Carta de Saudade

Cerca de 2863 carta de Saudade

O sol dorme silencioso na escura noite
será a primeira vez num século onde os
oceanos melancólicos, calmos, vermelhos
encontrar-se no espelho da água lunar

De onde as caricias ardentes estão adormecidas
pelos meus sonhos onde mantenho a minha vida
presa de desejos de contemplar a noite escura
perdendo a fé, fazendo da noite um crime
um desejo, escuridão da verdade no fim do tempo..

Desejo que esta noite dure por uma vida inteira
desejo-te nesta noite escura silenciosa ardente
que as trevas ao meu redor sejam as margens
do oceano, quente, solar melancólico e calmo

Que o meu desejo seja fundir-me com o sol
para dormir e chorar contigo tirando o sofrimento
que o coração tem, para que Deus não se afaste
da nossa dor, da nossa vida
eu velejarei durante mil anos, mil luas na sua presença

Nunca soube para onde ir, dias, noites de luz
ficaram perdidos numa noite silenciosa escura
onde o poeta toca num momento até que não haja
mais nada para dizer, tocar ou escrever

Desejo-te nesta noite escura, silenciosa, ardente
desejo que esta noite dure por uma vida inteira
que as trevas ao meu redor não me consumam
o corpo, a alma deste oceano escuro e profundo
noite fria onde se perde a fé, a esperança na humanidade.!

MariaIsabelMoraisRF

Vestígios dos meus passos rastros
onde o amor vive, insiste e resiste
nesta areia fina da nossa existência.

Os rastros apagam-se sem lembranças
evaporadas sem saída, becos escondidos.

Caminhos lúcidos sem relutância ou resistência
trilhei um verso, uma prosa de uma flor
de uma rosa, orquídea, jasmim, perfumadas.

Desfiz-me num maltrapilho de mim mesma
transfigurei uma sombra refletida e sentida
em tempo e afeição, desilusão num encanto.

Sonho acordado aquarela aquecida do poeta
que renove as dores da saudade, amor ou solidão
vivendo de amores perdidos talvez no coração.!

MariaIsabelMoraisRF

'' Ei, já te fiz bem, não esquece''. Essa frase realmente faz todo sentindo agora. E o que eu mais queria era poder fazer você lembrar de como se sentia antes... Antes que eu digo é antes de tudo. Sim, antes das brigas e discussoes bobas, antes até daqueles abraços carinhosos e apertos e
mordidas aqui e ali, antes das nossas cenas de ciumes (que eram muitas) , antes dos nossos sorrisos bobos e tão frageis, antes mesmo dos nossos
beijos (os demorados - os rapidos - e aqueles que nem eram preciso dois labios se encostarem), antes, antes, antes, bem antes. Talvez exatamente no momento que isso nasceu. Eu te fiz bem. E se pudesse colocar num papel um rascunho de toda essa obra, no final das contas e das equações
de reta, eu te fiz bem.

Vitória Trigo

Às vezes dá um vazio aqui dentro, uma saudade tão grande, uma vontade de fazer o tempo voltar. Nem sempre é tão fácil continuar, nem sempre é tão fácil deixar para lá. O tempo às vezes nos faz pensar, nos faz enxergar tudo de uma nova forma, nos dá medo, nos dá coragem. É desapego e é vontade. É difícil conciliar, é difícil de suportar,
é inconstância, é incerteza, é alegria e é tristeza. É temor e é clamor, nos dá vontade de ter mais amor, de saciar esse desejo, de ter mais força e mais coragem, de não querer de volta a todo momento, aquele tempo que causa esse vazio aqui dentro.

Mailla Souza

Oi, acabei de acordar. No geral, estou bem, e você? Estou usando essa dor pra me tornar mais maduro, claro que com pouco tempo ainda não mudei, mas vou conseguir, porque tenho um amor dos mais puros e verdadeiros.
Bom, acabei de acordar. Não foi normal. Acordar não é normal. Não desse jeito. Falta um pedaço em mim, falta proteção. Me sinto frágil, impotente.
Oi, ainda estou dormindo. Estou me sentindo em um pesadelo, daqueles que você sente que está caindo, e estou pulando pra me acordar, mas não me acorde. Não me acorde dos meu sonhos.
Descobri que o pesadelo é inevitável, e por mais agoniante que seja, uma hora ele acaba, e agora, em meio ao pesadelo, o que me sustenta é a minha essência, essência cheia de esperanças que o sonho volte a tomar conta de mim. Um novo sonho, com os mesmos protagonistas, em outro cenário, com outro texto. Uma nova peça que não é ficção, que tem cheiro de pele, gosto de beijo, calor de abraço.

Leandro Resende

Existem pessoas que chegam despretensiosamente em sua vida. Pessoas que vão, gradativamente, tomando cada vez mais um pedacinho do seu dia; que se fazem presentes nas pequenas coisas e se interessam plenamente em qualquer coisa que lhe envolva. Esses anjos – sim, anjos – lhe mostram como é bom compartilhar segredos, medos, desejos. Com eles você entende e vivencia uma verdadeira cumplicidade, uma vontade mútua de estar juntos, um instinto de arrancar um sorriso sincero do outro sempre que a vida começar a pesar um pouco. Existem pessoas que lhe dão vontade de aprender coisas novas, de fazer massagem, cafuné e qualquer coisa que os agrade. Pessoas que estimulam o melhor de você involuntariamente e lhe fazem ter coragem pra enfrentar o mundo. Essa gente que lhe faz quebrar todas as suas convicções egoístas e abrir mão de qualquer evento por uma noite de Netflix está cada vez mais rara. Façam de tudo para que não escapem.
Mas, um dia, pode ser que esses anjos precisem abrir as asas e voar pra longe; a graciosidade dos seus atos, entretanto, não irá embora com eles. E é isso que é preciso guardar em seu coração.
Existem pessoas.
Existe uma pessoa.
Existe você.

Trícia Tanaka

Ela é linda. Eu sei que disso você
sabe. Ela tem um sorriso lindo
também, e que fica mais lindo
ainda quando ela fica
envergonhada. Não sei se ela te
contou, mas ela adora surpresas,
adora quando acontecem coisas
inesperadas. Nunca diga o que ela
te pediu para falar, diga apenas o
que ela quer ouvir, mesmo que
você não saiba o que é. Ah, a leve
para ver o por do sol, ela ama isso.
O cabelo dela acorda todo
bagunçado, eu sempre ria disso só
para deixar ela brava, mas em
seguida dizia que ela era linda de
qualquer jeito. Mas não faça isso,
porque nem todos os dias ela leva
isso na brincadeira, então apenas
ignore o fato dela ficar muito
engraçada quando acorda. Ela ama
sorvete, os que você achar mais
estranho, sim, são esses que ela
vai comprar e vai dizer que adora.
Se você disser que vai levar ela
para um jantar romântico, ela vai
adorar, mais não é isso que ela vai
querer, porque ela adora quando
fazem o seu jantar, mesmo que
depois vocês precisem pedir
comida porque o que você fez ficou
muito ruim e com uma cara
péssima. Ela prefere refrigerante,
coca-cola na verdade, do que
vinho. Não tente agradar ela com
muito luxo, porque ela prefere o
simples. Quando brigarem, por
favor, não a deixe sozinha, mesmo
que ela te mande ir embora, te
xingue, diga que acabou, insista
mais um pouco, diga que vai ficar e
que não vai deixar ela de forma
alguma. Foi assim que eu a perdi.
Ela é perfeita, totalmente perfeita,
mas não como você pensa, e sim,
da forma dela. E cara, por favor, não
a faça chorar de forma alguma, faça
de tudo para ver ela sorrir,
independente da situação. Porque
eu nunca fiz ela chorar, até o
momento em que eu fui embora. Eu
acredito que ela te ame, da mesma
forma que você deve ama-la. Não a
decepcione, não levante a voz pra
ela…cuide dela, porque acredite, ela
merece tudo de melhor que você
puder dar a ela.

Alex Waldelm

QUEM ME DERA

Quem me dera
Conseguir passar para o papel
O valor da tua alma
E a preciosidade do seu sorriso
Ou talvez descrever
Com exata perfeição
Este efeito
Que me causa
esta barba mal feita

Quem me dera...
Que estas palavras que me inundam sem permissão
Liberasse ao menos tua fragrância
Para afagar essa saudade...

Ah, quem me dera
Que todo este gesto
Pleno e singelo
Do amor que embala paixão
Coubesse com exatidão
Nas entrelinhas deste poema

Alessandra Benete

COLEÇÃO

Minh’alma nada mais é do que uma colecionadora de sentimentos
Mas só coleciono os bons!
Vez ou outra quando lá fora está nublado
Quando nada dá certo
Deito e deixo que as pálpebras pesem
Não de sono,
Ou de tristeza
É só vontade de sentir a felicidade
É vontade de reviver o que foi bom
O que está intacto num cantinho secreto
Onde somente a mim é possível chegar
Acredite, possuo tesouros de valores inestimáveis
Sou repleta de pedaços
Ainda bem que Deus me deu a poesia
Esse jeito visceral de sentir
De tocar
De ser
De doar

De olhar para o nada e tudo ver...

Alessandra Benete

Ele romântico; Ela tímida.
Ele é jogador; Ela é líder de torcida.
Ele é compositor; Ela é poetisa.
Ele toca; Ela canta.
Ele, fala com o olhar; Ela com o sorriso.
Ele, ainda confuso; Ela, o quer.
Ele já amou-a; Ela, não tinha certeza.
Acabou o amor? Amor se acaba?
Apenas se fez em oculto, dando lugar ao medo.
Medo de ferir, de ficar magoado.
Criou apenas barreiras, pra não sair machucado.
Ela, sente falta do beijo; Ele, sente ciúmes.
Ela, o olha com saudade; Ele, lembra o que foi bom.
Ela pensa nele; Ele sonha com ela.
Ela o ama; Ele, apesar de tudo, a ama.
Sabem que tudo dará certo; só não quando.

Laiza Ferreira

No dia que a que a alma enxergou

A razão e irracional, os sentidos não sentem, o certo anseia pelo errado, a tristeza quer ser feliz, a solidão implora por uma companhia, o molhado anseia pelo seco, mas o molhado sabe que somente quando a razão der lugar para o sentido sentir e que ela deixará de ser irracional, e só nesse momento a tristeza se tornará feliz, e ai a solidão terá sua tão esperada companhia, nesse dia não haverá solidão que dará espaço ao molhado, o molhado se seca; se seca não mais pelo sol da obrigação de existir, mas seca por não mais ser desobrigadamente obrigado a molhar, se seca pelo calor que solucionou o problema da solidão. um ponto de fuga, um refugio em palavras não ditas, agora escritas, prontas a serem entendidas, pela visão de quem não as vê com os olhos do corpo...

Davi Andrade

Dizem que quando uma pessoa se vai a dor é passageira, logo, logo vai passar.
Mas, percebo que ainda sou frágil. Quem se acostuma?
Quando partiu parece que levou boa parte de mim, não fui mais a mesma, o meu coração tornou- se tão sensível. Fiquei com medo, temor e raiva.
Ainda sendo criança, percebo que não fiz o suficiente, eu errei. Por todas as vezes que ouvi sua voz a chamar, pelas broncas, algumas repreensões... Muitas vezes não respondi seu chamado e outras vezes que fui teimosa, não ouvi seus conselhos... Até, pensei em parar minha vida, interromper todos os meus sonhos e planos.
Mas percebi que ainda vale apena viver, tenho família, amigos, colegas, tenho principalmente o bem maior; Deus.
Ainda que a saudade persista, que venha o choro por dias e dias prometi que não vou deixar me abater, lutarei por quem precisa e por mim. A quem foi embora pensando que ia se livrar dos problemas virou as costas quando mais precisei, apenas entregarei nas mãos de Deus.
Sei que se estivesse comigo continuaria sendo minha melhor amiga, protetora e tudo mais, e eu seria quem sou, porém sem esses medos e raivas. Ainda continua sendo minha inspiração e exemplo, AMO TANTO, e é por esse amor que não posso parar!

Leydjane Nascimento

O que é saudade?

Saudade é jardim, poesia são flores, veredas na constelação do rascunho do poeta, que borda à revelia da razão cada verso, na tentativa de decifrar o indecifrável

Saudade é um sentimento que muda o semblante das estações, instala uma sintaxe de estrelas e expõe seus vincos com a alquimia dos sonhos.

Saudade e a serena correnteza do rio que soluça na varanda do mar, numa espécie de espetáculo de lembranças e vastas recordações.

Saudade e a chave que destrava a linha divisória dos sentimentos mais patéticos, suave e dilacerante a sublimar a sombra das ausências, e assim dissolver a fragrância errante do necessário amor.

Esta é uma síntese da minha definição de saudade.

Leila Mustafa

Esta dor que desconheço
É tamanha
Nem sei se é o cansaço que me leva.
Que me chama
Que se esconde no limite.
Que faz meus lábios tremerem
Absorverem o choro.
Acordo e durmo
Entregue ao impulso inconsciente, consciente.
Em que transformo-me no tempo
Tempo intocável.
Da vida bandida
Doida
Enfurecida
Porquê resistir a tanta dor!

Isabel Morais Ribeiro Fonseca.

Impossível deixar de perceber que ao te vê,
Nasce um brilho natural, sublime que ilumina,
Tão forte como a luz do farol.
Viver você, transcende a vontade de partir,
Tempo a tempo, tanto faz, dia ou noite,
Amo acordar assim como o por do sol.
Há sim o ficar, o viver carinhos à vontade.
O que importa é viver, o que esperava,
Dose de razão, cumplicidade, eu e você.
Perto por vezes, sentimento nobre, saudade.
Adoro o estar, entretanto amo ser,
Dois em um, eu em você.

Kleber Plinio

Eu perdi um amigo, um companheiro. Ainda me lembro daquela noite, quando eu lhe pedi para parar de brincar com os meus sentimentos, que tomasse uma decisão, amigos ou algo mais, no entanto que falasse de uma vez por todas.

- “Amigos” – Respondeu.

Algo quebrou dentro de mim, talvez a desilusão de poder te beijar e ficar envolvida em teus braços sem remorso algum. Levantei-me da minha cadeira e fui embora, não sou capaz de chorar na sua frente, nem na frente de ninguém. Dava-me vergonha por ter me exposto assim, só para receber essa resposta, que eu nem imaginava da sua parte. Mandaste-me uma mensagem, te dei mais uma chance e naquela noite disse-me claramente e memorável, segurando em minhas mãos:

- “Entre nós dois, pode haver apenas reticências, nunca um ponto final”.

Senti um nó no meu coração, e sorri, era inverno e ao teu lado, não sentia frio, me senti parte de alguém, finalmente. O que é bom, pouco dura. E nós não éramos a exceção, voltou com sua ex e eu fiquei chorando por ti, chorando a perda, chorando por nunca ter tido a coragem de dar um passo a mais e dar-nos a oportunidade de ser mais que amigos, algo mais.

Já faz muitos meses que não te vejo e sinto falta do teu sorriso que me fazia rir por nada, mesmo quando não falavas algo engraçado. Agora, não sei de onde obter coragem pra falar com você e não sair machucada, não sonhar mais com um ‘eu e você’, um só coração. Não. Não devo. Devo parar com isso.

Onecyna Alves

Onecyna Alves

Tens saudade de alguém?
Dói, não é? Parece que nada adianta, que não existe solução.
Eu penso que quem fez a saudade não tinha sentimentos; só um "seco" de amor é capaz de tamanha maldade.
Eu faço assim quando me remoo de saudade: choro. As lágrimas são antídotos perfeitos para levar a saudade embora.
Já pensastes em chorar quando estás saudoso? Mas só vale choro do coração, aquele que vem de dentro da alma (... e alma tem "dentro"?).
Uma abstração qualquer, uma música, um bom amigo, um livro, um filme, um "qualquer coisa", tudo isso ajuda a curar e afastar a saudade.
Mas o que é bom mesmo, o melhor remédio, é não perder.
Não me deixes, não vás, não deixes que eu vá... Não deixes que a saudade apareça.
O melhor remédio contra a saudade é não deixá-la existir.

Carlos Queiroz Maia

É como espetar-se num espinho
procurar, lembrar, chorar
E saber que não existe mais caminho
Experimentando o gosto do adeus
lamentando que meu coração não é mais teu

É jogar-se do abismo, ir sem voltar
A espera daquele dia voltar
Dia de alegria, dia de amor
De ser feliz onde quer que for
Onde os sonhos se tornam prioridade
e onde já não existe mais saudade

Se saudade existir,
é aquela que dói por um instante
mas não a que o faz sucumbir
Ao contrário te anima, desperta desejo
bate a vontade de ter ali
o seu abraço, o seu cheiro e o teu beijo

Aí bate a solidão, um aperto no coração
Faltam palavras, falta ar, falta tudo
e dá vontade de extinguir-se no mundo
Contudo, vem a esperança e feito criança
acreditamos numa simples lembrança

Ainda que pequena esta lembrança seja
Há a chama da paixão que se assemelha
Acesa e brilhante como uma luz cintilante
Luz pura com valor a dar
Assim como eu insisto em te amar amar amar...

Welber Vasques

Procuro nas madrugadas regadas a álcool
Nas noitadas que não cessam, em rostos flutuantes
Tirar da mente por um instante, a tua presença
Ainda forte, viva, impactante

Tento assim me esquivar da saudade que dói
A falta do corpo, do jeito do cabelo
Me lembrar do cheiro, da pele, do beijo
Pensar no gesto, num toque,
No carinho ou apenas o ter por perto

E do nada me pego pensando: por onde andas?
Está divagando, curtindo, dançando?
Será que ainda pensa em mim?
Mas a resposta que vem é que existe alguém
Outro alguém além de nós

Aí me vem o desespero da dúvida
E procuro no vazio das pessoas,
Nas conversas em mesas de bar
Um conforto, um pouco de bem estar
Que por momentos, eu tenho; até você chegar

Vai, vai, vai, mas não esquece de nada

Henrique Ferreira

Rompante de saudade

Ainda sigo pela estrada de minha vida
Meus passos já estão pesados
Por tudo que vi
Por tudo que vivi.
As vezes paro e descanso
Observo quem está ao meu lado
Ouço no silêncio da alma
Como cantar de pássaros
Risos e vozes que ouvi
Embalam meu coração os acordes.
Como mágica uma canção,
Soa dentro de mim
Foram tantas as manhãs que vivemos
Foram tantas que caminhamos lado a lado
Sinto saudades.
Mesmo dos dias frios
Já se passaram tantas manhãs
Noites e tardes, vem e vão
Ficou o gosto de quero mais
Saudades de um tempo lá atrás
Saudade de você que está ai junto ao pai!

(Dedicado a minha amiga maria Rosa que está junto a Deus)

Ainda sinto saudades

ARLETE KLENS