Carta de Despedida

Cerca de 329 carta de Despedida

A dor da despedida é uma das mais doídas,
mas a dor da saudade essa dói de verdade.
Então vem a dor da solidão,
que aperta o coração.
Tem a dor da ingratidão,
causa lágrima de emoção.
Por isso o melhor remédio
para qualquer tipo de dor,
e tomar diariamente muitas dose de amor.
Sergio Fornasari

Sergio Fornasari

Despedida
Autoria: Dayane Ribeiro - trecho da coletânea de contos Apenas Ensina-me
-Quando foi a última vez que dançamos?
-Puxa... Faz tempo. Acho que em nosso casamento.
-Ah, sim! Eu me lembro... Você estava lindo, com o rosto sorridente.
-Eu estava feliz, acabara de ganhar na loteria.
-Alguém precisa lhe ensinar o que é loteria! Você tem uma ideia estranha sobre isso.
-Sete mil e novecentos dias que conheci e amei você, isso foi o que vivi ao seu lado, na alegria, na tristeza, quatro meninos lindos... Não são estas coisas que me fazem um homem de sorte?
-Creio que aos olhos de Deus, te faz abençoado.
-Então não discuta loteria comigo, eu sei o que digo.
-Que música dançamos em nosso casamento? - ela retomou o primeiro assunto.
-Moonlight Serenade.
-Então, me abrace e finja que ela está tocando, feche os olhos e imagine-se de volta, reviva esta alegria.
Assim ele o fez, e, enquanto estavam abraçados, de olhos fechados, com suas mentes no primeiro dia deles como marido e mulher, Sílvia partiu.

Dayane Ribeiro

Já não tenho em mim
o gosto amargo da partida...
Sinto-me leve com a despedida,
pois não mais há motivo pra ficar!

Levo comigo o teu sorriso
numa marca de batom
e deixo pra ti o meu cheiro
que ficou no edredom...
Lembranças de uma noite
em que o dia não amanheceu,
porque o que brilhava estava em nós,
éramos o sol!

Robson Ruas

ALMA
Necessidades é a minhas essência de existir,
Não existiria sem ausências...
Então despedidas, crepúsculos me preenchem
Me completam; esse esvaziar-se
Que vai soprando as horas,
Este inexistir que faz germinar prosas,
Esse ar que não se inspira nunca,
É isso que me alimenta,
O passo que eu nunca consigo dar,
O inalcançável, a silhueta
Que não diviso,
O vulto que não distingue-se, a alma...

tadeumemoria

Despedida

Sabe aquele momento da vida
em que chega a hora de despedir?
Pois é... como tenho dificuldade
para lidar com este momento.
Quando você é o aluno mais antigo
daquela perua ou daquela escola.
Quando você precisa cumprir
aquele último mês de aviso prévio.
Quando você sai toda vestida de branco
para formar outra família.
Quando você decide terminar
aquele relacionamento que não deu certo.
Quando se despede daquele encontro
que tudo foi uma graça.
Quando olha seu melhor amigo
partindo pra longe... por outros caminhos.
Quando quem você ama com tanto carinho
parte deixando você para sempre.
Está vendo? Meus olhos encheram de lágrimas.
E mesmo sabendo que despedir é libertar,
eu definitivamente não sei lidar com despedidas.
Por isso... por mais que doa uma despedida,
e aproveitando que você está presente:
que tal sorrir, abraçar, amar, perdoar,
confiar, festejar, chorar, viajar, rezar,
brincar, dançar, ler, comer, viver...
juntos... bem juntinhos... sem preconceitos...
sem medos... nem julgamentos... nem penalidades...
Porque um dia um de nós vai partir.
E para cada encontro existe uma despedida.
E se existe algo pior que a despedida,
é o remorso por não ter amado.
Eu já vi tanta gente partir da minha vida,
algumas partiram para sempre,
partindo meu coração:
mãe, pai, parentes, mestres, amigos...
Até pessoas com as quais eu não convivi,
partiram deixando saudades:
meus avós, meu irmão, meu filho, escritores, "ídolos"...
Meus olhos encheram de lágrimas novamente.
Como dói despedida.
Se após uma despedida ficaram saudades,
é porque valeu a pena o relacionamento.
A gente só sente saudades do que foi bom.
Quando se despede de quem se ama,
este alguém sempre leva um pedaço de você
e você sempre carrega um pedaço dele.
A verdade é que somos sempre parte de alguém.
Com o lenço na mão e os olhos lacrimejados,
eu lembro-me de todos com carinho.
Apesar de ser tão difícil dizer adeus,
me sinto muito bem dizer “A Deus”,
para quem partiu para sempre.
“A Deus vos recomendo.”
Faz-me muito bem acreditar no céu.
Uma vez que pra mim o céu se define em duas palavras:
Encontro e Festa.
Encontro com os que já partiram e os que vão chegar
e festa para comemorar a saudades que morreu.
No meu céu não haverá despedida.
Olha que coisa boa!
Por isso enquanto viver
não quero saber lidar com despedidas,
até porque por de trás de uma despedida
sempre há uma vida nova chegando
e sempre há uma vida pra ser vivida.

gilberto angelo begiato

Sobre a despedida
Você já sabia que não me queria mais e eu sabia disso também. Sabia tanto que já havia preparado algo pra quando chegasse a hora do nosso ponto final – que você fez questão de dizer que era apenas uma vírgula, mas nós dois sabemos que isso não é verdade. Despojada de mim e envolvida pelo sentimento que eu nutria, te dei uma prova de que amor de verdade não pede nada em troca.
No dia da sua festa eu engoli o choro e sorri porque eu tinha que provar pra alguém que eu sobreviveria a tudo isso, mesmo sem ser capaz de provar isso a mim mesma. Porém, eu não conseguiria esconder nada de você e, sabendo disso, você nem me olhou pra não enxergar e ter que lidar com tudo aquilo. Entreguei-te uma tentativa de transformar o nosso ponto final em reticências...
No dia seguinte, você fez com que essas reticências magicamente se tornassem um ponto de interrogação. Um ponto de interrogação que questionava tudo que havíamos vivido. Eu só não sabia disso na época. Mas se soubesse não faria nada diferente, afinal, meu amor era feito de entrega, e não de negociação.
E no último momento de entrega, um momento forçado, um grito de desespero pra te ter nem que fosse por mais um segundo, eu arranquei uma lagrima tua. Acredito que nunca saberei qual sinal de pontuação atribuir àquela lágrima.

Trícia Tanaka

Poema da noite:
Triste despedida.
Fostes embora e nem o sorriso deixasse,teu perfume ainda sinto em cada lugar da nossa casa.
O óleo ainda escorre na maçaneta ao qual você com sua mão a tocou e simplesmente a deixou.
E me deixou aqui a sorrir ou a chorar nem mesmo ao certo sei o que sinto pois você sumiu e desistiu.
Tudo aconteceu tão rápido e realmente despedidas sempre traz tristezas.
ainda bem que você com seu jeito sábio de ser se foi e nunca mais ligou.
Mas sinto sua falta porém e seu afago mas hoje só resta a triste lembrança da tua ida sem despedida.
Autor: Jefferson Allmeida​

Jefferson Helton da Silva Almeida

'DESPEDIDA'

LÁGRIMA
TRISTEZA
ADEUS
NOSSO AMOR NÃO DEU!

MÁGOA
SAUDADE
NOSSO AMOR NÃO DEU!

CANÇÃO,RECORDAÇÃO
LUGARES QUE PASSEAVAMOS JUNTOS
E QUE FICARÃO MARCADOS NA LEMBRANÇA
CADÊ VOCÊ?
NOSSO AMOR NÃO DEU!

AINDA ME LEMBRO DE SEU SORRISSO LINDO
AINDA ME LEMBRO,VOCÊ DANÇANDO PRA MIM
CHORO!
SOFRO!
NADA MAIS TEM GRAÇA PRA MIM
NOSSO AMOR NÃO DEU!

TENTEI,
VOCÊ NÃO ME QUIS
NÃO SEREI MAIS FELIZ

JAMAIS ME ESQUECEREI DE VOCÊ
NOSSO AMOR NÃO DEU!

EDUARDO POETA

Tudo é partida, partícula complexa é a vida, até a não vivida, tudo é despedida, e a saudade é sem definição.
Porém, a vida é presente, e quem por ela passa contente alcançou sua “floração”.
Tudo é morte, mas nem tudo morre, e é preciso conceber a separação!

Cada luto tem seu tempo, seu sofrer, sua “obsessão”.
Todo fim é um começo, e apela o despertar da solidão.
Recomeçar é morte, é vida, é água, é fogo e não há sorte, que preserve a emoção.

Deveras ciclo suave, estamos de passagem, tudo é uma enorme paisagem, no mar afora das ilusões, e como vislumbra nossas percepções…

E a vida pede passagem, ela é carruagem, que de aluguel vai morando nos corações!
Katiana Santiago

Katiana Santiago

A cada vez que a vida disse vai embora,
eu quis ficar, pois ela é agora.
a cada despedida, ela vai
e o lado bom da vida, pode ser toda hora.
O girassol que aqui eu vejo, não tem cor nem nada, o sol é meu desejo, a sombra ta molhada, o vento ta seco,
toda minha coragem, com vergonha do teu medo.
não fico a vontade com toda essa verdade.

Giovanni Richetti

A Despedida
E dolorosa
E melancolica
E um procurar e não achar mais
E o fim pra uns e recomeço para outros
Ela sempre está presente ou vai estar em nossas vidas
O fim sempre chega de formas invariaveis
Mas faz parte do percurso
Sempre ficam lembranças boas ou ruins
A despedida fica gravada sempre em nossos corações

Paulo Vinicius Garcez

Eu te digo Adeus!

Com os olhos marejados na despedida...
Com a alma carregada de lembranças...
Mas levarei na memória.. Momentos em que eu te amei!

O tempo parou porque eu te amava...te queria para minha vida
Mas sempre soube que partirias...

Escuta-me amor...
Eu te amei, mas você nunca foi meu!

Hoje tu és apenas uma imagem sem cor... Neste silêncio
que ficou depois de tua partida...dividindo o sofrimento e a dor
com este amor que morre lentamente!

Celina Vasques

Outra Despedida


Essa lágrima eu vou carregar
Sem esconder, mas sem deixá-la escorrer
Essa lágrima eu vou guardar
Pra no seu ombro deixar morrer.

Saudade é sombra que projeta
E faz doer, é egoísmo a crescer
É te recriar em mente, pra não sofrer
É me doar, amor, nos aquecer.

Sei de devemos amar a pessoa,
Eu mais que você. amor,
Meu coração está perdido a te procurar.
“se o achar, segure-o!” – te amando.

Emiliano Lima de Araújo

Era a sua ultima poesia, uma triste despedida.
As suas ultimas letras tornavam-se quase inelegíveis diante de suas lagrimas.

Sobre a melodia de um piano triste, ele escrevia suas ultimas estrofes.
Era a despedida de um poeta.

Em cada canto do seu quarto arquivos tumultuados
Lembranças de toda uma vida.
Taças de vinho espalhadas pelo chão.
Sobre o seu velho cinzeiro, as cinzas de cada trago.

As lembranças davam lugar a um imenso silêncio
É triste ver que seus escritos hoje são apenas arquivos em papeis mofados.
Ele que já não quer mais chorar escrevendo versos tristes.
Sobre a sua já tão surrada rede, o descanso de um poeta.

Não te assustes de mim,
Um dia eu também fui feliz!
É apenas um desabafo,
Que leva em cada letra,uma triste gota de lagrima.
Foi assim que escrevi...
A minha ultima poesia.

Mary Veloso

afogo meus sentimentos em um copo de veneno,
vanglorio cada momento nessa despedida,
desse que foi o amor embora não compreenda,
seja mais a morrer de amor parece uma doença,
sei que não acharam a cura,
só a bebida para afogar as magoas, ou veneno tardio,
que acalma o desespero no final nada acaba,
embora o passado seja melhor remédio,
a dor sempre será intercalada no nome do desejo,
me calo na escuridão murmuro meus pensamento,
no foi por que foi então já se foi,
nada como antes apenas o tempo passou,
as marcas no coração são vestígios da emoção.
por celso roberto nadilo

Celso Roberto Nadilo

Seemann
A angústia, assim como uma despedida de um marinheiro, que dá um beijo apaixonado em sua amada e parte para o horizonte é como me sinto. Mas sou um marinheiro fantasma, que nunca partiu e tem apenas a esperança de um dia achar sua amada, a qual o fará voltar a vida, ao sentimento de antes da partida. Mas enquanto não chega, ele vaga solitariamente e derruba suas lágrimas misturando-as com a água do mar. Tentando desesperadamente, que essa mistura de destino (água) + lágrimas (sentimento) culmine na direção certa de sua amada.
E é assim, aonde alguém nos ama é para onde devemos retornar.

Gilson Miranda Junior

Talvez...

Amahã...
Quando o lirismo do verso
E a rima já desmaiada,
Partirem em despedida.
Na sua incansável afã,
Sobrevoando o universo
No final desata jornada,
Far-se-á bem nais luzida.

Um dia...
Na leveza de um suspiro,
Deixarei a lapidosa
Sob o clarão de uma vela.
Da estrada rude e sombria
E da masmorra me retiro
para surgir grandiosa,
No esplendor de uma estrela.

Talvez...
Surjam novos poemas
Angelicais, quem sabe alados,
Luzentes de felicidade
Como jamais alguém fez...
serão carícias supremas
Mensageiras da saudade,
a te afagarem outra vez.

Sonia Ripoll

ABENÇOO

Saúdo o dom da vida
Aquela que me trouxe aqui
Quando chegar a hora despedida
Vou testemunhar o que vivi!

Foram anos tentando acertar
Mas o mistério da vida fora mais forte
Há mais beleza em seguir e confiar
Do que tentar a sorte!

Apenas existe um lugar
Aonde eu possa tudo descobrir
O segredo está em realizar
A Suprema vontade poder cumprir

Abençoo aquele que conseguiu me iluminar
Abrindo seu coração para que pudesse compreender
A grandeza manifestar
Com carinho e atenção entender

Trouxe-me para bem perto
Comigo conversou enfim
Apresentou o correto
E disse que tudo tem começo e fim

Transbordando de felicidade
Revelou toda sua coragem e saber
Coração de ouro em bondade
Energia e poder!

Ao meu Pai agradeço
Não sei se mereço
Essa graça receber
Tanto amor e bem querer!

Ao meu Pai agradeço
O valor que não tem preço
Caminho para a vós eu chegar
Um cantinho no meu coração para vós eu amar!

Samuel Ranner

LIVRE DE VOCÊ

Demétrio Sena, Magé - RJ.

Resolvi me despedir
Da despedida;
Ficar próximo do perto;
Desertar-me do deserto;
Só viver do que tem vida.
Já me calo pro silêncio
Da fala morta,
Que não diz enquanto fala,
Pois deixei de fazer sala
Atrás da porta.
Consegui me desatar
De quem se ata
Ou não ata nem desata,
Só mata o tempo
De ser ou ser...
Entendi que a solidão
É solidária,
Que nem mesmo a solitária
Será prisão
Pra quem é livre.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

O melhor lugar do mundo nunca foi
um lugar


Chegou a hora da despedida, eu
sabia que ele tinha que ir, a hora já
se avançava, ah como eu queria
congelar o tempo quando estivesse
com o meu amor, o abracei sem
nenhuma intenção de soltá-lo, aquele
abraço era o bom da vida, o abracei e
encostei minha cabeça em seu
ombro, por algum tempo ficamos ali
em silêncio, só ouvindo o coração um
do outro, seu corpo era quente, e eu
gostei muito disso, quando íamos nos
soltar, ele me da um beijo na testa, e
logo após eu trago o seu rosto pra
perto para que eu pudesse beijá-lo,
por mais que quisesse o beijar na
boca, dei apenas um beijo em sua
bochecha, um beijo estralado, pude
sentir sua respiração, nos soltamos e
olhamos um no olho do outro, ah!
Aqueles olhos, eram lindos, lindos
olhos castanho claro.

Juliana Félix