Cachorro

Cerca de 442 frases e pensamentos: Cachorro

Se você quer uma amizade verdadeira ou um amor verdadeiro, compre um cachorro.
Ele nunca vai te abandonar, te trair, te chifrar ou te deixar na mão quando você mais precisar.
E na falta de carinho, compre um ursinho.

Grazielle Nardari

Eu, o menino e o cachorro...

E eu só reclamava da vida...
reclamava da noite porque eu não dormia,
reclamava do dia porque eu sofria,
reclamava do frio que me gelava a alma,
reclamava do calor que me atirava ao desânimo.

Para tudo e para todos eu tinha uma resposta,
para a minha derrota eu sempre tinha um culpado,
para o meu desamor sempre tinha um "alguém",
para tudo uma reclamação,
eu era o próprio azedume

Ai de quem me criticasse,
que apontasse o erro que eu não enxergava,
para tudo tinha que haver um culpado,
eu era a vítima do sistema, das pessoas, do mundo,
eu sempre fui traído, enganado, sofrido...

Carregava aquela cruz pesada de ódio,
e eu só reclamava da vida,
seja de noite, seja de dia.

Até quem dia, um menino, desses meninos de rua,
me pediu uma ajuda, e eu já estava pronto para ofendê-lo,
quando ele pegou na minha mão e arrastou-me,
se é que um menino tão pequeno teria essa força.
No canto da rua ele me mostrou um cachorro muito sujo,
que estava com a pata como que quebrada e cheio de feridas.
O menino puxou a minha mão e fez chegar perto do cachorro.
Ele olhava pra mim e depois para o cachorro,
e falou numa voz que eu não consigo esquecer:
- Moço, sara ele pra mim! é o meu melhor amigo.

Não sei porque e nem quero saber,
mas eu não aguentei e chorei...
Chorei como criança, como quem abre uma torneira,
como se uma porta que estava fechada
há muito tempo dentro de mim,
se abrisse escancaradamente...

O menino não entendeu o meu choro e perguntou:
- Ele vai morrer moço? è grave assim...

Despertei do meu choro e agarrei aquele cachorro com muito cuidado.
Levei-o até a minha casa, poucos quarteirões dali,
e tratei daquele cachorro como se fosse um filho,
e o menino, que vivia pelas ruas,
foi ficando, e cuidou de mim,
curou minhas feridas,
antes mesmo de eu curar as feridas do cachorro.

Hoje, não reclamo mais de nada,
tudo para mim tem um sentido,
tudo é perfeito, até o que dá errado.
Faz 16 anos que o menino de rua pegou na minha mão,
mudou a minha vida, transformou esse ser.
Mostrou-me o caminho do amor,
amor que restaura, cura, seca feridas, renova,
traz esperança, e esperança é o nome do amor.

E esse menino, que hoje me chama de pai,
destranca portas e janelas da minha alma todos os dias,
quando segura na minha mão e me agradece por cada coisa tão pequena,
os banhos, as roupas, a comida, a escola, a adoção,
coisas que muita gente tem e não dá nenhum valor,
ele me recompensa com carinho e dedicação.

Hoje é a sua formatura, e eu nem sei o que dizer,
sou grato a Deus por ele entrar na minha vida,
por quebrantar meu coração,
e não largar mais a minha mão.

Hoje eu bendigo a vida.
Valorize a sua vida, preencha-a com o amor.

Eu acredito em você

Paulo Roberto Gaefke

Eu, o menino e o cachorro

E eu só reclamava da vida…
reclamava da noite porque eu não dormia,
reclamava do dia porque eu sofria,
reclamava do frio que me gelava a alma,
reclamava do calor que me atirava ao desânimo.
Para tudo e para todos eu tinha uma resposta,
para a minha derrota eu sempre tinha um culpado,
para o meu desamor sempre tinha um “alguém”,
para tudo uma reclamação, eu era o próprio azedume.
Ai de quem me criticasse,
que apontasse o erro que eu não enxergava,
para tudo tinha que haver um culpado,
eu era a vítima do sistema, das pessoas, do mundo,
eu sempre fui traído, enganado, sofrido…
Carregava aquela cruz pesada de ódio,
e eu só reclamava da vida,
seja de noite, seja de dia.
Até quem dia, um menino, desses meninos de rua,
me pediu uma ajuda, e eu já estava pronto para ofendê-lo,
quando ele pegou na minha mão e arrastou-me,
se é que um menino tão pequeno teria essa força.
No canto da rua ele me mostrou um cachorro muito sujo,
que estava com a pata como que quebrada e cheio de feridas.
O menino puxou a minha mão e fez chegar perto do cachorro.
Ele olhava pra mim e depois para o cachorro,
e falou numa voz que eu não consigo esquecer:
- Moço, sara ele pra mim! é o meu melhor amigo.
Não sei porque e nem quero saber,
mas eu não aguentei e chorei…
Chorei como criança, como quem abre uma torneira,
como se uma porta que estava fechada
há muito tempo dentro de mim,
se abrisse escancaradamente…
O menino não entendeu o meu choro e perguntou:
- Ele vai morrer moço? è grave assim…
Despertei do meu choro e agarrei aquele cachorro com muito cuidado.
Levei-o até a minha casa, poucos quarteirões dali,
e tratei daquele cachorro como se fosse um filho,
e o menino, que vivia pelas ruas,
foi ficando, e cuidou de mim,
curou minhas feridas,
antes mesmo de eu curar as feridas do cachorro.
Hoje, não reclamo mais de nada,
tudo para mim tem um sentido,
tudo é perfeito, até o que dá errado.
Faz 16 anos que o menino de rua pegou na minha mão,
mudou a minha vida, transformou esse ser.
Mostrou-me o caminho do amor,
amor que restaura, cura, seca feridas, renova,
traz esperança, e esperança é o nome do amor.
E esse menino, que hoje me chama de pai,
destranca portas e janelas da minha alma todos os dias,
quando segura na minha mão e me agradece por cada coisa tão pequena, os banhos, as roupas, a comida, a escola, a adoção, coisas que muita gente tem e não dá nenhum valor,
ele me recompensa com carinho e dedicação.
Hoje é a sua formatura, e eu nem sei o que dizer,
sou grato a Deus por ele entrar na minha vida,
por quebrantar meu coração, e não largar mais a minha mão.
Hoje eu bendigo a vida.
Valorize a sua vida, preencha-a com o amor.

Paulo Roberto Gaefke

Hoje acordei com vontade de brincar com meu cachorro,
abraçar o mendigo,
Jogar bola com as crianças na rua,
Abraçar toda minha familia
e o mais importante de tudo gritar para o mundo que eu te amo .

Que você é tudo para mim.
Que você me faz feliz.
Que eu te quero como nunca quis ninguem.

Guilherme Felipe do Nascimento Reis

Sou o aluno que culpa o cachorro de comer seu trabalho escolar, e o professor que engole a desculpa já gasta, sou até o cachorro réu desavisado.

Bento Qasual

O cachorro é um animal que te ama, não importa sua cor, sua condição financeira, seus gostos. Para ele o que importa é você!

Eduardo Henrique Correia da silva

" Cada vez que o homem comete uma nova maldade, mais amor vejo nos olhos do meu cachorro."

Fred Teixeira

E quando os cachorro passar, tu vai gritar, estão roubando a cena e chamando sua atenção

Danny Rodnei

“Hoje queria rolar pelo chão de casa brincando com meu cachorro, assistir qualquer coisa despreocupada na TV, tomar um banho de mangueira no quintal, sentir o cheiro da comida da mamãe, comer a comida da mamãe, fazer qualquer coisa simples, ou fazer nada, hoje eu só queria estar em casa....”

Aôô Sardadeeeeee!!

Leticia Dumer Ventura

Posso não ser seu melhor amigo, mas posso ser seu melhor cachorro!

Leandro Nascimento

Me perdeu?
Ahhh...
Me quer de novo??
Agora minha filha corre atrás, que CACHORRO perdido não tem dona!

Leandro Nascimento

Não sou gato, mas sou um cachorro no estilo!

Leandro Nascimento

Mais excluída que cachorro morto no esgoto.

Cibele de Carvalho

A mãe me chama de cachorro, a filha dela me chama de gato.

O Estradeiro

O que a proatividade precisa é da objetividade direta. Quem arrodeia é cachorro pra fazer caquinha.

Dani Leão

Quem nos da a maior prova de que o amor é cego frente aos defeitos, é o cachorro. Ele ama seu dono de forma tão intensa que não da olhos aos defeitos dele. Quando seu dono erra com ele, o amor trás o perdão. Ele não tem medo de mostrar o quanto ama. Não tem medo de deixar claro que sentiu saudades. Estar perto de quem ele ama, já o deixa feliz! Mesmo que deixe ele sem comer, brigue com ele. Quando triste prefere ficar longe para que sua tristeza não seja passava a frente, afinal, ele sempre quer ver seu amor bem, ao menor sinal de perigo ele estará lá, defendendo quem ele simplesmente, ama! Sejamos como cães, vamos parar de analisar tudo de todos, vamos deixar os defeitos para lá e deixar o amor molda-los. Mas vamos já, vamos logo, a vida está passando.

Roger Stankewski

Pareço legal mas já lati pra um cachorro pra ver se ele entendia. =/

Abeçair

AMIGO PRA CACHORRO!

Olhando a maneira como meu cachorro (Edu) me recebe quando me vê, o respeito e carinho dele por mim, fico a pensar quantas pessoas eu posso chamar de amigo.
O Edu assim como o seu cachorro se você tiver um, não se importa com o que tenho, com a roupa que estou, com meu humor, meu emprego, meu salário, a cor de meus olhos, o dia ou a hora. Ele sempre corre até mim, ele sempre vem quando eu o chamo, adora quando sento na grama junto dele. Me olha e mesmo sem poder falar, parece que sabe exatamente o que estou sentindo, se estou triste, percebe, e mesmo percebendo, permanece ali do meu lado. Tem dias que não vejo ele, porém, os reencontros são sempre com a mesma alegria. Parece que ele tem orgulho de andar ao meu lado, de me ter como amigo dele, sim, me considero amigo do Edu, respeito ele, trato ele bem, alias, apenas retribuo. Ainda ontem deitei na grama, em poucos minutos ele apareceu e sabe o que fez? Deitou-se do meu lado e me olhou no fundo dos olhos, ali, percebi a perfeição da obra de Deus, e a missão do Edu, me fazer sentir-me bem, sempre.
Será que ainda existe pessoas afim de serem amigas uma das outras como um cachorro é para nós?
Fazemos algo que eles não podem, pensar, ter consciência de nossas ações. Mas não é isto que nossa espécie comumente mostra. Damos tão pouco valor a quem está ao nosso lado, tratamos tão mal quem gostamos e, traímos a confiança e trocamos aqueles que chamamos de amigos.
Eu, quero muito um dia encontrar um amigo humano com as mesmas características de um cachorro. Amigo que dê atenção, que goste de mim por admirar quem sou, que me entenda em um olhar, que me dê motivos para confiar nele, assim como eu o farei. Amigo que seja simples e perceba que é ali, na simplicidade de momentos que a verdade mora. Amigo que me console com um abraço, que esteja ao meu lado quando a vida me machucar, que não se importe com meu humor, apenas sente-se ao meu lado e seja minha companhia. Amigo que seja sincero em suas palavras e caráter, que seja meu melhor amigo, que jamais me faça sentir sozinho, mesmo quando a distância estiver presente. Amigo para me ajudar a ser melhor, que aponte erros e ajude a encontrar o caminho da melhora. Amigo que saiba como a vida é breve, por isto, guarde cada risada, lágrima, momento na memória de seus melhores dias. Amigo que queira outro amigo, que se espelhe na amizade simples e sincera de um cachorro e que claro, trate com respeito e também goste de cachorros. Creio que um dia terei um amigo assim, e tenho certeza, será mais um amigo, pois, o Edu é aquele amigo insubstitúivel, o Edu é amigo pra cachorro.

Roger Stankewski

E se quiser um amor pra vida toda...

COMPRE UM CACHORRO!

Ninah Alves

Olha, a gente pode casar, ter dois filhos, um cachorro!
viajar pelo mundo, ou assistir a maior quantidade de filmes juntos que ninguém nunca assistiu; a gente pode ter uma casinha na praia, e ir pra lá quando desse vontade, ou não ter uma casinha na praia, e continuar indo pra lá quando desse vontade.
A gente podia acordar cedo no domingo, ir pra missa, depois comer pastel na feira. ai a gente fazia junto, algo pra almoçar, de tarde a gente reunia uns amigos, falava algumas bobagens, dava boas risadas, aí, ia todo mundo embora, a gente organizava a casa por cima, olhava um pouco as estrelas, você me dava um beijo na testa, e a gente ia deitar, feliz.. na segunda, eu levantava cedo, colocava a mesa pra você tomar café, a gente se arrumava, você me deixava no trabalho, e ir trabalhar também.
Você podia me ligar, dizendo que saiu mais cedo, e eu dava um jeito de sair também, sei lá, pra gente fazer alguma loucura no resto da tarde.
Durante a semana, a noite, a gente podia passar no mercado, fazer compras, você me levava para ver minha mãe, depois íamos na casa da sua ..
sabe, a gente podia fazer as coisas mais simples do mundo, juntos. por que tudo, quando é com você, é marcante, único, incomparável, e até as coisas mais simples do dia, são gratificantes, se você está comigo.

Lu Moraes Xavier