Carta de Saudade

Cerca de 2800 carta de Saudade

Talvez... Quem Sabe??

Ainda esta tarde
O coração me parte
Em defensiva fico
Mostrar-me não posso
Esconder-me...
Armaduras pesadas
Lanças fatais
Tudo parece leve em sua presença
O vento leva e deixa exposto
Não o corpo. A alma nua!
A beleza tua
Lei do mais forte
Basta viver
Num breve sorriso
Alguém pode me dizer, Será no amanhecer?

Talvez tarde, talvez nem passe...

Rafaella Santana

'' Ei, já te fiz bem, não esquece''. Essa frase realmente faz todo sentindo agora. E o que eu mais queria era poder fazer você lembrar de como se sentia antes... Antes que eu digo é antes de tudo. Sim, antes das brigas e discussoes bobas, antes até daqueles abraços carinhosos e apertos e
mordidas aqui e ali, antes das nossas cenas de ciumes (que eram muitas) , antes dos nossos sorrisos bobos e tão frageis, antes mesmo dos nossos
beijos (os demorados - os rapidos - e aqueles que nem eram preciso dois labios se encostarem), antes, antes, antes, bem antes. Talvez exatamente no momento que isso nasceu. Eu te fiz bem. E se pudesse colocar num papel um rascunho de toda essa obra, no final das contas e das equações
de reta, eu te fiz bem.

Vitória Trigo

Fomos amigos

Antes sorrisos,segredos e confiança,
Hoje saudade,
Tristezas, lembranças.

O que o tempo nos fez, amigo?

Tirou-nos o brilho de um sonho imortal,
De uma amizade forte e fraternal,
Que jurávamos que nunca adormeceria.

O que o tempo nos fez, amigo.

Fomos ouvintes, confessos e secretos,
como cofres lacrados por dentro,
Servimos de apoio, conselheiros por natureza.
Hoje nem um alô, nem um aceno, nenhuma certeza.

O que o tempo nos fez amigo?

Tirou-nos toda beleza,
O brilho da amizade mais certeira.
E por que? É o que pergunto, amigo.
Sou o mesmo,
Mesmo que em outro endereço,
Mesmo que com outro sorriso,
Sou o mesmo,
Aquele que sempre lhe quis bem,
Nas horas boas e de aflitos,
Em seus abraços, em seus conflitos;...

O que o tempo nos fez, amigo?

Alex Sanjeri

Saudades
Saudades se tem, e muitas vezes é saciada,
Deus nos mostra que jamais viveremos sem sua presença.
É impossível estar longe de Deus e estar feliz,
muitos pensam que seguir a Deus deixa-nos sem liberdade.
engano Deus nos muni de total liberdade e amor.
Saudade de pessoas que se foram
é superada pelo amor de Deus;
saudade de um amor que se foi
é curado com o amor que vem de Deus.
viver sem compromisso com Deus ,
nos deixa um vazio...
Deus nos Cura de tudo oque nos machuca,
mas quem nos cura da Saudade de Deus?
Só Deus é capaz.

Devanir v silva

Guardo no meu peito ...
na alma uma colcha de seda....
Feita em silêncios de orvalhos
guardados na ilusão de um dia.

Retalhos das noites perdidas,
palavras carregadas de dor,
da minha alma, onde desfaço-me
nos teus braços com desejo,
onde chove um sorriso que...
confundem-se do teu o meu desejo.!!

MariaIsabelMoraisRF

SER AMADO traz conforto e exalta o ego.
AMAR faz sentir vida e enxergar além dos próprios limites.
SER AMADO, ainda que desejável, não é completo.
AMAR, ainda que solitário, não é vazio.
Há muita gente que se preocupa em ser amado, e nessa espera a frustração é quase certa.
Prefira amar. Haverá lágrimas e noites sem dormir, haverá saudade e inquietação. Mas tudo isso é sinal de que você está vivo, vivo por dentro. Não tenha medo de sofrer, tenha medo de não amar, pois é preferível morrer estando vivo, do que viver estando morto.

Eliane Rocha

Ó silêncio ensurdecedor
que me impede de ouvir o meu interior

Ó momentos angustiantes, difíceis
que impedem-me de escutar o meu silêncio

Ó louvores excessivos, envaidecidos
que ferem a minha alma e o meu coração

Ó flor da vida onde eu tenho de aprender,
amar a natureza que Deus nos deu

Ó água que corres em silêncio
matas a sede das gentes, reflexo da tua paz.!

MariaIsabelMoraisRF

A minha alma é um silencio
de cinzas, de mágoas deitadas ao vento
não sinto, não vejo, nem escuto.

O meu coração que bate baixinho
já não sou mais quem eu era..e talvez nunca venha a ser..
cansada da longa caminhada, mesmo com fé

Mergulhei na noite escura, sozinha, escondida
de mim mesmo à beira de um precipício
de onde a mão de um anjo socorreu-me

Andei perdida, esquecida de mim mesma
sem pressa de encontrar o caminho
ouvi uma voz e continuei sempre em frente.!

MariaIsabelMoraisRF

Dezessete

Enquanto o tempo zomba da minha saudade,
eu me deleito em desejos intensos, sedentos, ávidos, incompreendidos...
Que vontade de te beijar,
de sentir teu corpo numa brisa leve.
Ando pela metade,
buscando incessantemente em cada acorde, em cada melodia
aquela tarde de sol a pino,
onde por alguns segundos
tornamo-nos um só.
A música soava rente a nossa pele,
e eu só queria que o tempo parasse naquele instante
pra eu poder te guardar nos meus versos
e te buscar a todo instante.
É impossível que teu cheiro
não permaneça estampado em mim,
que teus verdes olhos não ofusquem
tudo o que eu não queria sentir,
mas sinto.
A luta diária para que tu
não invadas terminantemente os meus sentidos,
enjaula todo o meu ser
que grita obcecadamente,
por um dia que não volta.
Depois daquela tarde
nada mais ficou no lugar.
Os teus segredos que tanto eu temia
já não me tem importância,
nessa atual e relevante vida.
Inevitavelmente prendo-me em oração
para que de alguma forma meu corpo,
não se perca de ti...

Bianca Dalla Chiesa

Algumas vezes é preciso o olho no olho antes de dizer : - Saia da minha vida. Tudo oque fica mal resolvido não tem chance alguma de dar certo, de trazer paz e felicidade interior. Temos apenas uma única chance de sermos verdadeiramente realizados no aqui e no agora . Tudo oque fez o seu coração pulsar e seu sorriso aparecer não merece simplesmente ser apagado de sua história , como um livro bom esquecido no armário. Pelo contrário se o seu coração vibrou e sua alma se alegrou você tem o direito de tentar de novo. As palavras são muito vagas, se perdem no tempo, se vão com o vento ou interpretadas de forma muito errada . Se as lembranças são boas por quê não revivê-las ? No auge da raiva, do desespero pensamos ou falamos coisas que talvez não seja verdade , que não seja a nossa real vontade. Tão simples seria termos a coragem de dizer : - Eu não te esqueci e sempre estive aqui . Uma das partes terá que ceder....então por quê não as duas ?
Algumas pessoas são como lápis ...colorem a nossa vida, alguns tons não combinam, outros se encaixam perfeitamente e alguns são as cores fundamentais para tirar nossa vida do preto e branco. Há quem goste das cores frias e os que não vivem sem as cores vivas. 

Grazielle Dias

Partir... chorar e sofrer...
Chora a nossa alma perdida no tempo
Sofre o nosso corpo de dor e lamento
Partes-me o coração de pranto e sofrimento
O sino da aldeia toca tão lento.. "soa"
Como um homem que carrega o peso da sua dor
Ignorado que sangra apodrecido "toca o sino lento"
Donde sai a dor do nosso lamento .!!

MariaIsabelMoraisRF

TENHO SAUDADE DE TUDO

Ai que saudade do teu cheiro
Do teu tempero
Do teu sabor.

Ai que saudade do teu abraço
Te dar um amasso
Sentir teu calor.

Ai que saudade do teu corpo quente
E de repente
Fazer amor.

Ai que saudade do teu beijo
Matar meu desejo
Te amar sem pudor.

Ai que saudade do teu olhar
E na hora de amar
Te mostrar meu valor.

Ai que saudade daquela paixão
Que no teu coração
Um dia brotou.

Ai que saudade do beijo molhado
Dois corpos colados
Na hora do amor.

Ai que vontade de amar de vedade
Pois na realidade
Cansei de ser ator.

Como é triste a cama vazia
E lembrar que um dia
Não te dei valor.

Ai como fui covarde
Não lutar de verdade
Pelo teu amor.

E como não soube te amar de verdade
Na realidade
Hoje vivo de dor.

Valdemi

Valdemi Cavalcante Teixeira

Dormir;

não é o mesmo sem você
que se fez presente ao adormecer distante do meu corpo
mas pelo fato de estar perto,
quando longe se torna ausente.

Acordar;

sem te ver, é o mesmo que não abrir a janela ao amanhecer
é como usar óculos escuros no pôr do sol.
Teu perfume ficou no ar,
no lençol,
na minha camiseta,
em mim,
em você.

O vento traz quando estou nas ruas,
e o vento leva.

Você deveria ficar e teu perfume ir. Eu trocaria.

Stéfano Avelino

O começo é o final de uma história.
No fim de um fato começa uma trajetória.
Como posso encetar? O que posso narrar?
Sentada de baixo de uma árvore pensando em alguém para me inspirar.
Aquela vontade de estar perto de quem está longe.
Ah!!! Isso é sempre, isso é constante...
Esse sentimento é uma iluminação.
Ao chegar em casa torna-se expiração.
A noite já faz presente.
A noite um compromisso.
A vontade é de não presenciar. Só que lastimavelmente não posso prevaricar.

Samanta Bernardi

Sou o vento, frio e alma....
O alguém que passa na rua...
não tenho nome, não tenho idade....

Céu cinzento, nuvens baixas carregadas ao vento
Esparsas, escuras, velozes, secretas, frias

Eu sei que existe o inferno porque....
Tenho andado, perto dele, não pergunte-me o caminho

Não foi lá de bom agrado, fui levada e permaneci
Perdida à espera de um anjo, de uma mão amiga

Hoje sei que ele existe na nossa alma e em cada esquina...
Esta é uma armadilha que não deixa marcas na pele..

Tentando não enlouquecer neste inferno com a realidade
de sorrir antes de despedaçar-me nesta emoção vazia.!

MariaIsabelMoraisRF

ALGO SOBRE A SAUDADE

Saudade é o que se sente - lá - no escuro
quando a última luz se apaga triste.
Saudade é não ter algo que existe,
é sentir n'alma só, um vão murmuro.

Saudade é um perder-se só, consigo.
Saudade é um ir nu que não vai tudo
Porque fica por dentro, fica mudo.
Saudade é não ter-te cá, mas comigo.

Que sangre o arrebol das tardes findas
e jorrem do lembrar lágrimas frias;
É sinal de saudade que quer vindas.

E cante eu cá saudade, dor, lamento,
e cante tu, vontades de regresso,
Cantaremos nós, pois, os bons momentos.

Mário Silveira

In Feliz Cidade...

Se ela existe eu mal sei,
certo é que não a vi.
Se for sabor não provei,
se cheiro não cheirei,
se ela existir, não senti.

Onde está a Felicidade?
Mas, quem é essa afinal?
Procurei na cidade,
na prisão, liberdade...
ninguém sabe da tal.

Achei que a visse no mar...
só vi brisa e beleza.
Não sei onde ela está.
Se num circo ou num bar,
n'alegria ou tristeza.

De verdade, me cansei
e desfiz sonhos de outrora.
Se até então não achei,
ou se achá-la eu irei,
o certo é que vou embora.

Vou buscar ao menos o eu
que mal sabe onde está,
quero ao menos o que é meu
estou indo pro breu
quiçá eu me ache por lá.

Mário Silveira

Oito dias sem você.

Oito dias sem você é estar na luz do sol e não sentir o calor,
Estar embriagado de paixão e não dar amor,
É padecer sob a noite e a escuridão,
Pular de uma aeronave sem um paraquedas nas mãos.

Oito dias sem você é estar à beira da morte, sem respiração,
Tentar sentir o pulsar, mas ter parado o coração,
É chorar pela saudade e rir por desespero,
Sentir falta de tudo, comer comida sem tempero.

Oito dias sem você é agonizar com um sapato apertado,
Sentir tocarem o interior do umbigo e ficar desesperado,
É notar que a minha vida está ausente,
Não ter por perto meu mais valioso presente.

Oito dias sem você é estar preso em um oceano de aflição,
Ver uma lança afiada transpassando o coração,
É metade de mim que aqui não está,
Minha melhor metade que de saudade vai de me matar.

Oito dias sem você é ser criança e não rir,
Ter vida mansa, mas não ter alegria que outrora estava aqui,
É estar de regata no centro polar,
Sentir a falta de força, o cheiro de morte e não dizimar.

Oito dias sem você é musica sem instrumento,
Amar sem sentimento,
É choro sem lágrimas, tempo que não passa,
Ausência que dói, brinde sem taça.

Oito dias sem você é dança sem movimento,
História sem fatos, filosofia sem pensamentos,
É corpo sem vida e vida sem alma,
Sorriso sem dentes, teatro sem palmas.

Oito dias sem você é saudade que não tem fim,
Poema falando sobre meu amor que está longe de mim,
É existir no nada, sem céu, sem chão,
Tentar viver sem as carícias que dão vida ao meu coração.

Jeferson Luís da S. Abreu

Aos poucos, com cautela e com muito esforço, tudo vai voltando ao normal, mergulhei numa rotina só minha, acostumei a viver sozinha, e o fato de deixar meus planos pra trás e construir novos, já foi aceito e posto em prática, e nem me incomoda mais... Até que por um curto momento quando o silêncio se faz, quando as luzes se apagam e repouso a cabeça no travesseiro, eu busco teu colo, teu cheiro, e me pego sentindo saudade. Maldito sentimento, retrai todo meu progresso, e me dá um banho de nostalgia, me faz inventar culpas, ensaiar desculpas, reviver cenas felizes e querer tudo outra vez.
Pura ilusão, um suspiro desesperado de algo que não existe mais, um contraste de alguém que foi bom quando existiu, mas que hoje se transformou, metamorfose. Vai ver a lagartinha perdeu sua essência quando se transformou em borboleta, quando experimentou a liberdade, isso a mudou, e nem sempre pra melhor.
E como podemos sentir saudade disso? Como bem disse o poeta “Queres conhecer um homem, dê-lhe poder”, no teu caso não foi diferente, e não te julgo por isso. Só menosprezo o tempo que nos mudou, e sinceramente eu odeio essa ideologia de tudo ter que acabar, não me adapto com validades, principalmente quando se trata de amor. Pra mim ou nunca foi, ou sempre será, e com isso eu sempre me doo, seja no verbo doar ou no verbo doer, tanto faz. A verdade é que tudo acaba, e esse tudo sempre acaba comigo.

Yasmim Pontes

Vendaval de sentimentos
num regaço de palavras deitadas

Ao vento esquecidas, perdidas
num silêncio do tempo vago

Ausência vestida e nua, recanto rebelde
solitário bordado nos olhos de cor púrpura

Onde o rio seca da madrugada vazia
deposita a dor, a paixão de um coração,corpo
onde termina a tristeza e começa o amor.!

MariaIsabelMoraisRF