Cartas de Desculpa

Cerca de 234 cartas de Desculpa

E, quanto a ela, agora não tinha mais desculpa para não fazer o que achava que devia fazer, que, aliás, fizesse isso mesmo: o que achava que devia fazer. Era um presente em que ele tinha pensado muito antes de dar a ela e era um presente de grande amor. Não o dinheiro, que ele não tinha ninguém no mundo a não ser ela e, portanto, era sua obrigação cuidar dela direito, pois que ela tampouco tinha alguém por si no mundo. Mas, sim, a liberdade de ser e escolher, coisa para que, pelo menos da parte dele, ela acharia ajuda, embora fosse encontrar dificuldade de todas as outras partes, dificuldade mortal mesmo, dificuldade dura e sem misericórdia. Mas este conselho lhe dava: que não fosse boba, que não confiasse, não confidenciasse e não desistisse com facilidade; que não fosse mentirosa. mas também não imprudente: que não quisesse lutar sempre do mesmo jeito, mas que visse que para cada luta há um jeito próprio, dependendo sempre das circunstâncias; e que gostasse dele, porque ele gostava tanto dela que o coração lhe doía e, se não tinha sido melhor avô, fora porque não soubera, mas tudo o que sabia e procurara aprender tinha feito para ela. Ela gostava dele?

João Ubaldo Ribeiro

Continuar, essa é a palavra do dia. Destino é pra manés. É só uma desculpa idiota para deixar as coisas acontecerem em vez de fazer com que elas aconteçam. Eu quis decidir a minha vida, quis escrever a minha história, mas sempre o amor acabava me iludindo por atitudes falsas e acabei criando esperanças que na verdade nunca existiram. Mas sabe, eu aprendi que o tempo nunca vai parar. Nem para eu quebrar a cara e muito menos para eu concerta-la, decidi dar ao meu coração o que ele realmente merece. Eu estou sufocada de respirar por várias vezes o mesmo ar. Ah... quê isso! Desencana. Não é nada pessoal. A culpa é dela. Maldita pedra de gelo, derreteu... O tempo passa e a gente entende que não precisa de amor, mas de tempo. Tempo para se amar mais do que todo o resto. Do que ele. Eu agradeço a Deus por ele ter me dado o dom de me envolver com ex sem medo, peça a ele pra na outra vida te dar essa coragem! Sinceramente, fugir de amor não é nada másculo na minha opinião. Por enquanto eu resolvi não me importar mais com você. Simplesmente não me importar. Sentei pra escrever um texto que te ofendesse e não saiu nada. É porque só ofendo quem me importa. Não me importar mais com você. Eis a ofensa. Eu tentei tanto viver sem você que de tanto tentar... me acostumei. Então tire o seu sorriso do caminho que eu quero passar com a minha dor. Quem sabe um dia as coisas mudem e você consiga aprender. Ou me quer e vem, ou não me quer e me deixa. Vire homem e se decida. Mas por enquanto, me deixa seguir sozinha? Obrigada.

Janine Lamenha

Desculpa, mas não sou tapa buraco, não sirvo como remédio anti-carência. Se você quiser me ligar porque sentiu saudades, sabe meu número. Mas não me invente de ligar porque está se sentindo só, não me use como adorno, engula seu medo da solidão. O que eu quero é amor, se você tem algum genérico disso dê para outra pessoa, eu não preciso de alguém que me faça de segunda opção, de plano b, de última alternativa.

camila Archuleta

Eu percebi hoje, que mudou. O meu sorriso. Ele ainda continua aqui, mas diferente, escondido. Quando ele é verdadeiro ele vem de mansinho. Se é escandaloso demais, então com certeza só quero esconder alguma lágrima. Percebi hoje, que antes eu mudava de assunto por timidez, hoje eu mudo de assunto por medo. Medo de onde até ele possa nos levar. Queria me sentir um pouco mais segura a respeito das pessoas, queria confiar um pouco mais nelas. Mas sabe quando dizem “eu vou ficar com você até o fim, não importa o que aconteça” e depois vão embora te deixando sem chão? Então, eu tenho uma leve impressão que todas as pessoas hoje só querem fazer isso.

desculpa sociedade- Tumblr

É perceber que talvez amar seja outra coisa. É sentir-se leve e livre. É saber que o coração dos outros não lhe é devido, não lhe pertence, não lhe cabe por contrato. A cada dia você deve merecê-lo. E dizê-lo. E dizer a ele. E compreender pelas respostas que talvez seja necessário mudar. É necessário mudar. É necessário ir embora pra reencontrar o caminho. Fabio que me olha bravo, de pé diante do portão.
E diz que não, que estou errada, que somos felizes juntos. Agarra meu braço e aperta com força. Porque, quando alguém que você deseja se vai, você tenta mantê-lo com as mãos e espera assim prender também seu coração. E não é assim. O coração tem pernas que você não vê. E Fabio vai embora dizendo você vai me pagar, mas o amor não é divida a ser liquidada, não dá créditos, não aceita descontos.

Desculpa se te chamo de amor - Frederico Mocia

Não é desculpa

Bipolaridade não é desculpa
para impaciência, falta de vontade
tristeza ou ansiedade
não é desculpa para violência
ou falta de clemência
não é desculpa para poucos amigos
nem ausência de caridade.

Eu escolhi ser tratada, tomar remédios
decidi ser chamada de endemoninhada
a despeito do que se passa aqui dentro
porque ninguém é obrigado a me aguentar
nem a suportar possíveis sintomas
ninguém é obrigado a ter que carregar
meus insuportáveis axiomas.

Bipolaridade não é desculpa prá crime
nem deslize, nem pecado,
se tenho um problema posso escolher ser diferente
e quem não pode, a família ou amigo pode decidir ajudar.
Quem se omite é responsável
quem coloca a culpa no diabo mas não muda é culpado
e que se dane quem diz o contrário.

Angela Natel

Desculpa... Se o que eu te disse te ofendeu,
Desculpe se voce nao gostou,
Desculpe se fui muito sincera,
mas eu sou assim, nao posso negar aquilo que sinto
Mas nao posso aceitar ficar calada
Sem dizer nada
Me desculpe se lhe fiz algo que voce nao gostou,
So apenas ainda nao tinham me dito que dizer eu te amo e te dar um beijo era errado.....
Me desculpe'mas sendo sincera novamente
Nao consigo mais viver sem voce....

UmaAdolecenteMuyLoka

É incrível como uma expectativa se torna tão rápida numa frustração. Um possível discurso de vencedor se transforma, sem percebermos, numa desculpa por não ter ganho. Queremos encontrar algum culpado, mas esse tal fulano, somos nós mesmos.

Em algum determinado momento, iremos falhar. Isso é fato. Nossa força é definida nesse processo. Fracasso será se pararmos de tentar fazer dar certo. Não tem o que enrolar, é um tapa na cara: você ficará deitado se lamentando ou irá criar outro caminho para poder chegar onde quer?

Eric Ventura

ALGUÉM ME FAZ IR ALÉM

Desculpa se te olho profundamente
É que tento enxergar a verdade
E ver a beleza da vida nos teus olhos
A ponto de ver a estrada muito antes dos teus passos
E me guiar
Você me faz ver novos horizontes
Olhar o tempo...
Ir sem ver os seus abraços
Seus sorrisos ou suas rimas de amor
Largar tudo e ir correndo a seu encontro
Mesmo que tão longe esteja
Mas o vento traz seu perfume
E foi ai que eu fiz de tudo
Pra você perceber que era seu...
O meu amor!

Madalena Guimarães e Thiago Filipe

Desculpa se tirei o telefone do gancho, se não respondi as mensagens, se não abri a porta e se não ouviu falar de mim por ai. Precisei tirar esse tempo para mim, me ausentar daquela rotina que me levava à loucura.
Costumava a passar horas do meu dia pensando no momento que nossos olhares se cruzariam e nossas mãos se tocassem, me importava apenas com aquele momento.
Nos dias frios somente os teus braços me aqueciam, era insubstituível. E todas aquelas conversas jogadas fora em um final de tarde serviram de remédio para meu dia melhorar. Sem falar daquele sorriso que me deixava paralisada, e penso que atrás dele havia algum encanto.
Nossos encontros foram marcados com tantas despedidas, tanta esperança e frio na barriga. E a única coisa que tinha certeza era que a cada despedida um novo encontro surgiria, poderiam se passar dias, meses e anos, mas as coisas não terminariam ali.
Acredite, ainda sou a sua menina. Aquela que anda descalço e que fica querendo saber como foi seu dia; Sou aquela que revira o baú ate achar uma lembrança boa de nós; continuo sendo aquela que estará ao seu lado para dar um abraço, um beijo e tirar um sorriso quando menos esperar; Aquela que deseja estar contigo a cada segundo de vida... Aquela que nunca deixou de te pertencer. Acredite!
Eu poderia passar minha vida inteira sem você, sem me importar; Se você esta se alimentando direito, se esta trabalhando ou se esta curtindo com seus amigos. Poderia deixar de acreditar em nós, só que eu não quero.
Tirar um tempo de tudo é necessário. Organizar as coisas para ter certeza do que queremos para nossa vida e foi assim que eu soube que nunca deixei de querer você.

Alaiane Motta

Desculpa não cura, não apaga, não faz o tempo voltar, não faz com que esqueçamos, mas de alguma forma ajuda.
Desculpa sincera, desculpa olhando nos olhos, desculpa com argumentos reais, desculpa sem tentar colocar culpa em outras pessoas, desculpa assumindo o erro por completo, enfrentando as consequências, desculpa com vontade de fazer diferente.
A simples palavra “desculpa”, muda o sentido das coisas.
Em uma briga, em um desentendimento, em uma palavra dita fora de hora, em uma atitude errada, a desculpa chega como salvação. Não haverá mais motivos pra continuar adiante com a zanga.
A desculpa é uma tentiva de um recomeço, mostra vontade de esquecer, deixar pra trás.
Não existe ser humano que fique indiferente a um pedido de desculpa.
A desculpa é o balsámo da alma, não cura. Mas ajuda.
Por mais magoados que estejamos, no fundo sempre esperamos que a outra pessoa venha se desculpar.
Apesar de repetirmos que “desculpa não muda nada”, ela muda sim. Mostra que a outra pessoa esta consciente do seu erro, e se pudesse faria diferente.

Imelda Sitole

Ela liga pra namorada do seu melhor amigo.

— Desculpa incomodar, mas eu não aguentava mais compartilhar essas palavras comigo mesma, sem ter ninguém para ouvir. Olha, grande parte de mim diz que eu não deveria gostar de você. Nem sei se eu gosto, não me leve a mal. Deve ser só ciúme mesmo, porque um dia cheguei a pensar que seria única na vida dele. Não que fôssemos apaixonados um pelo outro. Era a magia da coisa. Ele me entendia mais do que qualquer pessoa do mundo. Nunca passou pela minha cabeça a ideia de que os outros nos vissem como um casal. Criamos planos. Planejamos que iríamos nos casar e ter uma casa perto da praia. Teríamos dois filhos. Ele chegaria em casa e ia brincar com as crianças enquanto eu preparasse o jantar, que sempre terminaria em pizza. Eu acordaria do seu lado e iria inventar um motivo bobo para vê-lo sorrir. As paredes da casa seriam brancas, e também teríamos um cachorro, quase considerado como um filho. Nós passearíamos durante a madrugada para vermos as estrelas e eu dormiria acolhida pelo seu abraço. Nos sábados a noite, contrataríamos uma babá para cuidar das crianças enquanto fôssemos ao cinema para nem prestar atenção no filme. Seria lindo ver a escova de dente dele do lado da minha, no banheiro. E quando as minhas amigas perguntassem como estava o casamento, eu contaria a nossa história, mais uma vez, mesmo sabendo que elas já haviam decorado por causa de todas as outras vezes que eu contei. Ele comentaria de como eu ficava pequenininha usando sua camisa e de como aquilo era engraçado. Em dias de calor, esperaríamos pela chuva só para dançarmos sobre ela. Ah, ele me disse que não sabia dançar e eu fiz questão de ensiná-lo a partir do “dois pra lá, dois pra cá…” Ele me suportaria quando eu tivesse de tpm. Apesar de que ele adorava rir da minha irritação. Ele me ensinaria a surfar e andar de skate, enquanto eu lhe ensinava a trocar as fraldas dos bebês. E quando ele viajasse por causa do trabalho, eu ligaria de segundo em segundo só para falar que estava com saudades. Não por fazer o tipo de companhia melosa, mas para verificar se estava tudo bem enquanto eu não podia cuidar dele. Eu faria amizade com os amigos dele, só para provocar. Tenho que admitir que ele fica a coisa mais fofa-linda que eu já conheci com ciúmes, e por isso gosto de provocar. […] Só para não me esquecer: ele é o tipo de cara idiota. Ele te liga de madrugada, nem que seja para ouvir sua respiração ou seu riso baixinho do outro lado da linha. Se você diz que uma camisa fica bem nele, ele vai querer usá-la todas as vezes que vocês se virem. Quando as pessoas perguntarem se vocês são namorados, ele vai querer te beijar só pra irritar e vai dizer que são apenas melhores amigos. Ele tem uma puta mania de morder toda hora, e as vezes é estranho. Sempre que ele avistar uma piscina, vai te jogar nela, você querendo ou não. Ele vai perceber quando não estiver tudo bem. E vai querer te arrastar pras festas mais loucas que existirem. Se algum cara partir seu coração, vai fazer questão de matá-lo. Até mesmo se ele for esse cara. Ele gosta de beijar orelhas e pescoços, de um modo engraçado. A sua risada é o som mais lindo que eu já ouvi. E caralho, se ele chorar por você, sinta-se a pessoa mais feliz que já existiu, por tê-lo só pra ti. E nunca ouse em magoá-lo garota. A menos que queira ter problemas sérios comigo. E eu não digo isso tudo porque já fui apaixonada pelo seu namorado. Mas porque pensei que seria eu e ele para sempre. Pensei que ele seria meu, até seu último segundo de vida. Tudo bem, sem ressentimentos. Torço por vocês. Apenas precisava dizer isso.

Ela desliga o telefone, e repete baixinho: “eu o amo”.

Clara Benício

E como se desculpas bastassem ou aliviassem a dor que me causara durante tempos.
E como se desculpas calasse o grito reprimido dentro do meu peito.
E como se desculpas acabasse com tudo aquilo que vivi durante anos.
Desculpe-me mais desculpas podem até fazer com que você se sinta bem consigo mesmo, mas nunca o esquecimento do passado que ficou pra trás.
Que de qualquer forma, irá nos atormentar, sempre iremos nos lembrar de tudo que houve.
E o que seu pedido de desculpas vai fazer??
Nada, ele será sempre somente DESCULPAS.

Jamiille

- Eu não peço desculpa por nada, talvez eu agradeça. Agradeço a tais acontecimentos que me fizeram enxergar muitas coisas, e certas pessoas que protagonizaram eles. Obrigada as pessoas falsas e sinceras. Vejo hoje que ninguém é totalmente confiável, muito menos eu mesma. E nas poucas pessoas que confio, ainda assim tenho que manter meu cuidado. Eu sou minha pior inimiga, e quem sabe minha melhor amiga. Quando olho pra frente, agora, olho com mais clareza as coisas. Eu realmente estava sofrendo? Ou eu estava com medo? Era medo, medo de perder a poesia e a música que criei dentro de mim, medo de me perder de quem eu sou, ou queria ser, ou quem eu queria que as pessoas vissem que sou. Não era amor, de fato, era costume. Eu estava tão acostumada a somente amar uma coisa, adorar uma só coisa que achei que aquilo fosse realmente necessário acima de tudo. Tudo ficou mais claro quando eu descobri que não preciso viver de um costume, posso criar outros e me adaptar a eles, e de preferência, os bons. Não me refiro aos bons costumes da sociedade, e sim os bons costumes que constroem um caráter digno.

Ninguém precisa de amor pra ser feliz, alguns mentalizam isso, mas não precisam. As pessoas constroem em outras pessoas sonhos, sem realmente saber se elas mesmas são capazes de realizá-los.

Não tenho nada a oferecer além da minha companhia e da minha tentativa de sinceridade, mas a verdade é que enquanto eu tentar ser algo pra você, eu também estarei tentando ser algo pra mim, e tentando te tornar algo pra mim.

Grandes sonhos são feitos de grandes quedas, mas grandes quedas são feitas de grandes lições.

Eduarda Morgado

Queria...
Queria um café da manhã na cama...
Queria um pedido de desculpa depois da briga...
Queria um convite pra uma festa...
Queria saber mais de você, seus medos, seus anseios...
Queria ir pro mar com a sua companhia...
Queria palavras verdadeiras...
Queria um olhar de afeto...
Queria sua respiração ofegante de tesão...
Queria tomar banho juntinho...
Queria ouvir da sua boca que sou linda...
Queria a sua amizade... Os seus conselhos...
Queria ser sua irmã, sua mãe, sua filha...
Queria ir a um show de rock com você...
Queria pular de alegria quanto você realizasse um sonho... Mas com você!
Queria viajar pro exterior...
Queria ter filhos seus...
Queria churrasco e som alto aos domingos na nossa casa...
Queria tanto ir ao cinema, não importa o filme, mas com você...
Queria sentir seu cheiro, beijar seu pescoço...
Queria um aperto de mão bem forte...
Queria fazer parte da sua família...
Queria que me buscasse na faculdade de surpresa...
Queria seu ciúme...
Queria seu colo...
Queria um brinde a nós...
Queria lhe dar presentes... Receber flores de você...
Queria viajar a dois pra Gramado no inverno e pra Bahia no verão...
Queria ir ao mercado com você no fim de semana fazer nossas compras...
Queria brigar e fazer as pazes...
Queria tomar um porre histórico do seu lado...
Queria saber o que você gosta de comer...
Queria que apreciasse algo em mim...
Queria fazer strip-tease pra você...
Queria passar o natal e o reveillon...
Queria ter suas roupas no meu roupeiro...
Queria enjoar da rotina do seu lado...
Queria jantar com os nossos amigos...
Queria reclamar do seu futebolzinho de toda semana...
Queria ser importante pra você...
Queria que sentisse a minha falta...
Queria amor e sexo, só com você...
Queria véu, grinalda, buquê...
Queria ouvir eu te amo... Queria responder eu também te amo...
Queria você...

Karen Tolentino

Desculpa...

Desculpa por ver em você uma pessoal tão especial, com um brilho descomunal.
Desculpa ter chegado assim, sem pedir licença e me apegar ao seu alto astral.

Desculpa por te achar a mulher mais linda do mundo.
E desculpa mais ainda por eu querer te ver todo o segundo.

Desculpa por eu chegar e te incomodar logo cedo,
Mas que culpa tenho se sua voz é extremo aconchego.

Desculpa por pensar em você todo o dia.
Desculpa por não conseguir ficar sem o seu bom dia.

Desculpa por encontrar em você um exemplo de felicidade,
Mas entenda que é onde vejo uma verdadeira amizade.

Desculpa por me apegar tanto ao seu encanto.
Desculpa se ao ouvir sua voz, apenas ouço um canto.

Desculpa por viajar no seu perfume,
Pois sempre quando o sinto, brilha intensamente um lume.

Desculpa por as vezes adormecer com você na mente.
Desculpa por te sentir tão intensamente.

Desculpa por te enviar mensagens sem nexo.
Desculpa por eu ser assim tão complexo.

Desculpa por ficar te esperando chegar.
E desculpa por, na hora de ir embora, querer te fazer demorar.

Desculpa se com você me sinto num conto,
Mas é assim toda vez que te encontro.

Por fim, mil desculpas se com isso te assusto.
Até porque eu entendo seu susto...

Teodoro

Desculpa, já é tarde da noite, ou melhor já são quase cinco da matina, e aqui estou, escrevendo. Refletindo, repensando, recomeçando....mas eu não consegui, antes de olhar uma última vez para trás. Maldita música que me fez lembrar... aquela cantora louca que anda com um cortador de grama pela cidade, e aquele rap de "romeu e julieta". Essa é a hora, o momento de eu ter minha válvula de escape, minha saída de emergência. Eu não sei se jogo na cara as mentiras, ou a enrolação... ou a falta de amizade? de consideração. Não sei se finjo, se escondo, se ignoro pra nunca mais, nunca, cometer esse erro novamente. "Uma menina fofinha e esperta que..... acreditou em quem não devia, de novo." Mas, esquece... já deu, e você sabe que já é tarde, tão tarde quanto as horas no relógio. Nada de lamentação, ninguém nunca foi obrigado a nada, pressionado a nada. É só a vida. E, a única certeza é que ela segue, e ela vai seguir ano que vem comigo longe dessa opressão que chamam de "Brasil". Bons momentos, sensações, reações, risadas, sorrisos, obrigada! Eu agradeço, mas não guardo nada. Eu era diferente, na verdade eu sou.... realmente, o que eu digo e faço, até você sabe distinguir que não é comum. Eu não me iludo, mantenho uma distância, desconfio das pessoas, mas mesmo assim me preocupei, e até me importei por um mínimo que fosse, mas esquece amigão, foi perda de tempo. Não te culpo, não te julgo, só me despeço... que adeus sem graça... mas eu ainda acho razão para escrever pra quem nunca vai ler. Uma alma já morreu há muito tempo, mas essa ainda não é minha, eu acreditei que ainda tinha solução, e eu ficaria pra ajudar a recuperá-la, mas não vale, se nem a amizade prevaleceu aqui. Ana, Julia, Beatriz, Carol... e todos os outros nomes, só são nomes, quem não te trocou, te substituí...te usou? São só nomes, só garotas, iguais.... umas perdidas assim como a/o personagem principal. Mas, valeu, não guardo nada de ruim, e só penso no bem... um quarto vazio, uma garrafa de Whisky quase vazia, um beck....e um coração vazio, uma alma gelada... E, do outro lado da cidade um sorriso, um perfume doce, um fraco por comédias do Adam Sandler, Ben Stiller e Jim Carrey, uma vocação para escrever, e uma trufa de menta. E, o sono já a consome e a essa altura já se perdeu na parte do "quero um dia te mostrar tudo que aprendi dessa vida louca....já pensei em desistir no meio do caminho...perigo....e mais uma vez te escrevo...." ela pisca mais duas vezes, mas tá ligada, esperta... não precisava disso, mas é só uma confirmação das suas teses, e dessa vez alguém tinha que pular do bonde andando, alguns arranhões e dores musculares, mas ela saltou... olhou pra trás, alguém acompanhou? Não? Então vamos! Faz o caminho à pé que é esquema, porque a falta de coragem, o drama e as desculpas ficaram naquele vagão, assim como o tempo perdido por algo que a estagnava em falta de disposição. Segue em frente, olha pra frente, e pensa: é a vida!
Um novo sentido....

Carolline Milici

Desculpa por exigir de ti
Um ser perfeitamente trabalhado
Adaptado a uma nova realidade
De que te amo de verdade.

Tudo isto é possível
Se o sentimento persistir
À minha necessidade de perfeição
Não vou desistir
De me dares a tua mão

A um projecto
Que sonho construir contigo
Tens que ser mais que um amigo

Pessoa leal, responsável
Preocupada com uma vida em conjunto
Onde te quero sempre junto.

O sentimento é crucial
Mas não tem qualquer mal
Pedir que estejas sempre presente
De corpo e alma

Que tragas a calma,Clareza, objectividade
Para resolver as barreiras
E definir fronteiras

Desculpa por exigir de ti
Uma vida diferente
Mas como pessoa inteligente
Saberás analisar
Que não te quero magoar

Sabes que um relacionamento
Não sobrevive apenas com sentimento
A vida em união é muito mais que isso
Uma partilha constante
Á procura de um futuro triunfante

Onde pela vida fora
Sabes que podes contar
Com um braço forte para te amparar

Então chegará o momento
Por nós tanto esperado
Estarás preparado
Para termos alguém do nosso lado.

Catarina Portela

Desculpa amor


Desculpa,
Se o meu coração me enganou e eu te machuquei,
Quando falei de paixão juro que até sonhei,
Não e sim palavra triste que consola diz me apaixonei.

Desculpa,
Eu não sabia que podia no calor
da amizade me apaixonar,
Coisas de segundo um olhar tão
perfeito se junta ao meu,
O chão sumiu tudo girando cada vez
mais rápido o dia virou breu.

Oh meu anjo, desculpa...
O sentimento veio e arrebentou as
grades do meu coração,
Ele bateu tão forte que não havia mais razão,
Ilusão na amizade sincera meu amor,
Oh meu anjo, desculpa...
Pensei só em mim que loucura esqueci de você,
Criei uma história agora tenho que sofrer,
Só lhe peço uma coisa, desculpa, amei você!

rafaela vsl

Nem Pergunte Pra Quem é Pq VC Já Sabe

-Me Desculpa Por tudo q eu Fiz VC Passa,,, Me Arrependo De Não Ter Retribuido Seu Amor Ate HJ,,, Não Consigo Dormir sem Pensar Em VC... Mais Como Vc Ainda Esta com raiva de Mim,, Ja sei Q Vc Não Vai Me Perdoar,,, Sua Resposta Como Sempre E

-Não, Vc Me Magou Uma Vez,, e PQ Vc Acha Q Eu Devo Acreditar Em Vc Novamente

-Simples Enquanto A Gente Não Tentar D Vdd Não Vai Dar Certo

DZW