quanto antes e te procure…
Ele não quer saber desse sentimento no singular, ele tem pressa e me apressa…
Ele ordena que eu esqueça o orgulho e te ligue…
O tempo avisa que não tenho saída, pois ele pode passar lentamente aumentando a minha dor…
O tempo está refletindo você no espelho todas as manhãs
Ele manda a solidão me visitar as noites
O tempo pediu que o desejo me inquiete nas madrugas
O tempo colocou seu rosto pelo caminho, me dando a vontade de voltar no tempo, naquele momento…
O tempo o senhor de tudo, está sendo cruel, te enviando nos meus sonhos!
Eu me rendo ao tempo a este momento, vou seguir os sentimentos e a inquietação do tempo…
Vou ser plural e eternizar este momento… Tempo, tempo!

felicity Secret

Como traduzir toda essa dor, para leigos em sentimentos?
Pessoas robotizadas com celulares nas mãos, escrevendo sobre sentimentos, mas não sentindo verdadeiramente.
Como falar do amor que eu senti, do amor que vivi!
Essas pessoas só conseguem demonstras sentimentos, momentos em sua timeline, nas redes sociais.
Como descrever o paraíso a dois, para pessoas que procuram likes?
Eu não quero escrever tudo que eu vivi, senti, quero falar, quero visualizar nos rostos a emoção que passei pelo tom da minha voz, quero ser ouvida…Sentida.

felicity Secret

Loser!

Novamente as lágrimas rolam, desta vez não lavam meu rosto, mas sim minha alma.
Choro sufocado por erros repetitivos, almejando o inalcançável.
Foi mais uma miragem no deserto dos meus sonhos, buscando um “final feliz”.
Porém “Finais felizes” não me pertencem, e termino catando os cacos do meu coração partido.
Tento entender porque não protegi minhas emoções, me comportando como iniciante, quando sou veterana em desilusões.
Preciso exorcizar toda está dor, está me corroendo como ácido.
O meu caminho é longo e a minha caminhada solitária.
Neste momento não consigo vislumbrar um oásis, só consigo sentir a solidão que estar num deserto proporciona.
Eu criei sonhos que não tiveram asas para chegar ao céu, alçaram voos frustrados e assim foram se quebrando por toda parte.
A realidade não me deixar esquecer que sou. LOSER!

felicity Secret

Quero

Quero te vestir com o brilho que saltam dos meus olhos ao te ver sorrir
Quero te perfumar com o aroma das madrugadas, exclamando finais de frases chiches!
Quero iluminar seu caminho com sentimentos poderosos que brotam ao seu toque…
Quero enfeitar a sua casa com sinos e borboletas que guardo em mim …
Quero te arrepiar com o frio na barriga ao te beijar!
Quero te ofertar a trilha sonora que ouço quando sussurras ao meu ouvido…
Quero te mostrar o quanto me faz feliz!
Quero revelar todas as reticências quer guardo como infinitos secretos, todos os meus segredos são teus;
Quero ser tempestade para lavar toda a sua dor,
Quero achar o baú do tesouro que esconde nesse olhar profundo
Quero ser grito no seu silêncio
Quero ser o ponto de continuidade da sua história
Quero ser leve como uma brisa, ao tocar seu rosto
Quero ser BRANCA como a cor da paz
Quero ser tua e assim ser extensão desse sentimento que compartilhamos …
Quero ser pra sempre, nessa nossa história que não termina com finais felizes, pois finais felizes não terminam!

felicity Secret

Não dormi direito o q me deu tempo de pensar e morrer de saudade por você e continuar vivendo. Também me deu tempo de perceber que todos os meus erros, vem de eu querer acertar. E no amor se pode ser tudo , menos perfeitos, o amor reage mal a linhas retas, ele gosta das surpresas que fazem o core saltar pela boca. Gosta da emoção primaria do "euteamo" e dos pulos que nosso core dá, amor gosta das borboletas na barriga e daqueles sonhos bobos e simples. Repetir a frase " eu te amo " é como um mantra para nos levar pra longe daqui, e diminuir distancias, calar a ausência , acalmar a saudade , unir dois em um ...
Então para que eu me transporte para dentro de ti, no lugar que me é de direito que o seu core: EU TE AMO!

felicity Secret

Bale das palavras


Eu danço o bale as palavras soltas, buscando calar a saudade, inspirando a dor vir a tona, deixando livre os medos que repousam na minha mente, tanto me desvencilhar da saudade que você deixou.
Eu deixou que os passos livres das palavras descrevam tudo, me revelem em por menores que eu jamis seria capaz de dizer, nem ao menos sussurrar , deixo o bale das palavras revelarem os meus segredos. Eu sinto um sorriso por dentro por libertar, meus fantasmas estão se tornando públicos e sem pudores, meu olhos se iluminam . EU sinto paz!
Elas dançam nas folhas soltas, banhadas por lágrimas de saudades do seu amor, do nosso. Eu posso sentir-me mais leve, depois de cada passo, cada palavra neste papel soltas livres, sem o “se” eu apenas disse, esvaziei a alma para enchê-la de lembranças boas, todos os nossos momentos bons.
EU não quero mais falar do passado que não seja dessa saudade gostosa de nossos momentos bons. De tudo que me ensinou, me fez descobrir, descobrimos juntos! Recomeçamos, nos reinventamos e construímos esse capítulo , contando a nossa historia, no qual o plural se fazia necessário mesmo sendo uma vida no singular!
Nesse balé das palavras saltam borboletas e girassóis enfeitando as lembranças , dizendo que eu posso continuar te amando por todo bem que me fez, que o que sobreviveu foi o bom que restou de ambos. Não sinto mais culpa por ainda querer resgatar a nossas histórias, o bale soltou a dor e o que ficou foi VOCÊ.

felicity Secret

Madrugada

Algumas noites são mais longas, vem carregada da saudade dos seus sorrisos, intensificam a dor que ficou desde a sua partida. Eu ainda sinto o peso da sua ausência, ainda tenho os traços de chuva. Eu não superei o fim…
Algumas madrugadas afora soluço seu nome, em momentos lúcidos entre o choro e as alucinações da sua volta, parece que ficou marcado demais para ser removido, escuto os ecos dos seus sorrisos, vindo me assombrar, detonando o meu pobre coração.
Nessas longas noites, um vinho e música são a perdição da solidão que se instalou aqui, ela só precisa de uma nota e um gole de vinho para derramar a dor que transborda em mim.
Parece que em noite assim eu morro , pelos cantos, deixando partes de quem eu fui neles. Algumas canções são eternas, marcam nos transportam para o passado sem a certeza do futuro. Nunca a solidão foi tão devastadora.
Eu deveria ter protegido meu coração deste sentimento, o amor não causa mal, as pessoas sim, mas como esperar que aquele olhar me elevasse aos céus, e me lançaria ao inferno de uma dor escomunal, não se pode ser metade no amor, não se entrega metade de um coração, eu entreguei o meu… Cacos.
Adormeço entorpecida por sentimentos que tem o gosto de sal, que chega a minha boca com gosto amargo de um tempo que não volta mais, de um tempo tão bom que deixou uma saudade capaz de sufocar o meu ser, de inundar meus olhos, me embriagar de uma vontade de saciar, todos os meus desejos em você…
Que essas longas noites de insônia e solidão, se tornem escassas com o decorrer do tempo que ainda não passou…

felicity Secret

Mozi



As vezes eu só quero estar presa num abraço seu,
Sem a necessidade de ser pra sempre,
Sem o peso da eternidade, as vezes eu só quero estar no lugar mais seguro, teus braços.
Parece que as trevas não existem quando estou com você
Porto seguro, pés no chão, sentimento sólido de segurança.
Algumas vezes parece que todas as respostas estão neste abraço, até a força para continuar.
As dúvidas, viram certezas, os medos se transformar em esperança
A fé que nunca tive mora ali, nos seus braços, as batidas do seu coração carregam a paz que procuro,
O teu aroma me traz calma,
Já tentei descrever o que és, mas infinitos pensamentos me roubam a definição exata do que és para meu mundo de caos.
Estar dentro de um furacão me fez ser forte, mas não me roubaram a sensibilidade de sentir o teu aconchego,
Faz assim… Chega mais perto, me prende nos seus braços, me faz prisioneira do seu abraço.
Tira os meus pés do chão, me leva com você, seja pra onde for, só não solta, só não deixa, só não desista…
Me prende no seu abraço, sem a promessa do “felizes para sempre”, não quero nada mais que os seus braços a me proteger do mundo.
O melhor lugar do mundo é dentro de um abraço seu...

felicity Secret

Saudade….


Para de me buscar em outros rostos, ainda estou aqui!
Essa sua busca não vai te levar a lugar algum, pode ser mais fácil . Pega o meu endereço, acrescenta no meu nome o teu sobrenome!
Para de inventar velhas desculpas para não sermos presente, abra a porta do passado, eu almejo um futuro em comum…
Está construindo muros em vão, ambos sabemos que somos iguais, mundos, gostos, momentos, sentimentos, não negue, somos a melhor morada um para o outro.
Será que tens tanto medo de ser feliz? De fazer alguém feliz?
É tão ruim assim sentir, ser sentido…
Para de lutar, ame!
Não somos oposto, somos encaixe, desejo, vontade. O meu desejo chama pelo seu! Não negue somos assim, diferentes, estranhos, fomos feitos muito pra nós dois.
Entendemos nosso silêncio, deciframos reticências, exclamamos o mesmo bem-querer. Calamos no som, mas gritamos na alma, somos bem nós mesmo.
Seguimos em direções diferentes da maioria, mas sempre que ambos olhamos para o lado, nossos olhares se encontram, é um presságio, um sinal… Não diferentes, iguais!
Para de besteira, me chama, me ama, me deixa te fazer feliz!
Deixa sermos felizes assim, sem certezas só sentimentos….

felicity Secret

Ciclo


Todas as vezes que eu tentei te esquecer, só faço lembrar
Fujo das lembranças, mas elas estão por toda parte!
Nossos momentos fazem questão de ficar, pelos cantos, enchendo o vazio da saudade.
A vontade de estar com você, cresce, fermenta a imaginação alimentando a paixão
ACENDE OS SENTIDOS!
Grita os desejos que só você sabe calar;
Entorpece, alucina os sentidos, emoções, emoções, emoções…
Cresce, intensifica, transborda … Não me deixa pensar!
Constantes viagens até aonde você está, até aonde eu desejo estar!
Todos as vezes que estou lucida, tento me afastar, abstinência desse sentimento que faz com que eu viaje … Até você.
Porém basta um detalhe teu, vindo de qualquer parte, e o ciclo recomeça…
Ah! Eu não sei te esquecer, tudo só me faz lembrar você …

felicity Secret

VOCÊ

Eu só consigo pensar como seria bom ter você aqui
Como seria, se as promessas não tivessem sido quebradas.
Como seria “nós” sem o ponto final
Eu ainda sinto, ainda sinto você!
Ainda tenho vivo todo aquele bem-querer
Espero, eu espero sempre por ti!
Portas abertas, coração ansioso, pelo seu desejar
O amor tem dessas coisas;
É o meu sonho, é o meu desejo, retirar o ponto final, trocar por um recomeço.
Recomeçar de onde paramos, mostrar o quanto eu lhe aguardei e guardei…
Eu mantive você presente mesmo estando longe, o meu sorriso ainda é seu…
Teu corpo é abrigo, o coração lar.
Te querer é um mantra que repito como o desejo de realizar
Somos tão iguais, de uma maneira diferente, mas somos tudo que precisamos.
O amor tem dessas coisas, jamais deixar ir, o que mais necessito VOCÊ.

felicity Secret

Não basta olhar


Olhe de perto, chega mais perto, vê, não basta olhar.
Segure a minha mão, quem sabe passa alguma emoção
Escute no meu silêncio, meus gritos.
Perceba que eu caí, estou tão quebrada
Olhe pra mim!
Enxergue, não basta olhar
Segura, eu ainda vacilo ao tentar levantar
Promessas desfeitas, caminhos errados, coração partido
Veja além do sorriso, não basta olhar
Não me deixe partir, eu não sei o caminho
Olhe os meus passos inseguros, perceba o meu arrastar
Não basta olhar
Precisa estar perto, não posso ser mais, não consigo mais…
Olhe pra mim!
Para e observe atrás desse olhar, poderá me ver afundando
Não basta olhar!
Precisa estar perto para apoiar
Eu não consigo mais! Eu estou pedindo socorro
Não basta apenas me olhar, precisa me enxergar
Eu estou afundando, as ondas não param de aumentar
Não basta, não basta olhar…
Se enxergar pode me salvar...

felicity Secret

Tarde

As vezes eu não queria ter tanto poder, ser tão inteligente, ser tão pensante… Ser tão observadora.
As vezes eu somente queria ser normal…
Sou fraca para algumas grandezas, mas extremamente sensível a negatividade, a um ambiente insalubre.
Viver tão lucida tem seu preço, a tal loucura está pesando, e nesse momento eu só quero a lua!
Quero a imensidão do céu, me sinto negra como o escurecer, eu só preciso respirar, me deixe caminhar, eu só quero esquecer!
Eu grito pela normalidade, eu grito para voltar para dentro da “casinha”, eu pulei fora, me tornei autônoma, pensante, questionadora, fui na contramão … Virei a louca, estranha, esquisita, diferente, eu sou aquela q pulou fora, se distanciou do rebanho… Ovelha negra, ou o lobo mal.
Eu não tenho salvação
Eu rasguei o mapa e agora não posso volta!
Expandir meu modo de pensar, pensante, pensadora, pensamento, pensativa … Louca!!!

felicity Secret

Pensante

Ele é todo o caos e no caos se encontra, cria, reinventa, transforma…
Ele é da loucura escandalizada, aboliu rótulos, se autodefine como caos.
Faz sorrir com suas teorias, fala por metáforas, não quer ser compreendido
Ele fuma, gosta de gosto forte, amores marcantes, marcou a sua pele, admira suas cicatrizes…. “Macho” diz certa vez.
Ele não é das grandes explicações, adora uma viagem no seu mundo, e por falar no mundo que ele criou não gosta de barulho altos, q não seja do seu caos e da sua mente gritando.
Brisa numa ideia, vive fazendo traços, mas gosta mesmo de uma boa aventura.
É um pensante perigoso e adoro o perigo, o instiga e o atraí mais que a normalidade.
Alguns o vê como ponto de interrogação, outros como alienado, louco, esquisito… Todos esses rótulos eles toma como elogios.
Tem muros altos, nem todos tem permissão para ultrapassar.
Ele é intenso, amadeirado, sutil, sedutor… Em algumas fêmeas é extremamente sexy essa loucura escancarada.
Na sua mente um caldeirão de nitroglicerina pura capaz explodir e expandir mentes atrofiadas.
Ele coleciona corações partidos numa gaveta, olha fotos escondido….
Ele é o que chamo de infinito secreto, mas tem nome, sobrenome, endereço fixo, emprego normal.
Passaria despercebido numa multidão, mas com olhes atentos, seria impossível não chamar atenção.
Raro como todos os humanos, mas singular somente como alguns notáveis podem ser.
Eu o defino como infinito, o sinto dessa maneira infinitamente ele.


Julho de 2013

felicity Secret

Cobranças

Não me venha falar da sua solidão, foi você quem me abandonou.

Não me fale que eu fraquejei, eu somente te amei.

Você fala de nós , como o dono da razão, mas foi justamente você que falta com as verdades.

Agora me cobra o amor que te dei, você quem sufocou nossa emoção.

Você falou dos meus mistérios, como se fossem mentiras. Não, eu não menti!

Você falou dos meus medos, relatou minhas crises. Porém é você que tem medo da felicidade, foi você quem fechou a porta, me deixou aqui, sem saída, quebrada, destruiu meus sonhos, em buscas dos seus…

Foi você quem partiu , com as velhas desculpas, chamou meu comportamento de imaturo, me julgou, condenou… Mas nunca me amou.

Não me venha falar de saudade, você lembra o quanto eu te implorei, o quanto eu me humilhei…

Agora vem me cobrar o que me fez, eu não quero o troco de um amor , que você nunca sentiu. Não me oferte migalhas. Não sou mais sonhadora…

Olhe pra mim, olhe no que me tornei, com tantas cicatrizes, olhe no meu peito, essa tem o teu nome, olha nos meus olhos estão na sua cor preferida , cinza.

Para de falar de nós, quando somente eu amei!

felicity Secret

Destino

Caminhar só;
Ser só;
Estranha no ninho;
Diferente demais pra ter par;
Seguindo contra a corrente;
Desafiando a solidão;
Buscando o que não te pertence;

AMOR

Triste demais para sorrir;
Sonhando com o impossível;

FELICIDADE

Procurando um tranço, algo que pareça familiar;
Almeja se reconhecida por alguém como ela;
E assim encontrar seu;

LAR

Ela é traços de chuva, pelo seu rosto;
Tempestade emocional;
Ferida como um animal enjaulado;

Uivos de DOR

Sentimentos sufocados, pela dor de sentir;
Mas nunca ser sentida;
Ela é rascunho;
Pintura mal acaba;
Sem meio termo;

AMOR é o seu objetivo;
Mas o destino dela é a SOLIDÃO.

felicity Secret

Eternidade

O tempo passou, eu envelheci, chorei, sorrir…
Mas para ela o tempo parou naquele dia, as fotos ainda permanecem com aquele sorriso.
Ela ainda tem 3 anos, mesmo que se tenha passado 6 anos. O destino interrompeu , o acrecemo do tempo sobre aquele belo sorriso…
Não consigo deixar de imaginar como ela estaria agora, mas a vida castiga, quando me faz aceitar apenas não pensar. Não tem como acompanhar o crescimento dela, nem as suas evoluções, eram sonhos tão grandes para uma pequena.
Em cada menina, busco aquele sorriso, para acalmar o desespero de não tesla aqui. É como estar num pesadelo, sem fim, sem ela, sem aquele jeito estrela de iluminar.
Quando a vida nega a continuação de uma estrela, todas as outras estrelas tentam suprir a falta desta. Mas não a brilho que comparado ao dela, acalme o coração de mãe…
Não deixo que caia no esquecimento, mesmo que aquele sorriso permaneça na eternidade de 3 anos, dos laços de fita, do vestido rodado. Mesmo que o tempo tenha passado, eu carrego a eternidade de uma foto sem continuidade , que ainda assim acalma o meu coração com o sorriso inocente, de uma princesa...

felicity Secret

Incógnita


Eu sei quando ele pede socorro, naquele silêncio indecifrável;
Posso interpretar cada detalhe daqueles olhos de um sobrevivente;
Eu esqueço de mim, para cuidar dele;
Eu conheço os seus medos, conheço os sonhos, eu conheço aquela barreira, o medo de ser feliz…
Ele me deixa no meio do caminho, porque sabe que eu vou seguir seus passos;
Sei que os ventos não estão a nosso favor, mas ele ainda é farol, mesmo quando está extinto…
Ele pode ser uma incógnita para muitos, aos meus olhos é claro como a luz do dia!
Ninguém conhece os desertos que ele atravessa, ele sempre caminhou sozinho, agora eu o sigo, mesmo que ele rejeite, eu sou a sombra, que vai aonde ele for, não tem como me esconder, ele é o brilho, luz por onde passa, pena que ninguém o perceba, eu reconheci no mesmo instante que vi aqueles olhos, faróis.
Todos temos uma missão, a minha é seguir a luz q irradiar daqueles olhos; Ele me levará para casa, lar onde nunca estive, mas será meu descanso…
Não falamos de amor mais, não fazemos planos, nem planejamos um futuro em comum, sigo meu coração, que afirmar que a paz que tanto procuro reside nele.
Como pode ter paz , onde a tempestade não dá trégua ? Não me pergunte como , mas quando estou com ele eu estou no paraíso …
Eu não sou metade dele, ambos somos inteiros, ambos crescemos e vencemos o inferno. Eu o conheço tão bem, pois sou como ele, mas um dia a guerra acaba e é hora de voltar pra casa, e o destino me mandou o presente… Em forma de tempestade. Ele.
Eu vou seguindo aquela luz, que não brilha todos os dias, mas quando ele sorria, simplesmente ilumina, o caminho é longo e a tempestade não dá tréguas, mas eu sei o que eu quero. Eu quero lar.

felicity Secret

Segunda-Feira



Nós não somos como outras pessoas, quando temos muito a falar nos calamos, afastamos;
Temos medo de sermos frágeis;
Quando passamos por fases de intensas conversas, quando eu sinto o sorriso dele meio solto, eu sei que ele vai sair de cena;
Deixando comigo as dúvidas de erros que não sei se os cometi;
Ele luta, quanto eu ultrapasso os limites que ele me dá;
Ele começa a duvidar e na dúvida tira forçar, para q possa me ignorar;
Eu fico a espera de mais um tijolo nessa barreira que ele insisti em aumentar;
Eu fico com a saudade, solidão e a espera de um sinal; Que nem sempre vem;
Ah! Ele me faz chorar por um motivo que nem sei…

Somos feitos de pausas, que sempre ele que impõe; Ele sempre se vai quando eu estou quase dizendo o que está preso. Mais uma vez sufocada pelo medo dele de ser feliz;
Desta vez o relógio do tempo está contra nós, ou talvez seja algo comigo.
Sei que o meu corpo já não responde aos meus comandos como antes, que as emoções afloram, eu sinto raiva dele por me abandonar por medos, com respostas tão simples.

Eu sinto medo de não ter tempo de dizer tudo que preciso, tenho medo de ir com todos esses sons presos na garganta, tenho medo te não poder tocar, e sentir todos os sentidos… Meu corpo está falhando, me dizendo que o que tanto pedi, está chegando a hora… Libertação.

Tenho medo de voar, sem ter deixado saudade por onde passei; Acreditei que o amor fosse respostas, mas quanto mais o tempo passa, mais perguntar me faço:
Será que é amor mesmo? Será que ele senti a mesma saudade que eu? Porque não o esqueço?
São infinitas duvidas, que esbarram no ciúme, que acabam em soluços que só meu travesseiro testemunha, de novo sem resposta...

Gostaria que fossemos movimento, sentimento, ação… Que talvez viver o que sentimos sem ter medo da decepção…
Foi só mais um dia que ele não viu, e mesmo assim eu o esperei….

felicity Secret

Delicia


Os mesmos pés cansados, de uma tola escolha, de um caminho errado.
Voltando para casa, na esperança de paz que saiu a procura e não a encontrou;
Escutando os pensamentos atormentando-a com acusações, que ela já conhece...
Respirando o ar penoso do arrependimento caminho afora;
Ela agora é toda chuva, tempestade interna, que transbordam em seus olhos, enquanto caminha.
O caminho de volta ela conhece, tantas vezes se arrastou para fora daquele ciclo vicioso de escutar o coração;
Fechou a porta da razão e seguiu o coração;
E agora retorna com o corpo pesado, coração quebrado, e consciência destruída;

Ela sabe que deveria ter escutado a razão, mas aqueles olhos verdes como esmeraldas, aquele nariz quebrado era tão sexy, e o sorriso tímido …. Era a visão de um paraíso.

Ela não deveria ter se apaixonado por ele, mas foi quase impossível resistir, aquela forma tão nobre de amor. Ela amava aquelas ligações na madrugada em que a bebida deixava ele mais solto e o “Eu te amo porra” a deixava nas nuvens.

Ela sabia que deveria ter evitado aquela voz no seu ouvido, deveria ter escutado a razão, alertando dos perigos que corria o coração.

Ela não se importou com nada, foi atrás de um sonho impossível, esperando que o amor que sentia, iria torna possível, se jogou do penhasco, mas não encontrou asas para subir, caiu, caiu…

Ela guarda todos os traços, sorrisos, conversas, fotos… Lembranças dele na mochila tao pesado, a saudade pesa, mais que seus ombros possam suportar.

Ela sabia que existiam risco, mas ela arriscou seu coração nas mãos de um homem da ZS. Girou como um pião, sorriu como uma criança, amou como uma adolescente. Apostou tudo numa carta marcada pelo destino. Perdeu.

Agora caminha de volta ao casulo, precisa de um tempo para se recompor. Enquanto ela caminha pela penosa estrada de volta, lembra dos olhos de esmeralda, do “Saudade da porra”, do bom dia com voz de sono, dos cigarros que ele jogará fora, para dar o seu boa noite. Ela foi “Refém” daquele amor (Só você não sabe o quanto eu te quero bem).

Ela sabe que será impossível esquecê-lo, apenas chora pela saudade de tudo que viveu. Ela sabe que o tempo não volta. Sabe que perdeu.

felicity Secret