Carta para um Presidiário

Cerca de 20 carta para um Presidiário

Carta Extraviada 3

Não é da minha natureza esperar que me dêem liberdade,
não espero pelo pouco que há de essencial na vida.
Sendo liberdade uma delas, eu mesmo me concedo.
Ser livre não me ensinou a amar direito, se por direito entende-se
este amor preestabelecido, mais me ensinou as sutilezas do sentimento, que,afinal, é o que caracteriza e o torna pessoal e irreproduzível.
Te amo muito, até quando não percebo.
O amor que sinto pode parecer estranho, e é por isso que o reconheço como amor, pois não há amor universal: não, caríssima.
não há um amor internacional, assim como são proclamados os
cidadãos do mundo. Cada cidadão, um coração, e em cada um deles,
códigos delicados. se não é este amor que queres, não queres amor, queres romance, este sim, divulgadíssimo.
Te amo muito, e não sinto medo.
Bela e cega, busca em mim o que poderias encontrar em qualquer canto,em todo corpo, homens e mulheres ao alcance de teus lábios e dedos, romance: conhecido o enredo, é fácil desempenhá-lo.
e se casam os românticos, e fazem filhos e fazem cedo.
O amor que sinto poderia gerar casamento, pequenos acertos, distribuição de tarefas, mas eu gosto tanto, inteiro, que não quero me ocupar de outra coisa que não seja de você, de mim, do nosso segredo.
Te amo muito, e pouco penso.
Esta carta não chegará, como não chegarão ao seu entendimento estas
palavras risíveis, ests conceitos que aos outros soariam como desculpa de aventureiro ou até mesmo plágio, já que não há originalidade na idéia, muito difundida, porém bastante censurada.
Serei eu o romântico, o ingênuo?
Serei o que quiseres em teu pensamento, tampouco me entendo,
mais sinto-me livre para dizer: te amo muito, sem rendimento, aceso,
amor sem formato, altura ou peso, amor sem conceito, aceitação,
impassível de julgamento, aberto, incorreto, amor que nem sabe se é este o nome direito, amor, mas que seja amor.
Te amo muito, e subscrevo-me.

Martha Medeiros

A Carta

Escrevo-te estas mal traçadas linhas, meu amor
Porque veio a saudade visitar meu coração
Espero que desculpes os meus erros por favor
Nas frases desta carta
que é uma prova de afeição
Talvez tu não a leias mas quem sabe até darás
Resposta imediata me chamando de meu bem
Porém o que me importa
é confessar-te uma vez mais
Não sei amar na vida mais ninguém

Tanto tempo faz,
que li no teu olhar
A vida cor-de-rosa que eu sonhava
E guardo a impressão
de que já vi passar
Um ano sem te ver,
um ano sem te amar
Ao me apaixonar,
por ti não reparei
Que tu tivestes só entusiasmo
E para terminar, amor assinarei
Do sempre, sempre teu...

Renato Russo

A Carta

Escrevo-te estas mal traçadas linhas meu amor
Porque veio a saudade visitar meu coração
Espero que desculpes os meus erros por favor
Nas frases desta carta que é uma prova de afeição

Talvez tu não a leias mas quem sabe até dará
Resposta imediata me chamando de "Meu Bem"
Porém o que me importa é confessar-lhe uma vez mais
Não sei amar na vida mais ninguém

Tanto tempo faz, que li no teu olhar
A vida cor-de-rosa que eu sonhava
E guardo a impressão de que já vi passar
Um ano sem te ver, um ano sem te amar

Ao me apaixonar por ti não reparei
Que tu tivesses só entusiasmo
E para terminar, amor assinarei
Do sempre, sempre teu...

Tanto tempo faz, que li no teu olhar
A vida cor-de-rosa que eu sonhava
E guardo a impressão de que já vi passar
Um ano sem te ver, um ano sem te amar

Ao me apaixonar por ti não reparei
Que tu tivesses só entusiasmo
E para terminar, amor assinarei
Do sempre, sempre teu...

Escrevo-te estas mal traçadas linhas meu
Porque veio a saudade visitar meu coração

Escrevo-te estas mal traçadas linhas
Porque veio a saudade visitar meu coração

Escrevo-te estas mal traçadas linhas
Espero que desculpes os meus erros por favor

Meu amor, meu amor

(Roberto Carlos e Erasmo Carlos)

Erasmo Carlos

Carta da Liberdade

Um dia, eu conheci alguém especial.
E esse dia, se tornou um dia especial.
E por muito tempo, achei que esse dia, ninguém tiraria de mim.
Neste dia, esse alguém, se tornou parte de mim.
Erro, dádiva, ilusão, realidade... Não importa, esse alguém se tornou especial.
E esse alguém passou a ser eu, e eu passei a ser esse alguém (ou apenas vivi isso).
E esse alguém secou minhas lágrimas.
E esse alguém suavizou meu ser.
E esse alguém, se sintonizou a mim.
Mas de repente esse alguém se esvaiu, como a água que escapa pelos vãos dos dedos.
Não era abandono, não era traição... Era liberdade.
E do mesmo jeito que em um dia especial, conheci esse alguém especial, percebi, então logo de pouco raciocínio (mas talvez grande conflito), que esse alguém, que conheci naquele dia, o que tinha de mais especial era a sua liberdade.
E assim vi, que não estava permitindo deixar ser àquela pessoa especial o que é de fato: um ser livre.
Talvez o zelo, o carinho, o apego, ou até a posse (por que não pensar nisso?) não me permitiram fixar em uma cronologia óbvia e talvez lógica e antiga, de que somos seres livres e especiais.
E então me pergunto: Por que tenho dificuldades de entender a liberdade de um ser tão especial?
E diante das diretrizes da vida, cada ser (que também é especial), possui reflexos e reações à imposições que a vida (modificadora de milésimos), contrapõe às nossas realidades (ou castelos construídos na areia próxima a maré que logo sobe).
Na conclusão do meu íntimo, diante de minhas reações, finalizando, entendendo e até mesmo me perdoando (por que não?), que não devo praticar o abandono, nem a mágoa, nem o ciúme...
Devo praticar, como pratico, apenas o desapego, de deixar um ser especial (meu ser especial), ser o que é: um ser livre.

Fernando Minari

CARTA AO PRÍNCIPE

"Afasto as dores do corpo, na esperança de que as da alma sigam o mesmo destino
À minha volta, um palácio de pedras tenta me proteger dos maus cavaleiros
Em contrapartida, passam pela minha porta, sem chances de entrar, os nobres e honrosos senhores, possíveis candidatos a me proporcionar a tão desejada felicidade
Por entre as fortes e inquebráveis paredes, escorrem lágrimas de solidão e desamor, vencendo o chão frio e as escadas de incontáveis degraus
De tão protegida, acabei me tornando frágil e vulnerável
Sem defesas para as minhas próprias indagações, questiono a minha história, tão diferente dos contos protagonizados por belas e doces princesas
Onde estarão o príncipe e o seu cavalo nevado?
Quando, da janela, ouvirei as suas declarações de amor sem fim?
Enquanto a contemplação não vem, vou me conformando em sonhar, noites a fio, com os beijos e afagos daquele que, um dia, será o dono do meu reino".

Mais em lavinialins.blogspot.com

Lavínia Lins

CARTA DE DESPEDIDA

Foi muito maravilhoso ter te conhecido, ter você ao meu lado... Fico pensando e lembrando a cada minuto que ficamos juntos, as coisas que compartilhamos, os lugares que fomos, tudo o que falamos um para o outro de amor, carinho e amizade.
Eu gostaria que nunca tivesse acabado... Achei até que era para sempre... Já planejava o nosso futuro, nossos filhos, nossa família, mas... Acho que não fomos maduros o suficientes para termos paciência um com o outro.
Peço perdão por eu não ter conseguido ser tão forte para ter paciência e compreensão, e acho que você também não foi tão forte assim de conversar, entender. Talvez nós dois fomos orgulhosos e deixamos acabar o que era para sempre.
Mas quero lembrar das coisas boas e esquecer as ruins, esquecer o nosso egoísmo. Quero continuar lembrando o quanto fui feliz com você. Quem sabe um dia, mais maduros, podemos reencontrar e ser tudo diferente nesta parte de falta de paciência.
Guardarei você em minhas lembranças, saiba que um pedaço de você está em mim para sempre, e este pedaço de você que está em mim, continuarei amando, preservando na memória.

Samanta Bernardi

Carta de amor

A coruja traz o belo recado
Versado dos sentimentos cuja
Alma escreve com plena calma

Uma carta de sua união
Senão a mais farta
Emociona muito e menciona

Quanto é grande o amor
Fervor de riso e de pranto
A razão de sua salvação

Diz que por toda a vida
Querida, serás muito feliz
No ardor eterno do amor.

Rodolfo Mair Coelho

Ao meu Pai

Você sempre foi assim,
Aparecia quando bem entendia
Sumia quando bem queria .
Minutos... Por 3 vezes foram poucas horas.

E agora você partiu....
Inesperadamente você partiu
Meu querido pai,
Eu sempre odiei quando fazia isso

Onde estiver, saiba...
Sempre odiei ouvir o som daquela porta batendo
E seu carro indo embora
Isso me atormenta até hoje

E agora você partiu...
Eu já tinha quase 30 anos e você tão novo ainda
E nós nunca! Nunca passamos um dia juntos
Você sempre precisava ir...

Nunca culpei você por nada
Eu segurei a barra por nós dois
Eu sou forte pai,
Você realmente me faz chorar

Eu me olho no espelho e na escuridão de meus olhos
Eu vejo seus olhos castanhos e claros
Não esqueço seu olhar, eu tentava imaginar
O que passava pela sua cabeça

Sem fotografias, sem historias pra recordar
Sem muitas palavras, um abraço
Você dizia “ te amo filho” e partia, sempre!
Dizia que me amava, sem mesmo me conhecer.

Deveríamos ter nos conhecido Pai
Você sentiria orgulho de mim, eu sou uma pessoa boa!
Talvez você sentisse vontade de ficar mais tempo comigo
Talvez parasse de me esconder tanto, por que diabos fazia isso?

Pai, eu vou amar tanto meu filho, eu vou fazer ele se sentir tão bem
Quando ele perguntar por você, direi que foi um bom homem!
Eu não tenho muito que contar ... você sabe!
Seu neto nunca se sentirá abandonado pai , eu juro!

Apesar de tudo que não vivemos
Apesar dessa sua mania de ficar distante
Amarei você sempre! Sempre será meu belo Pai.
Carrego com orgulho seu sobrenome.

Sua morte, foi só mais uma forma de dizer Adeus
Dessa vez sem ansiedade em escutar a buzina e correr pra te ver
Sem abraços de despedida, sem mais nada a esconder!
Restou-me apenas a Saudade!

OJNACRA

No dia que eu parti;
Não estava bem certo se era para nunca mais voltar.
Eu levei comigo os teus sorrisos;
Teus abraços,
E todo amor que nesse tempo pode me dar.

No dia que eu parti, queria muito dizer adeus.
Senti um desejo enorme de te avisar,
Mas ao mesmo tempo eu não queria,
Por nenhum instante te ver chorar.

Não sei o que carrego na bagagem.
Lá eu vou abrir e recordar.
Porém no último momento eu senti medo,
Do brilho dos teus olhos não poder olhar.

Agradeço a Deus por todos os dias
Que ao teu lado eu pude estar
E todos os passos que me ensinaste
Com você os quero deixar.

Quando te lembrares de mim
Não entristeça porque parti,
Me veja como um ser amadurecido,
Que a sua missão precisou concluir.

No momento que parti
Lembranças passaram em minha mente
Eu não queria te fazer sofrer.
Ainda assim, sei que me amarás incondicionamente.

Continue trilhando a tua jornada,
E não tenhas pressa por me reencontrar.
Saiba que para onde eu parti,
Eternamente posso te esperar!

Mara Chan.

Escrever uma carta
de amor, de paixão, de saudade
o teu sorriso é um paraíso
onde perco-me e encontro-me
são como as ondas do mar
selvagens e bravas, calmas, serenas

Escrevo e fecho os olhos
são tantas as emoções
que é difícil não vaguear por
pensamentos quentes, calmos
sentidos sofridos, saudosos
de uma vida preenchida de muitas
coisas boas e más

Escrevo e sinto a chuva, o vento
olho pela janela vejo as folhas caídas
no chão de todas as cores
olho para o relógio, as horas não
passam, há dias assim longos e frios.!

2013-11-13

MariaIsabelMoraisRF

Cartas de amor

Escrevo esta carta pra te dizer
Que sinto saudades de você
Que não há nada que eu possa fazer
Pra não pensar em você

Procuro-te em todo lugar
Mesmo sabendo que não estás aqui
Sem você não posso respirar
Por que o amor tem que ser assim?

A luz dos seus olhos é a força que me guia
O propósito para minha alma
Lembro-me de como você sorria
Você era o sol que iluminava meu dia

Com o coração saltando de alegria
Espero o dia de tem encontrar
Leve sempre com você a certeza
De que pra sempre vou te amar

Isabela De Campos Freire

CARTA PARA MINHA FILHA
OI FILHA TUDO BEM COM VOCÊ? PAPAI ESTA COM MUITAS SAUDADES, LOGO ESTARÁ COM VOCÊ...

...COMO SERIA BOM SE FOSSE ASSIM, MAS A REALIDADE É DIFERENTE, NO COMEÇO NÃO LEVEI A SERIO, DEPOIS FINGI NÃO QUERER SABER, MAIS QUANDO E ME DEI POR MIM, JÁ ERA TARDE. OS MELHORES MOMENTOS DA VIDA DE PAI PERDI,POIS NÃO OUVI SUAS PRIMEIRAS PALAVRAS,NÃO OUVI VOCÊ FALAR PAPAI,SEUS PRIMEIROS PASSOS EU NÃO SEGUREI A TUA MÃO.AGORA VOCÊ CRESCEU JÁ ESTA UMA MOCINHA MESMO ASSIM NÃO POSSO OUVIR VOCÊ ME CHAMAR DE PAI. NÃO POSSO NEM MESMO TE ABRAÇAR E TE CHAMAR DE FILHA. SUA MÃE PERMITIU QUE EU A CONHECESSE, MAS COMO SENDO UM AMIGO DELA, EU AGRADEÇO MUITO A ELA POR DEIXAR QUE EU ME APROXIMASSE DE VOCÊ MESMO NESTAS CONDIÇÕES, ME ARREPENDO CADA MINUTO QUE PASSEI LONGE DE TI MINHA FILHA, NESTES POUCOS MOMENTOS QUE PASSO PERTO DE TI, MEU CORAÇÃO SE ENCHE DE ALEGRIA, VOCÊ DEU UM NOVO SENTIDO A MINHA VIDA,QUANDO ESTAMOS CONVERSANDO,NÃO VEJO O TEMPO PASSAR, VOCÊ COM CARINHA DE ANJO, MAS PERSONALIDADE FORTE, NOS POUCOS MOMENTOS QUE ESTAMOS JUNTOS, FICO A TI ADMIRAR ME SEGURO PARA NÃO TE CHAMAR DE MINHA FILHA, POIS TAMBÉM NÃO QUERO MAGOAR SUA MÃE PROMETI A ELA QUE NUNCA FALARIA QUE SOU O SEU PAI. ESPERO UM DIA PODER TE ABRAÇAR BEM FORTE,TE CHAMAR DE MINHA FILHA .E QUE VOCÊ POSSA ME PERDOAR POR TUDO ISSO.
S.G.F.

S.G.F

CARTA DE AMOR

Hoje escrevo pra falar de amor e saudade,
do primeiro longo beijo, e primeiro abraço.
Laços que entrelaçam nossas vidas no tempo,
momentos juntos, palavras, sinceras verdades.

Quero te escrever coisas belas ou ridículas,
quem sabe um poema que fale de amor .
Apenas o desejo de ser o poeta na dor,
ou bobagens comum de quem ama.


Ser ridículo, abobalhado, falar sem pensar,
correr, gritar dizendo, te amo, como um tolo.
Sentindo a alegria de quando se é amado.

Falar sozinho, preparando o exato momento
e quando você chegar, parar em minha frente.
Esquecerei tudo, ficando sem palavras, inerte.

Marcos Maluly

CARTAS

Eu sinto saudade
Da carta escrita,
Tão leve e bonita
Na simplicidade
Da intimidade
De quem escrevia…
Hoje, todavia,
É brega, passado,
Foi posta de lado
Nesta era fria…

As coisas pequenas
Perderam valor.
Moldaram o amor,
Puseram antenas
E formas obscenas
Nas coisas mais belas…
Ficaram nas telas,
O calor, a vida
A mão não sentida
Nas frases singelas…

Ah, modernidade…
Engoliste cartas,
Fizeste lagartas
Que sem qualidade
E sem humildade
Se julgam normais
(por serem iguais)
Vivendo de abraços,
Sorrisos e laços
Que são virtuais…

Verônica Miyake

Carta para a saudade:

Não começo com saudações
Nem tampouco com gentilezas
Quero que saiba que sua ação
Me ferira com gravidade
Agora só ecoa um vazio
Preenchido por ti, oh saudade
Venho por meio desta
Saber o quanto me resta
Para quitar minha despesa
Antes que morra de aflição.

A distância e a morte
Espaços em que tu faz-se presente
Quem sabe tiro a grande sorte
E meu amor não mais se ausente.
Condenados a sua companhia
São agora incapazes de sorrir
Destes nem todos vão desistir
De novamente encontrar a alegria.

Matheus Ferreira (Pseudosofrer)

Carta de amor
Bom dia meu sonho. Hoje acordei com tanta saudade de você, pensei nas coisas que me disse, que devo ser grata a Deus pelas bênçãos que tem me dado, É verdade são muitas e vejo você entre elas. Desejo que seja eterno enquanto dure e sabendo que pode acabar a qualquer momento, venho mais uma vez expressar o quanto és importante pra mim. Crescemos e mudamos muito mas o sentimento que tenho no coração hoje é o mesmo de muitos anos atrás, porém agora mais feliz, não tenho mais medo nem vergonha de dizer que te amei e ainda amo, talvez de uma maneira diferente que antes mas ainda te amo muito. Não espero nada de vOcê, muito menos que me sinta o mesmo por mim, nem quero tirar sua paz. Só peço que acolha em seu coração todo o desejo e todo carinho que dedico a você. Tem me feito feliz pelo simples fato de existir, tem me feito pensar nas coisas que sonhei pra mim e que já tinha desistido delas. Obrigada por ser tão carinhoso.
Que Deus te cubra com ricas bênçãos, que guie seus passos pra fora dessa solidão, que te de saúde pra continuar lutando e que te presenteie com a felicidade que tanto busca.
Me preocupo contigo, não vou estar perto pra cuidar de você, então se cuide por mim.
Te amo!

Mara Avancini

CARTA PARA MAMÃE

Tenho saudade de sentir o calor de suas mãos, lembro-me quando suas canções me acalmava e quando sua voz confortava minha alma. Sei que sonhava comigo, no seu imaginar mexia nos meus dedinhos e acariciava meu rostinho cor de rosa, ouvia você chamando-me pelo nome que escolheu para mim... eu sorria só de ouvir você falar suavemente o meu nome. Sei que sentia prazer em arrumar minhas roupinhas na gaveta do guarda-roupas, cheirava uma a uma antes de guardá-las, e sei também que todos os dias limpava meus brinquedinhos e minha mamadeira para que estivessem sempre limpinhos. Gostava do seu ar de felicidade só de saber que era uma semana a menos que aguardaria minha chegada.

Lembro de todas as noites quando você pedia a papai do céu para me abençoar, depois falava que sempre estaria comigo, falava para eu ser forte, falava para eu aguentar firme e dizia que eu era a sua maior alegria. Você olhava para as próprias fotos quando pequena, como quem imaginasse se eu pareceria com você. Lembro também das historinhas que lia para mim... eu também me emocionava quando você se emocionava. Sentia o vigor de sua caminhava, e gostava muito das comidinhas maravilhosas que preparava especialmente para mim.

Mamãe... de repente, quando estava perto de minha chegada, comecei sentir sua aflição, meu coraçãozinho pulsava muito mais rápido, podia ouvir seu choro, me assustava quando gritava de angústia e dor. Podia ouvir quando suplicava para papai do céu se acontecesse algo de mal, que fosse com você e não comigo. Mas tudo escureceu... eu tive que ir... não consegui aguentar. Sofro quando te vejo chorar, dói muito quando sei que está sentindo minha falta, não posso te ver assim... eu peço a papai do céu para sempre te confortar. Sei que sempre sonha comigo e chama pelo meu nome em seus sonhos.

Sei que um dia, mamãe, nós vamos nos encontrar e poderei abraçar aquela pessoa que sempre esteve comigo, aquela mulher que sempre sonhou comigo, e até esse dia chegar quero que saiba: EU SEMPRE ESTAREI COM VOCÊ!

Douglas Faria

Saudade é uma carta
do que a gente VIVEU ao
ao nosso coração

Saudade é a capacidade
de lembrar dos momentos
belos e maravilhosos que
já vivemos

Saudade é lembrar dos
momentos, das pessoas e
dos lugares que marcaram
as nossas vidas.

Saudade doe um pouco
é verdade mas ela tem
o seu lado bom

Já parou para pensar se
não tivéssemos o privilegio
de sentir a falta de um
momento bom, de alguém
ou de um lugar ?

A saudade nos faz reviver
esses momentos bons, ela
nos diz :Você viveu isso, foi
bom pra você

A saudade nos diz algo muito importante:
Você estava lá, você viveu, você desfrutou
e é por isso que pode descrever HOJE através
desse sentimento chamado saudade o que viveu

Quando sentir saudade agradeça a Deus
pelos momentos, lugares e pessoas que
você teve o privilegio de conhecer e viver!!!

Irismar Oliveira

Me desculpa, mas de alguma forma eu achei que precisava te dar uma explicação, eu fui embora da sua vida e você já deve ter percebido (espero que sim). Escrevi para te dizer que o amor que um dia eu senti, fez as malas, pegou uma carona até a estação e entrou no primeiro ônibus que viu pela frente, sem sequer ler o destino. O amor foi embora, eu meio que mandei ele ir, a gente brigava sempre e a convivência já não estava fácil, mas não posso mentir que me doeu, eu até sai na porta, o vi pegar uma carona e desaparecer no horizonte. É isso. O amor acabou. No dia em que ele foi embora, eu acordei mais cedo, troquei as cortinas e os tapetes, pra disfarçar todo o estrago que ele tinha feito, coloquei uma musica calma para tocar, comecei a ler um ou dois livros, adotei um cachorrinho abandonado, voltei a ver desenhos e tomar sorvete. No dia em que ele foi embora, nem doeu tanto, a vida não estava fácil junto dele, eu cantava mais sozinho que cantor solo uma musica pra dois, as brigas eram inevitáveis, a gente sempre quebrava muita coisa e num dia desses eu acabei por me quebrar também, mais ele se foi e agora canto sozinho e sem plateia, em cacos espalhados pelo chão do quarto. No dia em que ele foi embora, agradeci a Deus pela paz, alguns minutos depois culpei o senhor por tanta solidão, era ruim com ele e é pior sem ele agora, decidi guardar as fotos numa caixa em cima do guarda-roupa e quis me guardar junto delas naquela caixa para ver se voltava naquele tempo, o amor foi embora e levou tudo o que tinha, levou parte de mim também. Sempre sobra comida, com ele aprendi a cozinhar pra dois e agora sobra arroz, feijão, beijos, abraços e lagrimas. No dia em que ele foi embora, fiquei sem saber o que fazer, o tempo não passava ou quem sabe o dia dobrou de tempo, e mesmo sabendo toda a dor que ele causava eu o quis de volta, os socos na boca do estomago e os nós na garganta e os cortes na alma nem doíam tanto, dói mais essa solidão que ficou depois que ele foi embora, a TV perdeu a imagem e o som, a agenda de contatos estava cheia de nomes e vazia de corações amigos, a internet caiu e ar ficou emperrado no mínimo ou talvez fosse toda a minha frieza se manifestando. No dia em que ele foi embora, eu aprendi a dor de desejar que não fosse mais do que um pesadelo, pobrezinho, amarrou uma trouxinha nas costas e seguiu sem olhar pra trás, talvez quisesse evitar meus olhos cheios de água que pediam perdão, minha boca num sorriso forçado que por dentro era ilusão, minhas pernas bambas que me impediam de dar um passo sequer para mudar alguma coisa, o amor não olhou pra trás, ainda bem, ele tinha o dom de me ver por dentro e naquele momento eu era ruína, poesia sem rima, canção sem som, eu era fim e ele era a continuação, a minha reticencias que foi embora e me deixou em ponto final. No dia em que ele foi embora, todo o tesouro do mundo seria dado em troca para que ele voltasse, mais eu não tenho muito, só umas moedas no bolso e muito vazio no coração, o mais triste de tudo talvez seja isso, o amor foi embora e não deixou lembranças. Alguém, não me lembro quem, disse que o viu embarcar em um ônibus diferente, daqueles que não levam gente e não tem destino final. Se um dia você o ver, perambulando por ai, me faça um favor. Diga que o quero de volta, porque o amor foi embora mais eu ainda o amo muito.

Gabriel Hudson Souza

A Saudade é difícil de explicar,não é aquele simples sentimento que você pode descrever em uma carta como "estou com saudades" ou em uma frase do orkut "volta logo" mas sim aquilo que você sente,aquela metade que falta no seu coração, o que a matéria não cura, e nem remédio mata. Só com o tempo passa, as vezes demora, mas o que importa? O importante é saber que você vive, que você ama, que você é um ser humano bonito, que sonha e que tem expectativas de encontrar alguém em que possa se fundar...No fundo ninguém é de pedra,todo mundo sente, mas nem todos admitem...saudade não é vergonhoso, é belo para os que são livres do pensamento dos outros e feio para quem se baseia nos demais.Só quem vive de verdade sabe e pode conhecer as verdadeira belezas que existem na vida.

qu