Cartas de Declaração

Cerca de 139 cartas de Declaração

DECLARAÇÃO

Não quero teu corpo
Enquanto tua alma não me pertencer
Não quero sua vida
Pois não saberia vive-la
Não quero sua riqueza
A qual, não teria valor algum sem você?

Quero o teu sorriso
Descobrir teus segredos, com a intenção de roubar teu coração
Quero teus abraços, ouvir sua voz
Teu olhar indiscreto me procurando pôr ai
E seus labios me consumindo pôr inteiro

Não quero sua tristeza
Pois, só alimentaria minha dor
Não quero teus sonhos
Prefiro que os realize comigo
Não quero suas lagrimas
Pois sua ausencia não me permite enxuga-las

Quero sua alegria
Quero teus beijos, quando me pertencer
Quero te conquistar, pra que não precise roubar o teu amor
Antes que o tempo me consuma e não permita faze-lo
Quero teu amor, pôr um dia e uma noite a mais
Ainda que pela ultima vez
Porque descobri que ainda te amo

Reinaldo Toledo

Declaração de amor.

Você me olha com seu olhar enigmático
Fico sem reação.
Me perco toda vez que te vejo.
O meu coração fica desesperado ao sentir sua ausência.
Com desorientação te procuro,
Porem não te encontro.
Com carência choro,
Por você imploro.
O meu ser lamenta não lhe ter.
Sinto dizer que sem querer em você eu penso,
Te sinto e te desejo.
Esperando que venhas entender o que nesse poema quero dizer.
Te amo mas estou tentando te esquecer.
Só isso queria pessoalmente te dizer,
Sem coragem venho por meio deste a fazer.
Te amo não se esqueça!

Jhennifer Karoline May

Te espero no farol
Pra ver o sol se pôr
Fazer denguinho
Fazer declaração de amor

Te espero no farol
Pra ver o sol se pôr
Fazer amor, fazer amor

Sei que um dia vai lembrar
O tanto que eu te quis
Eu sei você vai ver
Mas eu tenho que aceitar
Viver sem teu olhar
Não posso resistir

Vem pra perto de mim
Faz o tempo parar
Faz tudo acontecer
Vou te fazer carinhos
Até o amanhecer

Não posso resistir
Vem pra perto de mim
Faz o tempo parar
Faz tudo acontecer
Vou te fazer carinhos
Até o amanhecer

Te espero no farol
Pra ver o sol se pôr
Fazer amor, fazer amor

Tomate

Declaração

Estive pensando e querendo lembrar,
a que momento comecei a me apaixonar por você!
Enfim percebi que não houve um momento certo,
pois esse sentimento estava guardado no meu coração
esperando apenas você chegar para sair e declarar
tudo o que sinto por você!
Me perdoa se alguma vez te magoei
não foi por querer!
Confesso que tive um pouco de medo de me entregar!
Medo de me ferir outra vez!
Mas hoje olhando nos seus olhos vejo que
não tenho motivos pra isso!
Espero que o que acontecer entre a gente
seja lindo enquanto dure!
Se for pra sempre...
Que Deus nos abençoe!
Se não for, que seja inesquecível
e nossa amizade seja eterna!
Mas o que interessa agora
é que nossos sentimentos sejam correspondidos!
Pois hoje sei o quanto te adoro
e o quanto é bom estar ao teu lado!

Te amo

Tafnes Rocha

Esta é uma Declaração Pública de Amor

Torno Público e que se publique :
"Eu te Amo"

Uma história se escreve dias após dias, encontros e desencontros, conquistas e algumas perdas.
Mas a nossa história, como diria o poeta :
“Estava escrito nas estrelas.”
Como as profecias do profeta, a se concretizar.
E como ele previu, o primeiro encontro foi de encantamento, de descobertas, de conversas ao ouvido,
segredos que há mais ninguém podiam se revelar.
No mesmo instante eu senti que:
”Eu sei que vou te amar”.
Tanta ternura em nossas manhãs de sol, na praça que adotei como nossa praça, onde crianças dividiam brinquedos, corriam felizes, comiam pipoca,
algodão doce, e sorriam, sorria o seu melhor sorriso.
Mas também tinha os dias de chuva, mas brincávamos em uma casa, onde os muros eram feitos de papoulas e apenas com um passo estávamos no jardim do vizinho.
Quantas tardes fugíamos 'a sala do cinema e disfarçarmos na saída para que o lanterninha não descobrisse que estivemos o tempo todo ali.
Vezes têm que penso em te deixar... E vou.
Recolho algumas lembranças, e disfarço a tristeza na despedida.
Preciso de um tempo para sentir saudades, ou seria para ir a outros encontros, a outros lugares?
Quero um pouco de silêncio, até para te entender melhor no dia que resolver voltar, e sei que vou voltar.
De longe tenho notícias suas.
O cenário é o mesmo. Os personagens muitos são os que já conheço.
Aparece um ou outro artista, querendo se fazer notar por ti.
E lá vai você, com seu charme, seu jeito de menino moleque, ou um galanteador nato, a cantar em prosa e versos a beleza das belas damas.
Na sua volúpia, debulhas em gracejos, estende tapete vermelho para quem passa por ti. Até oferece flores, bombons... e um sorriso malandro.
E despertas paixões, encontros furtivos, mal disfarçados.
Eu quero voltar... Talvez precise voltar.
Não tenho as expectativas de outrora, agora eu já te conheço o suficiente para caminhar por tuas ruas sem o medo de me perder.
Chego nas asas de um passarinho, o coração tranqüilo... Aprendi a mantê-lo sereno.
Acolhe-me com a mesma gentileza, e até sinto que também sentiste saudades.
Volto ao meu jardim onde esquecida num canteiro se encontra uma flor, quase a perder suas pétalas de saudades de seu beija-flor.
Acalma teu coração singela flor.
Eu estou de volta e vou cuidar de ti, e logo estarás vestida com seu melhor vestido, e seu amigo beija-flor a te namorar.
Ah... Não tens um belo vestido? Entendo... Queres vestiste da melhor seda...
Mas deixa eu te contar um segredo:
Teu amigo beija-flor, te ver como a mais bela flor, neste vestido de chita.
Quero voltar a construção da ponte sobre o mar para ir ao outro lado da rua. Agora sem pressa que o tempo me atropele. As amarras agora vou tecendo com serenidade. Fortalecendo os laços, antes frouxos pela minha impaciência na ânsia de chegar do outro lado, sem perceber que ainda não estava totalmente segura, e que poderia me machucar, ao tentar atravessa-la.
Como entendo bem quando Oswaldo Montenegro diz:
"Sempre , não é todo dia"
Sempre é por toda vida!
Assim fica proibido a partir desta data, duvidares do meu Amor.
Agora , que é notório o meu Amor por Você, só resta te dizer:
“EU SEI QUE VOU TE AMAR. POR TODA MINHA VIDA VOU TE AMAR.”
Eu te Amo, Meu RECIFE!

**************

Não quero tirar o melhor de si.
Quero comungar contigo o melhor de nós.

Antonia
Recife, 23/ outubro/2007

Antonia Moreira

Uma declaração em forma de poesia...

Amor, o meu coração se derrete todo quando ouve a sua voz, em suave sintonia, se acalma. Trovões rugem, tentando me assustar, mas penso em você e não tenho medo, nem tão pouco me aborreço. Você me conquistou definitivamente, com sua graça e sua beleza. Confesso que, estou perdidamente apaixonado. Agora, minha melhor saída, é amar você para sempre! Não sei mais viver sem você. Eu te amo totalmente! Eu te quero intensamente! Eu te quero para sempre...

Isaque Ramos

Tudo
Minha vida,
A cada importância do meu amor,
Arrependimento,
Auto-declaração,
Declaração,
Eu descobri quê,
História do Sombra 7,
Luz do Luar,
Meu sonho,
O amor que eu sinto,
O que eu quero,
O que eu sinto por você,
Pedido a Deus,
Por quê,
Será...,
Talento,
Você é o meu socorro,
Você é,
Você pra mim é,
Eu vou resumir
Pra vocês
Amor
Mas o que me adianta
Se a mulher que amo
Não me quer.
A resposta dela simplesmente:
NADA.
A vida me deixou
E agora o meu o meu coração
Corrigiu o que eu fiz de errado
Me apaixonar.

Aguinaldo Filho

Declaração de amor

Amor! Sempre ouvia dos amantes
Os que sem saber mau uso do mesmo faziam
palavras raras e florescentes cuspiam
mas quando vi os teus gestos rutilantes
o sol do verão transformou-se em brisa
e das entranhas da paixão nasceu Isa

mulher que Deus amou e me enviou
para que do amor que há entre nos os dois
nasçam rios de agua pura que correra depois
e alimentara relações de quem sonhou
um dia ter na vida aquele alguém
que tanto o ama e ele o ama também

eu! Amar-te-ei com a força do universo
renegando o distante só para te ter por perto
cantando de amor num silêncio desperto
para que sintas harmonia em cada verso
amar-te-ei na alegria e na tristeza
pois eu amo o nosso amor! Minha fortaleza

Laguna de Jesus

''Atrevida declaração''

Perdão, oh, flor, mas quero dizer-lhe,
Que já não me contenho de desejo,
Chego a estremecer quando lhe vejo
Ao passar distraída ao lado dele,
Sei que há uma diferença entre nós,
Que faz do meu destino mais atroz.

Abraçar-lhe, sei-o eu que não posso,
Pois o que sou diante de si?
Nada, eu há muito já compreendi,
É por isso que sozinho me esforço
Para poder chegar um dia ao teu encalço
E ser maior que este ser tão falso.

Um dia hás de me enxergar na escuridão
Em que tu te cegaste, e te fizeste,
Verás que meu amor te fará menos agreste,
E assim me darás de corpo e alma teu coração,
Peço-te desculpas por esta atrevida declaração
Que não pude calar em minha mera ilusão.

Lucas santana

A GUERRA É FRONTEIRA DA REALIDADE

No salto do pensamento tudo é declaração de paz,
pensar ato de rebeldia,
lutar pelo país isso insensato pois não foram os soldados...
que criaram o conflito,
enquanto políticos safados bebem e comem e vivem, outros,
morrem sem ao menos saber pelo porquê morrem,
o irônico dessa metáfora que são mesmas pessoas colocam no poder...
esses políticos representantes do povo, bem,
representar um povo ou manda lo para morte.
qual diferença de assassinos, tudo pela liberdade e a soberania...
do nosso país, lutaremos por nossas família.
tudo são apenas palavras que matam cada um de nos,
no fato de viver um sonho de liberdade morremos,
vemos o maldade em atos de riqueza,
no final tudo jogo de interesses,
dinheiro fácil,
apenas um pensamento no qual perco pensando.
por celso roberto nadilo

Celso Roberto Nadilo

Assim estará

Por sentimentos ou palavras
Te apresentei o amor
A declaração de amar
É estar contigo onde for

Por fazê - lá sorrir
Senti-me notável
Coração virou presa
De um instinto vulnerável

Quando valeu a atenção
Das paginas da vida
Assinei com minhas lagrimas
Os poemas que te fazia

Colhi meus sentimentos
E como flores te trazia,
Que nasciam em meu coração
Em terras de nostalgia

Quando embora foi o tempo
Consigo foi minha alegria
Fez nascer nos meus olhos
A enxergar o que eu não via

Triste realidade
Que o tempo fez saber
Falso foi o sorriso
Se me lembro faz doer

Dor no presente
No coração que desata
De braços abertos
O futuro te aguarda

Como estará
Quem desprezou
Esquecendo os carinhos
Que um dia te adornou

Como o sol sem o brilho
Assim estará
Quem não plantar o amor
Também não colherá

O triste encontra a alegria
E esquece a dura verdade
O alegre encontra a tristeza
E conhece a dor da saudade

E sempre há alguém
Chorando estará
Ao lembrar-se de um amor
Que um dia não soube cuidar

Ednilson Emmanoel Cintra

DECLARAÇÃO DE MALES

Ilmo. Sr. Diretor do Imposto de Renda.

Antes de tudo devo declarar que já estou, parceladamente, à venda.
Não sou rico nem pobre, como o Brasil, que também precisa de boa parte do meu dinheirinho.
Pago imposto de renda na fonte e no pelourinho.
Marchei em colégio interno durante seis anos mas nunca cheguei ao fim de nada, a não ser dos meus enganos.
Fui caixeiro. Fui redator. Fui bibliotecário.
Fui roteirista e vilão de cinema. Fui pegador de operário.
Já estive, sem diagnóstico, bem doente.
Fui acabando confuso e autocomplacente.
Deixei o futebol por causa do joelho.
Viver foi virando dever e entrei aos poucos no vermelho.
No Rio, que eu amava, o saldo devedor já há algum tempo que supera o saldo do meu amor.
Não posso beber tanto quanto mereço, pela fadiga do fígado e a contusão do preço.
Sou órfão de mãe excelente.
Outras doces amigas morreram de repente.
Não sei cantar. Não sei dançar.
A morte há de me dar o que fazer até chegar.
Uma vez quis viver em Paris até o fim, mas não sei grego nem latim.
Acho que devia ter estudado anatomia patológica ou pelo menos anatomia filológica.
Escrevo aos trancos e sem querer e há contudo orgulhos humilhantes no meu ser.
Será do avesso dos meus traços que faço o meu retrato?
Sou um insensato a buscar o concreto no abstrato.
Minha cosmovisão é míope, baça, impura, mas nada odiei, a não ser a injustiça e a impostura.
Não bebi os vinhos crespos que desejara, não me deitei sobre os sossegos verdes que acalentara.
Sou um narciso malcontente da minha imagem e jamais deixei de saber que vou de torna-viagem.
Não acredito nos relógios... the pule cast of throught... sou o que não sou (all that I am I am not).
Podia ter sido talvez um bom corredor de distância: correr até morrer era a euforia da minha infância.
O medo do inferno torceu as raízes gregas do meu psiquismo e só vi que as mãos prolongam a cabeça quando me perdera no egotismo.
Não creio contudo em myself.
Nem creio mais que possa revelar-me em other self.
Não soube buscar (em que céu?) o peso leve dos anjos e da divina medida.
Sou o próprio síndico de minha massa falida.
Não amei com suficiência o espaço e a cor.
Comi muita terra antes de abrir-me à flor.
Gosto dos peixes da Noruega, do caviar russo, das uvas de outra terra; meus amores pela minha são legião, mas vivem em guerra.
Fatigante é o ofício para quem oscila entre ferir e remir.
A onça montou em mim sem dizer aonde queria ir.
A burocracia e o barulho do mercado me exasperam num instante.
Decerto sou crucificado por ter amado mal meu semelhante.
Algum deus em mim persiste
mas não soube decidir entre a lua que vemos e a lua que existe.
Lobisomem, sou arrogante às sextas-feiras, menos quando é lua cheia.
Persistirá talvez também, ao rumor da tormenta, algum canto da sereia.
Deixei de subir ao que me faz falta, mas não por virtude: meu ouvido é fino e dói à menor mudança de altitude.
Não sei muito dos modernos e tenho receios da caverna de Platão: vivo num mundo de mentiras captadas pela minha televisão.
Jamais compreendi os estatutos da mente.
O mundo não é divertido, afortunadamente.
E mesmo o desengano talvez seja um engano.
Paulo Mendes Campos, in O amor acaba

Paulo Mendes Campos

A palavra é declaração; o silêncio é confirmação;

A palavra é manifestação; o silêncio é revelação ;.

A palavra é expressão; o silêncio é interiorização;

A palavra é palco; o silêncio é bastidor da alma;

A palavra é ponte; o silêncio é porto seguro;

A palavra é projeção; o silêncio é realização;

A palavra é condenação; o silêncio é libertação;

A palavra é persuasiva; o silêncio é apaziguador;

A palavra é momentânea; o silêncio é duradoiro;

A palavra é desejo, turbilhão; o silêncio é amor, mansuetude sem palavras.

Aimara Maia Schindler

Declaração ao mundo



Brilha no Céu, as minhas palavras.
Reflete na Lua, o meu pensamento.
Envolve o Sol, a minha saudade.
Absorve a Terra, o meu encantamento.

Nasce, vive, se eterniza...
Meu amor, minha dor, meu lembrar...

Tudo neste mundo, vive comigo
o meu sofrer de amor,
por você não estar aqui,
por você não ter a mesma dor.

Tudo neste mundo, sente comigo
as saudades de uma vida,
as lembranças de um passado,
as lágrimas sofridas que caem...

Só você não vê,
mas o mundo sabe,
pois gritei a minha paixão,
declarei minha busca ao Universo,
escrevi nosso amor nas nuvens,
e murmurei baixinho,
seu nome para Deus,
pedindo que fosse até você
e contasse do meu grande amor...

Vilma Galvão

Declaração De Uma Paixão Distante

Não Sei Como Me Apaixonei Por Você E Muito Menos Porquê Nois Não Namoramos O Que Eu sei É Que Foi Um Romance Epico Você Não Assumio Que Me Amavas Mas Percebi Pela A Forma Que Você Converçavas Comigo Um Sorriso Timido E Lindo Acho Que Não Era Pra Agente Ficar Juntos Até Acho Justo Por Culpa Das Emoções Se Eu Amei Uma Garota Essa Sim Foi Você O Que Eu Quero Te Dizer E Que Não Consigo Entender O Porquê? E Prá Quê? A Distância Impedio Nosso Amor Acontecer.

Autor: Luciano D10

Luciano D10

Declaração De Uma Paixão Distante

Não sei como me apaixonei por você
E muito menos porque nois não namoramos
O que eu sei é que foi um romance épico
Você não assumio que me amavas
Mas percebi pela forma que você converçava comigo
Um sorriso tímido e lindo
Acho que não era pra agente ficar juntos
Até acho justo por culpa das nossas ambições
Se eu amei uma garota essa sim foi você
O que eu quero te dizer
E que não consigo entender
O porquê? E pra quê?
A distancia inpedio nosso amor acontecer

Autor: Luciano D10

Luciano D10

Declaração de amor.
Amor como o nosso não se ver em qualquer esquina
te encontrei, te olhei, te adimirei e pensei: Foi feita para mim!
Não mim importo com o que os outros vão dizer, o amor supera tudo.
Hoje meu amor eu resolvir mim declarar abrir o meu coração e te mostrar que o essencial é voce, esse sorriso, esse jeito delicado esse seu modelo exclusivo que mim conquistou, esses seus sonhos que se tornaram o meu.
Amor! eu te amo!

Nova Escritora

“Nunca ouvi coisa boa quando alguém foi sincero comigo. Nunca ouvi uma declaração de amor. Uma declaração de fé. Uma declaração de confiança.
Com a sinceridade, suportei despedidas, críticas e desaforos. Fui demitido, ou avisado do fim do namoro. Não fui promovido, abençoado. Não me ressuscitaram com a sinceridade.
Não recebi pedido de casamento. Não me salvaram com a sinceridade. Não me resgataram com a sinceridade. Não tiveram pena, compaixão, compreensão com a sinceridade.
Ser sincero é uma condição que traz unicamente cobrança, ajuste, saldo.”

"Aprendo a amar amando, para entender que a maior declaração ainda não é o "eu te amo". É quando alguém confessa: "Não consigo mais viver sem você." Mas isso não é amor, é coragem."

Fabrício Carpinejar

Uma declaração de amor irrestrito
Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior.É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz!
Meu coração é meu guia. Meu instrumento é a palavra.
E minha inspiração é você.
Você é minha música...minha rima e meu tom...
Você é minha inspiração...que fez renascer meu coração...
Te amo!

Professor Galvão

Declaração de bens

Declaro...
Meu Deus
Minha vida
Minha família
Meus amores
Meus amigos
Minhas dores
Meu recanto
Meus encantos
Meus defeitos
Minhas qualidades
Meus açoites
Meus vermes
Meu sono
Meus sonhos
Meus olhos
Minhas vontades
Meu espírito
A cada anoitecer
A cada amanhecer
Minha presença em carne.

veramedeiros