Cartas muito Bonitas para Namorados

Cerca de 394 cartas muito Bonitas para Namorados

DIA DOS NAMORADOS 12/06/2011 - DEDICADO AO MEU GDE E ÚNICO AMOR, MEU MARIDO VIRNNEY!
Meu amor, depois de tantas nuvens escuras, vejo um lindo sol brilhando em nosso favor e nos revelando que há um novo tempo e novos momentos nos esperando. Vivemos nestes dias uma descoberta maravilhosa de nós mesmos. Te amo com um amor renovado e sei que vc tem me amado com o mesmo amor, sou tua para sempre e eternamente e as profundas aguas nunca serão capazes de apagar nosso unico e gde amor! Tu és meu amado e eu sou tua e neste dia em especial continuamos a ser eternos namorados! Mil beijos e um abraço bem gostoso meu amado. FELIZ DIA DOS NAMORADOS P VOCÊ!

Deniane Diniz Domingues

DIA DOS NAMORADOS 12/06/2011 DEDICADO AO MEU GDE AMOR, MARIDO, AMIGO, COMPANHEIRO MEU ETERNO NAMORADO VIRNNEY!
Meu amor, vc não é perfeito mas é tudo que eu preciso. Vc não é minha alma gêmea, mas é nas diferenças que conseguimos nos completar. Vc não é meu principe encantado, mas é meu escolhido, vc não me trouxe só felicidades, mas me trouxe experiências que me fizeram valorizar ainda mais a minha vida. Vc não é o homem mais lindo do mundo apesar de ser um gatão, mas é o homem mais especial que já conheci. Enfim vc é meu amor, meu marido, meu amante, meu amigo, meu companheiro, meu cúmplice e é e sempre será meu eterno namorado. Te amo mais do que ontem e menos que amanhã! Te amo infinito e além!
FELIZ DIA DOS NAMORADOS! Sua eternamente.... Dê.

Deniane Diniz Domingues

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!

Pois é,dia 12 de junho,
Dia dos Namorados.
Para uns uma data muito esperarada,
para outros a mais odiada.

E você? Como esta se sentindo neste domingo frio?
Esta com a sua alma gemea ou pensando porque esta sozinho?
Confesso que hoje é um dia especial para mim,
não, eu não namoro.
Mais isso não significa que eu não tenha que comemorar,
eu tenho a sensação de que tudo esta se encaminhando bem.
Feliz com quem eu gosto e muito realizado por ser recompensado por tudo.
O unico motivo para não estar feliz é não estar nesse momento com a pessoa que eu gosto.
Porem, lembre sempre daquela velha frase: Tempo ao tempo.
Eu esperei, e estou conseguindo...
E você? Vai ficar ai parado?

Victor Augusto

CONSTRUINDO AMOR



"Dai-me, Senhor, assistência técnica para eu falar aos namorados do Brasil," já pediu um dia, com muito fervor, o poeta dos apaixonados, Carlos Drummond de Andrade em seu memorável poema dedicado aos namorados do Brasil. Seu pedido foi aceito com muito sucesso pelos deuses do amor e os namorados se felicitaram de tantas coisas lindas, pedidos, inspiraçôes e dedicaçôes feito por um mestre dos sentimentos que sabia como ninguém enteder as razões de um coração apaixonado.

Eu também faço um pedido. Quero que os namorados não se apaixonem mais. É isso mesmo. Meu pedido é que os namorados deixem de se apaixonar. A paixão neutraliza a razão. Quem está apaixonado, mas eu digo: apaixonado, repito, apaixonado, desconhece a razão, afoga-se na emoção, sem, no entanto chegar a superfície de um coração. Torna-se artificial, transparente, alimentando-se apenas de bolhas de sonhos que logo se dissolvem no ar. Paixão não se costróe, irradia-se. Quando menos se espera, ela chega, invade, muda, destói e depois vai embora, deixando para trás um rasto de sofrimento, ódio, frustação, medo, infelicidade, arrependimento. A paixão é tão repentina que as vezes é melhor nem tê-la, o bom mesmo é evitá-la, se é que isso seja possivel. A paixão é egoísta, é soberba. Só quer o mal. É impaciente, descontrolada. A paixão sempre acaba, porque em parte, se conhece, em parte se apaixona. Quando, porém, vier o que é imperfeito, então, em parte se dissipará. Porque a paixão não suporta a imperfeição.

Agora o amor é o contrario de tudo que a paixão desconhece. O amor não se ganha, se conquista. O amor não se percebe, não se mostra por vaidades. O amor não arde, não dói. É suave como a brisa do mar. O amor não tem pressa, não tem prazo de validade. Tudo suporta, tudo vence, tudo se harmoniza. Só através do amor que se chega a uma felicidade plena. Por isso, senhor, peço que os namorados não se apaixonem apenas, mas que se amem eternamente, sem a involuntária presença desse mal que, falsamente, engana os namorados.

Não se deixe levar apenas pela paixão, mas viva pelo o amor, lute, acredite, tenha fé: o amor é a única razão de o mundo ainda existir. Da felicidade ainda ser possível. Dos sonhos ainda serem realizados.

Felicidade a todos os namorados: Aos que estão felizes nesse momento, aos que já foram felizes, aos que terminaram, mas ainda querem voltar. Aos que se conheceram há pouco tempo, mas que se amam como velhos namorados. Aos solteiros, que sofrem silenciosamente, aos que ainda não perderam a esperança de encontrar um alguém, aos que sonham com a felicidade. Aos que lutam por ela. Felicidade também para os casados que não permitiram que a rotina, que as dificuldades da convivência pudessem alterar o amor que sentiam antes. Que mantêm a chama do amor desde o primeiro dia que se conheceram. Enfim, parabéns a toda humanidade que precisa mais fazer amor, ter amor, construir amor.

Leandro Flores

Dia dos Namorados...

Beije-me por minha boca passou um cadáver.
Vou introduzir-te um gozo amargo e puxar da tua boca murmúrios e alguns coágulos...
Sou o Deus Verme. Vivam as doces loucuras e caprichos do Ego!
Atire no que se mexer!
Rotina essa Assassina que a ninguém discrimina.
A Compreensão é um Abismo sem Razão.
E nossas dignidades atônicas assistem a tudo...
A confiança é uma serpente e como tal segui seu instinto.

Úze.

Já vi uma frase que dizia “Namorados não deveriam viver”, explicada por a simples vivência conseguir exaustá-los e tirar um pouco do sentimento deles. E é verdade. É muito mais fácil amar alguém quando você não precisa trabalhar, pagar contas, batalhar.. a maioria dessas coisas da vida traz um estresse que acaba atrapalhando nossa vida amorosa. Mas é óbvio, todos precisamos trabalhar pra poder sustentar o amor, é quase algo contraditório, já que também é muito difícil amar alguém quando vocês nem têm um teto para morar. E como proceder, então?
Essa escolha depende de cada um, de quanto a pessoa consegue vivenciar até desistir do amor. Porque o amor não é fácil. Nem um pouquinhozinho. É uma das coisas mais difíceis de manter; o amor briga, mas o amor não quer terminar. O amor quer continuar ali ao seu lado, mas às vezes precisa se afastar. Repito, o amor é contraditório. Mas digo, o amor vale a pena. E vale a pena você decidir suportar as partes ruins dele, pois entre cada um desses momentos vai haver uma partezinha que faz você se sentir nas nuvens.

Alana Driziê

Alguém: vocês são namorados?

Ela: ( ele é meu tudo, meu amor, minha vida, meu chão, meu ar, é com ele que eu quero passar uma vida inteira, eu quero ele como o pai dos meus filhos, é ele quem enxuga minhas lagrimas, é dele o melhor conselho, ele me passa segurança, proteção, é ele…) não, somos amigos.

Ele: ( eu queria muito ela na minha vida, ela é tudo o que eu preciso, ela tem as palavras certas na hora certa, ela tem o melhor abraço do mundo, o melhor carinho, a melhor presença, é com ela que eu queria passar minha vida, é ao lado dela… mas tenho medo de estragar nossa amizade.) é, só amigos.

Bárbara Adriélle

Um tantinho fatigada:

Estou cansada de ter namorados que acham lindo quem é determinado e fala o que pensa, mas que se ofendem quando falo o que penso. Cansada de gastar minha literatura[ com éle minúsculo] e receber no máximo um "muito legal, Pri" como retorno.
É chato dispor toda a energia que tenho em coisas que não me cabem. Minha literatura não me cabe, meu amor não me cabe, nem mesmo minha insônia ou minha sede de vingança me cabem. Sinto-me fraca, sem vida. Não que eu seja infeliz. Só estou um tantinho fatigada de tudo.

Priscyla Marques

Antiquado

Porque os casados já não são mais namorados.

Quando namorados:
as bocas se encontram,
os cabelos são cobertos de carinho,
as pernas sustentam no colo a amada,
os olhos falam lindas palavras,
e as mãos são grudadas .

E por que, meu Deus, quando casados
os sentimentos, já ocultos,
se tornam disfarçados?

Será porque:
a boca fica amarga?
os cabelos ralos, se tornam insensíveis?
as pernas, mudas, não respondem?
os olhos, fadigados, caem?
ou as mãos perdem o tal imã?

Pensando nisso,
não a quero pra casar.
Lhe pergunto,
se comigo,
pra sempre, queres namorar.

Lucian Rodrigues Cardoso

Poema: Dois namorados

"Eramos apenas dois namorados.
Pensando me lembro de tu,
das tuas brincadeiras,
das tuas inocentes e hilárias,
que me faziam sorrir.

Eu me lembro das tuas loucuras,
que me deixavam sem graça,
eu me lembro de como tu fazias eu sorrir,
olhando-me com caretas ...

Com umas caras pintadas engraçadas.
Eu me lembro de como eu me sentia ao seu lado,
e de como eu fazia para está sempre ao seu lado,
fazendo de tudo sempre para que nunca desse errado.

Eu me lembro de tua felicidade infinita,
na hora sempre me erguia,
apenas um olhar engraçado,
e tuas loucuras sadias sempre nos faziam rir no fundo, no fundo,
sempre eram para nos fazerem sorrir."


Campina Grande-PB. 24/07/12.

Wallace Lima da Silva

Emmanuel querido irmão tantas saudades, lembras-te quando brincavamos a fingir que eramos namorados para escandalizar as pessoas, quando nadávamos na piscina fluvial? Quando estávamos no atlier do pai? Quando me mostravas carinhosamente as tuas colecções de chocolates? Não sei porque a vida
Insistiu em separar-nos. São mistérios!

Linda de Ceriz

Dia Dos Namorados
O diário.
Assim que penso nesse dia fico aqui sonhando em ter você, mas nada me aparece, em algum lugar encontra-se minha alma gêmea, alguns não acreditam em amor, pensa que hoje no mundo em que vivemos tudo gira em torno do dinheiro, mas pensando assim, melhor ter uma solidão amorosa, do que uma companhia financeira.
Parece que te encontrei, assim que te vi, não sei se apaixonei, se amei, se me encantei, o olhar diz tudo, tive que prestar bem atenção no que significava pra mim aquele olhar... mas pra mim tanto faz, eu to com uma tremenda vontade de amar vou me aventurar...
Por fim me arrependo, o que fiz não foi uma aventura, nem se quer uma paixão, foi apenas uma ilusão, estou aqui pensando, o que vai ser de minha vida, você tocou meu coração, não só tocou como levou um pedaço enorme com esse toque, mas seu nome circula em minhas veias em todo movimento que faz meu coração.
Tão rápido acontece algo incrível, me apaixono novamente, por uma pessoa bem mais atraente, bem mais legal, bem mais inteligente, e o melhor de tudo, você me trata como gente.


O amor é tudo, e com você, tudo é amor ainda.

GleisonTiago

JONAS DE ARAGUARI

Poetas, seresteiros, namorados...
Todos vós que assentais junto ao rio Jordão...
Vós todos que salmodiai na embaixada dos papagaios...

Peço-vos licença para algumas coisas:

Primeiramente, para pontear na viola um canto de paz pela vida. Acontece senhores, que nesse primeiro-de-ano que se aproxima, como ocorre há 75 janeiros, um homem-de- bem e que traz em seu nome o sentido da paz, verá mais uma vez seu povo congregado para celebrindar a vida-que-lhe-renasce-todos-os-dias. Por isso peço-vos que anuncieis nos sinos das catedrais que vai rolar a festa na casa da dona Waldete.

“O povo do gueto mandou avisar
Pode vir, pode chegar
Misturando o mundo inteiro
Vamos ver no que é que dá
Tem gente de toda cor
Tem raça de toda fé”


Peço-vos licença também , para registrar no cyberespaço que ele é meu amigo. E isto não por causa da cor da pele, não por causa do tempo que passamos jogando conversa fora e nem tampouco pelas nossas afinidades futebolísticas. Nossa amizade é coisa gratuita, coisa além do tempo e do espaço... A ele lhe cai bem o poema de Oscar Wilde:

“Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice.
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto
e velhos, para que nunca tenham pressa”.

Finalmente, peço-vos licença para agradecer a esse devoto-do-divino, os belos retratos de sua sagrada família, fotografados pelas suas lentes-do-amor na página do Orkut e sintetizadas na auto apresentação desse poeta-profeta:

“Jonas Alves da Silva, brasileiro, casado, advogado.
Tenho dois filhos casados, dois netos, uma neta e um bisneto.
Minha esposa há 50 anos e para sempre,
Waldete Tilmann Ribeiro da Silva
(Bodas de Ouro - 2 de maio)”

Isso é uma declaração de amor! E como diz seu conterrâneo Drumond, nas suas maravilhosas sem-razões do amor:

“Amor é dado de graça
com amor não se paga
Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse...”

Por isso mesmo Marcão!... No descortinar da próxima quinta-feira, deixe um pouco de lado seu Vademecum! Marcinha!... Manda preparar os pãezinhos de queijo! Pedroca!... Aperte o agogô e afrouxe o afoxé! Você Guilherme!... Libere seus colares coloridos! Enfim... Poetas, seresteiros, namorados de Araguari:

“Esquentai vossos pandeiros
Iluminai os terreiros
que nós queremos sambar”

É chegada a hora de escrever e celebrar o ano novo que “cochila e espera sempre” no coração menino-e-valente do mestre Jonas.
Parabéns mano velho! Para você a benção dos celtas:

"Que a sorte das colinas te abrace.
Que teus bolsos estejam pesados e teu coração leve.
Que a boa sorte te persiga,
e a cada dia e cada noite tenhas muros contra o vento,
um teto para a chuva, bebidas junto ao fogo,
risadas que consolem aqueles a quem amas,
e que teu coração se preencha com tudo o que desejas".



(Homenagem da família ao amigo nascido no mesmo ano em que nasceram Rubem Alves, Eva Wilma, Lourenço Diaféria e Garrincha)

Carlos Alberto Rodrigues Alves

Dia dos namorados

Que tal um dia dos namorados
Fora do planejamento
Um dia ensolarado
Sem ressentimento.

A começar o perdão
Pelos males realizados
Depois satisfação
Pelos traumas superados.

Em seguida um passo
Em direção ao bem
Àqueles que armaram laço
mas com quem não vivo sem.

Presente é facultativo
Atitudes são valiosas
Palavras são incentivo
E teimosia é perigosa.

Que tal um carinho, um abraço
Compreensão é vital
Sem amar é que não passo
Nesse dia especial.

Angela Natel

CUIDADO!

Ó namorados que passais, sonhando,
quando bóia, no céu, a lua cheia!
Que andais traçando corações na areia
e corações nos peitos apagando!

Desperta os ninhos vosso passo… E quando
pelas bocas em flor o amor chilreia,
nem sei se é o vosso beijo que gorjeia,
se são as aves que se estão beijando…

Mais cuidado! Não vá vossa alegria
afligir tanta gente que seria
feliz sem nunca ouvir nem ver!

Poupai a ingenuidade delicada
dos que amaram sem nunca dizer nada,
dos que foram amados sem saber!

Guilherme de Almeida

Namorados

O rapaz chegou-se para junto da moça e disse:
-Antônia, ainda não me acostumei com o seu corpo, com sua cara.
A moça olhou de lado e esperou.
-Você não sabe quando a gente é criança e de repente vê uma lagarta listrada?
A moça se lembrava:
-A gente fica olhando...
A meninice brincou de novo nos olhos dela.
O rapaz prosseguiu com muita doçura:
-Antônia, você parece uma lagarta listrada.
A moça arregalou os olhos, fez exclamações.
O rapaz concluiu:
-Antônia, você é engraçada! Você parece louca.

Luanna Gatto

Os namorados me usam para se declarar
Os parentes para matar a saudade
Os amigos para fortificar a amizade
E outros apenas para se comunicar

Eu Rio, Choro, me Lembro de coisas
que outros jamais poderão lembrar
Eu guardo o passado, o presente
consigo passar sentimentos que
nem o e-mail ou telefone pode passar

Não deixo ninguém no tormento
com angústia de esperar
Vou terminar aqui esse poema
Por que muitos estão a me aguardar
Sou a carta, vou pela estraada
pelo mar ou pelo vento
Até a você eu chegar.

Suélen Alves

Uma noite linda lá fora
Lua dos namorados
Dos eternos apaixonados
E eu aqui sozinho
Aguardando a hora do show
Sem uma inspiração
Sem uma paixão
Somente a dor no coração
A esmagar-me o ser
Acho que nunca mais serei feliz novamente
Meu coração ferido sangra
Meu corpo sente a dor da alma
Onde será que ela está?
O que estará fazendo?
Sentirá a minha falta?
Depois da sua partida meu ser ficou vazio
Ela levou consigo todo sentimento
Toda a vida
Toda esperança
Todo o amor
Tudo de lindo ela levou de mim
Só me deixou as dores
As mágoas
O vazio
O medo
A ira
A desesperança
A solidão
A dor
Meu coração desfalece
Minha alma se esfria
Meu suspirar é de agonia
Ela levou-me a alegria
Levou-me o sorriso de menino
Levou a confiança
Levou os sonhos
E o que deixou
Ficou sem sentido
Sem por que
Sem nada a não ser o nada
Noite linda lá fora
Noite dos namorados
Dos eternos apaixonados
E eu aqui dentro
Escondendo-me da dor
Do medo
Deixou-me por algo tão banal
Outrora lutou por mim com unhas de dentes
Por motivos tão aterradores
E agora me abandona ao caos
Sem nenhum motivo aparentemente importante
E o que restou de mim?
Nada
Ela levou tudo
E dela nada deixou
Nem mesmo a esperança
Nem as lembranças boas ficaram
Levou tudo embora
E agora meu legado é o sofrer sozinho
E escrever sobre meu sofrimento
Quão penosa me é esta vida
Vivo o inferno em vida
Ela saiu e matou meu coração
Matou todo e qualquer sentimento
A não ser o medo e a dor
De modo que não pode florescer de novo
O amor em meu peito
Pois esse sentimento ela arrancou pela raiz
Não sei por que tamanha maldade
Porque tamanha crueldade
Mas agora sei que acabou
Acabou porque ela encerrou meu coração nas trevas
Tirou o brilho dos meus olhos
O sorriso dos meus lábios
A alegria da minha alma
Tirou-me a vida condenando-me
A ser um zumbi
Morto-vivo
Vivo-morto
Matou-me pela metade
Antes fosse por inteiro
Pelo menos não sentiria essa dor agora
Mas matou-me pela metade
Deixando-me agonizando
Condenou-me a agonia eterna
Noite linda lá fora
E eu aqui dentro morto-vivo
Sem ela
Sem vida
Sem nada
Só o vazio
A dor
E o medo
Medo de nunca mais amar
De nunca mais viver
De nunca mais sentir
De nunca mais ser
De nunca mais sorrir
De nunca mais
Nunca mais
Nunca
Ser feliz.

Fabricio Canalis

Dia dos namorados é assim... Muitas flores e corações por todos os lados ...
É a primavera apaixonada!!

Declarações públicas de amor, milhares de romances e relacionamentos perfeitos
Restaurantes cheios, cinemas lotados, lojas de chocolates e perfumarias com filas dando voltas, motéis infrequentáveis (ou alguém acha que as faxineiras desinfetam em tempo recorde entre um cliente e outro..??
- tem coragem? se joga! )
E toda essa correria pra que?? Pra declarar ao mundo que se tem um amor.. compartilhar esse fervo traz a sensação que você faz parte dele, sinal que tem um amor, tem uma tampa na sua panela, tem uma metade na sua laranja... ah o amor- pode-se reclamar o quanto quiser: amar é uma delícia, ser amado ainda melhor..
Esse cenário é, foi e será sempre assim, pois esses são os amantes: urgentes e intensos...
No fim a recompensa é válida..muitos abraços e beijinhos e carinhos sem ter fim... cada um com seu troféu.

Lu Santiago

CRIANCICE
Dê-me as suas mãos
Vamos brincar de namorados
Vamos rolar no gramado
E bagunçar o jardim
Vamos correr entre as plantas
E algo bom descobrir.
Ajamos como crianças
Sem pensar no amanhã
Sem ver dores e tristezas
Sem ver as obrigações
Vamos molhar nossos lábios
Encher nossos corações.
Vamos esquecer os barulhos
Adentrar no paraíso
Vamos perder a cabeça
Fazer o que for preciso
Vamos dar brilho as estrelas
Tornar mais alvo o sorriso.
Vamos parar um instante
E uma canção apreciar
Sons de orquestras tocantes
O nosso som dedilhar
Criar uma linda história
Com muita glória a arquivar.
Vamos enfim neste verde
Da grama nos respeitar
Reconhecer que o cansaço
Nos veio incomodar
Descansaremos o resto
e que amanhã venha o sol
com um sorriso nos chamar.

Ezhequiel Águia Queiróz