Coleção pessoal de Felicity-secret2010

1 - 20 do total de 259 pensamentos na coleção de Felicity-secret2010

Tarde

As vezes eu não queria ter tanto poder, ser tão inteligente, ser tão pensante… Ser tão observadora.
As vezes eu somente queria ser normal…
Sou fraca para algumas grandezas, mas extremamente sensível a negatividade, a um ambiente insalubre.
Viver tão lucida tem seu preço, a tal loucura está pesando, e nesse momento eu só quero a lua!
Quero a imensidão do céu, me sinto negra como o escurecer, eu só preciso respirar, me deixe caminhar, eu só quero esquecer!
Eu grito pela normalidade, eu grito para voltar para dentro da “casinha”, eu pulei fora, me tornei autônoma, pensante, questionadora, fui na contramão … Virei a louca, estranha, esquisita, diferente, eu sou aquela q pulou fora, se distanciou do rebanho… Ovelha negra, ou o lobo mal.
Eu não tenho salvação
Eu rasguei o mapa e agora não posso volta!
Expandir meu modo de pensar, pensante, pensadora, pensamento, pensativa … Louca!!!

felicity Secret

Pensante

Ele é todo o caos e no caos se encontra, cria, reinventa, transforma…
Ele é da loucura escandalizada, aboliu rótulos, se autodefine como caos.
Faz sorrir com suas teorias, fala por metáforas, não quer ser compreendido
Ele fuma, gosta de gosto forte, amores marcantes, marcou a sua pele, admira suas cicatrizes…. “Macho” diz certa vez.
Ele não é das grandes explicações, adora uma viagem no seu mundo, e por falar no mundo que ele criou não gosta de barulho altos, q não seja do seu caos e da sua mente gritando.
Brisa numa ideia, vive fazendo traços, mas gosta mesmo de uma boa aventura.
É um pensante perigoso e adoro o perigo, o instiga e o atraí mais que a normalidade.
Alguns o vê como ponto de interrogação, outros como alienado, louco, esquisito… Todos esses rótulos eles toma como elogios.
Tem muros altos, nem todos tem permissão para ultrapassar.
Ele é intenso, amadeirado, sutil, sedutor… Em algumas fêmeas é extremamente sexy essa loucura escancarada.
Na sua mente um caldeirão de nitroglicerina pura capaz explodir e expandir mentes atrofiadas.
Ele coleciona corações partidos numa gaveta, olha fotos escondido….
Ele é o que chamo de infinito secreto, mas tem nome, sobrenome, endereço fixo, emprego normal.
Passaria despercebido numa multidão, mas com olhes atentos, seria impossível não chamar atenção.
Raro como todos os humanos, mas singular somente como alguns notáveis podem ser.
Eu o defino como infinito, o sinto dessa maneira infinitamente ele.


Julho de 2013

felicity Secret

Cobranças

Não me venha falar da sua solidão, foi você quem me abandonou.

Não me fale que eu fraquejei, eu somente te amei.

Você fala de nós , como o dono da razão, mas foi justamente você que falta com as verdades.

Agora me cobra o amor que te dei, você quem sufocou nossa emoção.

Você falou dos meus mistérios, como se fossem mentiras. Não, eu não menti!

Você falou dos meus medos, relatou minhas crises. Porém é você que tem medo da felicidade, foi você quem fechou a porta, me deixou aqui, sem saída, quebrada, destruiu meus sonhos, em buscas dos seus…

Foi você quem partiu , com as velhas desculpas, chamou meu comportamento de imaturo, me julgou, condenou… Mas nunca me amou.

Não me venha falar de saudade, você lembra o quanto eu te implorei, o quanto eu me humilhei…

Agora vem me cobrar o que me fez, eu não quero o troco de um amor , que você nunca sentiu. Não me oferte migalhas. Não sou mais sonhadora…

Olhe pra mim, olhe no que me tornei, com tantas cicatrizes, olhe no meu peito, essa tem o teu nome, olha nos meus olhos estão na sua cor preferida , cinza.

Para de falar de nós, quando somente eu amei!

felicity Secret

Destino

Caminhar só;
Ser só;
Estranha no ninho;
Diferente demais pra ter par;
Seguindo contra a corrente;
Desafiando a solidão;
Buscando o que não te pertence;

AMOR

Triste demais para sorrir;
Sonhando com o impossível;

FELICIDADE

Procurando um tranço, algo que pareça familiar;
Almeja se reconhecida por alguém como ela;
E assim encontrar seu;

LAR

Ela é traços de chuva, pelo seu rosto;
Tempestade emocional;
Ferida como um animal enjaulado;

Uivos de DOR

Sentimentos sufocados, pela dor de sentir;
Mas nunca ser sentida;
Ela é rascunho;
Pintura mal acaba;
Sem meio termo;

AMOR é o seu objetivo;
Mas o destino dela é a SOLIDÃO.

felicity Secret

Eternidade

O tempo passou, eu envelheci, chorei, sorrir…
Mas para ela o tempo parou naquele dia, as fotos ainda permanecem com aquele sorriso.
Ela ainda tem 3 anos, mesmo que se tenha passado 6 anos. O destino interrompeu , o acrecemo do tempo sobre aquele belo sorriso…
Não consigo deixar de imaginar como ela estaria agora, mas a vida castiga, quando me faz aceitar apenas não pensar. Não tem como acompanhar o crescimento dela, nem as suas evoluções, eram sonhos tão grandes para uma pequena.
Em cada menina, busco aquele sorriso, para acalmar o desespero de não tesla aqui. É como estar num pesadelo, sem fim, sem ela, sem aquele jeito estrela de iluminar.
Quando a vida nega a continuação de uma estrela, todas as outras estrelas tentam suprir a falta desta. Mas não a brilho que comparado ao dela, acalme o coração de mãe…
Não deixo que caia no esquecimento, mesmo que aquele sorriso permaneça na eternidade de 3 anos, dos laços de fita, do vestido rodado. Mesmo que o tempo tenha passado, eu carrego a eternidade de uma foto sem continuidade , que ainda assim acalma o meu coração com o sorriso inocente, de uma princesa...

felicity Secret

Incógnita


Eu sei quando ele pede socorro, naquele silêncio indecifrável;
Posso interpretar cada detalhe daqueles olhos de um sobrevivente;
Eu esqueço de mim, para cuidar dele;
Eu conheço os seus medos, conheço os sonhos, eu conheço aquela barreira, o medo de ser feliz…
Ele me deixa no meio do caminho, porque sabe que eu vou seguir seus passos;
Sei que os ventos não estão a nosso favor, mas ele ainda é farol, mesmo quando está extinto…
Ele pode ser uma incógnita para muitos, aos meus olhos é claro como a luz do dia!
Ninguém conhece os desertos que ele atravessa, ele sempre caminhou sozinho, agora eu o sigo, mesmo que ele rejeite, eu sou a sombra, que vai aonde ele for, não tem como me esconder, ele é o brilho, luz por onde passa, pena que ninguém o perceba, eu reconheci no mesmo instante que vi aqueles olhos, faróis.
Todos temos uma missão, a minha é seguir a luz q irradiar daqueles olhos; Ele me levará para casa, lar onde nunca estive, mas será meu descanso…
Não falamos de amor mais, não fazemos planos, nem planejamos um futuro em comum, sigo meu coração, que afirmar que a paz que tanto procuro reside nele.
Como pode ter paz , onde a tempestade não dá trégua ? Não me pergunte como , mas quando estou com ele eu estou no paraíso …
Eu não sou metade dele, ambos somos inteiros, ambos crescemos e vencemos o inferno. Eu o conheço tão bem, pois sou como ele, mas um dia a guerra acaba e é hora de voltar pra casa, e o destino me mandou o presente… Em forma de tempestade. Ele.
Eu vou seguindo aquela luz, que não brilha todos os dias, mas quando ele sorria, simplesmente ilumina, o caminho é longo e a tempestade não dá tréguas, mas eu sei o que eu quero. Eu quero lar.

felicity Secret

Segunda-Feira



Nós não somos como outras pessoas, quando temos muito a falar nos calamos, afastamos;
Temos medo de sermos frágeis;
Quando passamos por fases de intensas conversas, quando eu sinto o sorriso dele meio solto, eu sei que ele vai sair de cena;
Deixando comigo as dúvidas de erros que não sei se os cometi;
Ele luta, quanto eu ultrapasso os limites que ele me dá;
Ele começa a duvidar e na dúvida tira forçar, para q possa me ignorar;
Eu fico a espera de mais um tijolo nessa barreira que ele insisti em aumentar;
Eu fico com a saudade, solidão e a espera de um sinal; Que nem sempre vem;
Ah! Ele me faz chorar por um motivo que nem sei…

Somos feitos de pausas, que sempre ele que impõe; Ele sempre se vai quando eu estou quase dizendo o que está preso. Mais uma vez sufocada pelo medo dele de ser feliz;
Desta vez o relógio do tempo está contra nós, ou talvez seja algo comigo.
Sei que o meu corpo já não responde aos meus comandos como antes, que as emoções afloram, eu sinto raiva dele por me abandonar por medos, com respostas tão simples.

Eu sinto medo de não ter tempo de dizer tudo que preciso, tenho medo de ir com todos esses sons presos na garganta, tenho medo te não poder tocar, e sentir todos os sentidos… Meu corpo está falhando, me dizendo que o que tanto pedi, está chegando a hora… Libertação.

Tenho medo de voar, sem ter deixado saudade por onde passei; Acreditei que o amor fosse respostas, mas quanto mais o tempo passa, mais perguntar me faço:
Será que é amor mesmo? Será que ele senti a mesma saudade que eu? Porque não o esqueço?
São infinitas duvidas, que esbarram no ciúme, que acabam em soluços que só meu travesseiro testemunha, de novo sem resposta...

Gostaria que fossemos movimento, sentimento, ação… Que talvez viver o que sentimos sem ter medo da decepção…
Foi só mais um dia que ele não viu, e mesmo assim eu o esperei….

felicity Secret

Delicia


Os mesmos pés cansados, de uma tola escolha, de um caminho errado.
Voltando para casa, na esperança de paz que saiu a procura e não a encontrou;
Escutando os pensamentos atormentando-a com acusações, que ela já conhece...
Respirando o ar penoso do arrependimento caminho afora;
Ela agora é toda chuva, tempestade interna, que transbordam em seus olhos, enquanto caminha.
O caminho de volta ela conhece, tantas vezes se arrastou para fora daquele ciclo vicioso de escutar o coração;
Fechou a porta da razão e seguiu o coração;
E agora retorna com o corpo pesado, coração quebrado, e consciência destruída;

Ela sabe que deveria ter escutado a razão, mas aqueles olhos verdes como esmeraldas, aquele nariz quebrado era tão sexy, e o sorriso tímido …. Era a visão de um paraíso.

Ela não deveria ter se apaixonado por ele, mas foi quase impossível resistir, aquela forma tão nobre de amor. Ela amava aquelas ligações na madrugada em que a bebida deixava ele mais solto e o “Eu te amo porra” a deixava nas nuvens.

Ela sabia que deveria ter evitado aquela voz no seu ouvido, deveria ter escutado a razão, alertando dos perigos que corria o coração.

Ela não se importou com nada, foi atrás de um sonho impossível, esperando que o amor que sentia, iria torna possível, se jogou do penhasco, mas não encontrou asas para subir, caiu, caiu…

Ela guarda todos os traços, sorrisos, conversas, fotos… Lembranças dele na mochila tao pesado, a saudade pesa, mais que seus ombros possam suportar.

Ela sabia que existiam risco, mas ela arriscou seu coração nas mãos de um homem da ZS. Girou como um pião, sorriu como uma criança, amou como uma adolescente. Apostou tudo numa carta marcada pelo destino. Perdeu.

Agora caminha de volta ao casulo, precisa de um tempo para se recompor. Enquanto ela caminha pela penosa estrada de volta, lembra dos olhos de esmeralda, do “Saudade da porra”, do bom dia com voz de sono, dos cigarros que ele jogará fora, para dar o seu boa noite. Ela foi “Refém” daquele amor (Só você não sabe o quanto eu te quero bem).

Ela sabe que será impossível esquecê-lo, apenas chora pela saudade de tudo que viveu. Ela sabe que o tempo não volta. Sabe que perdeu.

felicity Secret

Sujeito oculto


Passou a vida se ocultando da vida, diminuindo sentimentos, justificando boas ações, sendo opção, se escondendo…
Passou tanto tempo sendo o sujeito oculto da primeira pessoa do singular, que perdeu a identidade de si próprio, virou carrasco em apontar erros de si mesmo e a ceifar suas vitórias.
Conjugou verbos de ação, em nome dos outros, nunca pensou em sair e gritar a liberdade de um EU autor de seus atos. Encolheu-se e deixou a vida passar…
Formou-se com tantos diplomas acadêmicos que as paredes pareciam diminuir conforme mais uma moldura era colocada. Nada disso lhe trazia paz ou conforto, era só mais um, era mais uma vez sujeito oculto da vida no presente…

Não escolheu nada com determinação seguiu a corrente…

Até




Aqueles olhos com tanta determinação, com entusiamos, ela sorria com os olhos, tornando a beleza peculiar dela ainda mais bela. Já tinha visto pessoas contagiantes, mas ela parecia irradiar luz, por todo canto.
A observava como sempre fez com as pessoas, mas ela possuía um encanto, ela sorria de si mesmo, acreditava em sonhos coloridos, contos de fadas. Ele a imagina como asas como algum personagem de algum conto de fadas, ele não se recordar nomes, mas ela se encaixa é um anjo.
Ela chegava e tudo parecia colorido, claro, com vida. O assustava tamanha era a felicidade com que ela pronunciava as palavras. Tornou habito, rotina dele admirar a vitalidade dela, se imaginou assim, deixando de ser um sujeito oculto da primeira pessoa do singular.

Ela era o ímã, o arrastava para perto, sem que ele pudesse impedir a força que ela possuía, possou a sorrir com ela, depois acabou sorrindo de si mesmo, sozinho muitas vezes. Resgatou o seu Eu ocultado por medos e escolhas errada. Ele almejava descobrir o segredo dela.
Numa tarde, tomou coragem e com olhos entusiasmados, a convidou. Quando ele a indagou para o segredo de tanta felicidade em um mundo tão feio. Ela sorriu novamente, primeiro pelos olhos e depois pelos lábios. Sussurrou em seu ouvido: _ Amor, ame tudo que possa sentir, e o resto será só resto.

Ele sabia o que era amor, só não o conjugava por medo do desamor. Saiu daquela tarde sendo Ele e vivendo o EU bem no presente, abandonando o passado, e se conduzindo para o futuro. Ao lado dela, sim, ela a fonte de tudo que ele agora acreditava. Sabia que logo abandonaria a primeira pessoa do singular, para ser plural com ela. Mas neste momento ele queria se revelar com o EU em pleno exercício da vida.

felicity Secret

Diário 12/o7



Ele nem imagina o amor dela por ele;
Ela ainda guarda parte dele por onde ela passa; gavetas, notebook, livros, recortes…
Ela ainda guarda o lugar dele na cama, mas ele não sabe.
Ela ainda escuta as músicas que eles costumavam ouvir, e as novas que ele manda. Ele não sabe, mas ela o mantêm vivo na cabeça e no coração.
Ele não sabe, mas ela se arruma todos os dias como se fosse encontrá-lo, um encontro casual do destino, ela para no espelho, retoca o batom, esperando q ele borre com um beijo…
Ela compra tudo em pares, a espera do plural virar rotina na sua vida;
Ele não imagina como ela espera por um milagre, que só ele pode realizar…

Ela na multidão busca por ele, ela sonha com olhos se cruzando, sabe que corará, mas anseia isso com tanta força, que chega a ser uma prece, silenciosa no seu coração…
Ela volta para casa todos os dias, e tenta ser otimista que não foi hoje, mas será amanhã, sempre tem um amanhecer;
Deita-se, sempre deixa o lugar dele na cama, apesar de ser uma penosa espera, ela a aceita como paciência… E se ela acredita numa coisa é que um dia ele estará ali, ao seu lado.

Ele nem imagina a caixa de objetos que ela guarda consigo, cada fase dela está ali, ela quer q ele saiba tudo q passou, e em todos objetos têm lembranças;
Nesta caixa tem presentes para q ele possa saber q nunca fora esquecido, nem uma data, nem uma vitória dele, q ela acompanha a distância.

Segura o endereço dele, passa de carro, mas ela anseia por um convite, não só para entrar, mas para ficar na vida dele;
Ele segue seu caminho, e ela fica a seguir os passos dele, tem medo que ele vacile e ela possa segurar a barra dele; Paga o preço do silêncio, paga pelo medo ser esquecida…

Ela sorrir toda vez q lembra do sorriso dele com ela… Ela diz não ter fé. Mas insiste com tanta fé no futuro em comum com ele. Escreve com batom no vidro do espelho o nome dele , envolvido por um coração tão démodé , que ela sorrir , se achando mais viva que nunca . Agora ela conhece o amor, e sabe onde ele mora… Nele .

felicity Secret

Meus tantos...
Antes era somente eu e meus tantos porque?

Eu sou tão reticencias … Tantas indecisões , tantas duvidas e tantos , mais tantos ????????

Que não consigo entender a certeza que é você .

Você é a certeza do que eu quero, espero, preciso…

Você é o titulo , paragrafo , ponto, virgula, constatação, é reta sem curva, caminho iluminado, você é a resposta para todas as perguntas, é mapa, guia, orienta, caminha, me leva, me perde e acha.

Escrevo sobre o que vejo e só vejo você, piegas, vintage , Censura…

Da medo a imensidão que é você…

Não há como evitar de te querer, atração, desejo , tensão, é mais que uma ilusão é você;

Que se fez verbo em todas as conjugações , ser fez verbo, mas gosto do gosto do substantivo do seu beijo, me amarra com seus adjetivos, raramente apreciados , adoro o pronome possessivo que me chama: Minha

Você é eco da palavra amor, falada no alto do penhasco da minha dor.

Você é a fé de um milagre que não esperei , mas aconteceu… Amor.

felicity Secret

Antigamente

Eu sou das antigas;
Do tempo que o amor era exagerado;
Onde a saudade só calava com um beijo seu;

Eu sou das antigas;
Onde o amor não precisava de status de relacionamento;
Sou do tempo que olhares bobos e mãos dadas bastavam;

Eu sou das antigas
Que um sorriso ao vivo, era melhor selfie que existia;
Sou do tempo que cartas eram declarações de amor, onde o amor era sentido e não postado;

Eu sou das antigas;
Do tempo que o teu colo, era o mundo;
Sou do tempo que responder o seu chamado, significava ouvir sua voz;

Eu sou das antigas;
Não quero ver sua última visualização, quero contar os dias, horas, minutos, segundos. Até o próximo encontro;

Eu sou das antigas;
Preciso da sua voz no meu ouvido para arrepiar, meus sentidos;
Esse é o alimento do amor;
Eu ainda prefiro os passos secretos que demos, antes dos posts existirem, ainda prefiro eles em segredo;
Eu sou das antigas;
Eu não preciso de likes, preciso do seu amor aqui! Da forma mais contemplativa;
Não quero marcação em fotos, prefiro as marcas que seu amor, me deixa depois de mais uma noite sendo sua;
Esse é o alimento da saudade, que me impulsiona em te querer cada vez mais;
Eu sou das antigas;
Eu sou do tempo que sentir, era melhor que descrever;
Sou da época que a melhor formar de amar era eu estar com você e você em mim;
Deixa! Como sempre foi, esse jeito estranho de amor;
Precisando mais sentir que dizer;
Eu sou exageradamente apaixonada, pela forma mais simples de amar.

felicity Secret

Sobre ...

Sobre o amor e o prazer de recomeçar...
Vamos criar uma nova história, a nossa história. Nossos parágrafos, pontos, vírgulas, interrogações, exclamação, (reticências).
Vamos nós dois, guardar a bagagem do passado, no sótão. E recomeçar, um novo livro de uma história à dois.
Nesse livro estará descrito a nossa história, nossos momentos, nossos recomeços...
Somos tão diferentes que seremos dois, vivendo uma vida.
Sobre o dia que as páginas se acabarem, seremos uma enciclopédia, com muitos volumes, nossa descendência será repleta do amor, que iniciamos com aquele "oi, olá ".
Não era amor, mas sim, existia o desejo de ser tornar-se Amor.

felicity Secret

Retro

Sabe aquele sentimento suspeito, que sempre o carreguei comigo, mas tinha cessado, calado...
Acho que voltou, entre uma música e outro, sinto um gotejar dele, está transbordando. Embora eu tente não me render, ele se faz cada vez mais presente, nos meus sorrisos quando estou com um certo alguém...
Transborda numa música que me faz viajar, sinto as gotas por onde passo...
O peito já grita mesmo que silenciosamente, os anseios de algo que está preste a romper. A barreira com tanto esforço construída, não suportou a imensidão desse sentimento, que silenciosamente aumentava, agora transborda de maneira sutil, mas intensa.
Como eu não percebi que aquele sorriso, despertou o que mantive calado em meu peito. Sem chances de me defender, espero calmamente o romper da barreira de receios. Estou pronta para a enxurrada de sorrisos bolos, Sonhos, beijos, pés fora do chão, música, olhares...
Vai me inundar novamente, me lançar ao incerto no mar de amor, onde a bússola é o coração. Onde o farol é iluminado pelo brilho nos olhos dele. Onde as velas são os nossos sonhos.
Ah, como eu queria estar pronta para essa tempestade, mas como sempre ela chega sem avisar... me convida apenas para dançar, de pés descalços e o peito aberto.
Sou morada deste sentimento arrebatador, que se denomina amor.

felicity Secret

Pensamentos...

Eu gosto da imperfeição, das adversidades, eu gosto do diferente... Não me encaixo na normalidade, o impossível sempre me atraiu...
Na perfeição mora o tédio, o desanimo, a rotina, a mesmice, lá todos os dias tem as mesma cores, as emoções são reprimidas, os desejos contidos, não existe espaço para as loucuras, muito menos espaço para variações de humor...
Na perfeição não mora a liberdade !
Eu sou imperfeita , sim, com minhas variações de humor, com meus sorrisos escandalosos, sou chata, grossa, meiga, amorosa... Sou tantas e mesmo assim ainda sou Eu!
Ser livre , me torna quem Eu sou, eu tenho asas, talvez vocês não possam vê-las, mas elas me levam para onde o meu coração pede, tenho a liberdade de ser eu, não me importo com as criticas, Ser Eu me basta e me consome de uma alegria que somente os livres tem...
Não estou presa a nada, nada pode me parar...
Estou sendo guiada pelo vento, vou além , vou enfrente... Vou até você .
Não me peça para ser mais uma, sou singular demais para me encaixar, deixe-me solta, girar como um girassol na direção do meu Sol...
Talvez eu não seja mais uma peça do quebra- cabeça da vida, eu sou um ponto de interrogação... Pequena pra quem vê , Gigante pra quem ama.

felicity Secret

Sobre amor e Você, nós.
O amor tem o poder da cura,
O poder de fechar feridas, de devolver sorrisos e sonhos,
O amor tem um jeito próprio de se manifestar, muda sua vida, muda o seu caminho, multiplica os seus sorrisos.
Amor vem da alma, por isso transparece nos olhos, fica refletido no sorriso.
O amor é luz para quem se permite ser guiado por ele...
Amor é canção em letra, melodia, inspiração para escritores, fonte infinita para poetas...
Amor é brisa para alguns, tempestade para outros, mas sempre será a forma mais linda de sentir...
Amor é para os corajosos que se arriscam,
Amor é sinônimo de simplicidade, é encantamento escancarado,
Amor é a solução, a compreensão, a entrega, a união... Amor é verbo, conjugado Do Ocidente ao Oriente.
Amor não precisa de olhos, precisa de coração, ele invade o seu ser, escancarando suas emoções...
Amor mais amor é igual a mais amor. A cumplicidade de sentir e compartilhar, multiplicação de sentimentos, vírus da felicidade!
Amor é o primeiro passo para a paz,
Amor é a vontade de ter mais do que não podemos comprar, aqueles sentimentos tão caros, que de tão imensos, só conquistando podemos usufruir...
Amor não tem idade, não tem religião, não tem cor... Amor tem o bem querer, que não se explica, e somente entendemos quando sentimos.
Amor tem tantas formas e definições, que já rendeu romances, poemas, musicas filmes...
Amor é oxigênio, não se pode viver sem, não se pode negar a um coração o direito de viver o AMOR.
Já a falta de amor, ou a perda dela é devastação, solidão, desespero, sofrimento... O amor é tão nobre que te dá inúmeras chances de voltar a senti-lo.
Falando de amor, me deu saudade de você, daquele “eu te amo", do nosso mundo particular que só os apaixonados conhecem, me deu saudade da sua voz no meu ouvido, daquele frio na barriga... Deu-me saudade se sentir o êxtase do amor!
O amor deixa a saudade do que foi bom, deixa a vontade de voltar no tempo.
O amor derruba o orgulho, o medo, as neuras... Impulso para estar junto, chegar perto.
O Amor faz um abraço virar abrigo, um sorriso virar mundo, uma vida ser nossa vida, dois ser um...
O amor faz guerra virar paz!
O amor faz você escrever sobre ele infinitamente, o amor faz com que nunca seja esquecido pela correria do dia... Em algum momento do seu dia você pensa numas das infinitas formas de amar.
O amor me fez abrir a gaveta e olhar suas fotos, fez com que meu coração se abrisse e necessita-se outra vez de ti...
Amor não conjuga o verbo do esquecimento, faz do passado lembranças, do presente intensidade, e do futuro sonhos.
O amor te deixa assim... Boba ao ponto de não pensar em mais nada... Só penso em você AMOR!

felicity Secret

Gaiola.
Tanto tempo presa, acorrentado ao medo, ao desanimo...
Marcada por cicatrizes, de experiências, desamor, decepções...
A vida bateu, mas ela não soube levantar, não conseguiu reagir, se entregou...
Ela tentou se esconder da dor que a mantinha ela cativa na solidão, tentou se resignar ao que a vida lhe dera... Perdeu a batalha.
Ela sentava e observava pela janela a vida passar, observando o vai e vem, sem nunca entrar na roda da ciranda da vida.
A tempestade era rotina, o cinza era sua cor, cabeça baixa, sonhos na gaveta. Gritos no silêncio.
Presa na sua gaiola. Suas asas cresceram por mais que ela as impedisse, as asas cresciam. Com isso o desejo de voar, tornou-se incontrolável, era uma luta, uma guerra dentro de si.
Conforme as asas cresciam ela crescia também, a gaiola já não lhe satisfazia mais, a dor não era mais impedimento.
O desejo de voar tomava conta do seu ser, ir além era o seu maior sonho, esse ela não consegui por na gaveta. Suas asas chamava o vento.
Abriu a porta da gaiola, tremeu, mas era inevitável. Suas asas se abriram o vento a chamava. Voo um voo tímido, até pegar confiança, conheceu o azul da imensidão, conheceu os campos, atravessou o arco-íris.
Não mais temeu e foi mais distante, e não olhou para trás. Deixou à gaiola, deixou as correntes do medo. Pegou as magoas e essas ela colocou na gaveta, pois consigo levou todos os seus sonhos.

felicity Secret

Deixa a menina amar, mesmo que seja somente uma ilusão. Deixa ela sonhar, deixa ela voar...Voe...
Se não for amor, será aprendizado;
Se não for pra sempre, será lembrança;
se fizer chorar, pelos menos ela sorriu!

Deixa a menina voar, mesmo sem asas...

felicity Secret

Vôo Livre

Amadurecer requer coragem, requer força de vontade.
Abandonar o ninho, ter seu vôo solo, requer coragem, não adianta só ter vontade.
Quando amadurecemos, não deixamos de ter medo, mas o enfrentamos. Pois crescer requer enfrentar o problema, buscar soluções.
Crescer requer sacrifício, ser independente, não somente aproveitar oportunidades, mas criá-las.
Crescer é sair da zona de conforto, e encarar a vida, com dias de sol, mas também dias de tempestades.
Crescer é conviver com ganhos e perdas, e mesmo assim seguir...
Crescer requer verdadeiramente coragem, pois vai precisar dela, para não se esconder atrás de desculpas. E muito menos correr para o ninho.
Crescer é saber que pode voltar para o ninho, mas é hora de criar o seu próprio ninho.
Crescer não é fácil, e nunca vai ser, mas é melhor crescer do que se esconder,
Da vida, dos problemas, das oportunidades...
Crescer é para quem quer voar, ir longe, transpor obstáculos, ser livre, conquistar o impossível!
Amadurecer não é envelhecer é viver!
Nascemos para conquistar, evoluir, transcender, e nada melhor que amadurecer.
Quando amadurecemos aproveitamos melhor a vida, escolhemos caminhos e estamos preparado para as consequências.
Então se surgir em você o desejo de voar, cresça!
Voe!

felicity Secret

Poderosa

Ela tem milhares de amigos no facebook, seus posts tem inúmeras curtidas, seguidores no twitter , no instagram é top . No whatsapp chove notificações… Tem um ciclo enorme de pessoas …
Pena ninguém a conhece de verdade, ela não deixa, está sempre sorrindo, sempre arrumada… Ninguém imagina a bagunça que é a mente dela, toda confusa, insegura, frustrada…
O medo de não ser aceita , de ser criticada é como um carrasco.Nas redes sociais ela é decidida, feminista, dona de si…
Mas a noite na sua cama vazia, deseja alguém … As vezes tem até alguém ao lado dela na cama, mas é nessas horas que ela preferia estar sozinha, pois é somente um corpo, que mal conhece o sorriso dela…
Ele lhe trás flores, joias, leva nos melhores lugares… Mas esquece o essencial, não lhe trás sorrisos verdeiros, não conheço o olhar dela, não entende a suplica nos seus gesto… Ela tem medo da solidão , vive rodeada de pessoas, que mal a conhecem…
Apesar de sua postura ser de uma rainha , nos bastidores de suas emoções ela é uma figurante, mal consegue fechar as cortinas das suas emoções… Nunca estreou como atriz principal , ela vive um papel, uma historia inventada… Ninguém a conhece, nem ela mesma…
Ela vai a festa e faz a festa acontecer, estar com ela é estar em evidencia , ser notada… Mas ao olhar as fotos ela vê muitos rostos, menos a sua verdade, o rímel esconde a falta de brilho no olhar…
Ela levantou a bandeira da independência , mas não saiu do calabouço do medo… Ela critica aponta, condena , excluí as fracas, mas adoraria ter o sorriso delas
como elas são espontâneas … No fundo queria ser fraca , pedir color, gritar SOCORRO!
Mas ela vendeu a imagem da auto suficiência e não tem coragem para voltar atrás…
Ela tem tudo menos ela mesma…

felicity Secret