Cartas de Desculpa

Cerca de 239 cartas de Desculpa

É perceber que talvez amar seja outra coisa. É sentir-se leve e livre. É saber que o coração dos outros não lhe é devido, não lhe pertence, não lhe cabe por contrato. A cada dia você deve merecê-lo. E dizê-lo. E dizer a ele. E compreender pelas respostas que talvez seja necessário mudar. É necessário mudar. É necessário ir embora pra reencontrar o caminho. Fabio que me olha bravo, de pé diante do portão.
E diz que não, que estou errada, que somos felizes juntos. Agarra meu braço e aperta com força. Porque, quando alguém que você deseja se vai, você tenta mantê-lo com as mãos e espera assim prender também seu coração. E não é assim. O coração tem pernas que você não vê. E Fabio vai embora dizendo você vai me pagar, mas o amor não é divida a ser liquidada, não dá créditos, não aceita descontos.

Desculpa se te chamo de amor - Frederico Mocia

Desculpa... Se o que eu te disse te ofendeu,
Desculpe se voce nao gostou,
Desculpe se fui muito sincera,
mas eu sou assim, nao posso negar aquilo que sinto
Mas nao posso aceitar ficar calada
Sem dizer nada
Me desculpe se lhe fiz algo que voce nao gostou,
So apenas ainda nao tinham me dito que dizer eu te amo e te dar um beijo era errado.....
Me desculpe'mas sendo sincera novamente
Nao consigo mais viver sem voce....

UmaAdolecenteMuyLoka

É incrível como uma expectativa se torna tão rápida numa frustração. Um possível discurso de vencedor se transforma, sem percebermos, numa desculpa por não ter ganho. Queremos encontrar algum culpado, mas esse tal fulano, somos nós mesmos.

Em algum determinado momento, iremos falhar. Isso é fato. Nossa força é definida nesse processo. Fracasso será se pararmos de tentar fazer dar certo. Não tem o que enrolar, é um tapa na cara: você ficará deitado se lamentando ou irá criar outro caminho para poder chegar onde quer?

Eric Ventura

Não é desculpa

Bipolaridade não é desculpa
para impaciência, falta de vontade
tristeza ou ansiedade
não é desculpa para violência
ou falta de clemência
não é desculpa para poucos amigos
nem ausência de caridade.

Eu escolhi ser tratada, tomar remédios
decidi ser chamada de endemoninhada
a despeito do que se passa aqui dentro
porque ninguém é obrigado a me aguentar
nem a suportar possíveis sintomas
ninguém é obrigado a ter que carregar
meus insuportáveis axiomas.

Bipolaridade não é desculpa prá crime
nem deslize, nem pecado,
se tenho um problema posso escolher ser diferente
e quem não pode, a família ou amigo pode decidir ajudar.
Quem se omite é responsável
quem coloca a culpa no diabo mas não muda é culpado
e que se dane quem diz o contrário.

Angela Natel

Sou calma sim, tranquila sim... e assim como todos os seres humanos também desconfio. O que me difere de alguns é que eu desconfio, mas não julgo. Ao contrário de muitos eu me sensibilizo e vou atrás pra saber o do porque da pessoa ser ou estar agindo dessa ou daquela maneira e se for o caso ajudar.
Há quem me julgue duas caras por eu ser assim, mas isso é a opinião delas, e a opinião delas não significa que eu devo ser como me julgam ser. Agradeço todos os dias por Deus existir, pq Ele me entende e olha para o meu coração e me protege dos maus julgadores!!!
E quer saber? Eu entendo alguns maus julgadores. Talvez seja muito difícil pra eles entenderem esse meu jeito de não me afastar daqueles que eles julgam ser os excluídos dos seus grupos, pelo simples fato de que são pessoas machucadas pela vida, e a tendência das pessoas machucadas é de autopreservação, se fecham, se defendem e até atacam quando "acham" que estão sendo ameaçados.
Não espero compreensão de ninguém, apenas digo que também já fui muito magoada, machucada tanto emocional quanto fisicamente e mesmo com as agruras da vida, me tornei uma pessoa que sempre busca enxergar o lado bom das coisas e pessoas. E posso te afirmar que mesmo que alguém me faça o mal, na hora eu fico triste, chateada, mas por ser assim desse meu jeito, eu supero as dificuldades com mais facilidade e isso é a recompensa que Deus me deu de não ter me tornado uma pessoa amarga como tantas se tornaram dando a desculpa de que a vida me fez ser assim!!!

Claudia Homem

E preferimos continuar justificando comportamentos nossos que condenamos no outro, usando a desculpa de que “todo mundo age assim”... “eu tenho que dançar conforme a música”...
Como se não houvessem outros ritmos a serem dançados! Como se aquela fosse a única música existente!
Se todo mundo erra, então errar passa a ser correto? O erro passa a ser acerto?

Maria Aparecida Francisquini

Propenso

É do homem errar
É do homem falhar
É do homem pisar na bola
Por vezes, coisas importantes,
Ignora.

Peço perdão e falho de novo
Procuro alguém a quem culpar
Procuro escudo pra me safar
Será que o problema não sou eu?

Antes tarde do que mais tarde
O amanhã não me pertence
Os meus sonhos não me pertencem
Nele confiarei
E o melhor virá

O pior dos piores homens
É aquele que não reconhece o erro
Pois assim, se torna imutável
Num mundo tão dinâmico
Pedras se quebram.

Thiago Balzary

Ontem?…Isso faz tempo!… Amanhã?… Não nos cabe saber… Amanhã pode ser muito tarde...
Para você dizer que ama,
Para você dizer que perdoa,
Para você dizer que desculpa,
Para você dizer que quer tentar de novo…
Amanhã pode ser muito tarde Para você pedir perdão, Para você dizer: Desculpe-me, o erro foi meu!…
O seu amor, amanhã, pode já ser inútil; O seu perdão, amanhã, pode já não ser preciso; A sua volta, amanhã, pode já não ser esperada; A sua carta, amanhã, pode já não ser lida; O seu carinho, amanhã, pode já não ser mais necessário; O seu abraço, amanhã, pode já não encontrar outros braços…
Porque amanhã pode ser muito… muito tarde!
Então faça tudo acontecer, mesmo que tudo não seja como você quer, mas...que tenta fazer tudo para chegar lá....

Sirlei do Rocio de Oliveira M

Não conheci, e que conheci em você não gostei

Desculpa.
Mas, o que eu procurava...
Em você não encontrei.

Desculpa,
Você não era o que eu esperava.
Para mim você é uma pessoa muito rasa.

Desculpa,
Você é a pessoa errada.
Não se abre, sempre com a cara emburrada.

Desculpa,
Não quero te incomodar.
Nem amigos poderemos nos tornar.

Desculpa,
Não consigo lidar com gente mal-humorada.
Detesto, gente mal amada.

Desculpa,
Não gosto de gente anti social.
Como sempre, se achando o tal.

Desculpa,
Você não é a última Coca-Cola do deserto.
Não pense que viver sem você é como morrer de sede durante o inverno.

Desculpa,
Eu não tenho muita paciência.
Não suporto, gente que só vive de aparência.

Desculpa,
Não me dou bem com gente arrogante.
Muito menos quem tem o ar de petulante.

Desculpa,
Já tentei me aproximar.
Um dia acreditei que você tivesse mais para dar.

Desculpa,
Sua falta de educação me irrita.
Eu pensei que você fosse mais interessante.

Desculpa,
Sua antipatia me deixa nervosa.
Melhor você partir ou deixar de agir como um completo idiota.

Desculpa.
Não conheci,
E o que conheci em você não gostei.

Khenya Tathiany

Amar é ter alguém para compartilhar as
alegrias e tristezas, é sonhar acordado, é ter
você aqui comigo...
Amar é olhar para dentro de si mesmo, e
dizer:
Eu quero alguém para ser feliz...
É viver intensamente um grande amor.
É sonhar com uma gota de realidade,
e realizar uma gota desse sonho.
É estar presente até na ausência.
Amar é ter em quem pensar.
É razão que ninguém teria razão para nos
tirar.
É ser só de alguém e nunca deixar esse
alguém só.
É pensar em você tão alto a ponto de você
escutar.
Amar é ir até a morte
É acordar para a realidade do sonho.
É vencer através do silêncio.
É ser feliz até com um pouco quando,
muito não é bastante.
Amar é dar anistia ao seu coração.
É sonhar o sonho de quem sonha com você.
É sentir saudades.
É chegar perto na DISTÂNCIA.
Amar é a força da razão.
É quando os momentos são eternos.
Amar é ser adulto e se sentir criança.
É viver a vida em versos e ao inverso.
É a maior experiência na vida de um
homem.
Mas acima de tudo,
Amar é crer em Deus porque Deus é amor.
E foi Deus quem trouxe você para mim. darei te o primeiro e ultimo do meu amor

Lourdes pacheco oliveira

Mal acostumada

Acho que fiquei mal acostumada:
Quando faço um favor, espero ouvir 'Obrigado'.

Acho que fiquei mal acostumada:
Quando me torno acessível, espero um amigo, não ser usada.

Me desculpe, acho que fiquei mal acostumada:
não desejo que usem o que publico contra mim, contra ninguém,
nem como desculpa para cobrar nada de quem quer que seja.

Acho que fiquei mal acostumada:
espero gentileza, educação, humanidade.
Esqueci que essas coisas há muito
não fazem mais parte da normalidade.

Me perdoe, acho que errei a porta, disquei o número errado,
e esperei compreensão, não ser por isso condenada.
Acho que fiquei mal acostumada,
e esperei ser tratada como pessoa, com dignidade.

Esperei receber pelo meu trabalho,
esperei não ser maltratada,
muito menos rotulada.

Me perdoe, ninguém tem culpa, nem responsabilidade.
Apenas eu, que fiquei mal acostumada.

Me perdoe as falsas expectativas, as cobranças, a rispidez.
Fiquei mal acostumada, foi estupidez.

Angela Natel

Peço a ela minhas sinceras desculpas, sei que errei. O sentimento me corrói, pois não sei que falar, a culpa me condena, os olhos de sentença me apedrejam e a linguagem corporal me ignora. Deixa no ar, uma certa duvida de que se haverá perdão ou não. O silêncio de uma mulher significa diversas coisa, neste caso o desapontamento

Lucas Favotto Do Rosário

Desculpa, já é tarde da noite, ou melhor já são quase cinco da matina, e aqui estou, escrevendo. Refletindo, repensando, recomeçando....mas eu não consegui, antes de olhar uma última vez para trás. Maldita música que me fez lembrar... aquela cantora louca que anda com um cortador de grama pela cidade, e aquele rap de "romeu e julieta". Essa é a hora, o momento de eu ter minha válvula de escape, minha saída de emergência. Eu não sei se jogo na cara as mentiras, ou a enrolação... ou a falta de amizade? de consideração. Não sei se finjo, se escondo, se ignoro pra nunca mais, nunca, cometer esse erro novamente. "Uma menina fofinha e esperta que..... acreditou em quem não devia, de novo." Mas, esquece... já deu, e você sabe que já é tarde, tão tarde quanto as horas no relógio. Nada de lamentação, ninguém nunca foi obrigado a nada, pressionado a nada. É só a vida. E, a única certeza é que ela segue, e ela vai seguir ano que vem comigo longe dessa opressão que chamam de "Brasil". Bons momentos, sensações, reações, risadas, sorrisos, obrigada! Eu agradeço, mas não guardo nada. Eu era diferente, na verdade eu sou.... realmente, o que eu digo e faço, até você sabe distinguir que não é comum. Eu não me iludo, mantenho uma distância, desconfio das pessoas, mas mesmo assim me preocupei, e até me importei por um mínimo que fosse, mas esquece amigão, foi perda de tempo. Não te culpo, não te julgo, só me despeço... que adeus sem graça... mas eu ainda acho razão para escrever pra quem nunca vai ler. Uma alma já morreu há muito tempo, mas essa ainda não é minha, eu acreditei que ainda tinha solução, e eu ficaria pra ajudar a recuperá-la, mas não vale, se nem a amizade prevaleceu aqui. Ana, Julia, Beatriz, Carol... e todos os outros nomes, só são nomes, quem não te trocou, te substituí...te usou? São só nomes, só garotas, iguais.... umas perdidas assim como a/o personagem principal. Mas, valeu, não guardo nada de ruim, e só penso no bem... um quarto vazio, uma garrafa de Whisky quase vazia, um beck....e um coração vazio, uma alma gelada... E, do outro lado da cidade um sorriso, um perfume doce, um fraco por comédias do Adam Sandler, Ben Stiller e Jim Carrey, uma vocação para escrever, e uma trufa de menta. E, o sono já a consome e a essa altura já se perdeu na parte do "quero um dia te mostrar tudo que aprendi dessa vida louca....já pensei em desistir no meio do caminho...perigo....e mais uma vez te escrevo...." ela pisca mais duas vezes, mas tá ligada, esperta... não precisava disso, mas é só uma confirmação das suas teses, e dessa vez alguém tinha que pular do bonde andando, alguns arranhões e dores musculares, mas ela saltou... olhou pra trás, alguém acompanhou? Não? Então vamos! Faz o caminho à pé que é esquema, porque a falta de coragem, o drama e as desculpas ficaram naquele vagão, assim como o tempo perdido por algo que a estagnava em falta de disposição. Segue em frente, olha pra frente, e pensa: é a vida!
Um novo sentido....

Carolline Milici

- Eu não peço desculpa por nada, talvez eu agradeça. Agradeço a tais acontecimentos que me fizeram enxergar muitas coisas, e certas pessoas que protagonizaram eles. Obrigada as pessoas falsas e sinceras. Vejo hoje que ninguém é totalmente confiável, muito menos eu mesma. E nas poucas pessoas que confio, ainda assim tenho que manter meu cuidado. Eu sou minha pior inimiga, e quem sabe minha melhor amiga. Quando olho pra frente, agora, olho com mais clareza as coisas. Eu realmente estava sofrendo? Ou eu estava com medo? Era medo, medo de perder a poesia e a música que criei dentro de mim, medo de me perder de quem eu sou, ou queria ser, ou quem eu queria que as pessoas vissem que sou. Não era amor, de fato, era costume. Eu estava tão acostumada a somente amar uma coisa, adorar uma só coisa que achei que aquilo fosse realmente necessário acima de tudo. Tudo ficou mais claro quando eu descobri que não preciso viver de um costume, posso criar outros e me adaptar a eles, e de preferência, os bons. Não me refiro aos bons costumes da sociedade, e sim os bons costumes que constroem um caráter digno.

Ninguém precisa de amor pra ser feliz, alguns mentalizam isso, mas não precisam. As pessoas constroem em outras pessoas sonhos, sem realmente saber se elas mesmas são capazes de realizá-los.

Não tenho nada a oferecer além da minha companhia e da minha tentativa de sinceridade, mas a verdade é que enquanto eu tentar ser algo pra você, eu também estarei tentando ser algo pra mim, e tentando te tornar algo pra mim.

Grandes sonhos são feitos de grandes quedas, mas grandes quedas são feitas de grandes lições.

Eduarda Morgado

Desculpa se tirei o telefone do gancho, se não respondi as mensagens, se não abri a porta e se não ouviu falar de mim por ai. Precisei tirar esse tempo para mim, me ausentar daquela rotina que me levava à loucura.
Costumava a passar horas do meu dia pensando no momento que nossos olhares se cruzariam e nossas mãos se tocassem, me importava apenas com aquele momento.
Nos dias frios somente os teus braços me aqueciam, era insubstituível. E todas aquelas conversas jogadas fora em um final de tarde serviram de remédio para meu dia melhorar. Sem falar daquele sorriso que me deixava paralisada, e penso que atrás dele havia algum encanto.
Nossos encontros foram marcados com tantas despedidas, tanta esperança e frio na barriga. E a única coisa que tinha certeza era que a cada despedida um novo encontro surgiria, poderiam se passar dias, meses e anos, mas as coisas não terminariam ali.
Acredite, ainda sou a sua menina. Aquela que anda descalço e que fica querendo saber como foi seu dia; Sou aquela que revira o baú ate achar uma lembrança boa de nós; continuo sendo aquela que estará ao seu lado para dar um abraço, um beijo e tirar um sorriso quando menos esperar; Aquela que deseja estar contigo a cada segundo de vida... Aquela que nunca deixou de te pertencer. Acredite!
Eu poderia passar minha vida inteira sem você, sem me importar; Se você esta se alimentando direito, se esta trabalhando ou se esta curtindo com seus amigos. Poderia deixar de acreditar em nós, só que eu não quero.
Tirar um tempo de tudo é necessário. Organizar as coisas para ter certeza do que queremos para nossa vida e foi assim que eu soube que nunca deixei de querer você.

Alaiane Motta

Desculpa não cura, não apaga, não faz o tempo voltar, não faz com que esqueçamos, mas de alguma forma ajuda.
Desculpa sincera, desculpa olhando nos olhos, desculpa com argumentos reais, desculpa sem tentar colocar culpa em outras pessoas, desculpa assumindo o erro por completo, enfrentando as consequências, desculpa com vontade de fazer diferente.
A simples palavra “desculpa”, muda o sentido das coisas.
Em uma briga, em um desentendimento, em uma palavra dita fora de hora, em uma atitude errada, a desculpa chega como salvação. Não haverá mais motivos pra continuar adiante com a zanga.
A desculpa é uma tentiva de um recomeço, mostra vontade de esquecer, deixar pra trás.
Não existe ser humano que fique indiferente a um pedido de desculpa.
A desculpa é o balsámo da alma, não cura. Mas ajuda.
Por mais magoados que estejamos, no fundo sempre esperamos que a outra pessoa venha se desculpar.
Apesar de repetirmos que “desculpa não muda nada”, ela muda sim. Mostra que a outra pessoa esta consciente do seu erro, e se pudesse faria diferente.

Imelda Sitole

ALGUÉM ME FAZ IR ALÉM

Desculpa se te olho profundamente
É que tento enxergar a verdade
E ver a beleza da vida nos teus olhos
A ponto de ver a estrada muito antes dos teus passos
E me guiar
Você me faz ver novos horizontes
Olhar o tempo...
Ir sem ver os seus abraços
Seus sorrisos ou suas rimas de amor
Largar tudo e ir correndo a seu encontro
Mesmo que tão longe esteja
Mas o vento traz seu perfume
E foi ai que eu fiz de tudo
Pra você perceber que era seu...
O meu amor!

Madalena Guimarães e Thiago Filipe

Pô gata desculpa a demora tava dirigindo...
"Nossa que perfeito você dirige é?"
Claro né gata,piloto de fuga pow!!
"Noossa,que carro você tem lindo,quem sabe um dia pode me levar pra passear"
Eu tenho uma mclaaaaren fodastica :P
"uuuuii"
Ei agora me da uma licença que vou dirigir de novo tenho que terminar de vara esse jogo NEED FOR SPEED MONSTER ANTED

Luiz Couto

Desculpa, eu te amava mesmo
Tentei de tudo para te manter longe de mim
Mas não deu certo
Tentei não te magoar
Mas nada deu certo, te fiz sofrer e chorar
E hoje sofro, por ter afastado o que ms passei a amar...
Apenas queria ver você feliz, ms sempre sabia que não podia ser comigo, ms acabmos nos machucando

E os anos vão passando e esse sentimento que permanece, porquê? :/
Mee diiiz viiida

Nany C.

E preferimos continuar justificando comportamentos nossos que condenamos no outro, usando a desculpa de que “todo mundo age assim”, que “eu tenho que dançar conforme a música”... como se não houvessem outros ritmos a serem dançados! Como se aquela fosse a única música existente!

Se todo mundo erra, então errar passa a ser correto? O erro passa a ser acerto?

Maria Aparecida Francisquini