Balada

Cerca de 146 frases e pensamentos: Balada

Balada das Palavras Perdidas
- Madalena Iglésias
Em menina fui à escola
P´ra aprender
A escrever, a contar
A viver
E as palavras eram mundos
encantados
Só lá ia quem sabia tirar os
significados
Pouco a pouco
Fui largando o dicionário
À medida que na vida
Fiz o meu caderno diário
E as palavras que este mundo
Que em criança entrevi
Letra a letra, uma a uma,
Mágoa a mágoa eu perdi
No teu amor há letras de
falsidade
Leio a mentira onde escreveste
verdade
Letras mortas, uma esperança,
uma ilusão
Letra devolvida e também o
perdão
São iguais. mas agora onde
estou
Tão sem norte que uma vida é
vida demais
Pra nós se é destino
caminhamos
Tuas mãos em minhas mãos
Caminhemos lado a lado
Meu amante mas irmão são
iguais
Nas palavras
Mas agora onde estou

Dersilio Antonio

Copo cheio, relações vazias. BH virou sinônimo de open bar. A excitação e ansiedade pela “balada perfeita” traz como conseqüência do dia seguinte a carteira vazia e o fígado cada vez mais debilitado; isso para não mencionar os resultados da trágica mistura “álcool + volante”.

É assim que muita gente tem vivido por aqui; buscam fugir dos problemas, frustrações e insatisfações em ambientes superficiais, onde a “alegria” é efêmera e desprovida de sustentação. Chega a ser um vício muitas vezes difícil de detectar. A fórmula já é mais do que conhecida: bebida liberada, ambientes super povoados e imagem sobrepondo ao conteúdo.

Não há nada de errado em curtir uma balada, sair para se distrair, deixar de lado as preocupações. O problema é quando a exceção vira regra, quando a quantidade é mais importante que a qualidade. O “baladeiro” não quer perder seu tempo se preocupando com os outros, quer satisfazer seu ego e suas vontades a seu tempo e modo e em seguida partir pra novas aventuras. São pessoas que não suportam a própria cia, precisam desesperadamente da adrenalina alcoólica para se sentir preenchidas. E o ritmo tende a acelerar cada vez mais, já que o efeito da “droga” é curto.

Em meio a tudo isso temos ainda o paradoxo de que grande parte dessas pessoas anseiam e procuram por alguém que supostamente seria o responsável para encerrar toda essa fase descompassada. Ora, sendo bastante simplista: se nesse tipo de ambiente dificilmente se consegue ouvir a voz do outro, como seria possível conhecer uma pessoa disposta a iniciar um relacionamento sério? E mais, por que acreditar que um namoro tem o poder de consertar tudo e colocar as coisas no lugar? Somos inteiramente responsáveis pela nossa felicidade, estando acompanhados ou sozinhos. Atribuir a alguém o poder de solucionar nossos problemas é o primeiro passo pra derrocada de uma relação.

Como já foi dito certa vez, vivemos na era do “fast-food” e da digestão lenta, do homem grande, mas de caráter pequeno; das casas chiques e lares despedaçados; do excesso de vaidade e lucro e das relações vazias. Para aqueles que insistem em permanecer no ciclo vicioso da futilidade, meus pêsames. Ninguém é melhor do que ninguém, o que temos de mais valioso não é possível se enxergar a olho nu e as nossas melhores experiências não são vivenciadas quando estamos bêbados. Portanto, saia do “transe” enquanto é tempo, tem muita coisa interessante por detrás das cortinas deste espetáculo bizarro.

Filipe Rabelo de Melo

E quantas vezes já se ouviu por aí, que na balada ninguém quer nada com nada, que só tem o que não presta, que é uma vida vazia, e assim por diante? Não é bem assim... Na balada, assim como na vida, há de "tudo", pessoas, vontades, situações, inúmeras experiências, prontas para serem vivenciadas. Algo curioso, que muitas vezes acaba ocorrendo, é umaa ingênua distorção da principal proposta da balada, que seria o lazer, para uma "missão de guerra". Há todo um "folclore social" construído, no qual severas expectativas são geradas, os meninos se cobram a "pegarem alguém", e as meninas a "serem desejadas", e se isso não ocorrer, para muitos a noite será um verdadeiro fiasco. Isso quebra com o maior encanto que a noite reserva; o mistério! A magia da noite, mora na despretensão, na espontaneidade, no sair para se divertir, dar boas risadas, curtir, beber com os amigos, pagar micos, é não saber o que vai encontrar, as situações que vai se deparar, as pessoas que vai conhecer, as amizades que vai fazer, os desejos que vão acometer, os lances que vai viver, e os amores que podem acontecer. Eu particularmente, passei por diversas situações na balada, positivas, negativas, vivenciei momentos únicos de felicidade, dei muitas gargalhadas, dancei além da conta, bebi só um "pouquinho", conheci pessoas fantásticas, fiz grandes amizades, também vivi, claro, alguns romances, outros "apenas uma noite", fiz alguns vínculos, e principalmente, esbarrei num grande amor. O que importa de verdade, é como você se percebe, e percebe as coisas ao seu redor, o quanto você está de braços abertos para o que a vida reserva, o quão disposto a se permitir, experimentar-se no mundo você está, e isso independe do lugar que você está pisando, é questão de ser, e atrever...

Abílio Rosa Jr.

Prazeroso de verdade é ter quem te conforte da porta para fora da balada. Alguém que te sinta além da maquiagem, do salto alto. Que veja beleza nas suas lágrimas e seja o seu porto-seguro naqueles momentos em que a chuva está forte. Alguém que te enxergue além dos títulos e da conta bancária. Alguém com quem você possa se dar ao luxo de conviver também com os defeitos porque amor de verdade não é apenas atração física, muita gente se confunde.
Um relacionamento não pode se sustentar na cama, nas aparências. É o que eu tanto vejo hoje: garotas engravidando dos caras para não trabalhar nem estudar, apenas ter vida boa enquanto alguém trabalha duramente. Tudo bem, se elas se sentem felizes assim, de que me importa? Postando nas redes sociais que têm o cabelo, as roupas da moda e um Instagram cheio de fotos enfeitadas é o que conta, muito mais do que a veracidade dos fatos... Lamento dizer que nosso mundo é interesseiro.

A Governanta Webnovela

Mary Princess

Chega uma hora que não importa quanto a balada esteja boa, chega uma hora que você cansa de segurar esses copos e começa querer segurar a mão de alguém .

Arilson Queiroz

"A balada te faz encher os olhos, lembre-se que a mesma lhe furaram os olhos e lhe impedirá de enxergar a luz de Cristo Jesus."

EDuardo silva

Paga de Loco Na Balada, Mais tem Medo do Vizinho Na Janela..
Vodka Pra Disfarçar!

Vitor Cigano

O rádio é nosso guia a balada nossa inspiração.

Rodrigo milla

Balada Cardíaca

Coração
que é coração
venera
uma paixão severa
que ameniza o calvário
fiel depositário
da quimera

Coração
que é coração
exagera
é coração ao avesso
contrário
a tudo que se quisera
pressa
traduzida em espera
fogo revolucionário
véspera da primavera

Solda

BALADA
Faz de conta que me beija, mas me morde com uma voracidade incrível... Sou tudo que me pedes e sou o que eu sou. E, os teus olhos são desejos ardentes no breu da noite.
Gosto da coisa louca que me arrasta; esse véu de ir, sem saber pra onde estou indo.
Somente a questão de espezinhar contradiz tudo: o boçal esperneia e o normal toma café. - É meu drinque predileto!
Não suporto a cor mórbida das olheiras nefastas, nem o brilho do farol do teu carro azul...
Sou eu quem me revelo no acostamento das estradas.
Estrelas e estradas são caminhos que nos levam ao sonho.
Se eu sonho em displicência, é problema meu.
Sou eu quem procura à sombra para poupar a tua fronte, mas sou o sol ardente pela fresta e empresto o rubor dos dias marcados pelo suor.
Meu corpo deseja, e todo desejo padece.
E, não sei o que acontece, tremo do teu lado, à tua volta.
Faz de conta de tudo e, mais uma vez,
Que me ama...

Márcio Silva

BALADA DE UM AMOR PERDIDO

EU TE IMAGINO EM MEUS SONHOS
NO MEU DIÁRIO ESCONDIDO
MEU SAMBA DE COCA-COLA
MEU TANGO AO SOM DE CAZUZA
MEU CÉU DE UMA ESTRELA
MEU BEIJA-LOR ESCONDIDO
DO NOSSO AMOR FANTASIA
DE UMA PAGINA FECHADA
SUPER-HOMEM PERDIDO
DOS BEIJOS ATRAZ DA JANELA
DOS MEUS POEMAS NÃO LIDOS
RASCUNHO DE NOSSA HISTÓRIA


EU FIZ UMA TRILHA SONORA
QUE LEMBRARIA NOS DOIS
QUE LEMBRE UM POUCO
UM POUCO DÁS NOITES
ONDE TE OLHO CALADA
SÓ TE OLHANDO ME BASTA
MESMO QUE TU ME MINTAS
EU FINGO QUE ACREDITO
PARA TE VER OUTRA VEZ
MEU BEM APENAS ME DIGA
DIGA ONDE EU TE ENCONTRO
PARA EU MATAR A SAUDADE
DANÇANDO AO SOM DE CAZUZA
UM TANGO COM COCA-COLA

sandra azevedo mello

Balada do amor

Voe o mais alto que puder.
Viva a sua vida com tamanha intensidade que nem mesmo você a possa acompanhar, e na velocidade do amor seja levado ao mais longínquo dos lugares em que se possa estar, pensamento sem relutar, sinta sua vida vibrar de tanta emoção que no pulsar do seu amor seu coração venha dar pulos de felicidade, o amor nos dá asas e nos ensina a cair sem se machucar ou talvez nos machuque sem se dar conta que havia machucado outras vezes e nem se quer seqüelas deixou, deixe que o amor lance sobre você seu gosto sem juízo, é o sabor da lembrança deliciosa, sumo do desconhecido fruto da avidez, jamais lute contra ele, apenas o desfrute com a sensibilidade de um anjo, pois o sorriso angelical irá te fazer conhecer o destino dos apaixonados que nada mais é que a saga do amor em ascensão, sempre crescente, coração que sente na alma e ouve uma linda canção, arrepio do corpo, simples sensações delicadamente disfarçadas pela emoção, o caso é sério, a vida é séria, mas o amor é comédia melodramática, dessas que nos fazem sorrir e chorar, o choro mais intenso, mas a felicidade nunca sentida, ferida que não quer sarar, vínculo formado por algemas invisíveis simples argumentos encontrados pelo coração, não existe o não com sanidade, abduzir o amor de uma vida é morrer sem estar morto de verdade, salvar uma noite sacrificando o dia, rezar para ela chegar sorrindo e te fazer delirar, comer o pão da vida sem se saciar, somos mais que simples mortais, estando eternamente alojado na vida de outrem como diamante fragmentado em uma rocha, mas tudo pode acabar num simples sopro, e apenas a lenda da vida continua, pois o amor só deixa marcas em quem ficou.

Paulo Master

Balada de Uma Saudade - Catedral

Quando a noite chegar
E a chuva cair do céu
Eu sei que vou te procurar
MAs onde está você?
Tá tão vazio aqui
Não sei viver com essa solidão

Perdoa se eu chorar
É que a saudade dói demais
E a tua ausência só me traz
Lembraças e eu sei
Que faria tudo enfim
Pra ter você aqui, perto de mim

Mas se você quiser
Alguém pra te ouvir amor
Não precisa chamar, pois eu
Do teu lado estarei
E seja como for
Será assim pra sempre
o meu amor

Mesmo se eu não te ver mais
A saudade vai marcar
Em uma canção
Tua imagem no meu coração

Mesmo se eu não te ver mais
A saudade vai marcar
Em uma canção
Tua imagem no meu coração

Tua imagem no meu coração !

Catedral

A balada


Do outro lado do bar daquela danceteria, a multidão como mágica desapareceu diante de meus olhos, assim foi fácil avistá-lo, aquele barulho entopercedor se desligou de meus ouvidos, nada mais ouvi e nada mais vi, exceto ELE, neste momento o mirei, sabia dos riscos, da promessa que havia lhe pedido para cumprir, mas fui tomada por uma força maior e sem controle meus pés começaram a marchar firmemente em sua direção, olhei em seus olhos como se eu pudesse hipnotizá-lo, eu sabia que algo muito importante estava para acontecer em nossas vidas, seria uma prisão ou uma libertação, não tinha ainda essa resposta, mas sabia que haveria uma grande transformação. Posicionei-me em sua frente e o empurrei como se eu quisesse tirá-lo daquela mentira que ele insistia em viver, então perguntei: PORQUE VOCÊ É ASSIM??? Ele então me segurou pela nuca, entrelaçando seus dedos em meus cabelos, naquele momento pensei: NÃO, VOCÊ NÃO PODE, VOCÊ ME PROMETEU, mas ele conseguiu ler em meus olhos que na verdade eu não queria que ele cumprisse a promessa e foi aí, nesse exato momento, que a Bela encontrou a Fera, sentindo seus lábios nos meus, saí do meu corpo, como diversas vezes aconteceu nos 4 meses seguintes, por medo de me permitir viver aquilo, que em minha opinião não era certo, uma moça decente não faz isso, no dia seguinte eu não sabia distinguir o real do surreal, nada tinha a ver com a ressaca de todas as misturas alcoólicas que fiz, eu realmente queria acreditar que não fiz algo que para mim, não era ético, mas aos poucos a realidade foi caindo sobre mim sem piedade e assumi, SIM, EU O DEIXEI ME BEIJAR, mesmo o empurrando, o deixei me beijar de novo, a força que nos puxava um para o outro era tamanha que só o chão pode nos segurar, me levantei furiosa, mas ele não queria saber de mais nada, me beijou novamente. A confusão dentro da minha cabeça tomou conta e disse a ele: VOCÊ VAI SE ARREPENDER, eu queria fazer qualquer coisa para ele ficar com raiva de mim e nunca mais olhar na minha cara, agarrei o primeiro idiota que vi na frente, achei que isso o afastaria de mim, mas quando o destino está traçado, não há como fugir.
Hoje, já tenho a resposta, foi a minha libertação, de minhas hipocrisias, de minhas injustiças com o pré julgamentos, de minha imaturidade, de minha ingenuidade, de minha exacerbada confiança nas pessoas, meu mundo "cor de rosa" totalmente imaginário. Foi graças a ele, que além de me libertar me descobri, o encontrando me encontrei.
HOJE SOU UMA MULHER COMPLETA,
FELIZ, ALIVIADA, CURADA, OBRIGADA POR INVADIR MINHA VIDA...



Fran

Adryforever

Então eu posso, tenho passe livre. Meu coração não tem apego a ninguém. Estou solto na balada, correndo no fluxo, sem pretenções ou intenções. Olho, observo, analiso e vejo no que dá. Chego em casa e, independente do que aconteceu, continuo sem a necessidade de ligar pra alguém e dizer: - Oi, amor! Essa noite você fez falta. Tentando enganar a si mesmo. Preenchendo o peso da consciência. Não, melhor não prometer nada. Melhor não dizer nada. Se você não estiver pronto para o amor, não brinque com ele. Siga solteiro e deixe claro que essa é a sua condição até que alguém te prove o contrário. Sem mais.

Valmir Mizio

Maquia a tristeza com uma requintada felicidade, vai para balada e faz aquela selfie com a seguinte legenda: Felicidade é isso! Como se a felicidade se resumisse a embriagar corpo e alma profundamente com uma superficial e passageira felicidade. Bem como diz a letra daquela música: De copo sempre cheio e coração vazio!

Leandro M. Cortes

Nos conhecemos numa balada há alguns anos atrás. Ficamos naquela noite, depois namoramos e nos casamos. Faz pouco tempo que estamos casados e ainda não temos filhos. Eu amei ela desde o instante em que a vi naquela noite. Mas eu sempre soube que ela não me amava. Ela diz que sim, mas sei que não. Algumas vezes encontro-a chorando em nosso quarto. Outra noite escutei ela sussurrando um nome enquanto dormia. E não era o meu...

Sabrina Niehues

NA BALADA CHEGO CEDO

Na balada eu chego cedo
Na balada eu chego cedo
Depois da meia noite rã eu já tô bebo
E tou bebo tou bebo
Fazendo desmantelo

Depois da meia noite mulheres viram sereias
Depois que eu to bebo Não tem mais mulher feia

No começo da balada vou escolhendo

No final eu já não tô vendo E pegando a primeira que vier
Eu não tô nem ai
Porque Eu quero é mulher

Vem dançando de ré vem dançando de ré vem dançando de ré sabe porque

Na balada eu chego cedo
Na balada eu chego cedo
Depois da meia noite eu já tô bebo
tou bebo tou bebo
Fazendo desmantelo

Compositores.poeta Antonio Luís e Andynho magnata
09/07/2015

Antonio Luis

Trancaram o amor, venderam o seu valor
trocaram o sentimento por balada, por rancor

Deiviby

Um homem sem camisa em uma balada, não pode ser considerado como um homem certo. Mas sim, um dos errados.

Amauri Lucas