Carta de 3 meses de Namoro

Cerca de 346 carta de 3 meses de Namoro

Por mais clichê que seja, participar de um site de namoro ou de um grupo de solteiros ... lembre-se sempre seguro e educar-se sobre como se certificar que você está seguro. Nunca forneça informações pessoais on-line e sempre se encontram em um local público. Mesmo se você não gostaria de encontrar alguém para um relacionamento, existem sites que têm pessoas como você que só querem sair da casa e não ficar sozinho.

Tenhas precauções com sua vida pessoal!

Gilmar Fontes

Feliz Namoro
Aniversário de namoro: 2 , 5 ,10 ou 20 anos ... não importa quantos anos de namoro vocês estejam fazendo hoje , amanha ou depois de amanha ,não importa se você gosta de Icarly ou se ela gosta de Zelda , não importa se você faz fisioterapia e ela engenharia ... não importa se você curti o status dela e ela não curtiu o seu ......Não importa se ela escuta Leeland e você ouça Kim Walker ,Não importa se tudo isso não faz sentido, mas o que realmente importa é o amor de vocês , aquele frio na barriga , aquele olhar especial , aquele jeito de mexer o cabelo que só você reconhece , aquele abraço apertado , aquele jeito de rir que só ele tem no universo inteiro ... Aquele desejo de transformar tudo isso num algo a mais ,saiba que O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser; como gostaria de participar disso pelo menos uma vez , mas tudo bem ,saiba que o amor de vocês não tem fronteiras , agora ficou sem sentido , alias tudo isso faz , fez ou ainda vai fazer sentido ...... mas isso não importa , porque tudo isso faz parte da forma abstrata apaixonante que carinhosamente chamamos de AMOR , LOVE , AMOUR , AMORE , LIEBE ......

Cristiano de farias gomes

Termino do namoro para ele

”É, eu acho que ela ainda não parou pra ver o meu lado das coisas, eu até a entendo, é bem difícil pra uma menina ser trocada, mas o meu lado também não é tão bom assim, eu também fico triste, é muito doloroso quando eu digo que não da mais certo e vejo os olhos dela cheios de lagrimas, da vontade de abraça-la, de proteger ela pra sempre, mas eu não faço isso, por algum motivo eu não faço isso, ai eu vou embora e vejo que ela fica chorando, fico uns dias sem vê-la, mas ai quando encontro com ela na rua percebo que nada está bem,nem comigo e nem com ela, ela toma um susto e aquela expressão de dor toma a sua linda face, eu tento desfaçar a vontade de dizer que foi engano que eu ainda a quero de volta, é eu sei desfaçar bem, agora o olhar dela é de raiva, eu não quero machuca-la, eu sou um cara complicado, eu não me controlo quando saio sozinho e acabo ficando com outras, eu me magoou e ainda mais a ela, então eu acho que eu a amo tanto que não quero que ela sofra cada vez que eu pizar na bola, ela não sabe disso e nunca vai saber”

Susy Mendes

Termino do namoro para ela

”É, tá muito difícil,as vezes eu penso será que ele não fica triste em saber que eu to sofrendo, doeu tanto quando ele disse que não dava mais pra gente ficar juntos, saber que ele me trocou por outra,que fico sem reação a unica coisa que eu faço é chorar, e é pior ainda quando ele nem vem se explicar,ele da as costas e sai, e nesses dias que seguem eu não o vejo mais a dor continua a mesma, e chega o tão não desejado dia, revê-lo na rua, ele mal olha nos meus olhos, ele ta estranho mais ainda tem a mesma seriedade de sempre,eu queria que ele viesse até mim, dizer que aquilo foi loucura que ale ainda me quer, eu quero abraça-lo, mas eu não posso, não depois de sair sem me dar explicações, sem me dizer por que não me ama mais, se é que algum dia existiu amor,mas mesmo depois de tudo, eu ainda o amo, e não é pouco, mas pena que não se pode amar por dois.”

Susy Mendes

Sou do tipo que trata o namoro com muita seriedade;
namoro não é um ato ou evento, é uma causa, e pede sacrifícios,
também não acredito que se possa ser individualista num namoro,
não existe mais um "eu", eu virei "nós", por quem dou meu braço
pra ser torcido as vezes, mas se torcer sempre, eu volto a ser "eu".

Helom Egidio

O relacionamento, seja ele em qual gênero for -amizade, namoro, casamento- não se interrompe dando tempo, como numa partida de futebol por alguém que se feriu.
Quem exige tempo, existe plantado em sua mente e coração, um vão cabível a insegurança e a incerteza, isso gera conflitos de desconfianças e onde existe e persiste desconfiança não cabe mais a confiança, que uma vez em atrito, nunca mais sã!

Simone Resende

E Quando o Amor Acaba
De repente, o que era luz se faz sombra. A época do namoro, as delicadezas e olhares apaixonados dão lugar à amargura, à aridez dos dias. E muita gente afirma: O amor acabou! Uma sentença que cai pesada sobre os ombros de quem ouve. O fim do amor talvez seja a mais triste notícia para um ser humano. Afinal, o amor move o mundo e enche a vida de alegria. Mas será que o amor acaba? Afinal, é um sentimento tão forte que ultrapassa a barreira dos relacionamentos pessoais e desagua nas relações sociais. Onde há um grupamento humano, há a necessidade de amor. Amor de pais, de filhos, de amigos. Amor entre um homem e uma mulher. Que importa de que tipo é o amor? Basta que ele exista para que seu perfume imediatamente transforme os ambientes, ilumine os olhos, torne o ar mais leve. E se é tão essencial o amor, por que o deixamos acabar? Por que permitimos que ele se amesquinhe e seja sufocado? É que nem sempre sabemos priorizar o que realmente é importante. Nem sempre sabemos cuidar das pessoas que mais amamos. Por vezes tratamos mal justamente aqueles a quem mais queremos bem. São nossos pais, irmãos, esposos e filhos... Eles deveriam ser nossa prioridade, mas parecem estar sempre em último lugar. Para eles, deveríamos guardar os gestos de delicadeza, os afagos, as palavras gentis. Pior ainda é quando permitimos que os abismos e silêncios aconteçam em nossa casa. É como um câncer, que começa devagarzinho, vai se instalando e se torna incontrolável. E tudo começa porque deixamos de conversar, de trocar experiências, de compartilhar o espaço que chamamos lar. E assim vamos nos afastando dos seres amados. E ainda há a negligência. Deixamos de falar, de sorrir, de dar atenção aos de casa. Concentrados em pessoas com as quais temos contato meramente social, aos poucos substituímos o grupo familiar pelos amigos, colegas de trabalho e até por gente que acabamos de conhecer. Assim vamos deixando a vida seguir. De repente, quando percebemos, o tempo passou, os filhos estão adultos, os irmãos casaram, os pais morreram. Ou estão idosos demais sequer para ter uma conversa divertida num fim de tarde. O trem da vida seguiu e nós o vimos passar. É quando chega o arrependimento, a saudade, a vontade de ficar junto mais um pouco. Nem sempre é preciso esperar: alguém que morre repentinamente, um acidente, uma doença inesperada. E percebemos, então, que desperdiçamos o tempo que estivemos ao lado daquela pessoa especial; daquele filho divertido; daquela mãe dedicada; daquele pai amoroso; daquele companheiro que estava bem ao lado, caminhando junto. Não. O amor não morre. Nós o deixamos murchar, apagar-se. É nosso desleixo, desatenção e preguiça que sufocam o amor. Mas basta regar com cuidado, sorrisos e carinho, para que ele reviva. Como planta ressequida, o amor bebe as palavras que lhe dirigimos e se reergue. O amor não morre nunca. Mesmo que acreditemos que ele está morto e enterrado, que desapareceu, ele apenas aguarda que um gesto de amor o faça reviver. Experimente! Olhe para as pessoas de sua família, para o seu amor, e lembre-se das belas coisas que viveram. Não deixe que as más lembranças o contaminem. Focalize toda a sua atenção nos momentos mais felizes. Abrace, afague, sorria junto, diga o quanto os ama. E se, de repente, seu coração acelerar, seus olhos ficarem úmidos e uma indescritível sensação de felicidade tomar conta de você, não tenha dúvida: são os efeitos contagiantes e deliciosos do amor.

Verônica Rocha

Um namoro de conto de fadas

Duas pessoas amigos de longa data. Ela sempre gostou dele, e ele não se ligava - mas como pode todo homem ser igual dizia ela ao pensar.
Ele de algum jeito encanta, faz com que tudo a sua volta se torne legal e divertido, ele faz acontecer, consegue conquistar...
Ela sempre alegre, de olho em tudo, atenciosa e carismática, faz de tudo pra agradar.
Por algum motivo esses dois ficaram juntos por um longo tempo e escreveram sua história, muitas brigas e muitas conquista, porém brigas aconteciam com mais frequência, ele com medo de perde-la sufocava-a e ela com o mesmo medo de perder o cobrava, erros e mais erros por bobagens e coisa pequenas aconteceram, mas uma certeza os dois tinham se amavam pra valer.
Até que um dia certa coisa aconteceu.
Ele pensou que que tinha algo errado e por um tempo se perdeu...
E ela dizia: -Meu amor tudo esta ótimo conosco, o que te faz pensar o oposto.
E por um longo tempo ele ficou distante.
E após longo período voltaram a se falar, ele dizia o motivo - se perdeu porque quanto mais brigas, cobrança e ciumes haviam mais ele sumia e não sabia o por que isso ocorria. Porém como ele re-apareceu?
Respondia ele - sumi por aqueles motivos, mas toda vez que tu pensava em mim, no nosso amor, com saudade, confiança e paixão, aos poucos ia voltando - e assim o amor reascendeu .
Ela pensava como pode uma atitude e um pensamento errado fazer tanto efeito, e ele então replicava, pelo mesmo motivo que as atitudes e pensamentos bons em tudo dão um jeito.
[...]
A história é longa... por isso não coloquei o final, porém basta imaginar.
Todos temos o poder pra dar um final feliz ou não na história, basta acreditar.

Moral: Mantenha quem tu ama dando razões pra ela estar perto.

Nicolas Flores Ferreira

Namoro Desmanchado

Já não tenho namorada
e nem ligo para isso
é melhor ficar sozinho
namorar só dá enguiço.
Eu conheço meus colegas
sei que vão argumentar
que pra não ser mais criança
é preciso namorar.
Mas a outra só gostava
de conversa e de passeio
e queria que eu ficasse
de mãos dadas no recreio.
E ali, sentado e quieto
no recreio da escola
de mãos dadas feito bobo
vendo a turma jogar bola
Gosto mesmo é de brincar

Faça chuva ou faça sol
namorar não quero mais.
Eu prefiro o futebol.

Pedro Bandeira

Ted: Esquecer? Eu nunca esquecerei. Nunca vou deixar de me arrepender, porque nosso namoro era muito importante. Esperava que fosse para você também.
Victoria: Está brincando? Eu amava você.
Ted: Amava?
Victoria: Sim. Passamos ótimos momentos juntos. Lembra de quando achamos uma fita do Barney?
Ted: A noite de jogos. Jogamos o jogo ridículo que o Marshall inventou.
Victoria: Jogo do Marshall.
Ted: É. Ainda jogamos e eu continuo sem entender.
Victoria: Lembra de quando nos conhecemos?
Ted: Lembro que você não me deixava beijá-la.
Victoria: Lembra do motivo?
Ted: Você tinha uma ideia ridícula de que o momento que levava ao beijo...
Victoria: O rufar dos tambores.
Ted: É tão bom quanto o beijo.
Victoria: E não é?
Ted: Com certeza é mais inocente.
Victoria: Não é perigoso.
Ted: Nenhum um pouco.

How I Met Your Mother - 7 Temporada, eps 3

Uma semana de namoro e já diz que é a razão do seu viver?
Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, perdoe o que eu vou dizer agora, tá bom de estudar mais sobre a vida.
-> vou dizer qual é a razão do seu viver, Deus foi o criador, Jesus o salvador, seu pai e sua mãe que lhe pois no mundo, esses sim é a razão do seu viver...

Junior CDS e Arco de Mídia

Um RELACIONAMENTO pode te aproximar ou te afastar de Deus. Namoro ou amizade, tanto faz. Inúmeras pesquisas confirmam que com o passar do tempo as pessoas tendem a se tornar ˜PARECIDAS˜ com os grupos ou pessoas de seu convívio diário, isso é muito interessante pois a bíblia afirma que "as más companhias destroem os bons costumes(grifo meu)" (1Co15.33).

Então não tenha medo de estar SÓ. Tenha medo de estar VAZIO.

Deus tem o tempo certo pra reconstruir os muros destruídos e restaurar TODOS OS SONHOS EM SUA VIDA!

Por isso, ESPERE E CONFIE no PAI que nunca te abandonará!

MGT

Sol e a Lua

Entre o sol e a lua existe um namoro sofrido!!
Pois praticamente não se encontram.
O sol com toda a sua saliência e a lua...
A lua com seu brilho sedutor...
Sinceramente!!
Eu me encanto com a lua.
Me encanto pelo seu brilho roubado do sol.
Quando não a vejo!
Me sinto órfão... Sem brilho algum...

Poeta Urbano - Junho de 2009.

Namorar é muito gracioso e sonhador, mas eu descobri que para muitos casais o namoro é uma nascente de aflição, por causa do medo da renúncia e da solidão.

O mito do "Amor Apaixonado" é o que causa mais angústia, pois hoje em dia ninguém demonstra a paixão que tem dentro de si, para não se tornar uma pessoa "chata", e é essa expectativa do amor apaixonado que deixa as pessoas isoladas e instáveis. E o mais curioso é que somos nós mesmos os encarregado pela sustentação desse mito.

Morgana Magdalena

Homem NAMORO : Posso te fazer uma pergunta amor?
- Fala amor !
- Já disse que te amo?
- Não amor .. Mas , aain amor também te amo vidinha. Lindo lindo.

Homem NOIVADO : posso te fazer uma pergunta ?
- Fala.
- Como é que eu te aguento?
- Deve ser porque você me ama.

Homem CASAMENTO : Posso te fazer uma pargunta mulher?
- Kié ?
- Da pra calar essa matrata um pouquinho?
- Vai se ferrar.

Larissa Roberta

10 Conselhos para um fim de namoro:

1 - Não implore amor, isso diminui a auto-estima;
2 - Amar é algo voluntário e não obrigatório, é livre de escolher;
3 - Não chore por algo que já foi, não era pra você, pense positivo;
4 - Não force ninguém a ficar com outra por pena, é a pior coisa que se pode fazer;
5 - Pode sempre encontrar outra pessoa como você, que procura alguém para amar;
6 - Não se desgaste com sentimentos de culpa;
7 - Olhe para você e veja como é bonita;
8 - Você é mais que um objeto, é uma mulher maravilhosa;
9 - Quando a deixam porque não a amam; há que fazer para o amor voltar;
10 - Nunca deve se culpar pelo fim do namoro. O amor também se desgasta, a culpa não é inteiramente sua. O amor é igual as flores, que requerem bastantes cuidados e mimos, caso contrário secam....

Amanda Santos

namoro amigo ja aconteceu isso comigo

nunca se saber quando chegar o amor para qualquer pessoa que seja ate mesmo seu melhor amigo

mais olhe nunca perca as esperanças pq esse amor é como uma estrela que nunca deixar de brilhar nem mesmo tendo lutas e sim temos que corre atras para nunca deixar de brilhar

jamili

Amor ,tanta coisaa ja aconteceu nesses 11 meses de namoro né? e quanta coisa ainda ainda estar por vir .. a minha vida nao tem mais sentido sem vc do meu lado ,sem teus braços me dando conforto ,sem teus beijos que me tranquilizão e sem teu sorriso que me faz sorrir.E eu quero estar ao se lado por q der e vier .pq alem sde namorada ,eu sou sa melhor amiga e sua companheira. eu sou te fazer a pessoa mais feliz do mundo!

te quero pra sempre tá?

camila almeida de menezes

Amor mais um aniveersário de namoro né? fazermos hj 1 ano de muita feliciidade o/ \o/ quem diria q iríamos chegar a tanto.amor desejo que a gente posso comemorar muitas e muitas datas de namoro!
Não esquece q eu te amo muitooo e q eu estou ctg pra tudo q vc precisar ;] eu sempre estarei ao seu lado sempre ;D
Parabéns pra gente amor ;D

camila almeida de menezes

O fim é ainda mais cruel

O fim de um namoro é ainda mais dolorido e cruel, quando a gente sente pena, quando sente dó, quando adia o inevitável.
Toda relação tem sua doçura entre cafés, o regozijo dos almoços e o deleite entre jantares a luz de velas.
Mas, e quando o doce se torna amargo? Quando a essência perde o toque refinado? Não há como engolir o que não sacia mais, não o corpo, mas a alma.
Não é nada salutar, relutar em renunciar ao conforto de um abraço, o entrelaçar entre dedos, a maciez daquela pele.
Mas quando morre o amor, aliás, amor não morre. Quando perde o gosto, o sabor, simplesmente deixa de ser amor.
Amor não vive só de sobremesas. Amor não sobrevive de migalhas, de retalhos, de porções ínfimas de felicidade.
Não há dor na desistência, mas sim resiliência, a conformidade, o saber fazer-se livre. Ceder a si uma agridoce demissão por justa causa.
Sem direitos, senão, o direito de seguir em frente, de proporcionar-se a si mesmo outras oportunidades.
A continuidade é tortura. É viver amordaçado, acorrentado num solitário amor a dois. É abdicar da própria soberania e tornar-se escravo das vontades alheias.
Eu te amo, não perdeu o glamour, nem a relevância, mas, eu te amo, nunca nos trouxe garantias, nem certezas.
O prazer é momentâneo, logo passa, mas são nas pequenas coisas diárias que o amor vai se perdendo entre a inexistência de provas e contraprovas.
Permita-se enlutar com o fim. De a si esse luxo, sinta, chore, sofra. Viva tudo isso intimamente. Apenas saiba que nada nessa vida é eterno, nem amores e nem dores.
Logo, o outono passa. O inverno se abranda. Logo, é primavera e o amor se renova. Logo, criam-se novas raízes.
É só a vida seguindo seu curso natural!

Leandro M. Cortes