Carta de Recomendação Pessoal

Cerca de 193 carta de Recomendação Pessoal

Agora dê uma olhada nesse pessoal aí na frente. Estão preocupados, contando os quilômetros, pensando onde irão dormir esta noite, quanto dinheiro vão gastar em gasolina, se o tempo estará bom, de que maneira chegarão aonde pretendem. . . e, quando terminarem de pensar, já terão chegado aonde queriam, percebe? Mas eles têm que se preocupar e trair seus horários, cada minuto e cada segundo, entregando-se a tarefas aparentemente urgentes, todas falsas, ou então, a desejos caprichosos angustiados e angustiantes; suas mentes jamais descansam, não encontram paz, a não ser que se agarrem a uma preocupação explícita e comprovada, e, depois de encontrar uma, assumem expressões faciais adequadas, graves e circunspectas, e seguem em frente, e tudo isso não passa, você sabe, de pura infelicidade, e durante todo esse tempo a vida passa voando por eles, e eles sabem disso, e isso também os preocupa, num círculo vicioso que não tem fim.

Jack Kerouac

Não se nasce feito. Cada dia vamos nos aperfeiçoando no pessoal e no profissional, até chegar ao ponto mais alto, á plenitude de qualidades, á eminência. Isto se conhece no gosto refinado, na pureza da inteligência, na maturidade do julgamento, na retidão da vontade. Alguns nunca chegam a ser completos, sempre lhes falta alguma coisa. Outros demoram pra chegar lá. O homeem "acabado" - sábio em atos e palavras - é aceito, e inclusive desejado, no seleto grupo de discretos.

Baltasar Gracián

Não, é falar a mesma coisa todo final de ano, o pessoal podem pensar: "ah, ele fala isso todo final de ano, diz que vai fazer 2014 valer a pena, mas ele disse isso ano passado também". Não pense desta forma, pensem que eu todo ano tento melhorar, eu não sou perfeito, eu erro e ultimamente tenho errado muito, confiado em pessoas, sendo decepcionado logo em seguida. Também decepcionei, quase não faço nada certo. Esse ano eu cai, levantei,perdi pessoas importantes, dei uma de durão como sempre pra não chorar por fora, mas por dentro eu me senti um derrotado, me senti destruído. E se 2014 não for como eu quero, eu tento de novo em 2015, 2016, 2017 e aí vou tentando, morrerei tentando, por que eu sou forte, eu não desisto. Eu tenho confiança e fé de que um dia vou olhar no fim de um ano aí e vou dizer: "caramba, esse foi o ano".

lukatoni

"Bom, tudo que eu quero fazer realmente é te amar de um jeito mais pessoal que os amigos são. Mas eu ainda não posso dizer isso, depois de tudo que nós passamos. E tudo que eu quero de você é, que você me sinta enquanto os sentimentos de dentro continuam construindo. E eu vou achar um jeito para chegar a você"

Jason Mraz

Dois garotinhos, prestes a embarcarem para uma travessia que os levaria rio acima, por recomendação paterna, recebem das mãos do comandante da excursão, cada um, uma bela e grande caixa, embalada em vistoso papel. O mais novo deles, sempre mais ativo e enérgico, lança-se ansioso para abrir a sua, quando o mais velho o repreende, asseverando que só poderiam receber presentes caso tivessem sido obedientes, se tivessem tido bom comportamento – era o que ouvira dizer. O mais velho não se achara digno a tal coisa, e após refletir brevemente, o mais novo também prontamente entristeceu-se por lembrar-se de suas últimas travessuras. Juraram fazer tudo o que fosse o certo, e somente isso, por pelo menos um dia, então abririam sem peso na consciência seus presentes.

Sentado, pensativo, o pequeno garoto observava a quase totalidade de seus companheiros de aventura com suas vistosas caixas ao colo. Pensou: quanta culpa estaria a bordo daquele pequeno barco! O que mais lhe chamou atenção ainda, foi o fato de que alguns daqueles garotos sequer seguravam caixas ou brincavam com qualquer novo presente. Pareciam bem cuidados, bem vestidos, tinham até coletes salva-vidas, mas... e seus presentes?, pensou! Seriam órfãos?!

Absorto em seus pensamentos, o garoto mau percebia a algazarra geral típica do ajuntamento de toda aquela meninada, nem ainda que toda a barulheira fora rapidamente substituída pela gritaria e pavor geral, quando começaram a enfrentar uma turbulenta corredeira. Foi o cutucão de seu irmão mais velho que o recobrou à realidade, quando percebeu os acoites sofridos pela navegação, meninos indo e vindo, lançados pela fúria dos movimentos, outros se jogando desesperados na água..., água invadindo tudo. Iriam afundar: concluiu.

Desesperado, o homem que comandava toda aquela turba, percebera que de tão preocupado em colocar a criançada no barco e garantir-lhes bela aventura e aprendizado de vida, se esquecera de ordenar-lhes abrir suas caixas e usarem seus presentes. Esquecera-se o fundamental! Aos berros, urrava aos meninos em desespero, que abrissem seus presentes, todos que, querendo apenas se salvar, agarravam aqui e ali, muitos que sequer sabiam onde teria ido parar suas caixas.

Ouvindo a ordem, o pequeno garoto lançou-se ao seu presente, sem prestar atenção que seu irmão mais velho o reprovava pelo ato: teria rompido seu juramento. Foi quando percebeu tratar-se de um colete salva-vidas novinho. Alegre pela esperança que brotava da caixa, vestindo-o sem demora, tentou avisar a seu irmão, que de tão desesperado, agarrava-se ao comandante, como fazia um sem número de crianças, fazendo-o desaparecer na turva água que os soçobrou. Percebeu, triste, que somente os garotos vestidos com o colete salva-vidas, inclusive ele, mantiveram-se à flor d'água e salvaram-se.

Era um presente. Expressão de amor e cuidado de um pai para com seus filhos. Ninguém precisaria ser digno primeiro, para então, depois, abri-lo. Nenhum daqueles meninos o faria, se assim fosse...

Efésios 2:8; 2:1-10; João 3:16
O garotinho e o presente
Por Samuel Amorim

Samuel Amorim Oliveira

Ele não te quis? Acabou. Quer ser seu amigo pra quê? Quer cartinha de recomendação? Foi embora mas quer deixar seu lugar quentinho pra voltar quando quiser. Te manipula com voz suave, e te diz o que você quer ouvir.
Sacode a colcha da tua cama meu bem. Troca tuas fronhas. Joga fora essas calcinhas que você vestia pra ele, e vista-se de uma vida nova! Não deixe esse defunto te manipular. Não escute seus prazos: "Quem sabe em seis meses, Deus toca meu coração e eu volto!"
Não se comova com: "Se você beijar outro, pode me esquecer!!"
Beije outro, viva outra vida, saia dessa prisão, olha esse abismo à tua frente!
Não deixe as lembranças te aprisionarem. Quem vive de passado é museu, e quem foi embora morreu.

Jackye Monteiro

Carta de recomendação!
Não me peça para mudar...
aprenda a gostar de mim por inteira!
Não minta para me impressionar...
permita conhecê-lo!
Não digas que me ama...
apenas me ame!
Seja leal...
a verdade dói mas não ilude!
Olhe para mim...
e veja o conteúdo!
Não julgue- me...
tente compreender- me!
Não mostre apenas beleza...
apresente- me você!
Não faça promessas...
realize!
Se pensar em ir embora...
se despeça antes!
Se pensar em ficar comigo...
me leve a sério!
Se pensar em me amar...
Que seja de verdade!

Maria Di Francia

No inicio foi me dado uma folha em branco e a seguinte recomendação:

-Vai, e escreve tua história.

Hoje mais um capítulo estar dando lugar a outro, e assim estou a caminhar, combatendo o bom combate. Nesse enredo, papeis se misturam de maneira a não ser possível distinguir coadjuvantes de protagonistas, para tais os nomeio apenas de amigos e vida, este último, referente à minha família, a quem devo mais do que tenho. Guardando o que me foi ensinado, continuo a olhar a utopia no horizonte, essa, que às vezes questiono-me quando a sua existência. Contudo se não existir, agradeço-a por ter me feito nunca parar de caminhar e escrever minha história.

Pablo Renan

O tempo não espera por ninguém e o mundo não para porque você está sofrendo. Ontem é história. O amanhã é um mistério, talvez nunca chegue. O hoje é um presente e devemos vivê-lo o melhor possível. Assim é a vida. Não espere demais para dizer a alguém especial aquilo que sente. Diga já... amanhã pode ser muito tarde.

Coleção pessoal de Jandamel63Jandira Ferreira

“Um dia percebemos que descartar um amor verdadeiro em busca de uma realização pessoal abstrata não foi o maior acerto de nossas vidas;
Percebemos que a incoerência em nossas atitudes não trazem situações incontroláveis nos privando de benefícios sentimentais;
Percebemos que mesmo que nossa companhia não nos diga que nos ama do modo que gostaríamos, não significa que ela não nos ama com toda a intensidade de seu coração;
Percebemos que tínhamos um amigo verdadeiro, porém descartado como um guardanapo imundo;
Percebemos que tínhamos a verdadeira felicidade, e que agora essa nos faz tanta falta;
Percebemos que em nossos corações só existe um único sentimento de culpa, que nos priva de alcançar um novo amor;
Percebemos que atitude tomada em momentos errados, muitas vezes não nos proporciona um retorno para concertá-la;
São percepções como essas que nos elucidam o arrependimento de termos rejeitado não só um sentimento que nunca mais desfrutaremos, mas sim o fato de termos lançado ao vento a oportunidade de sermos realmente felizes”

douglas.xis

A evolução pessoal surge quando há mudança comportamento.Há um
momento na vida da pessoa que ela escolhe ter determinadas atitudes que ela mesmo sabe não serem corretas. Nós fomos criados por Deus a sua imagem trazemos em nosso interior a sua mensagem , que foi escrita em nossos corações sobre o certo e errado . O desejos dos seres humanos são maus ,lógicos que nem todos mas no geral , porque visam primeiro ele , a sua satisfação. Percebemos que quando uma pessoa começa ir a uma igreja e muda seu comportamento simplismente pelo fato de ela achar que deve mudar, então ela começa a evoluir . Existem inúmeros motivos que levam a pessoa tomar uma atitude assim ,a vida é curta demais , ela não está feliz ,ela precisar melhorar etc. Sempre sabemos quando estamos certos e quando estamos errados a maioria das vezes , é que a consciência esta destreinada e a pessoa não escuta a voz que existe no íntimo dela . Quando você procura Deus , você automaticamente o encontra porque ele está sempre perto e a magia começa acontecer . Aquela pessoa que tinha vícios e que não olhava para ninguém além dele mesmo começa a ter percepção de algo mais , algo que antes ele não enxergava .Podemos mudar e isso é realmente o que Deus quer que façamos , evoluamos para melhor . Confúcio disse que as pessoas não mudam por dois motivos : porque são extremamente sábias ou porque são extremamente estúpidas , note que ao seu redor tudo muda, a sua casa , as pessoas , a condição de vida , sua aparência tudo muda e todo está em constante evolução .Sabemos que objetivo de todos é ser feliz então porque a felicidade está tão longe da maioria das pessoas. Bom em primeiro lugar a felicidade dessas pessoas estão vinculadas a alguém ou a alguma coisa . Não sabemos ser felizes , a felicidade é uma utopia para a maioria das pessoas . Estamos interessados em lucros e vantagens ,mesmo quando vamos a igreja. Fazemos doações voluntárias e quando ajudamos a alguém em nosso íntimos dizemos : Deus vai me recompensar !! você fez caridade mas querendo receber um pagamento por isso , você acha isso certo? Não podemos ser hipócritas. Deus pode ver seu coração . Jesus disse que aquele que era seu amigo fazia o que ele falava. Será que era só escutar? Ir a igreja e depois esquecer ? evolução , a pessoa teria de mudar seu comportamento a sua maneira de ser , por assim dizer ser lapidada ai a felicidade iria bater a sua porta e nunca mais o abandonaria . Temos que nos conhecer não adiantará rezar muito se o seu comportamento não condiz . Você acabará achando que Deus não lhe escuta, o que não é verdade.
Posso citar um exemplo uma pessoa que tem depressão ora a Deus e pede que Deus a cure , mas ela está assistindo filmes violentos e noticiários que falam de catástrofes e morte todos os dias . Ou ela esta com um problema de bronquite asmática mas não para de Fumar , ou ainda tem problema de pressão alta e a sua alimentação é totalmente errada . Agora responda adianta orar? Notem uma coisa, o desejo prevaleceu sobre o que era certo . Por ex uma pessoa sabe que fumar é errado ou que não é muito bom para saúde mas mesmo assim ainda assim o faz , muitas vezes argumentando que a única coisa que ela faz é isso . Perceberam a vontade superando o que é certo. Em todos os momentos da vida somos deparados com esses desafios . Mas aqueles que procuram evoluir ou melhorar sua condição de vida e ser felizes não devem apoiar-se em nada pois tudo o que você precisa você já tem .Você pode mudar , mas só vai realmente acontecer quando você quiser depende de você. Lembre-se tudo muda ao nosso redor , você também pode mudar . Na verdade cada segundo que passa você está mais convencido disso , no seu interior você sabe disso ,mas porque desiste então
sem pelo menos lutar . Numa guerra as pessoas que participam dela estão lá para matar ou morrer , não é muito diferente . Não tente faça .... Deus está com você , hoje e para sempre ..

NILSON HURAN

Parabéns e que você seja sempre essa pessoal amigável e inteligente...acredite nos seus sonhos e que no caminho dessa vida você se espelhe naqueles que apesar das dificuldades jamais desistiram...

De coração te desejo toda felicidade do mundo até seu coração transbordar e venha reparti com aqueles que longe ou perto sempre irão lembrar dessa pessoa tão especial que é ...você!

Rosenildoandrade

...mentes
dementes...
* OS POLÍTICOS LADRÕES, DEPENDENDO DA RELAÇÃO ENTRE O GANHO PESSOAL E O PREJUÍZO DO PAÍS, PODEM SER CATEGORIZADOS COMO:
¨¨ INTELIGENTES: BENEFICIAM A SI MESMOS SEM PREJUDICAR NINGUÉM...(ISSO É RARO).
¨¨ VIGARISTAS: PREJUDICAM OS OUTROS PARA SE BENEFICIAR...(MAIORIA).
¨¨ INGÊNUOS: PREJUDICAM A SI MESMOS, MAS BENEFICIAM OS OUTROS...(ALGUNS).
¨¨ ESTÚPIDOS: PREJUDICAM A SI MESMOS E AINDA PREJUDICAM OUTROS...(GRANDE MAIORIA).

Renato Cesar Vargas Martins

Eu protesto!

Num mundo onde "marketing pessoal"
É mais importante do que o caráter de alguém
Onde aparência é fundamental
E a cor da pele e a forma do corpo também

Não encontro espaço para ser o que sou
Porque não suporto artificialidade
Eu sou gente de verdade
Não sou um estereótipo que a mídia propagou

Não sou de mandar recado
Sou de refletir e partir para a ação
Contra a injustiça eu não me calo
Não quero ser mais uma na multidão

Nessa multidão inerte que tudo deixa passar
Que não protesta, que não se mexe e que só sabe esperar...
Esperar que a situação mude sem que se faça alguma coisa
E ficar de pernas pro ar, levando a vida numa boa

Num mundo onde etiquetas têm grande valor
Num mundo onde reina indiferença e desamor
Num mundo onde tudo é cobiça e vaidade
E onde uma mentira, repetida, vira verdade

Só que eu existo, posso estar na margem, mas não sou resto
Podem me ignorar, me excluir, mas ouvirão o meu protesto

Eu protesto contra a ganância
Eu protesto contra a indiferença
Eu protesto contra a ignorância
Eu protesto contra a carência

Eu protesto contra a artificialidade
Eu protesto contra a desigualdade
Eu protesto contra o desamor
Eu protesto contra a total falta de valor

De valor à vida
De valor às pessoas
De valor às criações divinas
De valor ao amor, que tudo perdoa

Eu protesto contra a dureza dos corações
Eu protesto contra a cegueira espiritual
Eu protesto contra as insensatas realizações
De pessoas que desprezam o bem e praticam o mal

Eu protesto e sigo a protestar
Nenhuma mão opressora pode me abalar
Pois eu conheço Aquele que me fortalece
Saibam que, de nenhum(a) filho(a), Ele se esquece

O Deus Altíssimo não faz acepção
Do príncipe ao mendigo
Do grande ao pequenino
Ele ama sem impor condição

Maria Cleide da Silva Cardoso Pereira

Caráter pessoal

Esse caráter pessoal e original que envolve tanta coisa causando mudanças com o passar do tempo, faz com que eu me contente com minha própria vida sem ostentar a vida do próximo. Somente escutar não adianta tem que saber ouvir. Assumir conseqüências não é fácil, pois muita gente diz a verdade com medo, temos que saber guardar segredos e jogar limpo com os desejos. Sei que não posso ser tudo ao mesmo tempo, pois o meu caráter não gosta de se amostrar. Posso ate mudar de cidade, conhecer novas pessoas e fazer novas amizades, mais os amigos originais são aqueles que construíram o meu caráter de personalidade e jamais vou esquecê-los, eu sou amigo do réu que cogitou ser a vítima por medo. É preciso admitir a derrota, para viver tem que saber sofrer. Ter estilo é fundamental, a personalidade é o conceito dos outros sobre sua imagem e a minha pode ser dupla ou ate tripla o importante é que pelo menos uma eu tenho certeza que vai conquistar você. Assumir o medo é ótimo para despertar coragem para dizer uma mentira saudável, penso como todos e vivo construindo o meu tudo. O meu tudo é minha vida. Sou flamengo de alma e coração, luto pelo amor, pelo direito e também pela festa. Acredito que a última geração de casamentos que irá durar mais que 50 anos é essa que vovô e vovó estão vivendo. Hoje, a interação é viciante e já não conseguimos viver sem ela, o mundo evoluindo e a espécie regredindo é preciso entender a evolução da interação para saber lidar com certos sentimentos. Faço aquilo que está entre o certo e o errado, eu faço direito. Sou filho de DEUS, amigo sol e amante da lua, vivo intensamente cada momento, pois a felicidade é momentânea. Meu lado bom é muito bom e meu lado ruim é melhor ainda. O meu objetivo é chegar a um lugar que eu possa sentir o vento da noite tocar o meu rosto, o calor da fogueira refletir em meus olhos e estar acompanhado de um belo sorriso de uma linda criança com o olhar daquela que faz bem. Coração grande e acostumado a lidar com os riscos da emoção, sou sonhador e acredito naquilo que vai além. Quero encontrar o meu verdadeiro eu, porque ele me levará ao meu verdadeiro ser. O dia de amanha está todo na agenda mais os meus atos do presente mudam completamente o futuro programado. O amor é desejado por todos mais suas mutações não te deixa confiar, a confiança está chateada com a traição e a culpa é da mutação do amor, esse sentimento desejado por muitos e encontrado em poucos. Você pode ate me chamar de louco e quando me chamar de louco eu me lembrarei das sábias palavras ditas por Bob Marley : “Sou louco porque o mundo que eu vivo não merece minha lucidez”.

Thiago Kxaça

A vida é como uma corrida de bicicleta,
cuja meta é cumprir a Lenda Pessoal.

Na largada,estamos juntos,
compartilhando camaradagens e entusiasmo.
Mas,à medida que a corrida se desenvolve,
a alegria inicial cede lugar aos
verdadeiros desafios: o cansaço,
a monotonia, as dúvidas quanto à própria capacidade.
Reparamos que alguns amigos desistiram do desafio,
ainda estão correndo,mas apenas porque
não podem parar no meio da estrada.
Eles são numerosos, pedalam ao lado do carro de apoio,
conversam entre si, e cumprem sua obrigação.

Terminamos por nos distanciar deles;
e então somos obrigados a enfrentar a solidão,
as surpresas com as curvas desconhecidas,
os problemas com a bicicleta.

Perguntamo-nos finalmente se vale a pena tanto esforço.



Sim, vale...É só não desistir
Aprendi que, toda mudança inicia
um ciclo de construção,
se você não esquecer de
deixar a porta aberta.
Aprendi que o tempo é muito
precioso e não volta atrás.
Por isso, não vale a pena resgatar o passado.
O que vale a pena e construir o futuro.

Desconhecido

Pessoas boas não são aquelas que quando ficam sabendo algo sobre á vida pessoal de alguém saem correndo pra contar á novidade pra outra pessoa,e nem ficam inventando pretextos para descobrir o que esta curioso demais pra saber.
Pessoa boa pode ficar anos sem te ver e quando te encontra pergunta como você esta,e te deseja tudo de bom te olhando nos olhos com sinceridade são pessoas iluminadas e raras, com quem estou aprendendo á também ser uma pessoa melhor .

Mc.

Precisamos de Longanimidade



A longanimidade é uma atitude pessoal de não se irar com facilidade e rapidamente em relação aos outros.
Portanto, ao tratarmos de assuntos como a ira de Deus, que é um dos Seus atributos, sobre assuntos relativos ao Seu juízo, e ao inferno, não devemos esquecer de que Deus é longânimo, e que por isso, muitas vezes retarda o Seu juízo, dá oportunidades imensas aos Seus inimigos para se arrependerem, suporta com muita longanimidade as iniquidades dos vasos de ira, e não se permite ter qualquer perturbação de mente por causa das transgressões deles. E é particularmente neste aspecto que Jesus nos chama a imitar o Seu próprio exemplo de mansidão e humildade, que são a base da sua completa longanimidade. De outra forma, por exemplo, como o próprio apóstolo Paulo poderia ter sido salvo, a não ser pela completa longanimidade de Jesus, da qual ele dá testemunho em I Tim 1.16, porque afinal foi perseguidor da Igreja antes da sua conversão. Ele afirma ser o principal dos pecadores por causa desta perseguição da Igreja, ao qual Jesus demonstrou que é de fato totalmente longânimo, porque de outra forma não lhe teria perdoado e teria executado o Seu juízo sobre ele desde há muito. Mas como é paciente na expectativa de que o pecador se arrependa e se converta, ele pôde ser salvo, assim como todos aqueles que têm sido alvo da longanimidade de Deus, porque não foi longânimo somente para com ele, Paulo, mas é para com todos os pecadores.
"mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, o principal, Cristo Jesus mostrasse toda a sua longanimidade, a fim de que eu servisse de exemplo aos que haviam de crer nele para a vida eterna." (I Tim 1.16).
Por isso é preciso ter cuidado para não esquecermos que Deus é longânimo, especialmente quando pregamos temas sobre a Sua ira e juízos, ou quando exercemos a disciplina na Igreja, porque Deus permanece longânimo, misericordioso e amoroso,apesar de ser terrível a Sua ira e de ser poderoso em Seus juízos, e é por isso que somente Ele pode julgar com perfeita justiça, porque ao julgar não deixa de ser longânimo e misericordioso.

Silvio Dutra

...em uma era de conversas cada vez mais virtuais,
menos ligações e menos contato pessoal,
em uma era em que sentimentos são demonstrados
e sabidos apenas por envio e rebebimento de emoticons,
é difícil encontrar alguém,
que olhe dentro dos seus olhos
e saiba sentir o que,
realmente, se passa ali,
dentro de você...

Ana Rottini

Há, em toda conversa/discussão de caráter mais pessoal e privado, e, particularmente, em toda conversa/discussão de amor, uma estima exagerada pelo palavrear. Muitos não notam que, em conversas/discussões assim - sejam elas um papo breve e ocasional ou uma "D.R." prenhe de consequências -, as palavras não são aquilo que apreendemos verdadeiramente. Quero dizer: o que existe de mais autêntico em nós não reage exatamente a elas, palavras trocadas, mas àquilo que, de dentro do outro, escolhe usá-las no lugar de outras, e não de outra, mas daquela exata ou precisa maneira.

Eis aí a raiz dos "atos falhos" e das precipitações de todo tipo, raiz que, por ser em nós mais do que somos, não falha absolutamente. De modo que não há desculpas possíveis - não há! - para o que dizemos nessas ocasiões. Qualquer desculpa, aqui, é nada menos do que exercício interpessoal da impunidade, coisa que cedo ou tarde cobrará em dor a sua fatura.

Para sanar danos provocados por tais "precipitações", há um só remédio: substituir as conversas/discussões por diálogos (ainda que acalorados), o que significa ir abandonando a mera e anestesiante - ou hipnótica - troca de palavras em proveito daquilo que, num sentido mais nobre e filosófico ('dyás-lógos'), sinaliza uma relação lúcida entre dois sentidos de vida. Implicar-se mais, esforçando-se por assumir e transcender ambivalências e contradições, isto é algo que somente um relacionamento sério e autêntico consegue empreender. Se não consegue, não adiantará - não mesmo! - pedir desculpas depois.

Guimarães Machado