Cale se

Cerca de 143 frases e pensamentos: Cale se

Que se cale aquele que fez um benefício. Que o divulgue aquele que o recebeu.

Sêneca

coma seus ovos
e
cale a boca

Jack Kerouac

Que o papel fale e que a língua se cale.

Miguel de Cervantes

É pena que a boca se cale ao dizer o mais íntimo".

Sigmund Freud

Se o que tens a dizer não é mais belo que o silêncio, então cala-te.

Pitágoras

Quem sabe de tudo, não fale. Quem não sabe nada, se cale. Porque hoje eu vou fazer, ao meu jeito eu vou fazer, um samba sobre o infinito.

Paulinho da Viola

Tente me ensinar das tuas coisas
Que a vida é séria e a guerra é dura,
se não puder cale essa boca
E deixa eu viver minha loucura.

Raul Seixas

Anelo, que durante minha felicidade plena:
Que todo olho gordo, malhe!
Que toda inveja, se cale!
Que todo pensamento negativo não se vale!
Que se não for bom, não fale!
Repreenda Magnânimo e me ampare!
Amém!!!

Waceila Miranda

Apontar meus defeitos, não vai diminuir os seus. Então cale-se e olhe pra sua própria vida.

Desconhecido

Cale-se. O silêncio é sinal de superioridade, diante de determinadas situações!

Evellyn Ponciano

Nao cale teu pensamento,nao deixe-o ao relento.Nao cale tua vontade e mostre tua vaidade.Nao fasça da tua vida um tumulo,pois,joga-la fora e o cumulo.

gabicha

Se você tem uma ideia melhor que a minha, fale. Se nao tem, então cale a boca!

Ezequias Clarindo

Quando não souberes o que dizer cale-se, é o seu coração quem dita, é um pedido do seu espírito, as palavras quando chegam na hora errada, são mal interpretadas e podem te tirar de cena!

Maria Izabel da Silva Thomáz

Não se cale com medo
das pessoas,elas aprenderão
a respeitar suas opniões.

leiliane Santana

Quando não souber o que falar, cale-se. É melhor o silêncio do que uma palavra mal dita.

Aline Pinheiro

Plvaras mla cloacodsa pcomlica em evz de sluocoinar.
Não tendo certeza do que vai falar, cale-se!

Charles Canela

"Que minha boca se cale
no dia em que eu perder a coragem
de revelar a verdade
Que não sou pura,nem inocente
Mas sou sim,uma mulher
Carrego nos seios o despertar do sorriso
Entre as pernas,os delitos de um amor
Sou ilusão
E quimera fantasia
Não me contento com lava
Necessito do vulcão
Corro atrás da alegria
travestida em momento
Por isso eu digo e repito
Eu sou apenas
uma mulher
Que sangra pelos poros
E fala por emoções... "

Sophi para os intimos

Amadurecer as pessoas que somos.

Das vezes é preciso deixar que a razão se cale, e o ouvir o que há dentro de nós. É preciso esquecer o que as pessoas esperam, e refletir o que nós mesmos esperamos, refletir o que é que estamos fazendo; Se estamos em direção do que está palpitando em nosso interior ou se estamos na direção do exterior, do provável, do pensável, e, do que não é nosso – é dos outros, é o que os outros pensam. Das vezes é preciso “metaforar” e deixar de agir com o cérebro, e assim, entender o coração.
Porque a vida não é um filme, não é uma música, não é uma história de um livro que se lê e se têm em mãos o começo, meio e fim. A vida não é tão provável. Não há um manual onde se sabe o que vai acontecer, o que se deve fazer e como iremos agir. A vida não vem com um número de telefone no pacote para o caso de precisarmos de ajuda. Não há um certo, não há um errado. O que existem são decisões e conseqüências, são atitudes que não podem ser previstas e a única maneira de entendê-las é prová-las. Afinal, não se sabe o sabor do vinho, sem degustá-lo.
E nos momentos que paramos e refletimos: “o que há?”. Passamos a entender parte, mas não tudo. É como estar em um navio e abrir uma janela para avistar o oceano: um simples quadrado aberto, para uma imensidão de água que parece não ter fim. Pois o que há aqui dentro de nós, não tem fim, e, é nosso. Quando entramos em contato com “o nosso”, devemos reagir a aquilo que não é nosso e que nos habita, a aquilo que não nos fará bem e a aquilo que não nos leva a lugar algum. E reagir a isto, não é negar. Não é procurar desculpas. É aceitar, é exteriorizar “o nosso” e por em prática “o que irá”, o que irá ser: o que queremos ser.
Quando lidamos com “o nosso”, esquecemos de várias coisas. Esquecemos como nossas atitudes podem ter conseqüências e como elas podem causar efeitos nas outras pessoas. E por isto, lidar com “o nosso”, seja talvez complexo. Não é só amadurecer sonhos e objetivos, é amadurecer o que nós somos. Amadurecer as pessoas que somos. E “amadurecer” é uma palavra que me assusta.
Mudar não é provar que mudamos, é mudar – por nós, para ser real. Das vezes é preciso deixar de lado razão, desculpas, estratégias, maneiras, experiências... E visar o que há dentro de nós. Não é um filme, onde todas as cenas se encaixam e firmam uma ideologia. É o que há dentro de nós, que se vive, que se sente, que não existe razão por estar lá, mas está aqui – no interior. São sentimentos, que das vezes, é preciso enxergá-los. Sejam eles bons ou ruins, é preciso refletir sobre e achar: “o que irá” ser, fazer, acontecer, valer. Das vezes é preciso viver mais os sentimentos e entregar-se por inteiro.

Gabriella Beth Invitti

A solidão é uma coisa maravilhosa, Cale, e por dois motivos. Em primeiro lugar, ela permite que um homem esteja consigo mesmo e, em segundo, evita que ele esteja na companhia dos outros...
[...]
Ser sociável - prosseguiu IdrisPukke - é uma coisa arriscada. Fatal até, pois significa estar em contato com pessoas. E a maioria delas é idiota, perversa e ignorante, e está com você apenas porque não consegue aguentar a própria companhia. Normalmente, as pessoas se entediam sozinhas e recebem um cachorro dançante ou um ator de meia tigela com um estoque de histórias divertidas.

Paul Hoffman

Não gosto de pessoas rasas. Se não sabe o que falar, cale-se e desista, sem tempo para levezas, se não veio com a intenção de ficar, nem pare. Retire-se!
A ociosidade entedia exaustivamente; agilidade é a palavra, essa sim revigora, estimula..., CORRA! Amo demasiadamente e ignoro na mesma intensidade. Por que minha educação não depende pra quem, mas meu sorriso sim!

Jarleni Aguiar