Beijos Arrepiantes

Cerca de 1280 frases e pensamentos: Beijos Arrepiantes

Sinto que:
O que eu sinto, é o que eu não vejo.
Sinto que nunca sentiu a falta de um beijo.
Vejo que:
O que eu não vejo, é o que eu desejo.
Desejo que sinta a falta de um beijo.

Paulo Batista dos Santos

Meu amor
Estarei nos teus braços.
Sentirei de novo o teu calor.
Dos nossos abraços e beijos.
O aroma e gosto do teu cheiro
sabor doce e amargo do teu amor....
Retiraste os meus cabelos...
dos meus olhos.......e beijaste-os...
com as tuas mãos macias acariciaste-me.....
os teus olhos ficaram transparentes.....
Percorreste com eles todo o meu corpo......
e as tuas mãos prendi-as às minhas.......
pelos nossos corpos numa perdição.....
de amor que acabou no chão....
dos nossos corações que em fúria desmedida,
se fundiam num só querer....
nos amamos e saciamos os nossos desejos.
O teu corpo seduz-me com o cheiro de jasmim
num dia raro.... que nem a chuva nos separa....
Sentirmos o cheiro perfumado do.....nosso amor.!

IsabelMoraisRibeiro

Paz!!!
Eu já acenei a minha bandeira da paz e só você não viu.
Será que o ditado popular que fala: "Que o amor é cego."
Faz sentido também na hora das nossas brigas, e você está tão cego que não consegue enxergar a minha humilde bandeira da paz. Será???
Eu não quero briga, eu quero amor.
A única guerra que eu queria ter com você, seria entre quatro paredes e em cima da cama, uma guerra de travesseiros juntamente com muitas risadas, e com direito á bombas de beijos estalados, armas de sedução, poder bélico de tirar o fôlego, e tréguas para descanso de corpos mortos e exaustos.
Está seria a nossa verdadeira guerra, e não está que estamos vivendo, por isto, eu te peço PAZ DE AMOR.
PORQUE EU TE AMO!!!!

Cláudia Leite S.

Cláudia Leite S

O rapaz só deve beijar à rapariga quando deseja-à,
gosta, está apaixonado ou realmente ama a garota ( o
mesmmo deverá acontecer com a garota para com o
rapaz ); Quando a rapariga ñ corresponde ao beijo é
porque ñ gostou, tem vergonha ou foi supreendida elo
rapaz.
Se ambos gostam um do outro deverão convidar-se
( um ao outro ) à dar um passeio, um deles deverá dar
iniciativa para o que o clima seja um tanto quanto
agradavel para os dois.
Obs: nunca esforça um (a) menino (a) para o beijar, o
beijo deve ser dado por livre vontade ñ esforçar.
Escrito em 2003/04/18

Lubanzadio António Miguel.

Sussurros...

Lembra-te de meus beijos molhados...Do sussurro em teu ouvido...Dos gritos de prazer e loucuras de amor que o tempo nos guardou ... Como vinho amadurecendo em toneis, sinta o sabor único e especial dos momentos que são tão nossos...

Meu coração guardou-te como um semi-deus , chamado em oração. Tens razão ,sou diferente. Eu ' sinto"...

Apaixonada , sou insaciável e quente. Loba voraz a deleitar-me nos afagos dos braços amado. Sou paixão plena e tal vulcão em erupção, quando tocada em minha alma, derramo todo o néctar de prazer...

Dissestes certa vez que o ' amor que tu procuras e idealizas, somente Deus pode te dar ", então deixa-me sonhar... Deixa-me sonhar em teus braços, pois se o que sinto não existe , estes são os fragmentos dos sonhos que remanescem em meu ser , preciosamente guardado no coração de menina...

Grácia Monte

Gracia Monte Barradas

Meu amor a tua boca e a minha,
os teus beijos e os meus,
os teus braços e os meus

São o coração, porto seguro, anseios,
dores, onde eu entro, moro, amo

Tranca-me nos teus sonhos,
nos teus segredos, em ti

Afoga-me nos teus loucos desejos,
profundeza do teu olhar

Noites embriagadas onde..
beberemos amor e vinho do porto

Com lágrimas de alegria e felicidade
onde sacias a fome de beijos

Aprazas-me com os ecos do silêncio
completas-me com a tua metade
eu nunca mais me sentirei só meu amor.!

IsabelMoraisRibeiro

SOLIDÃO

Um barco sem partida, a deriva,
sem porto, sem cais, sem ponto.
Sem vela, sem mar sem canto,
sou um naufrago, a despedida.

Sou um barco sem ancora, a vagar,
sem saber aonde vou, sem rumo.
A cada dia morro, nesse mundo,
solto, com o vento a me levar.

No límpido oceano, a tempestade,
sigo a luz, o farol, o esquecimento.
Sem destino, seguindo, vou ao vento.

À bússola para mim, não faz sentido,
só me resta a solidão, o mar, o vento.
Sem rumo não me acho, estou perdido.

Marcos Maluly

Você era perfeito, até me mostrar quem você realmente era. Mostrou sem querer e ao mesmo tempo jogou na minha cara.
Pediu o meu amor e não quis me amar.
Me viu sofrendo e continuou. Chorando, quase imporei que parasse, mas o som da sua risada era tão alta que abafou meus pedidos.
Sei que não te esqueci, sei que nunca vou te esquecer, por mais que eu queira.
lembro dos beijos, das caricias, da sua voz me sussurrando besteiras no ouvido, do seu braço segurando forte meus sobre a cama.
Lembro de tudo e dói.
Dói, porque são lembranças de algo que eu nunca pensei que você pudesse fazer comigo, coisas que eu nunca quis que acontecesse.

Amanda Bissi

ADORMECER

Beijo o teu corpo adormecido,
o cheio da tua pele matinal,
E sobre o teu corpo aquecido,
a tua dor, que julgas ser real.

Há de contar-me nessa vida,
a tua dor que julgas sem igual.
E eu pra te curar nessas vida,
Beijo tuas ferida, sofrida, mortal.

Há de adormecer em meus braços,
e em meus beijos suaves e quentes.
Renascerá o momento mais sonhado.

Quando acorda o seu corpo quente,
rosa vermelha encontrará na cama.
E em teu coração um amor pra sempre.

Marcos Maluly

CONFLITO

Hoje me peguei pensando, imaginação fluindo,
lembranças de amores passado sofridos, amado.
Pensamentos, conflitos, grito, às vezes calado,
Amores que vem chegando, outros que vai saído.

Em meus pensamentos, linhas mal traçadas,
insônia na madrugado sonhos no adormecer.
Choro só, de saudade, sofrendo sem merecer,
Sinto a falta tua, essa distancia me maltrata.

Tento unir, passado, presente em meu pensar,
tento voltar no tempo pra cura a minha dor.
Tento saber quem sou pra nunca ser esquecido.

Procuro lembra de te, em meu pensamentos,
flui na mente imagem tua, nossos momentos.
E tudo volta o que era, o sonhado reencontro.

Marcos Maluly

INCERTEZA - II

Na tortura arrancaste-me um abraço,
Fazendo assim aumentar meu desejo.
Doce é tua boca como o gosto do beijo,
unindo-nos, como um nó em um laço.

Quantos abraços e beijos de te ganharei,
quem dera que esses beijos sejam sinceros.
Quanto mais me beijas, mais beijos eu quero,
e se ganho um beijo teu, um beijo, em te darei.


Um beijo molhado um abraço sem presa,
um cheiro no olho, nos lábios uma bitoca.
Na face um beijo na boca uma promessa.

Um sabe lá que não sei. Um sorriso, um olhar,
uma agonia, aflição, medo, um coração a pulsar.
Juras de amor, desejos, abraços. Uma incerteza.

Marcos Maluly

Amo uma garota
Bonita e pequena
Menina e mulher
Garota Sorriso
Sinto saudades de você
Aqui todos os dia Comigo.

Raynan Silva

Barreiras sempre irão existir
A vida não é perfeita
O caminho mais difícil nos faz olhar pra trás
Perceber que valeu à pena
Esperar um pouco mais...
Quando digo que te amo profundamente
Não chega nem perto do superficial
No momento em que me perco nos seus beijos
Chego bem próximo do meu mundo ideal.

Lugo Gaul

A chuva me traz a saudade.
O mate me traz o sabor.
O sabor me traz a lembrança,
dos beijos do meu amor.

Carlos Edurardo Back

A Língua fala, a Língua sente; Mas a Língua também toca e tocando faz-se canto, e o encanto se faz então... Presente!!!

Rudi Caldeira

Amor, brigas, idas e vindas.
Um fato clichê porém a verdade: Meu coração dispara quando o vejo e por um momento é como se só existisse eu e ele em todo o universo.
Início de verão, fim do amor. Fim do amor? Para ele um amor morre para que outro viva, para mim o amor vive eternamente, até se só viver escondidinho no canto do coração. Mesmo após a morte o amor vive, vive em objetos, palavras escritas, vive no ar.
Eu tenho que esquecer. “Com o tempo, com o tempo.”, o tempo não era tudo, mas era a única coisa que eu pensava. Passaram-se semanas e eu ainda luto para esquecer as promessas e planos, os beijos e abraços, brigas e problemas. Foram palavras ao vento? Tento não pensar nele e nem procurar saber sobre ele, o que sei é que ele está feliz sendo livre, que já tem as mulheres de volta à vida dele e que ele sente raiva de mim por achar que eu estraguei a vida dele.
Nem tudo são flores, nem todos os dias são ensolarados, mas não há tristeza que dure para sempre? Só penso que os dias nublados vão vir e que as flores irão murchar. Minhas marcas dos cortes que fiz ajudam a lembrar de toda a tristeza que já senti, mas dessa vez resolvi transformar dor em palavras.
Minha utopia. E se eu soubesse que aquele dia no parque seria o último? Minha vida é uma panela de pressão, perdi minha válvula de escape. Essa válvula problemática faz falta. De vez em quando é bom fazer uma pausa em nossa busca pela felicidade e apenas viver um dia de cada vez.
Um lembrete: Nunca dependa de alguém para ser feliz.

Juliana Salvador

Linguagem dos beijos
Realmente o amor é um vocabulário
Que eu nunca entendi
Mas vou inventar letras
Vou criar palavras pra te resumir
E tudo que eu guardei até hoje em silêncio
Não vai ficar mais secreto
E pra me declarar
Eu vou criar então um novo alfabeto
Pra nós dois
(Refrão)
E com apenas um olhar
Vou te dizer amo você amo você
E se corpo arrepiar vai transbordar
Nosso prazer muito prazer
E cada vez que eu te tocar
Sintonizar nossos desejos
Mesmo que não entenda nada
Eu posso traduzir na linguagem dos beijos

Silmara Nogueira Pedro Vianna e Marcos Léo

A vida pode me afastar de você, o mundo pode conspirar contra nosso amor. Talvez eu nunca mais olhe em seus olhos, mas nada nunca vai tirar das minhas lembranças o sabor de seus beijos, sua pele macia junto ao meu corpo nas mais rigorosas noite de inverno.
Mesmo longe sei que o amor nos une como um elo infinito feito de esperança.

Cleverson Modesto

A esplêndida cruzada para o futuro
Não afirma em suas entrelinhas quem sou
Promulgo as pérolas do meu desejo e o ritmo da minha carne...
A perspectiva luta com a melancolia
Entre o amor e o ódio dividido nas emoções
Entre momentos de filósofos e ira de bárbaros...
Em meus lábios consenti tristes beijos
Diante de uma fascinação doce e invencível.
As pálpebras cerradas promovem uma convulsão de imagens
É sempre uma agitação cheia de prelúdios, borboletas, flores e amores desencontrados...
Tais Martins

Tais Martins

Alguma vez você já recebeu um toque tão suave que te fez chorar ?
Alguma vez você já convidou um estranho para entrar ?
É só a metade depois do ponto de esquecimento
A ampulheta sobre a mesa, a caminhada antes da corrida
O suspiro antes do beijos, o medo antes das chamas.

Carina Guedes.