Borboleta Casulo

Cerca de 58 frases e pensamentos: Borboleta Casulo

Quem tenta ajudar uma borboleta a sair do casulo a mata.
Quem tenta ajudar um broto a sair da semente o destrói.
Há certas coisas que não podem ser ajudadas.
Tem que acontecer de dentro para fora.

Rubem Alves

A vida tem sua própria sabedoria. Quem tenta ajudar uma borboleta a sair do casulo a mata. Quem tenta ajudar o broto a sair da semente o destrói. Há certas coisas que têm que acontecer de dentro para fora.

Rubem Alves

A vida precisa do vazio:
a lagarta dorme num vazio chamado casulo até se transformar em borboleta.
A música precisa de um vazio chamado silêncio para ser ouvida.
Um poema precisa do vazio da folha de papel em branco para ser escrito.
E as pessoas, para serem belas e amadas, precisam ter um vazio dentro delas.
A maioria acha o contrário; pensa que o bom é ser cheio.
Essas são as pessoas que se acham cheias de verdades e sabedoria e falam sem parar.
São umas chatas quando não são autoritárias.
Bonitas são as pessoas que falam pouco e sabem escutar.
A essas pessoas é fácil amar.
Elas estão cheias de vazio.
E é no vazio da distância que vive a saudade...

Rubem Alves

A vida tem sua própria sabedoria. Quem tenta ajudar uma borboleta a sair do casulo a mata. Quem tenta ajudar o broto a sair da semente o destrói. Há certas coisas que têm que acontecer de dentro para fora e no seu tempo certo.

Rubem Alves

Saímos do casulo; vamos voar o que faz a borboleta bonita não é a suas cores, e a forma que ela bate as asas!

(Hekeslay A. Moser).

Borboleta Azul e o Casulo.





Suspiro, suspiro, suspiro

Borboleta azul para onde está indo?

Não me diga isso, vai me deixar sozinho?

Borboleta azul com suas asas quebradas

Não irá ao seu destino chegar.

Pra quê tanto sofrer?

Borboleta azul, não batas estas tuas asas

Elas são fracas, não mais valem pra nada.

Borboleta azul seu choro ninguém escuta

Baixinho desse jeito? Oh que loucura.

Borboleta azul desista, pra que tentar sabendo

Que nada vai dar?

Borboleta azul teimosa, formosa e triste

Chega desse teu querer, pois nada vai acontecer.





Suspiro, suspiro, suspiro

Casulo aonde eu vou, não sei, mas eu irei.

Casulo que egoísmo o seu, deixe-me tentar

Por mais fraca e quebrada minhas asas possam estar.

Sozinho? Sim o deixarei...

Não chore casulo, juntos tivemos dias e meses

Minhas asas, dentro dê ti formei.

Pra que tanto este teu choro alto? É um som tão amargo.

Digo-lhe que sentirei saudades deste teu conforto,

Aconchego que tínhamos um com o outro.

Mas irei para não mais voltar, quero poder agora voar.

Se choro baixinho é porque ainda sinto um medinho.

Loucura seria não tentar e para sempre em meu casulo ficar.

E depois de tanta luta e teimosia em nada der

A felicidade sabe, já alcançarei, porque pelo menos eu tentei.

Niw Durães.

Penso ser uma borboleta em total metamorfose, oras estou em cores, oras me escondo...casulo ou asas?

Cecilia Sfalsin

Antes de ser borboleta:
Fique no casulo o tempo necessário...
Resista à metamorfose...
Elimine os vestígios que te aprisionam...
E prepare-se para alçar voo.

YARA ALVES

Sai do meu casulo, agora vou procurar um jardim bem florido, pois sou uma Borboleta e não trago comigo nenhuma lembrança da minha vida de largata.

Tamy Henrique Reis Gomes

E quem tem alma de borboleta sabe o dia e a hora exata de abandonar o casulo. Então liberte-se, sinta-se, voe. Transformar-se é preciso. Porém, ir mais além dos que os nossos próprios limites, é vital. E se essa é a sua hora... Seja!!!

Mychele Magalhães Velloso

Borboleta conhece a vida e o milagre do vôo ao sair do casulo.

Como conhecer alguém ou algo, se não conhece a ti mesmo. Por dias tenho refletido sobre isso. Coincidência ou não, participei de uma conferência que tinha por tema "saúde e bem-estar" não me passou pela mente que aquela conferência esclareceria meu conflito de pensamentos. O tema foi dividido e discutido em físico, mental, social e espiritual.
Porém não acredito que tenha sido mero acaso, me veio agora uma citação de Richard Bach que diz: “Nada acontece por acaso. Não existe a sorte. Há um significado por detrás de cada pequeno ato. Talvez não possa ser visto com clareza imediatamente, mas sê-lo-á antes que se passe muito tempo."
No instante não percebi, mas hoje ao acordar intuí que cada palavra que ontem foi dita, era exatamente o que eu carecia escutar para sair da lacuna que se tornou meus pensamentos.

Escrevi inclusive um texto nessa semana que se passou sobre pensamento, o quanto o pensar positivamente ou negativamente influência no ser como um todo, pensar negativamente, digamos que seria o “soltar de sombras” que passam a cobrir os pontos de luz.

Alguns questionamentos que me fiz essa semana foram:

• Eu me conheço?

• Caso não me conheça verdadeiramente, como posso conhecer ao outro?

• Por que esperar tanto em alguém, o que existe em mim?

• Essa espera no outro já não seria uma acomodação?

• Como ser humano espero o melhor de situações e oportunidades, e quanto a mim, estou sendo o melhor para me encaixar no que acredito ser melhor?

- A vida pode ser longa ou não, no decorrer dela muita coisa muda, poderia dizer que tudo muda, pois a vida assim como o ser, é mutável. Conhecimento não é adquirido da noite para o dia, é um processo continuo, todos os dias pode ser vista uma nova face diante da vida, seja na vontade de fazer uma atividade diferente, ir a um lugar novo, autoconhecimento não tem fim.
É possível conhecer pequenos fragmentos, estes, no entanto podem modificar-se dando lugar à outra forma que o tempo permitirá reconhecer.
Estamos dispostos a principiar buscas por um alguém que seja o considerado bom para estar por perto, é incrível como aparentemente é mais fácil constatar as qualidades e imperfeições do outro. Sendo um conhecimento alheio. Mas não um completo conhecimento, nunca será possível conhecer alguém, quando não conseguimos interiorizar e conhecer o que realmente podemos mudar. É permitido e possível, tornar-se o que se quer, não há a necessidade de longas buscas, o encontro é perto, o seu encontro é você, meu encontro sou eu.
A acomodação chega juntamente com o acreditar no melhor do outro esquecendo o melhor que existe dentro de nós. Temos a condição de superar dia após dia os nossos limites. Limitar-se é não acreditar que se pode muito mais, porém acreditamos que o outro pode. Seria ele melhor, todos são capacitados para ser bons em um determinado espaço, resta sair do estado de acomodação e iniciar o processo de autoconhecimento, uma frase muito interessante de Blaise Pascal ressalta "É indespensável conhecermo-nos a nós próprios; mesmo se isso não bastasse para encontrarmos a verdade, seria útil, ao menos para regularmos a vida, e nada há de mais justo." Entendo então que mesmo não sendo suficiente para alcançar todas as respostas, conhecer a si mesmo é a direção para começar a entender por que motivo a vida está sendo de tal maneira. Devo dizer que estou me dedicando em me conhecer. Não tenho me arrependido.

Por fim deixo uma frase de Michael de Montaigne, que dá ênfase em como é perfeito desfrutar de quem somos. “É uma perfeição absoluta, dir-se-ia divina, sabermos desfrutar lealmente do nosso ser.” Comece hoje mesmo a entender, a ser e conhecer quem você é. Seja!

Renata Alves

Me sinto um casulo. Mas decidi que é hora de viver uma metamorfose, ser borboleta. Livre, linda e feliz. É hora de radiar paz no espirito de quem me olha.

Gabriela Stacul

Vida de Casulo e Vida de Borboleta


Aconteceu! Entre muita competição, um entre milhões conseguiu alcançar seu objetivo - A VIDA! Mas não pense que as dificuldades pararam por aí... A corrida foi grande, o percurso sinuoso, as barreiras infinitas. Era ainda necessário esperar nove meses para que o objetivo fosse concluído. E objetivo que é objetivo tem dessas coisas...

Noves meses de VIDA de casulo... Lugar quentinho, confortável, seguro, com comidinha nas horas certas, sem aborrecimentos. A não ser aqueles do tipo – olha a titia aqui, você está ouvindo? Ou - mexe pra mamãe ver! Ou ainda - você está muito quetinho, o que está havendo? Aborrecimentos estes, que não chegam a chatear, afinal, existe um casulo de proteção.

Imagine-se numa vida de casulo, hoje, adulto, com o mundo lá fora o convidando para voar...

A natureza é sábia – sabe a hora que o casulo precisa deixar de existir para dar asas ao novo vôo – o vôo da mais nova borboleta!

A vida de casulo é necessária para que tenhamos uma vida de borboleta. E isso acontece em qualquer tempo, com qualquer idade: um mês de gestação, sete meses de gestação, dois anos de vida, quinze anos de vida, trinta e três anos de vida, setenta anos de vida!

Mas, lembre-se: Viver no casulo é seguro mais também é limitador. Não tenha medo de sair do seu casulo - não importa a idade que tenha - seus pensamentos são muito mais fortes na hora de seus vôos e, são seus pensamentos que vão garantir sua segurança!

Luciana Horta

Aquilo que o casulo diz ser o fim da vida, o mestre chama de borboleta.

Laozi

Que a vida traga flores e a vontade de ser borboleta.Sair do casulo.Criar asas.Pertencer aos jardins mais lindos.Ter todas as cores em mim.

Desconhecido

Uma borboleta nasce no casulo feio e fechado.
Depois a largata se transforma em uma bela borboleta.
Muitas pessoas olham o outro e só conseguem ver esse casulo escuro.
Não olha para o que existe de belo dentro dele.
E perdem a chance de ver pessoas que possuem uma beleza encantadora.
Olhe sem pressa.
Existe muitas borboletas que precisam voar.
Muitas não aprenderam.
O mundo coloca rótulos.
Quando deveria olhar com amor.
Você não é "todo mundo" e pode ser você fazendo o certo.
Não julgue... simplesmente AME.

Edilene Matoso

Beleza notória
Do casulo à borboleta
Natureza metamórfica

Cris Oliveira

No casulo em que se fecha a borboleta algo mágico tende a acontecer!
A transformação é dolorosa, é difícil
Mas ela sabe que quando suas asas ficarem prontas
Elas a conduzirão para o alto
De onde poderá vislumbrar as mais belas coisas desse mundo.

Michele Bertoletti

BORBOLETA
Nasci num casulo
Como a borboleta...
Num corpo limitado
Presa por um cordão
Sem saber bem a razão
Não lembrava do passado

Até que um dia...
No tempo certo me libertei
Através da minha essência
Do colorido da minha alma
Livre, leve e solta
Abri as asas e voei

Foi o êxtase da vida
A libertação do pecado
A transformação do encarnado

Voei, voei e voei...
Conheci o verde das matas
Pousei nos lírios dos campos
Nas rosas do jardim
Onde as cores
E o perfume das flores
Se misturavam em mim

Sentia a carícia do vento
Que no compasso das minhas asas
Meu vôo harmonizava
No pouso, bebendo o pólen das flores
Outras flores semeava

A borboleta tão frágil...
Tão leve e pequena
Nessa simples passagem
Encontra a felicidade
E assim...
Como tantas outras borboletas
Pousava...
Para seguir nova viagem

Wall de Souza

A borboleta quando está saindo do casulo ela passa por um momento doloroso o qual faz sangrar para sair sua asas, se alguém tentar ajuda-la a sair acabará com o processo que ela tem que passar para poder obter suas asas, com a ajuda de alguém ela jamais poderá voar.
É preciso passar por momento de dor para alçar voo.
Depois de tanta dor e sofrimento não vai ser agora que posso voar que deixarei alguem cortar minhas asas.

Denise Beliato