Coleção pessoal de carlos13adriano

1 - 20 do total de 1025 pensamentos na coleção de carlos13adriano

O melhor relacionamento é aquele na medida certa, entre a meiguice e a safadeza, a conversa e o silêncio, a putaria e o carinho, entre o estrago e a reconciliação. O casal que sabe o momento certo para cada coisa é o casal que dura. Não porque insistem, mas porque se entendem.

Carlos Adriano

O amor independe do que se faz.
Não cresce do que se dá...
Se fosse assim ele flutuaria ao sabor dos gestos.
Teria razões e explicações.
Amor é estado de graça e com amor não se paga.
Nada mais falso do que o ditado popular que afirma que:
"O amor com amor se paga”.
O amor não é regido pela lógica das trocas comerciais.
Nada te devo.
Nada me deves.
Como a rosa, que floresce porque floresce...
Ama-se por amar...

Carlos Adriano

Se eu pudesse, seria mais sensato...
Mas uma força nova, arrasta-me contra a minha vontade...
E o desejo atrai-me a uma direção e razão, a outra...
Vejo e aprovo o melhor...
Mas nem sempre sigo o melhor...

Carlos Adriano

" Ainda que haja noite no coração...
Vale a pena sorrir...
Para que haja estrelas na escuridão..."

Carlos Adriano

Não quero ser alguém na vida...
Quero apenas ser a vida de alguém...
E acredito que sou...
Tenho dúvidas...
E quando não consigo me explicar,
Tento me entender....
Quando não consigo me entender,
Eu procuro você...
Mas saiba amor....
Diferente nem sempre é o melhor...
Mas o melhor é sempre diferente...
Porém te digo..
Eu sou do tamanho daquilo que SINTO, que VEJO e que FAÇO...
Não do tamanho que os outros me enxergam....

Carlos Adriano

"Toda Mulher Nordestina
tem sangue de Lampião
tem doçura de menina
tem Jesus no coração
de tamanho é pequenina
de atitude é um vulcão".

Carlos Adriano

SAI DA JANELA MICAL!

A maioria de nós cristãos conhece a história de Davi dançando perante o Senhor (2 Samuel 6:11-23). A ocasião era de festa: a Arca do Senhor estava voltando para Jerusalém. O Rei Davi estava exultante, e “dançava com todas as suas forças diante do Senhor” (v. 14), externando sua adoração a Deus sem se preocupar com o que os outros estariam pensando dele. Sua esposa, Mical, o “desprezou no seu coração” e o criticou severamente por dançar daquela maneira diante do povo (vs. 16 e 20).

Mas porquê ela criticou o gesto de Davi? Porque ela não entendeu?

Se voltarmos um pouco no tempo, veremos que Mical não era exatamente o que se possa chamar de má pessoa – apesar de ser filha de Saul, que reinou antes de Davi. A Bíblia fala que ela amava Davi. Sabedor disso, o então Rei Saul tentou usar a própria filha como laço contra Davi (1Samuel 18:20-21).

Entretanto o plano de Saul foi frustrado pela fidelidade de Mical a Davi. Na seqüência da história, vemos que ela ajudou Davi a fugir de Saul quando este o perseguia, enganando o próprio pai (1Samuel 19:11-17).

Por que então esta mulher, que um dia compreendeu e participou do plano de Deus para preservar a vida de Davi, agiu de maneira tão severa quando agora, anos mais tarde, o Rei simplesmente adorava ao Senhor com alegria?

Poderíamos dizer que ela não compreendeu a motivação de Davi; ou que ela se preocupou mais com a imagem do Rei Davi do que com o momento espiritual da nação; ou ainda que teve ciúmes das servas. Tudo isto estaria correto... mas já lhe ocorreu que tamanha incompreensão poderia estar calçada em algo mais profundo e pré-existente na vida desta mulher?

A INFLUÊNCIA DOS TRAUMAS

Depois da fuga de Davi, Mical foi dada como esposa a outro homem pelo seu pai, Saul (1Samuel 25:44). Anos depois, após a morte de Saul e já como rei, Davi exigiu-a novamente como esposa (2Samuel 3:13).

Por esta e outras razões, podemos saber que Mical era uma pessoa que carregava profundas feridas. Ela fora usada como “isca” pelo pai contra Davi. Viu este homem arriscar a vida para atender a um capricho de Saul que era a exigência para o casamento, o qual foi chamado de “dote” (1Samuel 18:25). Viu o homem que ela amava tendo que fugir do próprio sogro para não morrer. Foi dada pelo pai a outro homem como esposa, sendo já casada. Anos depois, quando talvez ela já estivesse “acostumada” com a situação, Davi se torna Rei e a traz de volta. A Bíblia nos conta que o seu então marido, Paltiel, veio chorando atrás dela quando ela foi tomada para ser “devolvida” para Davi (2 Samuel 3:15-16).

Quanta carga emocional! Como se não bastasse, ela não podia ter filhos, o que era considerado como uma desonra pela sociedade de então. Principalmente em se tratando da esposa de um monarca, que precisaria necessariamente de um herdeiro para ocupar o trono.

Mical permitiu que seus traumas não resolvidos trouxessem cegueira espiritual. E por causa disso, ela não pôde compreender o significado do ato de adoração de Davi.Eu quero lhe fazer uma pergunta:Será que você meu irmão ou minha irmã,tem deixado seus traumas do passado,interferirem na sua vida atual?Será que o fantasma da traição ou de ter sido abandonado no passado,não está influindo negativamente no seu comportamento ou momento atual?Será que você não está passando dos limites?A pessoa amada ou o seu companheiro(a) não é culpado pelos seus traumas.Aprenda que o que passou,passou e o passado ficou para trás.Trate de construir seu caminho rumo ao futuro sem precisar de desenterrar defuntos ou viver como um louco ou louca ao prantos,gritos e baixarias.Se você afirma que não conseguiu esquecer as coisas que lhe machucaram no passado,o sangue de Jesus Cristo não lhe banhou ainda.Você precisa de um encontro verdadeiro com Deus.Você precisa se apropriar da sua condição de "justo",ou seja:Aquele ou aquela que nasceu de novo!

A POSIÇÃO ERRADA

Os nossos traumas emocionais não tratados e/ou mal resolvidos podem nos trazer cegueira espiritual. E tudo isso sempre nos leva para a posição errada, um lugar diferente daquele que o Senhor nos quer. O povo inteiro estava em festa, e Mical estava “olhando pela janela” (v. 16). Ela somente foi ao encontro de Davi quando a celebração havia acabado, e o povo, ido embora (v. 20). E mesmo assim, foi para criticar.

Mical assumiu a posição de espectadora. Da janela, observava o povo se alegrando e adorando ao Senhor, ao invés de se juntar a eles. Estava assistindo a alegria e adoração dos outros, e não fazia questão de participar. Esta postura abriu portas pra um espírito crítico;e sendo assim,satanás entrou em ação pondo no coração de Mical o CIÚME.Um detalhe:Se você sofre deste mal,trate de se dar valor e aprenda que aquele que deixa habitar dentro do seu coração esta obra da carne chamada "ciúme";não vai morar no céu,embora seja cristão fiel.Leia atentamente: "Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia,
a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os CIÚMES, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,
as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus".

E por trás disso, como já vimos, estava uma vida marcada por sofrimento, desilusão e expectativas frustradas.

CONCLUSÃO

Talvez você já tenha visto ou conhecido pessoas que assumem a posição de “espectadores” em algumas situações, até mesmo durante momentos de adoração ao Senhor. Não as julgue. Existe algo além das aparências. Existe uma vida que carrega marcas,uma vida que precisa se libertar das astutas ciladas do diabo.

Precisamos desenvolver um espírito misericordioso em relação aos outros.Devemos olhar para nossas próprias vidas. Como temos cuidado de nossos traumas emocionais? Temos dado lugar a um espírito crítico? Temos tido uma vida infrutífera? Temos sido espectadores da adoração alheia? Adore aquele que é digno de toda a Glória,Jesus Cristo;e ELE vai fazer por você, o que você não pode fazer.Adore ao Senhor Jesus Cristo,e ELE vai falar com quem você não pode falar.Adore a Deus,e se esqueça do passado!

Ainda há tempo para tratar pecados, se arrepender, pedir perdão e perdoar. Ainda há tempo para buscar a libertação espiritual para nossos traumas. Ainda há tempo para receber o bálsamo que só o Senhor pode dar.

E ainda há tempo para sair da janela. A porta é logo ali. É só ir para fora, se juntar ao povo... e começar a dançar.Sai da Janela Mical!

Carlos Adriano

Não corra atrás de elogios. Antes, fuja deles. Uma crítica justa e sincera nos ajuda a crescer, enquanto a bajulação nos ilude e nos deixa na mediocridade.

Só quem nos ama é capaz de nos corrigir. Os bajuladores, muitas vezes, são pessoas levianas que desejam fazer média e receber a paga com a mesma moeda.

Deus nos alerta, dizendo:

" É melhor a correção franca
do que o elogio falso;
é melhor a correção do amigo
do que os beijos do inimigo"
(Pr 27,5-6).

Carlos Adriano

Pegada não se explica-se sente. Não é só aquele abraço, más são os três segundos a mais no final em q abraço fica mais apertado. Não é só aquele beijo, más é a mordida final nos lábios da pessoa que demonstra algo a mais que você quer. Não é só aquela mão na cintura mulher, é o aperto com jeito que a deixar toda arrepiada. A pegada não é só fazer, é fazer com vontade e intensidade. É deixar a mulher com vontade de querer mais. E não só o abraço, não só o beijo, não só a mão na cintura, mas tudo que ela quiser de você !

Carlos Adriano

A alma de uma mulher é antiga, infinita e cheia de segredos. Sorva-a aos poucos, como o vinho. Não queira decifrá-la toda em todos os seus gostos e sensações. Deixe um pouco para amanhã e surpreenda-se sempre!

Carlos Adriano

Acredito muito na força divina, não tenho comigo o dom de viver constantemente dentro dos templos, mas sempre sinto ao meu lado os passos e a presença constante de Deus!

Carlos Adriano

Muitas vezes, em nossas vidas, temos que nos resguardar, por algum tempo, e começar um processo de renovação. Devemos nos desprender das (más) lembranças, (maus) costumes, e, outras situações que nos causam dissabores, para que continuemos a voar. Um vôo de vitória. Somente quando livres do peso do passado (pesado), poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz.

Carlos Adriano

Minha Princesa...
Havia uma vez uma ilha, na qual viviam todos os sentimentos e valores do homem: o Bom Humor, a Tristeza, o Saber... Como também todos os outros, incluindo o Amor.

Um dia avisaram os sentimentos que a ilha estava prestes a afundar-se. Então, todos prepararam os seus barcos e partiram. Unicamente o Amor ficou, esperando sozinho, até ao último momento. Quando a ilha estava a ponto de desaparecer no mar, o Amor decidiu pedir ajuda.

A Riqueza passou perto do Amor num barco luxuosíssimo e o Amor disse-lhe: “Riqueza, podes-me levar contigo?”

“Não posso porque tenho muito ouro e prata dentro do meu barco e não há lugar para ti.”

Então, o Amor decidiu pedir ao Orgulho que estava passando numa magnífica barca: “Orgulho, rogo-te, podes-me levar contigo?”

“Não posso levar-te, Amor...” respondeu o Orgulho: “Aqui tudo é perfeito, poderias arruinar-me a barca”.

Então, o Amor disse à Tristeza que se estava aproximando: “Tristeza, peço-te, deixa-me ir contigo.”

“Óh, Amor” respondeu a Tristeza, “estou tão triste que necessito estar só”.

Logo, o Bom Humor passou em frente ao Amor; mas dava gargalhadas tão altas, que não ouviu que o estavam a chamar.

De repente uma voz disse: “Vem Amor, levo-te comigo...” Era um velho o que havía chamado. O Amor se sentiu tão contente e cheio de alegria que se esqueceu de perguntar o nome ao velho. Quando chegou a terra firme, o velho desapareceu.

O Amor deu-se conta de quanto devia ao velho e, assim, perguntou ao Saber: “Saber, podes dizer-me quem me ajudou?” “Foi o Tempo”, respondeu o Saber.

“O Tempo?”, perguntou-se o Amor, “Porque será que o Tempo me ajudou?”. O Saber, cheio de sabedoria, respondeu: “Porque só o Tempo é capaz de compreender quão importante é o Amor na Vida”.

Carlos Adriano

Existem duas maneiras de um homem amar verdadeiramente uma mulher: a primeira é quando ele se torna o melhor amigo dela e depois se apaixona, mas existe uma outra que é quando ele se apaixona e depois aprende a ser o seu melhor amigo!!!

Carlos Adriano

Uma vida extraordinária é aquela construída com as superações e conquistas que fizemos dia após dia com os recursos que temos e os propósitos pelos quais vivemos.

Vanessa Milis

O homem que ora, independente de ter uma religião ou não, sente a sua alma alimentada, sente o espírito fortalecido, preparado pra situações de adversidades impossíveis, tanto na sua vida como na vida daqueles que ele intercede junto a Deus no santo nome de Jesus!!

Carlos Adriano

Dentro de cada mulher existe uma princesa, tenho a convicção disso todas as vezes que olho suas fotos!!!

Carlos Adriano

Te enviar uma mensagem é uma maneira carinhosa de dizer: Gosto de você, admiro você, você é linda, seus olhos são lindos, o seu sorriso é contagioso.

Carlos Adriano

"Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinho, não vou. Não tem como remar sozinho, eu ficaria girando em torno de mim mesmo. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena.
Remar.
Re-amar.
Amar."

Carlinhos

Um viva pra felicidade expontânea e independente, sem porque, nem pra quê. Sem precisar de um 'por quem', singelo assim, apenas por viver!

Marlice da Silva