Borboleta Casulo

Cerca de 507 frases e pensamentos: Borboleta Casulo

ESCOLHA


Já preferi noite como casulo por assim dizer
por saber o recomeço ,final de tanto prazer
Já fiquei atenta e louca tentando a reflexos ver
buscando eternizar o espanto de ao sonho pertencer
Hoje escolho por caminho o que era antes morrer
Pois fundido em cinza frio se desfez o meu viver
Agora crescem musgos feios mas frescos e previsíveis
Onde antes eram formas de ser quase inesquecíveis
E meu mundo hoje pálido sem luas sombras ou estrelas
Vai me dando a meio insana mas comportada forma de vê-las
E fico assim meio que morta com medo vou me esconder
Não vou me lançar no abismo de ver antes do amanhecer

Nina Rocha

Quando a mentira clareia diante da realidade , só nos resta mesmo o casulo do abandono .

Denise Alvess

A vida eterna é um casulo que, ao ser aberto, leva ao coração do bom pai celeste, com dádiva de amor, perdão e caridade.

Anderson Carmona Domingues de Oliveira

SAINDO DO CASULO...

Agora, sou apenas um casulo de mim mesma onde borboletas se debatem querendo voar, e quem sabe nesse desencontro entre atalhos e reversos eu possa me encontrar.

Lu Lena

COCOON


gosto do som dessa palavra em inglês
mas em português
é só um casulo,
nulo

quase como esconderijo
quimera fosse abrigo

pro meu coração pupa

Aline Mariz

" O casulo pode ser seguro e confortável, mas o melhor é ter asas para voar..."

Simone Poliakovas

Dei um passo que jamais pensei
que conseguiria dar.
Me libertei do casulo que me envolvia.
Me dei carta de alforria.
Saí de minha alienação.

Isso é fantástico, é liberdade...
- diz você - até q enfim!
Não, não é tão fácil assim... - digo eu -
lembra que há duas em mim?

Uma... nada de medos...
nenhuma incerteza.
Não à insegurança...
vive ao sabor da correnteza.

A outra...pura confusão
sem chão, definitivamente
procura por direção...indefinidamente
quer desaparecer... está sempre a se esconder.

E agora?
Você, que não perde o foco,
mira sempre a solução...
Você, pra quem só há tempo bom...

Vai compreender?
Vai esperar?
Vai ajudar a fazer vencer
aquela que feliz quer ser?

Rosangela Calza

Casulo

E eu desejo ser larva novamente, voltar ao casulo, evoluir...
E mais uma vez sair e voar lindamente como se fosse à primeira vez... Sentir o vento e me permitir à liberdade mais uma vez...
Retornar ao casulo quantas vezes for necessário, até o dia que não precisar mais evoluir e voar um voo solo rumo ao meu lar. Render-me ao que a vida me presentear e voar!
Descobrir-me com novas cores e novos ares e assim apreciar o caminho para o paraíso tantas vezes prometido, mas nunca alcançado...
Retornar ao casulo para deixar lá as cicatrizes que carrego o choro derramado e o medo, que tantas vezes me parou, me roubou oportunidades... Ao casulo retornar para assim por em teste minha fé na vida e reforçar minha esperança de asas novas, tudo novo e o desejo de amar renovado...
Que a volta ao casulo me permita ter tempo para me limpar da lama que me arrastei até aqui e me limpar e refazer, construir, crescer e assim ensinar o que aprendi a duras penas.
Abrir minhas asas e voar até ao paraíso e repousar num fim de tarde... E ficar a espera de um milagre que é poder apreciar mais um amanhecer ao seu lado...

felicity Secret

Sigo o meu coração
Mesmo que seja pura emoção
vivendo ressentido o oprimido
do lar, meu casulo, não merecido

Na pele sentir o encantamento
da efêmera brisa, o momento
fechar os olhos e ludibriar
uma vida feliz sem retificar

Esquecer do passado e pensar no futuro
vida arrastada por um ser prematuro
Que a dor se fez em arrependimento
Desistir não mais, tenho em entendimento

Tentar, tão somente tentar é o que desejo
Por hora, esquecer, e aspirar ser o que almejo
Um ser humano melhor, sem culpa ao relento
Repleto de escrúpulos, motivações e desvaneio

Miriam Naomy Nishi

Envolvo-me em tuas asas quando sinto frio e saudades do teu calor, eu recolho-me em teu casulo para que em meu silêncio eu possa descrever a imensidão dos meus sentimentos a ti;
O meu verbo é a sua conjugação da inocência que me desatina em um desassossega frenético que tanto me deixa pelo avesso;

Julio Aukay

FÉRIAS EM MIM

Demétrio Sena

Volta e meia retomo este casulo
no qual volto a mexer nos meus segredos;
onde ovulo meus sonhos impossíveis
entre medos e algumas esperanças...
Neste fundo remexo em velhos dias,
fantasias guardadas na poeira,
em amores pendentes e marcados
destas nódoas eternas de presente...
Tiro férias, viajo para mim,
vou ao fim, ao começo de um afeto,
aos encantos erguidos e tombados...
Quando estou aqui dentro não me chamem;
apesar deste corpo, sou etéreo;
sou mistério fechado pra balanço...

Demétrio Sena - Magé-RJ.

Gostar
é saber miúdo;
coisa de gente criança.
É leveza de ser,
feito borboleta e passarinho
é acolhimento
de primeiro brinquedo...
Coisa que gente grande nem sabe...

Luciete Valente

Vai, agarra esse “cavalete” e corre para o jardim...
Lá, as misturas de cores, se manifestarão nos seus pincéis e nos potes das tintas.
As cores primárias serão secundárias, diante tanta festividade em cores que surgirão.
Lá, têm as borboletas que ao passarem, respigarão nuances e o desenho será uma obra viva de natureza, ser vivo e liberdade!
Assim é a vida, temos de traçar nossos melhores momentos em nossos jardins de dentro...
Têm mais energia, serenidade e cor!
A nossa luz, se encarrega dos outros detalhes, portanto, que essa seja uma estrela diva, dos fios dos cabelos às pontas dos pés!

Simone Resende

O POETA E A BORBOLETA

O poeta escreve com a janela aberta.
A borboleta entra pelas venezianas.
Quer observar de perto as filigranas,
Que ele esparrama na página deserta.

Lembranças... fantasias doidivanas,
Suaves e doces sonhos de criança!
Relembra a bela menina de trança,
Que coloria suas horas cotidianas.

Jogos de luz desenhados na folhagem,
Fazem-no esquecer o que ia escrever.
Imagens dela, uma deliciosa miragem!

Fecha os olhos! Sorri... fica sonhando!
O poeta e a borboleta! De enternecer,
É a cena para quem está observando.

Verluci Almeida
261010

Verluci Almeida

Se o amor fosse tão leve quanto o vôo de uma borboleta e tivesse pois a mesma intensidade, não haveria tantos corações desiludidos e perdidos em busca da felicidade a qualquer custo.

Bruna Letícia Lobão

Gotas de orvalho.
Salpicados...
Por entre caminhos
de flores.
Borboleta passa!
Em busca de néctar!
Encontra sonhos
de primavera...

Dayse Sene

Em um momento raro de folga, estava lendo um livro quando uma borboleta possou no meu braço.

Fiquei olhando-a por alguns instantes, os movimentos de suas asas pareciam me hipnotizar. Foi então que percebi o quão as coisas simples podem ser tão belas, e o quão temos deixado essas coisas de lado devido a pressa do nosso dia a dia.

Vivemos mergulhados em tantas obrigações, tanta tecnologia e tanta pressa que acabamos esquecendo de olhar pela janela e ver o céu azul, de darmos aquele sorriso sincero por um motivo ”besta”, esquecemos de ligar para as pessoas queridas e simplesmente ficarmos jogando conversa fora… Enfim, esquecemos de celebrar as coisas simples.

Decide então viver de modo mais calmo, de modo no qual permita-me celebrar essas pequenas coisas… Mas meu celular tocou, a borboleta levantou voo, lembrei que tinha alguns emails pra responder e que já estava atrasada pra um reunião importe.

Ponilla Ribeiro