Cigana

Cerca de 36 frases e pensamentos: Cigana

Mães!

Mãe branca, mãe preta, mãe amarela
Mãe loura, morena ou ruiva
Mãe caseira ou cigana itinerante
Mãe de todas as raças, de todas as cores
Mãe que mendiga, mãe que trabalha
Mãe que freqüenta alta sociedade
Mãe que é mãe a todo momento
Sem importar condição social
Mãe é só uma palavra que soa
Como favos de mel dentro da boca.
Mãe guerreira, mãe preciosa
Mãe zelosa, preocupada
Mãe cozinheira, lavadeira, até lixeira
Mãe empresária, industriaria, comerciaria
Mãe dona de casa, madame ou empregada
Mãe que luta com todas as garras
Mãe que batalha por um bem-estar
Por querer muito para o seu filho ou filha
Que sempre tenha em seu mundo
Momentos de muita paz e amor
Com um crescimento interior
Que o faça um alguém nesta vida.
Mãe biológica, mãe adotiva
Mãe que reza, que abençoa
Mãe que perde noites de sono
Mãe que ensina a ler e escrever
Mãe que nos mostra o que é a vida
E o caminho certo a percorrer
Mãe que é Pai em sua ausência,
Pai que é Mãe em tempo integral
Como o substituto adequado
Sem ter medo de ser piegas
Mas por necessidade primordial
De chegar enfim ao final da estrada,
Ver seu rebento crescido, vitorioso
Como um grande ser humano real.
Mãe que sempre incentiva
A lutar, vencer, crescer
Como gente, ser humano
Sem pisar no semelhante
Procurar ser alguém importante
Acreditar em Deus, ter fé
Mãe que só pensa no que é melhor
Mãe que acarinha, que acalanta
Mãe que bronqueia na hora certa
Mostrando um caminho para seguir
Mãe que está sempre presente
Em todas as horas
Mesmo que a distância se faça sentir.
Mãe é mãe não importa onde esteja
Não importa o que seja
Nada tira o seu valor.
E por você mãe presente, onipotente
Que se orgulha por ser mãe,
Por correr atrás do tempo
Tentando suavizar suas marcas
Por você que é mãe ausente
Mãe que existe só na lembrança
Que partiu tão de repente
Deixando no ar só a saudade
Eu te faço esta homenagem.

Mãe de todo dia, ano por ano
Mãe, Mamãe, Mãezinha
Mammy do meu, do seu coração
Este é o nome mais lindo
Suave, sonoro, abençoado
Por Maria, rainha de todas as Mães.
Que Deus guarda com todo carinho
Bem no meio da palma de sua mão.

desconhecido

Vida cigana

Oh, meu amor!
Não fique triste...
Saudade existe pra quem sabe ter,
Minha vida cigana me afastou de você,
Por algum tempo eu vou ter que viver por aqui, longe de você,
Longe do seu carinho...
E do seu olhar, que me acompanha tem muito tempo
Penso em você a cada momento
Sou água de rio que vai para o mar
Sou nuvem nova quem vem pra molhar essa noiva que é você
Para mim você é linda
A dona do meu coração
Que bate tanto quando te vê
É a verdade que me faz viver
O meu coração bate tanto quando te vê
É a verdade que me faz viver...

Ratto

UMA MULHER CIGANA

Nasce com as chamas do amor nas veias,
Nasce com um sorriso inigualável no olhar,
Renasce das chamas dia após dia.

Uma mulher cigana simplesmente chama atenção,
Algumas precisam de beleza, ou sensualidade...

Uma mulher cigana simplesmente se destaca.

Bruna Correia

Todos os dias tens a oportunidade de evoluir, amar, superar e abrilhantar sua existência. Basta acreditar que é especial e dotado de sentimentos virtuosos depositados por Deus no íntimo do seu ser essencial. A busca destas virtudes depende do adubo onde é cultivada a semente do amor. Se o adubo nascer de um lindo amanhecer interior, terá uma boa colheita. Mas se esse adubo for de um dia tempestuoso, colherá o reflexo do desiquilíbrio ao decorrer de seu dia.
Adube seu interior com sabedoria, semeie alegria e faça florescer e frutificar a mais bela árvore no jardim de Deus. Pois uma boa árvore com belos frutos, oferece a ti e ao próximo alimentos virtuosos que, preenche o corpo, a alma e a mente.

Cigana da Praia

Um dia uma cigana leu a minha mão
Falou que o destino do meu coração
Daria muitas voltas
Mas ia encontrar você

Eu confesso que na hora duvidei
Lembrei de quantas vezes eu acreditei
Mas não dava certo
Não era pra acontecer

Foi só você chegar
Pra me convencer
Estava escrito nas estrelas
Que eu ia te conhecer
Foi só você me olhar
Que eu me apaixonei
Valeu a pena esperar
Esse é o grande amor
Que eu sempre sonhei

Vou te amar
Pra sempre vou te amar
Quero seu sorriso
E a sua boca pra beijar
Vou te amar
Pra sempre vou te amar
Tudo que eu preciso
Só você pode me dar

Carlos Adriano

Segredos de Cigana


Sou filha nascida de amor cigano
Sou verdadeira
Sem medo da sorte
Sou cigana com sina
Sou a transformação, a destruição
Sou liberdade, emoção

Ache-me no fundo de uma fogueira, lareira...
Na chama me encontrará
Mas te aviso, sou mal intencionada
Tenho sangue doce e quente,
Trago a dança sensual dentro de mim,
Sou orgia, afeto, paixão fervente...

O amor é meu paraíso feito de plumas
Ah! Perco o rumo
Sou toda perdição
O perfume adocicado, envolvente
Sou a maçã do pecado, mistério e magia
Sou frio, sou calor, sou seu melhor vinho

Se danço, tiro seu coração do compasso
O mundo gira,ao som dos violinos,lhe encanto
Torcendo, rodopiando,insinuando
Tiro suspiros
Provoco sensações
Desabrochei cigana, insistente, audaciosa
No olhar sou feiticeira, vaidosa, profunda
Meu desejo?
Ser sua dona,

Tenho prazer em possuir-te
Conheço minhas forças, e o seu ponto fraco,
Sou tempestade intensa, êxtase, suave
Amparada por Vênus e Hefesto
Desatino, paixão e força
Não sou dominada, domino
Nunca sou adulada, adulo
Não te dou, barganho
Meu ponto forte!

Lanço fogo do olhar
Da boca o puro mel,
Eu sou sua vontade, sua dama
Não resista!É passada a hora
Todos os seus beijos serão meu....

Maria Vita Pereira

A cigana

Qual o gosto do beijo de uma cigana apaixonada,
que transpira sensualidade,pelos seus poros rosados que soam,
ao ouvir as castanholas e o violão flamenco de um homem de brinco e cabelos negros?
O homem tem o olhar do Don Juan e com esse olhar, tentar seduzir a ciganinha que baila com seu vestido longo e de cores variadas.A mulher eleva seus olhos ao encontro aos do cigano e puxa seus lábios como se fosse lançá-lo um beijo.Mas ela se mantém em sua dança e seus impulsos sensuais.Mas a cigana se deleita aos ouvir os arpejos perfeitos do violonista, que toca com a alma de sedução do Orfeu tocando para sua amada Eurídice.Por fim,a cigana se aproxima com suas castanholas e sussurra ao ouvido do violonista encantado.O sussurro não pôde ser ouvido, mas a ação seguinte, veio acompanhada de um beijo caloroso e um fechar de olhos que parecia ser um sonho interminável.O beijo chegou ao fim e a cigana parti.Ao músico até então,lhe restou mais acordes a dedilhar em seu violão e nada mais naquela noite que pareceu eterna do começo ao fim daquele beijo.

Moises Bottas

Onde a verdade e onde a mentira dos sentimentos ? Seria a bela Capitu, com seus olhos de cigana oblíqua e dissimulada, uma adúltera ? Teria fundamento o ciúme que corrói a alma de Bentinho ?

DOM CASMURRO trecho do livro de Machado de Assis

Ela, Cigana.

Sou mulher do tempo, guiada pelo vento;
sou mulher do Sol e amante da Lua;
sou mulher da rua.

Sou mulher da luz e da escuridão,
minha casa é a imensidão.

Sou feiticeira antigamente perseguida,
mas ainda, por muitos, temida.

Sou andarilha sempre em busca,
guerreira sempre na luta.

Sou mulher de escolhas e de opinião,
vejo o destino na palma da mão.

Sou mulher de muitas diretrizes,
traçadas por minhas cicatrizes.

Sou mulher de corpo frágil,
mas de alma forte.

Sou a força de toda uma vida
e prova da inexistência da morte.

Se um dia eu cruzar seu caminho agradeça, moço,
poucos têm essa sorte.

Tania Bispo

Vida cigana

Vida cigana é o encanto do próximo segundo
É a calma do lago e a agitação de um furacão
É o olhar que se torna mais profundo
É a leitura da sorte na palma da mão

Vida cigana é o encanto e o choro
É a tristeza e a dança de transmutação
É ter a paz cravada no peito
E o coração sangrando em emoção

Vida cigana é a honra da palavra proferida
A educação das crianças e o respeito pela nossa missão
O gosto do vinho e do pão
O cantarolar de nossas cantigas

Vida cigana é a presente
O Hoje tão somente
É o dia que acaba em festa
E a noite que nos corações paz entrega

Jade Camargo

TEXTO::
Antes fosse tosse. Mas é amor

A cigana falou que é amor. O médico disse que é amor. A psicóloga falou que é amor. Até a minha tia-avó que nem lembra mais meu nome falou que é amor. Antes fosse tosse, catapora, caxumba ou qualquer coisa que valha. Mas é amor. Quando ela chega perto de mim, eu sinto tremer até o meu pâncreas. Todos os meus duzentos e seis ossos se balançam mais do que aquelas loiras bonitas que dançam por aí. Ela chega mansinha, me diz um oi-qualquer-coisa com os olhos e tudo que existe naquela pequena me aparece como um zoom: sua falha na sobrancelha esquerda, a rachadura do seu lábio sem batom, seus brincos de pedrinhas brilhantes, seu piercing na narina direita e seus olhos cor-de-mel.

Quando ela se aproxima, eu penso em mudar de planeta, em salvar um gato de um incêndio bem na frente dela ou de ser agarrado por algumas loucas fanáticas que me confundiram com algum famoso. Queria que minha boca falasse – em qualquer tom – a gritaria que meu coração lhe oferece toda vez que aquela pequena se coloca a uns palmos de mim. Eu penso caralho-filho-da-puta-fala-alguma-coisa-romântica, mas só digo meia dúzia de clichês. Eu sou um babaca perto dela. Longe, também.

Aí, eu digo:

- Me conte do teu dia. Fala dos teus planos, do almoço vegetariano, das amigas que furaram aquele cinema das quatorze e dos caras que te cantaram pelas ruas. Deixa que eu faço o jantar e lavo a louça. Me conte tuas falhas que eu te apresento os meus remendos. Me conte teus segredos que eu te mostro meus ouvidos-baús considerados os mais seguros do mundos. Traga tuas aflições para meu colo repousante. E prepare-se para viver apertada em mim. Porque abraços são beijos dos braços.

Ela me ri sem força, leve como uma bexiga de ar solta por aí. Passeia sua mão na minha e faz carinho em meu dedão como quem agradece eternamente e diz que vai ficar tudo bem. Queria levá-la ao médico para saber se ela sofre de amores por mim, também. Mas ela é tão segura que fico com medo de ser apenas uma virosezinha qualquer.

Hugo Rodrigues

Nudez

Tirei a roupa africana
me virei feito cigana
sem saber onde parar.

Tirei a roupa missionária
depois de cinco malárias
que afinaram meu andar.

Tirei a roupa de esposa
pois casei com uma raposa
que só me fez chorar.

Tirei a roupa da Igreja
antes que eu veja
alguém me manipular.

Tirei a roupa da independência
enrolei-me na carência
prá na rotina me jogar.

Tirei a roupa dessa busca
porque elogio só me custa
dor e constante pesar.

Agora eu tiro a última peça
antes que qualquer um me peça
prá uma vida normal eu levar.

Angela Natel

Em uma noite de lua cheia, Um cigano e uma cigana se encontraram em uma mata perto de um lago, eram almagemeas eles conversavam por horas, sentiam a energia de suas almas , eles falaram sobre a vida, sobre a natureza, sobre tudo; resolveram andar pela noite e foram a um grande campo e naquele momento a linda lua cheia estava exatamente sobre suas cabeças e do lado dela existia uma estrela , a unica que ficava do lado da estrela, e nesse lindo momento eles se olharam nos olhos e se beijaram delicadamente,ele sentindo os labios delicados e macios de sua amada, e ela sentindo o calor dos abraços calorosos de seu amado, seus coraçoes palpitavam rapido e de mais nada queriam saber além de amar, muitos momentos vividos entre eles, mas este em especial foi inesquecível...


continua..

marylulubel

CIGANA
Sidney Santos

Dança minha gitana
No sonho do baila comigo
Mostra beleza e gana
Deixa-me dançar contigo

Mulher sensualidade
Batidas dos pés e palma
Entoa o amor de verdade
Trazendo o reflexo d’alma

Baila ao som da guitarra
Solta teu lindo sorriso
Canta que é a vida é uma farra
É isso só que preciso

Sidney Poeta Dos Sonhos

Esta rotina que desbota com o tempo, quiromancia cigana, vou me desvencilhando, me soltando pelo vento, enquanto teu amor me ama,talvez se eu manipulasse o sentir, ou a luz que brilha sobre nós acendesse, pudéssemos novamente nos juntar e amar em belas tardes inesquecíveis... e voar !

Paulo Alvarenga

Quem gosta de simpatia é cigano. To com cara de Cigana?

Tais Medeiros

TEMPO DE TRAVESSIA

Ouso mudar o passo
para entrar no compasso
dessa vida cigana.
No coração,
já não há mais súplicas
das dores de velhos amores.
Dançar é a minha rendição.
E danço com a dança
de uma jangada no mar
só para ver no céu
nuvens a rodar
e os pássaros livres
a voar.
Em tempo de travessia
vento é sinfonia
Hora de sonhar.

Rosa Berg

A tristeza é cigana. A alegria João de Bairro.

Murillo Leal

Imagino que sou o vento
Que te balança fresco e lento
Ou quem sabe uma cigana
Dissimulada que te encanta...

Rosalie Rose

O Status só te Engana
No começo é a Rainha
No final é a Cigana

O Status é uma Maldição
Corrompe a Sociedade
E distorçe a razão

O Status gera Animais
Amigos inimigos
Puros Meros canibais

E por fim digo então
Que Não viva em função
Desta grande ILUSÃO

Mr. GaTTaX