Borboletas no Estômago

Cerca de 89 frases e pensamentos: Borboletas no Estômago

As larvas do meu coração viraram borboletas no meu estômago.

Tati Bernardi

. Não tem sensação melhor que sentir borboletas no estômago... friozinho na barriga, euforia e felicidade repentina!

Jéssica R.

Talvez eu nunca entenda o real sentido das borboletas no estômago, da boca seca e joelhos frágeis. Ou talvez nunca seja a palavra mais ridícula do dicionário; e eu sei do poder que as palavras exercem sobre mim.

Verônica H.

Alguém trouxe de volta borboletas ao meu estômago. E ela nem sabe o quão lindas elas são!

Samir Trajano Feitosa

Quero alguém que faça as borboletas se revirarem no meu estômago.

Que compartilhemos a noite, sentados na areia da praia, sob a luz da lua, e a brisa do mar, felizes somente por estarmos um ao lado do outro.

Que nos olhemos nos olhos, com a certeza de que a sensação de um único segundo irá durar uma eternidade.

Que as estrelas digam aquilo que não precisamos falar.

Que o sorriso espontâneo seja a sinceridade revelada.

Que as mãos entrelaçadas não sejam motivo de vergonha e sim de confiança.

Que o brilho do teu olhar me permita conhecer a tua alma sem o medo do arrependimento.

Que ao tocar teus lábios nos meus, o mundo pare, minhas mãos fiquem geladas e meu corpo protegido.

Que teu rosto no meu signifique cumplicidade mútua.

Que um único segundo tenha valor durante uma vida inteira.

Suzanne Leal

Plateia
Talvez eu nunca entenda o real sentido das borboletas no estômago, da boca seca e joelhos frágeis. Ou talvez nunca seja a palavra mais ridícula do dicionário; e eu sei do poder que as palavras exercem sobre mim.
A verdade é que sempre me esquivei de qualquer pequena possibilidade. Sempre tive medo de gostar e ser deixada. Porque veja bem, de primeiras impressões o mundo está cheio. E logo meu primeiro coraçãozinho na agenda, ficou partido quando menos se esperava. Eu tive todos os motivos pra acreditar num sentimento que logo se foi; e foi sem me levar.
Cansei de ouvir que eu não me deixo levar, que eu não me abro e não dou espaço. Disso eu sei. Eu só queria ter aprendido no colégio como mudar os defeitos que vêm na fabricação. Minha frieza de visão só me faz ver defeitos e faltas. Eu não sinto. Eu não me abalo. Eu sei o que vai acontecer e não me surpreendo. Eu acho graça do esforço e da boa vontade, mas isso é muito triste pra mim. É como se eu me assistisse de fora o tempo todo, tendo consciência de cada passo, cada sorriso, cada palavra. É como se eu fosse plateia da minha própria solidão. Se ao menos eu pudesse ter a certeza de que isso um dia vai mudar...
Sinto falta e medo. Talvez nunca ame, talvez seja nova demais pra dizer isso. Quero o frio na barriga, a emoção de primeiros encontros. Quero escrever mais que palavras de desculpas, textos sobres finais sem final; quero mais que arrumar coragem pra terminar. Quero coragem pra começar.

Verônica H.

Sabe aquelas borboletas que sentimos no
estômago quando estamos apaixonados?
Pois é, as minhas estão em alvoroço.

Marta Soares

É impossível gostar mesmo de alguém sem sentir frio na barriga, arrepios, borboletas no estômago e todas aquelas sensações incontroláveis... E é impossível também esconder isso quando você sente.

Maryanne Costa

Sou a favor do frio na barriga juntamente com a sensação de borboletas no estômago. Sou a favor da mensagem que se inicia com um bom dia e que vai até a hora de dar boa noite. Sou a favor do sorriso espontâneo, ligado a uma atitude simples ou a palavras simples, mas sinceras. Sou a favor do abraço apertado, do beijo demorado e do coração acelerado. Sabes de uma coisa… Eu sou a favor do amor.

I-cógnita Paralela

E se não há mais brilho nos olhos, borboletas desfilando no estômago e coração em ritmo de carnaval, pode estacionar, ensaiar o término na frente do espelho e tirar o ponto final do bolso. Acabou, esfriou, é bobagem persistir.

Kauane Mello

Meu coração está apertado, queima pela dúvida do vem depois, meu estômago tem borboletas aflitas para que a hora voe, o ar se tornou grosso demais para me deixar respirar.

Lidi Rubira

"Estou pesquisando as calorias da borboleta, depois que meu estômago foi invadido por centenas delas."

Tati Bernardi (via ciciar)

O meu estômago é um borboletário

Dani Leão

A gente passa anos acreditando que amar é sentir borboletas no estômago. Aí, em um dia comum e sem nem estar usando aquela pulseira da sorte, aparece alguém que simplesmente te faz sorrir e sentir alguma coisa que você não sabe exatamente o que é… mas é bom. E esse sentimento cresce tanto que a gente começa a desconfiar que nunca entendeu (e talvez nem vá entender) o que é amar.
Daí a gente começa a ser bem cuidada e entende um carinho, através do olhar. Daí você se pega sorrindo no meio do filme de suspende. Termina os dias sentindo o toque, e mesmo que sozinha, dorme bem. E é no sentimento de segurança que a gente aprende que amar é muito mais que desejar estar perto. Amar é sentir ciúmes, mas confiar cegamente, é entender que a bateria acabou, que o trânsito estava caótico, que a noite com os amigos, é simplesmente baralho e cerveja, e que ele está com você porque realmente não quer mais ninguém. É perdoar sem nem precisar pedir perdão.
Amar nunca foi sentir borboletas no estômago. Amar nunca vai ser desconfiar. E é com aquela pessoa, que conheceu em um dia comum, que a gente percebe que amar é se descobrir, é não entender e entender, é se sentir única, especial.

Larissa Dias

Adote uma borboleta de meu estômago.

Dani Leão

Creio Ter Sido Envenenado. Afinal Faz Tempo Que As Borboletas do Meu Estômago Não Demonstra Vida.

Andy Campos

Se o que você mais deseja é sonhar acordada, sorrir à toa, sentir borboletas no estômago e andar nas nuvens, apaixone-se.
Se o que você mais teme é sofrer, se iludir, sentir dor no coração, se machucar, passar noites chorando, não se apaixone.

Marcella Nicolini Furtado

"Eu SEI que tenho o DIREITO de ter "BORBOLETAS no estômago". Só gostaria de poder fazê-as voar EDUCADAMENTE."

Dorisane Castro

Com você sinto-me como estivesse com um milhão de borboletas no estomâgo, minha respiração fica mais rápida, minhas mãos tremem e vejo todo o resto do mundo parar. Das duas, uma: ou estou tendo ataque cardíaco, ou é amor.

Carolina Bensino

Apesar de inúmeras vezes as borboletas invadirem meu estômago, eu nunca amei alguém, ainda não vivi a segurança e a paz de um amor. Já entrei tantas vezes na montanha russa das paixões, dos arrepios profundos, do coração palpitando.

Victória Ramos