Boas Vindas para Alunos

Cerca de 3234 frases e pensamentos: Boas Vindas para Alunos

Bravos, mesmo, são os heróis. Os que lutam por boas causas, vençam ou não, mas que são desde já vencedores pelo simples fato de terem mesmo por que lutar. A grandeza de seus motivos, por si só, é a medalha contínua que dispensa olhares, e por isso não se ostenta, suspensa na sombra do caráter. São honrados, os heróis. Têm a capacidade gigantesca de sublimar ofensas e vilipêndios. E se "não levam desaforos para casa" é porque esses desaforos, sempre banais, caem de seus corações a caminho de casa e morrem na poeira.
Já os brabos, aqueles que se exaltam, armam socos, fazem poses de briga (e brigam), nascem perdendo. Perdem sempre o controle, a razão e o contexto. Seus textos vivenciais são impregnados de arroubos, ameaças, gritos e nnarrações de vitórias equivocadas, por onde passam. Vitórias fúteis, físicas, nos campos da força, o vandalismo, a intolerância e o descontrole. São vazios os brabos, porque suas causas são pobres e ninguém precisa vencê-los. Eles perdem para si próprios quando seus músculos e o destempero emocional substituem completamente os neurônios.

Demétrio Sena - Magé-RJ.

O bom é o pior inimigo do melhor. O comodismo das boas virtudes são o grande empecilho para nos tornarmos melhores

Jim Homberguer

As coisas ruins são superadas, e lembradas com alívio, já as boas, não percebemos na hora e depois temos saudades delas.

Germano de Oliveira

Vou, mas fico espalhada no vento. Boas Memórias contam mais que presenças. Eu habito no amor de cada um e na espera pelo meu melhor.

Mel Fronckowiak

Devemos agradecer pelas coisas boas, mas também devemos agradecer pelas ruins, pois, é elas que as vezes nos estimulam a voltar ter boas coisas.

Hélio George

“As idéias não passam de máscaras, usadas para envaidecer alguns indivíduos. Quando muito boas; ninguém os pode conhecer, se não por seus vícios”.

Henrique de Shivas

" Homens bons fazem coisas boas, os homens maus as más, mas só a religião consegue fazer com que homens bons façam coisas más".

Richard Feynman

• Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas… Uma lembrança boa de você, uma vontade de cuidar melhor de mim, de ser melhor para mim e para os outros. De não morrer, de não sufocar, de continuar sentindo encantamento por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sempre traz, e então não repetir nenhum comportamento. Ser novo.

• Andei pensando coisas sobre amor, essa palavra sagrada. O que mais me deteve, do que pensei, era assim: a perda do amor é igual à perda da morte. Só que dói mais. Quando morre alguém que você ama, você se dói inteiro mas a morte é inevitável, portanto normal. Quando você perde alguém que você ama, e esse amor - essa pessoa - continua vivo, há então uma morte anormal. O NUNCA MAIS de não ter quem se ama torna-se tão irremediável quanto não ter NUNCA MAIS quem morreu. E dói mais fundo- porque se poderia ter, já que está vivo.

• Eu te amo. Mesmo negando. Mesmo deixando você ir. Mesmo não te pedindo pra ficar. Mesmo não olhando mais nos teus olhos. Mesmo não ouvindo a tua voz. Mesmo não fazendo mais parte dos teus dias. Mesmo estando longe, eu te amo. E amo mesmo. Mesmo não sabendo amar.

• O pior é que depois de todas as encenações, todos os choros, os apelos calados, os desejos feitos na tentativa de obter algum êxito… você cansa. Acostuma-se. Ele vai e resolve aparecer, assim do nada, com palavras que ele sabe que de algum modo mexe com os meus sentimentos.

• Fiquei. Você sabe que eu fiquei. E que ficaria até o fim, até o fundo. Que aceitei a queda, que aceitei a morte. Que nessa aceitação, caí. Que nessa queda, morri. Tenho me carregado tão perdido e pesado pelos dias afora. E ninguém vê que estou morto.

• Não ofereço perigo algum: sou quieta como folha de outono esquecida entre as páginas de um livro, sou definida e clara como o jarro com a bacia de ágata no canto do quarto - se tomada com cuidado, verto água limpa sobre as mãos para que se possa refrescar o rosto mas, se tocada por dedos bruscos, num segundo me estilhaço em cacos, me esfarelo em poeira dourada.

• Não se concentre tanto nas minhas variações de humor, apenas insista em mim. Se eu calar, me encha de palavras, me faça querer dizer outra e outra vez sobre você, sobre nós, e todo esse amor. Se eu chorar, não me faça muitas perguntas, não precisa nem secar minhas lágrimas. Só me diz que você continuará comigo pra tudo, que tenho teu colo e teu carinho. E ainda que te doa me ver assim, me envolva nos teus braços e diga que eu posso chorar, mas que você não sairá dali enquanto eu não sorrir. Porque é isso que nos importa, não é? O sorriso um do outro. Não é?

• "Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu. "

Caio Fernando de Abreu

Estava lembrando certas frases que ouvimos constantemente, frases boas, de incentivo de quem sabe transpor em palavras aquilo que a alma sussurra e frases do nosso senso popular e em algumas que me dá náusea só de lembrar. Uma delas é a de que ninguém é insubstituível, quando usamos a palavra NINGUÉM, isso não dá margem a quem quer que seja, NINGUÉM é NINGUÉM senão a frase seria QUASE ninguém é insubstituível... eu acredito no oposto porque pra mim ninguém é substituível, cargos podem ser substituídos pessoas não... somos seres humanos e não coisas, objetos para serem descartados qdo não atendermos mais a certas necessidades individuais e egoístas. Ta velho, surrado, joga fora e pega um novo, isso é consumismo, consumismo de alma, de essência até que somos consumidos por esse mesmo mecanismo. E assim seguimos com asilos cheios de vidas substituíveis e descartáveis, assim seguimos com “respeitáveis senhores” que trocam a esposa com a face cheia de rugas por um rosto mais radiante, mais jovem e um corpo siliconado tentando disfarçar a sua ausência de neurônios chamando a atenção pra um corpo malhado e acéfalo.... NINGUÉM é insubstituível, então é mais fácil jogar tudo fora e não lutar por pessoas e situações que VALEM a pena... é substituível mesmo... que gosto tem viver com a perspectiva que aquilo não é único??? Que aquele momento e aquela pessoa não é única??? Gosto de tarde cinzenta, aquela que nem ta escura e nem clara... ta na penumbra de uma vida insossa... isso não significa se agarrar a isso como se isso fosse sua vida ou sua morte isso significa RESPEITO por aqueles que vc PERMITIU que entrasse na sua vida. Relacionamento é acordo mesmo qdo discordamos, porque qdo decido não fazer nada também é uma decisão.... Existem sim pessoas que somam e até que diminuem... mas TUDO acontece com uma certa permissão pessoal mesmo que seja a do medo. Eu acredito em ciclos que se iniciam e terminam o tempo todo... Qdo um ciclo se fecha não significa que alguém foi substituído, significa que um ciclo se encerrou e estamos começando novos... é uma chance nova pra tentarmos fazer tudo de novo e evitar os erros passados... tudo é uma ponte pra se chegar a um destino. Não há como substituir olhares, sorrisos, toques, mas há como se permitir encerrar ciclos pra se iniciar outros... aliás se eu tivesse essa consciência, se desse essa importância que dou hoje teria me permitido segurar os braços da minha irmã e ter dito o qto eu a amava e que não importasse quantos filhos minha mãe tivesse ela era INSUBSTITUÍVEL, teria me considerado mais o fato da minha tia, minha bisavó terem partido sem que nunca tivesses ouvido da minha boca o qto eu as amava.... teria dito para pessoas que passaram pela minha vida que indiferente de concordar ou não com o que faziam o qto naquele MOMENTO a presença delas me ajudaram a seguir.... eu chego em casa e sou derrubada pelas minhas 2 cachorras que me dão o maior trabalho, mas TODOS os dias eu lembro que NADA substitui isso... NADA!!!
Outra frase que me dá paura... é aquela típica de nós mulheres... “ ah tadinha foi usada” ou aquela tipíca de beira de tanque tipo: “ Mariazinha ROUBOU Joãozinho de Aninha” ou “ Aninha perdeu o Joãozinho pra Mariazinha” ...
O diminutivo é proposital e se encaixa de maneira perfeita a situação, faz parte da frase do inicio do texto que nos coloca como COISAS. Ninguém usa ninguém pelo menos não por muito tempo, nós mulheres somos coroadas com uma benção ou maldição não sei... nosso infalível 6° sentido.... no mínimo preferimos não ver... mas ninguém usa ninguém... tudo que acontece, acontece por permissão ou negligencia... e negligência também é uma escolha, a de não fazer NADA... então nos permitimos o uso por medo da tão temida solidão ou por medo da incapacidade própria de viver sem o benhê... é simbiótico, rola uma interdependência entre ambos... isso gruda mais que o amor... porque o egoísmo é tão grande que um não deixa o outro pra não PERDER. Roubar???? Roubar o que de quem??? Imagina a cena; o gostosão do “amor da sua vida” sendo ROUBADO, SURRUPIADO a força (é claro)... ele não foi de livre espontânea vontade, fizeram amarração pra ele ir... ele foi porque é canalha, porque vcs 2 já não funcionavam juntos, ou por todos estes motivos juntos menos porque foi levado violentamente embora, roubado... um relacionamento pra começar precisa de 2 e pra terminar também. Todos contribuímos com nossa taxa diária de terra na cova... são 2 e não 1. Não é fácil pra ninguém, viver muitas vezes ( na maioria) é um desafio diário, e o medo é o pior aliado é ele que nos faz viver de migalhas, ele nos torna medíocres seres que vivem na penumbra do que não somos... Vivemos ao meio o tempo todo, temos meio amigo, meio namorado, meio trabalho, vivemos no meio, na média e não vivemos em totalidade. Esse medo nos torna mendigos, porque aceitamos qualquer migalha de afeto com um sorriso nos lábios de quem está morrendo de fome e encontra restos de comida no lixo.

SuelenSchimitz

Pensar positivo, é transferir boas energias para sua vida!

Marcos Angelo - RJ

Às vezes acho que sou meio louco... e daí? Já perdi tantas coisas boas nessa vida sendo sóbrio.

Leo Cruz

Amor é uma droga, causa dependência e uma ressaca das boas.

Arthur Presta

Elas são boas de papo. Bebem. Talvez fumem. Fazem piada. Falam palavrão. Têm amigos e gostam de se divertir com eles. Compram e pagam suas coisas. Trabalham e são boas no que fazem. Algumas têm filhos. Umas querem filhos, outras não. Têm iniciativa e opinião própria sobre quase tudo. Intensas, coloridas. Conhecem o próprio corpo. Gostam de sexo e falam sobre. Têm atitude, não são adeptas da espera. Algumas, de vez em quando, gostam também de mulheres. São claras sobre o que querem e o que não querem. Dizem o que sentem abertamente. Adoram ter companhia, por outro lado curtem ficar sozinhas. São decididas, pedem conselhos, mas nem sempre precisam deles. Ninguém decide por elas, pois elas pensam e muito. Não aceitam pouco. Usam saia curta, decote, salto alto, moletom, pijama velho. Não estão muito preocupadas com o julgamento alheio. Sem muitas frescuras. São fortes, principalmente em relação à dor. Defendem suas crenças. Lutam. Cozinham quando estão a fim e não por obrigação. Viram-se por elas, onde estiverem. Têm mais coragem do que medo. Umas já traíram e também foram traídas. Tiveram experiências, por isso, hoje sabem o que esperam ou não de um relacionamento. Mais práticas do que teóricas, porém abstratas. Apostam, experimentam. Cuidam e gostam de ser cuidadas, não por necessidade, por afeto. Ficam com um homem porque querem e não por precisarem (sintam-se elogiados por isso). Conhecem muito bem os jogos, mas não carecem deles. Não são somente namoradas ou esposas, são companheiras para o que der e vier. Criticam se for preciso, apóiam quando é correto. Elas andam lado a lado com seus homens e talvez um pouquinho a frente se precisar. Ao mesmo tempo, elas também ficam frágeis. Debulham-se em lágrimas. Amam, quebram a cara, perdem e sofrem. Aprendem. O importante é que elas sempre levantam e seguem. Não são feministas, nem machistas são apenas mulheres. Envolventes, sedutoras entre sorrisos, palavras, pele e jeitos. Para alguns, temidas e muito assustadoras, infelizmente. Não é qualquer um que consegue uma mulher assim, ou apenas com metade destas caracteristicas. Não é qualquer um que é homem e resolvido, o suficiente, para sustentar ao seu lado uma mulher desse calibre. Enfim, elas vão longe, em todos os sentidos. E eles, se quiserem ficar...deverão, no mínimo, admirar e apoiar.

Josi Puchalski Blogue - httpeutimiaasavessas.blogspot.com

Decidi dar um REW nas minhas boas lembranças, um FF nas minhas decepções, um REPLAY nas minhas vitórias, um DELETE nas minhas dores e um PLAY na minha capacidade de ser protagonista das cenas da minha vida...

Aurélia Vasconcelos

Prometa-me que não será somente nas horas boas,
Prometa-me que vai estar sempre ao meu lado,
Prometa-me que não vai mudar nem um fio de cabelo.
Porque eu sei o quanto é difícil dizer adeus, dizer adeus.
Tudo bem pode ir pras baladas, eu confio em você.
Mas confesso, quero você ao meu lado o tempo todo.
E quando eu olho nossas fotos,queria voar três anos no tempo
pra ficar ao seu lado sempre.
Nossos sorrisos estampados, e o jeito como você me olha
Tudo o que sentimos está sendo mostrado em um pedaço de papel.
Parece fútil, mas...
Prometa-me que não vamos mais chorar.
Prometa-me que não vai ser necessário.
Prometa-me que me amará sempre.
Porque eu sei o quanto é difícil dizer adeus, dizer adeus.

Amanda Rodrigues

O treinamento transforma as boas intenções em bons resultados.

Rafael Martins ( Peperone)

Amizades - Lucky
Amizades, são boas, ruins e más. Tudo na vida tem dois lados, ate os amigos são assim, dedicados, fervorosos, nos defendem quando não precisamos, e nos esquecem quando precisamos, existem pessoas importantes na nossa vida, pessoas inesquecíveis e pessoas que gostaríamos de esquecer mas não conseguimos.

Porque a nossa vida é assim? Cheia de altos e baixos, com tantas coisas boas acontecendo e pessoas com inveja, ciúmes, nos destruindo, nos rebaixando ao pior que podemos sentir e não em ser. Existem pessoas que nascem com um dom, de magoar as outras, de inferiorizá-las, fazerem sentirem tudo de ruim que elas possuem. Sentimentos mesquinhos, tristes, e solitários, coisas que não gostamos de compartilhar, que odiamos dividir, com quem quer que seja.

Deveriam existir somente pessoas que vêem o melhor que temos a oferecer, pessoas com escrúpulos, que fazem as coisas pensando nas outras, e não em si, somos todos assim, egoístas, vazios, mesquinhos, e sempre queremos o melhor pra nos mesmos, a melhor fatia do bolo, e quase nunca percebemos, que o sorriso de outra pessoa vale mais que o nosso, ver alegres a nossa volta, valem bem mais, do que a nossa própria felicidade.

Errei mil vezes, apostando em quem não devia, e errarei mil mais, pois infelizmente, e não sei realmente o por que, eu acredito nas pessoas...

Lucky - Luciano Castro

Valorizem as boas oportunidades que aparecem, pois elas são únicas e dificilmente aparecem de novo!

Paulo Cuba

"Sinto o vento trazendo bons fluídos, boas novas. Por hora, passou o tempo das tempestades internas, das procuras incessantes, da busca constante para ser aceita. Estou mais perto de mim e sinto que dessa vez com mais calma. O olhar pra dentro faz milagres permanentes, ando respirando preces diárias."

Denise Portes