Calma

Cerca de 1191 frases e pensamentos: Calma

[b]Minha sogra mii odeia, minha sogra mii destesta
Calma minha sogra só seu FiLhO mii interessa..

Leeh

As tuas verdades e mentiras
Habitam juntas as corredeiras de tuas águas...
Levas tormentas e calmarias aonde passas...
Tens o dom de destruir a pureza,
Na medida que encantas...
Cativas amores e rancores...
Carregas todos em teus redemoinhos...
E vicias...
Como uma bebida quente
Que enebria, mas jamais sacia...
Despertas um desejo de sofrer que faz bem
Até que que se esvai,
Deixando só um rastro molhado de dor e lágrimas...

Viviane Dick

Noite calma
Onde receios, dores e preocupações se vão,
O intimo está seguro.

Noite calma,
Onde há almas subindo ou corpos descendo,
Tão obscuro!

Noite calma,
Onde alguém se delicia em um momento tranqüilo,
Sem pensar no futuro.

Noite calma?
Onde aqui é agradável
E lá fora o mundo desmorona...

Noite calma?
Mergulhando na mente despreocupada e insignificante
Quanta desventura!

Sim! Há alguém lá fora fulminando pessoas inocentes;
Há alguém lá fora implorando pela vida,
Desconsoladamente;
Há milhões se prostituindo, em corpo demente;
Há crianças órfãs perdidas, desprovidas;
Há idosos sem amparo, sem colo, já quase sem vida;
Há homens violentando esposas, e
Há filhos oscilando, sem rumo.

Neste exato momento,
Isso vai esmorecendo,
Porque ignorantes sabem, mas querem esquecer.
Neste exato momento
Minha mente trabalha,
Meu coração descansa...
Esses fatos vão rondando no meu organismo ordenadamente
E ninguém percebe.

Agora, as almas se desfazem da matéria
Por conta de algum mal, descanio,
Desamor!
E onde está este amor?

Noite calma
Onde os sonhos e desejos vão fluindo.
Noite calma,
Os portões dos céus, agora, vão se abrindo.

Acalme a noite, Pai!
Porque agora, tudo está emergindo,
Porque tudo isso é um vicio,
Porque isso tudo não passa de um ciclo!

Jade d'Almeida

Lá estava uma calma sábia coruja
Observando uma gatuna raposa furtar
Seus ovos para se alimentar,
mas antes da ação terminar calmamente começou a falar
"Raposa astuta, antes que com meus ovos fuja
Tem algo a lhe dizer, algo para você aprender..."

Claro que a curiosidade da raposa teve de aparecer
E ficou lá esperando a coruja falar
"Aposto que já escutou o leão alto rosnar
E para o vento entonar que o rei da selva não?"
A Raposa concordou sem hesiação...
Ainda sem entender o motivo daquela conversação

"Pois saiba que o pobre leão
Só é rei enquanto se mantiver guardião
Das encostas rochosas e savanas
Tão secas de um predador maior"
"Só pode estar brincando, não há besta pior
Que o leão de infinita gana!"
Respondeu a raposa, já desinteressada nos ovos
Que deveriam ser alimentos novos

A ave sorriu e finalmente concluiu
"Apesar de astuta, és inocente
Por acreditar que tão bobamente
Que leão poderia debaixo da terra
Vencer a toupeira numa guerra
Ou que no interior das embaranhadas matas
Conseguiria derrubar o gorila, rei dos primatas.
O leão só será um grande rei
Enquanto obdecer a mais importante das leis:
A lei da natura, onde prevalece o mais forte
Independente de como o mundo se comporte...

Por isso não venha no céu da noite
Tentar um roubo a rainha do céu
Que irá considerar esse atentado com um açoite
E mostrará que a astúcia não o impede de passar pelo véu"
Assustada a raposa perguntou quando se encolheu:
"Se és a rainha do céu noturno, porque não me abateu?"

"Porque simplesmente estaria desafiando a lei
Que diz que a maior qualidade de um rei
É saber admirar a sabedoria de não tentar nenhuma ousadia,
Então cara raposa cuidado com que anseia
Para não acabar presa em uma perigosa teia,
Ande agarrada firmente a precaução
E perceberá que força e sabedoria detalhes são
Da astúcia que ludibria o coração"

Bruno M. Tôp

Aquele sorriso que traz calma,
Que capturou e hipnotizou a minha alma,
Sem uma explicação decente,
Apenas como um feitiço potente,
Meu coração, foi sendo engaiolado,
Dominado...

Bem, você nunca saberia,
Eu tinha tudo, mas não o que queria,
Porque ainda não te tinha,
E meu coração, ele sempre era mais,
Sempre era um ponto indefinido.

A esperança, pra mim era um lugar desconhecido,
E há muito perdido.

Mas você entrou,
Resisti a você assim,
Só que você conseguiu me mandar sentir,
Um par de olhos cafeinados,
Eu estava me tornando vivo.

Tudo que eu queria era o nexo,
Dos amores e suas definições,
Partes que só esse verbo consegue ter,
Gostos e sensações, vindas em anexo,
Para colorir e confundir.

E foi você que trouxe tudo isso de uma vez,
Você pode até que tentou ser cuidadosa,
Não se aproximar,
Mas eu fiz você estender o coração um pouco mais,
Pois feitiço bem feito, é aquele que enlaça ambas as partes.

Abri meus olhos, para ver os seus,
O mundo real, pareceu mais belo,
Uma vida que jamais iriamos conhecer,
Desviando nosso futuro da dor,
Esse é um dos poderes do amor.

Você me olha desse jeito bobo,
Tão linda, de um jeito fofo,
O tempo para, eu não o tenho em mãos,
Mas sei que ele para nos nossos corações.

A verdade é que,
O amor pode ser real.

É um pouco assustador pra mim,
Você me tem assim,
De uma forma banal, de uma forma total.

Você não precisa ser tão cuidadosa,
Pode demonstrar mais carinho,
Mais afeto, pois independente da quantidade,
Já sou todo seu.

Bruno M. Tôp

Abro o coração.
Coloco-me aos seus pés.
Noite escura agora é manhã.
E falo com rara calma:
Sou o que sou, sem ti sou fraco,
mas sempre tive Você aqui perto de mim.

Rosa de Saron

Upa! Calma...

O tempo voando...
E eu querendo laçá-lo,
Dominá-lo com meus sonhos...

Francismar Prestes Leal

A respiração é a paz do seu corpo e o desejo da alma....E da alma tenho calma pra viver a minha vida com sabedoria

Rafaela luana Fin

Dons
A calma e a paciência
São virtudes raras
Provendo de pessoas fantásticas

Sendo o calido representado pela natureza
Junto com o dom da ciência
E belo e fantástico
A calma da natureza.

Gabriel da Luz

não vou cair em devaneio... nem me desesperar pelo que nao deu certo...

Vou seguir calma, serena e a Vanuza que sempre fui
(tenho certeza de que assim vivo melhor)

Vanuza Borges

Concepção de Esperar e Ter Paciência , é Uma Forma de Ser Glorioso em Sua Calma.

Julio Medeiros

Só seu sorriso já me conforta
só sua voz me da calma
só seu olhar me leva aos céus
só seus lábios me levam ao delírio
só seu corpo me leva a tentação
só sua boca desejo
só é você que eu quero.

Barbara Felix

Fique calma não vou chorar.
Tudo o que aconteceu, já foi visto antes.
Mesmo perdendo o rumo, esquecendo a história.
O mundo é um lugar bom,
Mas não posso dizer o mesmo das pessoas.
Não se preocupe, tudo acaba bem.
No fim as coisas sempre encontram seu lugar.
É só questão de tempo para se acalentar à alma.
Até não mais existir em seus pensamentos.
Mas algo ainda nos falta.

Renilmar Fernandes

O amor se renovou
Entre tormento e calma
É aquilo que nos tira o ar
É a pureza da alma

Herbert Marcondes

Palavras erradas serão pela pressa? Pela própria calma? Pelo desespero? Pelo medo?

Cecilia Correia

ENTRELAÇADOS
Seus braços no meu abraço
Minha aflição na sua calma
Seus dedos no meu cabelo
Meu mau humor no seu sorriso

Sua boca no meu pescoço
Meus medos na sua coragem
Seu coração no meu peito
Minhas fraquezas na sua aceitação

Seu suor na minha pele
Minhas mentiras na sua verdade
Suas lágrimas no meu rosto
Meu sonho na sua realidade

Seus lábios nos meus lábios
Minha ansiedade na sua paciência
Seu cheiro nos meus poros
Minha loucura na sua lucidez

Sua libido na minha entrega
Minhas trevas na sua luz
Sua voz no meu silêncio
Meu egoísmo na sua generosidade

Sua alma no meu corpo
Formando um único ser.

Monicledson Carneiro

Quando a alma está calma o mais cinzento dos dias há de ceder lugar para um imenso arco ires

Evelyne Freitas Para Jéssica R

Nem Lua, nem luar


Calma
Silêncio...
Solidão; não... Cansaço...
Pausa, ausência, fim de tarde,
Saudade, cheiro, pensamento...
Vida, lugar, sentimento, partida,
Dividida. É meio tarde, quase noite... Nas nossas vidas,
Cai a tarde, não há Sol, não há Lua, nem Luar...
Só as lembranças desta verdade nua, crua, minha e tua.
E neste sem-fim, em mim, mora o mais doce poema,
Nascido destas mornas tardes,
Em que descanso meus versos de amar cansados...
E aguardo...
Agora chega mais mansa, a noite...
E com ela, a suavidade, uma música no ar, um perfume,
O doce aroma das flores...
A quietude me aconchega, se achega,
Me faz pensar mais e mais...
Em tudo, em nós, no tempo,
No descontentamento turvo deste lamento,
Me encontro e busco a paz neste verso,
Um olhar que perdeu-se no tempo,
Um gesto que ficou,
Do tempo, as marcas,
Da vida, o amor,
A viva flor, o suspiro...
E o incerto...
E mais uma noite.

(Ednar Andrade).

EdnarAndrade

Tentamos ir com calma, mas continuamos perdendo o controle.
Tentamos fazer dar certo, mas sempre dá errado.
E eu sou louca por tentar ser tua dama...
Acho que estou enlouquecendo

Black Eyed Peas