Balada

Cerca de 114 frases e pensamentos: Balada

A pessoa especial é rara. Não lembra de você só quando quer curtir uma balada; acredita nos seus sonhos mesmo sem entender; simplesmente está ao seu lado e, mesmo sem intenção, transforma completamente sua vida. E pra não ser tão abrangente o termo “pessoa especial” tiveram a ideia chama-la de “amigo”.

Cyelen Veloso

Eu detesto gente metida e fútil, prefiro mil vezes uma roda de samba na favela do que uma balada “top” em que você tem que se entupir de entorpecentes para aturar o povo montado e escroto que a frequenta; Não gosto de algumas letras de funk, mas acho que a batida contagia. Amo RAP e o Mano Brown pra mim é o maior poeta desde Shakespeare. Nunca suportei injustiças, racismo e preconceitos. Tenho nojo de quem se acha mais do que outra pessoa por causa de dinheiro ou status social e tenho vergonha de gente que vem da humildade e quando sobe na vida esquece das suas origens. Sou Corinthiana fanática, sócio fundadora de torcida organizada, maloqueira e sofredora! Adoro capoeira, sou do axé e do pagode, minha cor preferida é preta e meu tipo preferido é simplesmente “moreno”. Um dos meus maiores desejos é adotar um pretinho de cabelo pixaim. Enfim.. até hoje não entendo como nasci com a pele clara e os olhos verdes! Acho que foi um erro de percurso... ou eu sou apenas mais uma pessoa que veio ao mundo pra mostrar que a cor da alma é muito mais importante do que a cor da pele! Por isso, em momento algum eu tive vergonha quando eu era chamada de “defensora dos pobres e oprimidos” na Escola Particular e de vários outros apelidos como este que recebi durante toda a minha vida. Podem falar o que quiserem... pra mim isso não é ofensa, É ORGULHO!

Letícia Beppler

Prazeroso de verdade é ter quem te conforte da porta para fora da balada. Alguém que te sinta além da maquiagem, do salto alto. Que veja beleza nas suas lágrimas e seja o seu porto-seguro naqueles momentos em que a chuva está forte. Alguém que te enxergue além dos títulos e da conta bancária. Alguém com quem você possa se dar ao luxo de conviver também com os defeitos porque amor de verdade não é apenas atração física, muita gente se confunde.
Um relacionamento não pode se sustentar na cama, nas aparências. É o que eu tanto vejo hoje: garotas engravidando dos caras para não trabalhar nem estudar, apenas ter vida boa enquanto alguém trabalha duramente. Tudo bem, se elas se sentem felizes assim, de que me importa? Postando nas redes sociais que têm o cabelo, as roupas da moda e um Instagram cheio de fotos enfeitadas é o que conta, muito mais do que a veracidade dos fatos... Lamento dizer que nosso mundo é interesseiro.

A Governanta Webnovela

Mary Princess

Chega uma hora que não importa quanto a balada esteja boa, chega uma hora que você cansa de segurar esses copos e começa querer segurar a mão de alguém .

Arilson Queiroz

Eu troco uma noite na balada ou em qualquer lugar barulhento cheio de gente, por uma noite simples, com vários filmes ou um livro, chocolate e pipoca e o silêncio.

Lívia Loback

ENFIM SÓS.

AS VEZES ME PEGO PENSANDO AO SOM DE UMA BALADA SUAVE.
EM CORPOS COLADOS, LEVES, SEDENTOS DE AMOR.
PRONTOS A SE EXPLODIREM FEITO UM VULCÃO, ERUPÇÃO.

AS VESTES CAINDO, O OCULTO SE EXPONDO, OS PELOS SE ACORDANDO.
COM MÃOS QUE DESLISAM E BOCAS QUE EXPLORAM CADA PEDAÇO,
CADA DETALHE, VERSO E INVERSO.

UMA LINGUA QUE DA PRAZER E OUTRA QUE SUSSURRA COISAS SEM NEXO.
UM SEXO QUE INVADE OUTRO SEXO.
QUE JA SEM RAZÃO PERDE A NOÇÃO DO TEMPO, DO MEDO.

NÃO QUER MAIS SEGREDOS, QUER SE REVELAR, GOZAR, AMAR.
MESMO QUE POR UM SEGUNDO, SER MAIÓR QUE TODO O MUNDO.
.

UM GEMIDO MAIS OFEGANTE, QUASE GRITANTE.

MÃOS QUE RASGAM LENÇÓL.

A HORA QUE CHEGA.

OS CORPOS SE RETESAM NUM ABRAÇO MAIS FORTE.
ENFIM O GOZO, DEIXANDO IMPAVIDOS MUSCULOS E SENTIDOS.


NESSE MOMENTO SÃO QUASE DEUSES, ESTAO ACIMA DE TUDO,
NO TOPO, NO CUME.

QUASE SE COMEM, CANIBAIS.

SE CONFUNDEM NUM SÓ SER, PRAZER, EXTASE, APCE,
IMPERIO DOS SENTIDOS.

CANSADOS RELACHAM, EXAUSTOS, SUADOS, LEVES.
ABRAÇADOS SE DEITAM, SE OLHAM, SORRIEM E SE BEIJAM.

DEPOIS DORMEM O SONO TRANQUILO E AGRADECIDO DE AMANTES MULTUAMENTE REALISADOS.

janicelio

Quando entramos numa balada, sempre dançamos conforme a musica.
Lembre!
Ninguém é obrigado a entrar na balada.
Mas lembre!
Se entrar e não tocar a sua musica, também não é obrigado a ficar.

Paulo Batista dos Santos

fecho os olhos
abro-me nos teus como uma balada impune no seu sangue
oscilante

entretido percorro-te, estremeço-me nas veias singulares
depois com a ponta da língua
afável caligrafia reponho as cordas giratórias

e andas no meu imenso chão
um chão embalado p'los nossos sorrisos de cetim
só teu, só meu a transformar-se

porém nunca a concluir ou terminar salvo esse romance
nada súbito a apertarem violetas durante
jactos perfumados

decerto uma bondade eterna
eis donde chegam os meus afectos

e nas artérias de seda cristal
crias novas meigas cores novos ligeiros ares
novos amantes tons
novos endurecidos ruídos
novo auroreal amor para eu continuar a ver

a ver-te debruçada sobre mar transparente
com veludo de orvalho entre os poros
a ver-nos encalhados continuando a moldar
brancos banhos

como numa nossa gargalhada
a dormir no cume de videntes astros adentro
só dessa maneira
estaremos destinados a tais grandes coisas

Filipe Marinheiro

''O CARA PELO O TREM DA MEIA NOITE ,ESQUECE OS DOCUMENTOS NA BALADA SE DA BEM,PEDE UM VINHO DE 100 EUROS SÓ PRA QUEM TEM,UMA GATA DESCOLADA ELE CHAMA PRA DANÇAR ELE DE MÃO BOBA LEVA CHUTE NO CALCANHAR,ELE BEM SEM GRAÇA PEDE WHISK PRA DISFARÇAR,O CARA É METIDO E ESQUECEU DE LER ,SEM NOME NA LISTA INTRUSO NUM PODE BEBER,ELE FOI SAINDO BEM SEM GRAÇA E DE FININHO,QUATRO SEGURANÇAS E UM CHUTE NO COFRINHO ELEVADOR DESCENDO ELE NUM SABE AONDE IR SE VOLTAR PARA CASA A MULHER VAI XAROPAR ELE FICA DE VENETA E VOLTA LÁ PRA O SALÃO SEU NOME TAVA NA LISTA MÁS ERA SEU DIA DE GARÇOM''..

fideldoandel13

Ouça a canção que vem de dentro de você, escolha o ritmo, busque a balada, alegre-se com as notas, lembre-se de praticar os acordes diariamente, eles levarão a perfeição da sua obra.

Reinaldo Vasconcelos Pereira

Como sempre todos namorando,e eu na balada...pode crê que sou mais feliz que essa cambada...sou livre leve solta, não dou satisfação...meu coração é do mundo, não amo apenas um não...vou por onde for, deixo a vida me levar, aproveito cada instante, antes de tudo isso acabar!

AP Amaral

Ter amigos para fumar, beber e ir pra balada é mole, o difícil é ter os mesmos amigos quando você decide não fazer mais isso tudo.

desconhecido

Vai beber, vai jogar vídeo game, vai estudar, vai escutar musica, vai pra balada, vai trabalhar, vai conversar, vai fazer amigos, vai sorrir, vai brincar, vai varrer a casa, vai tomar banho, vai fazer careta no espelho, vai fazer qualquer coisa, só não vá inventar de se apaixonar.

Pablo Reis Expresiones

A gente não se conheceu numa balada, nem através de recadinhos de amigas. A gente não foi pra nenhuma rua escura, nem para lugares distantes pra descobrir o que é ter alguém pra amar. Ele foi ao meu encontro, e eu fui ao encontro dele. Sem nenhuma pretensão ou planejamento. Ele estava ali, o tempo todo. Morava na mesma rua que eu, mas nós nunca tínhamos nos falado. Era lindo, aliás, tinha o sorriso mais bonito que eu já vi. E ficou mais lindo ainda, depois que nos demos o nosso primeiro beijo. E hoje, depois de tantos anos, eu ainda olho para ele e procuro entender como nosso amor foi acontecer. Mesmo depois de tantos beijos dados, brigas, choros, declarações, cobranças e momentos de emoção. Eu ainda não entendo como ele passou a ser a minha metade. Então, parei de ficar me questionando sobre isso e apenas viver esse amor, sem olhar pra trás.

(O cara)

Sabrina Gomes - Spiderwebs

BALADA GLS

Sempre quis ir à uma boate gay. Tenho uma admiração especial por esse universo e pelas pessoas que fazem parte dele. Para mim são pessoas que tem uma alegria diferente, vibrante, intensa, que contagia. E como o meu desejo era diversão… por que não?
Mas para que isso acontecesse, eu precisaria antes arranjar uma ótima parceria para a night. Eis que surge então o meu querido amigo de todas as horas: TOMMY! (“Claro que eu vou com você! Bora aí!”).
Confesso que estava ansiosíssima e não via a hora do Tommy chegar. Visual caprichado, a noite seria perfeita! E lá fomos nós, dois heteros prontos para desbravar a NIGHT GLS.
Estacionamos o carro e ficamos um tempinho na análise da área. Vi um senhor mais velho chegando com um carrão trazendo uns rapazes. Comentei: “Olha, Tommy, que legal. O povo aqui é bem mente aberta mesmo. Olha só o pai trazendo os filhos pra festa…”. Disfarça, gente, pois o tiozão desceu do carro e entrou junto na boate com os rapazes (ingênua eu, não?).
Lá dentro, música eletrônica (AMO!) e eu e o Tommy tentando conversar (música alta), dançando, dando muitas risadas, faceirinhos da vida. De repente anunciam que a Drag Queen fulana de tal iria se apresentar num show de bate-cabelo.
Mell Dells! As luzes se apagam (uhuuu). O Tommy mais grudado em mim do que carrapato. Eu também fiquei com um certo receio, sei lá. Agora as luzes piscavam, tremiam e ela desce as escadas. LINDA! DIVINA! PODEROSA! Um corpão de dar inveja a qualquer mortal (elas nunca tem celulite… Ai, que inveja!).
Ela dublava, dançava sensualmente e então enlouqueceu. Começou a balançar freneticamente as madeixas e foi aí que a música, as luzes, o meu coração, TUDO passou a vibrar no ritmo do cabelo dela e era só bate-cabelo, bate-cabelo, bate-cabelo! Fiquei até tonta, mas foi um espetáculo lindo. Adorei!
Mas a noite reservava mais surpresas… Eis que chegam os GOGO BOYS!
Gente, vou confessar aqui. Eu achava super vulgar quando via homens dançando na TV, juro! Mas ao vivo e em cores… Meninas! É simplesmente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O, de babar! E foi exatamente isso que eu fiz por quase 3 horas… Delirei total!
Os caras eram lindos, gatos! Um deles (o mais bonito pra mim) não tinha aquele tipo físico musculosão como de costume. Ele era alto, forte, bonitão, com um sorriso lindo, cabelo curto, mas nada de barriguinha tanquinho, era normal. Resumindo: o corpo da beldade era do jeito que eu adoro!
Eu nem piscava. Era como se ele estivesse ali de coturno e cueca box dançando só para mim. Eu tinha de lembrar a mim mesma de dançar, o tempo todo, porque senão eu parava e ficava só olhando, encantada com a cena.
Havia também uma noiva e suas amigas fazendo uma despedida de solteira e na hora em que o gogo boy se abaixou e elas, como feras, partiram pra cima do corpo dele, nem eu me reconheci! Senti que nada mais nesse mundo poderia me segurar. Quando dei por mim, já estava lá, acariciando a coxa grossa e linda do gato, extasiada.
O Tommy falou que eu parecia uma felina pronta pra devorar sua presa, com olhos de ataque, sabe. Parece bobeira, mas é sério, eu realmente não tinha ideia de que o corpo de um homem podia exercer tal poder, ser tão sexy, tão belo, tão sensual! O que sei é que depois daquela noite minha vida sexual jamais será a mesma. Daqui pra frente, pra ficar comigo o cidadão vai ter de literalmente REBOLAR!
Eu ali embevecida e de repente pára a música, diminui a luz e o povo se manda, até os gogo boys. Não acreditei. Que festa mais estranha. Então acaba assim? Calma. Todos foram convocados para irem a um outro espaço onde aconteceria nada mais nada menos do que… Adivinha? Shows de streaptease (ula-lá).
E a primeira seria uma mulher (já estava na hora, né Tommy?). Entra em cena então um bruta mulherão (juro, devia ter uns 2 metros!), vestida de vaqueira. Gente, pensa! Tudo, mas TUDO mesmo era gigantesco nela! Barrigão, bundão, pernão, cabelão, bocão, carão. Eu fiquei meio desnorteada. Foi tudo rápido demais, eu não estava nem entendendo e perguntei: “Ô Tommy, afinal, ela é homem ou mulher?”.
O Tommy, com uma expressão de espanto que eu (juro!) nunca mais esquecerei na vida, responde: “Eu sei lá que porra é essa!” e explodimos na risada.
Nossa, mas eu ri tanto, tanto que não conseguia mais nem falar, só ria, e o streap da gigante lá, correndo solto… Tive de ir ao banheiro porque senão um desastre aconteceria de tanto rir. Eu havia feito uma maquiagem estilo gatinha cheia das firulas com delineador e devido às lágrimas de riso, o “estilo gatinha” já tinha ido pro beleléu. Quando me olhei no espelho, parecia que eu havia levado dois socos, certinho, um em cada olho.
Tentei dar um jeito no estrago e correr pra lá de volta, mas perdi o final do streap. Diz o Tommy que ela ficou nuazinha em pêlo e que foi realmente algo que ele nunca mais vai conseguir esquecer: avassalador! Mas cheguei a tempo de assistir o maior espetáculo da Terra, ops, da noite.
Um executivo lindo, musculoso, tatuado, com uma leve barba (lindo, lindo, lindo!) de terno, gravata, óculos de grau e tudo mais, faria agora o streaptease mais perfeito que eu já vi na minha vida. Nossa… Que show! Ele convidou para dançar no palco, junto com ele, uma das amigas da noiva (a da despedida de solteira) e foi demais!
Ele a agarrou pela cintura e a ergueu. Ela estava de vestido curtinho e os olhinhos ávidos do Tommy fizeram a festa! O executivo então a colocou deitadinha no chão, ajeitou o vestido (que romântico) e começou a dançar (já estava só de calça e sem camisa) em cima dela. Se fosse comigo, minha gente, eu acho que tinha morrido! Ela desceu do palco e ele literalmente tirou TUDO. Ui!
Enfim, adorei o lugar, o ambiente (o Tommy se mata de rir quando eu digo que achei o ambiente família, mas achei superbacana mesmo), a música, as performances e as pessoas. Não fiquei chocada nem horrorizada com nada. Homens se beijando? Mulheres ficando umas com as outras? Travestis ficando com outros homens? Tinha sim.
Assim como também havia muitos casais heterossexuais, as amigas da despedida de solteira e eu e o Tommy. Pessoas iguaizinhas umas às outras, ou seja, únicas e especiais, somente a fim de se divertir e aproveitar a vida, procurando sentir que se está vivendo, procurando SER FELIZ.
No fim das contas, a noite valeu, VALEU MUITO A PENA! Dançamos até não poder mais, rimos a valer e eu só conseguia pensar em como eu AMEI minha primeira vez numa balada GLS e que, com absoluta certeza, essa será apenas a primeira de MUITAS!

Taís Krugmann

''No final da balada ele não vai poder te ligar, porque as mãos dele vão estar ocupadas de mais se entrelaçando nos cabelos de alguma mulher que ele está ficando. Sem mensagens. Sem ligações. Sem batidas na porta na madrugada. Sem procura. Sem sentir a sua falta. Sem você, e ele está levando tudo em uma onda ‘’take it easy’’. Ele está sendo feliz sem você.''

Haline Farias

Recitou aos ouvidos que logo morrerei
Amorteceu minha boca de doce balada...
Zero foram alguns dos beijos que dei
Com o sabor da fruta envenenada.

Envenenar com solidão um amante
É como empurrar um coração suicida,
Fixar sua morte em céu não estrelante
Ou ocultar do céu o luar da vida.

Hoje o amor me tornou um cadáver
Morto de amor, mas ao seu lado
Já que mataram seu maior aliado

Nas profundezas do seu ser infernal
Amante e amor ainda vivem por aí.
Sendo assim, morto operante é imortal.

Julio Leoncini

To precisando de férias, balada, pirar muito o cabeção... perder todo esse moralismo que criei em mim enquanto me envolvia em você. Porque você sai, evapora da minha vida... e ai não me sobra nada além de mais de um ano vivendo em torno de você, com algum lembranças cor de sépia, borradas de lágrimas. E isso, mais uma vez... Quantas mais?

Amanda Voguelle

Será que você possui amigos?
Na hora de ir para balada, eles estão contigo
Na hora do churrasquinho ou cervejinha, eles estão contigo
E quando você está doente, eles estão contigo?
Agora, pense bem se você tem amigos...

Mr Vick Boy

O Homem ir pra balada e pegar varias é fácil, Difícil é fazer uma só Feliz!

Cil Alves