Nessahan Alita

Encontrados 19 pensamentos de Nessahan Alita

Esteja além do bem e do mal. Extraia o bem que há no mal e tome para si. Retire o mal que há no bem e jogue-o fora.

Nessahan Alita

Conduz-se facilmente a crença alheia quando se tenta direcioná-las no rumo de suas tendências naturais: seus desejos e medos. As pessoas acreditam facilmente no que temem e no que desejam.

Nessahan Alita

Toda vez que um homem tenta viver um "grande amor" uma terrível desgraça o acomete. O amor passional é muito próximo do ódio por ser irracional, instintivo e animal.

Nessahan Alita

Antes de mais nada lembremos que morreremos e seremos esquecidos. Portanto, busquemos a felicidade dentro da alma e não fora. Entreguemo-nos ao nosso Espírito. Somente ele estará conosco após a morte.

Nessahan Alita

A solução está em não desejar nada, não exigir nada, não esperara nada!

Nessahan Alita

Os machos humanos são muito vulneráveis a falsa crença de que as fêmeas são seres inofensivos e indefesos. Negligenciam totalmente o imenso poder destrutivo que possuem no campo das emoções. Somente depois de muitas experiencias amargas se dão conta do imenso estrago que as bonecas deliciosas são capazes de fazer em suas vidas.

Nessahan Alita

O Poder Feminino. O poder das mulheres é o poder de manipulação dos sentimentos e dos pensamentos de outras pessoas e grupos, de ambos os sexos, através dos quais elas comandam as sociedades em que vivem e também os homens detentores do poder.

Nessahan Alita

É um fenômeno curioso: a espertinha te induz a se aproximar mas em seguida
barra a aproximação. Ao exigir a entrega do coração, a espertinha o está induzindo à
perseguição e ao assédio pois não há sentimentalismo passional sem exigência de
presença e proximidade do objeto amado. Contraditório e ilógico? Não, apenas frio e
calculista. Qual é a lógica ou o sentido de tal comportamento aparentemente
contraditório? Mantê-lo escravizado emocionalmente, preso pela paixão para sempre,
amando-a por toda a eternidade, sem ser correspondido e sem receber nada em troca.
Inconsciente? Não, proposital e calculado. Qual é a motivação? O egoísmo sentimental
absoluto. Como isso é possível? Pelo simples fato de que as desejamos
desesperadamente enquanto elas são quase indiferentes a nós.

Nessahan Alita

As provocações irritantes estão estreitamente relacionadas a uma tendência
comportamental que as torna absolutamente refratárias ao controle: o hábito de fazer
exatamente aquilo que percebem que não queremos que façam. Desarticulamos este
vício se nos tornarmos "lisos" e desconcertantes. Nos tornamos desconcertantes quando
falamos pouco, concordamos com tudo mas, ao mesmo tempo, sabotamos tudo e não
colaboramos com nada, deixando-as agirem sozinhas enquanto as observamos "de fora".

Nessahan Alita

Quando não for capaz de provocar sofrimentos amorosos e concluir
definitivamente que jamais vencerá a guerra da paixão, a mulher ficará à espera de um
momento estratégico que permita um afastamento súbito que deixe fortes marcas,
lembranças e expectativas no ar. Em um último ato desesperado, se mostrará
maravilhosa em todos os sentidos na esperança de deixar uma marca bem forte na
memória e nos sentimentos do homem, na tentativa de induzí-lo a embriagar-se, antes
de deixá-lo sem aviso prévio. Se você fraquejar e embriagar-se com este veneno, ela
então se afastará sem libertá-lo destas correntes, para que sofra para sempre. Terá sido a
sua última vez. De alguma maneira, por meio dos mais variados artifícios, sua deusa-
demônio preservará esperanças em sua mente para induzí-lo a esperar pela eternidade.
Talvez minta, dizendo que um dia voltará a procurá-lo. Talvez diga claramente que não
o quer mais, mas, propositalmente, sorria de forma doce ou, hipocritamente, mostre-se
preocupada e cuidadosa com você, para que sua esperança seja preservada, o que
constitui um ato de má fé. A certeza, a definição e a clareza serão negadas de forma
intencional e consciente. No fundo, apesar das aparências, ela dará um jeito de não
libertá-lo, de deixá-lo esperando. E não se sentirá criminosa pois sua natureza não lhe
permitirá compreender o horror do crime emocional que cometeu. Observe que elas
agem como se não possuíssemos sentimentos e ofendem sem hesitar aquilo que para nós
é o mais importante e caro: o amor que sentimos por elas.

Nessahan Alita

Justamente por se processarem na obscuridade, os infernais joguinhos de sentimento são difíceis de detectar, prever e combater. A dificuldade é agravada pelo fato de nossa credulidade (voto de confiança) em palavras não ser reconhecida como uma virtude a ser retribuída com sinceridade. Ao contrário, a credulidade é vista e aproveitada como uma oportunidade para que neguem tudo o que está acontecendo e deste modo nos ludibriem e nos mantenham confusos.

Nessahan Alita

É muito comum que, após vários dias de tratamento estável e sem conflitos, ela suprima repentinamente algumas manifestações de carinho às quais sua "vítima" estava acostumada. Ao mesmo tempo, preservará outros atos carinhosos para criar uma indefinição que confunda o parceiro. Isso é feito quando não estamos esperando, nos momentos em que as coisas vão bem, para que sejamos
pegos de surpresa. A intenção desta ação manipulatória é forçar o homem a demonstrar que sofre e ainda está apaixonado. Trata-se de um teste periódico que
visa medir o grau de dependência e avaliar a submissão passional. Se você se perturbar, demonstrará seu sofrimento por meio da linguagem corporal e a deixará
feliz da vida. A melhor solução para destroçar este joguinho infernal é simplesmente afastar-se em silêncio ou interromper o contato imediatamente após
detectar o menor indício de comportamento estranho. Então aguarde, aguarde e aguarde. Se você for procurado, desmascare e exclua definitivamente da relação
aqueles mesmos gestos carinhosos que antes lhe foram negados. Se você não for procurado, fique contente pois isso significa que ao seu lado havia apenas uma
criatura que não prestava para nada além de mentir.

Nessahan Alita

A infelicidade amorosa das mulheres muitas vezes é devida ao seu bloqueio, que costuma afastar os bons e dar sinal verde aos imprestáveis, desonestos e medíocres.

Nessahan Alita

O desejo da continuidade é o desejo de exercer o poder sobre a alma do
homem por meio de suas necessidades sexuais e afetivas, as quais devem ser
incendiadas ao máximo e nunca satisfeitas.
É este desejo de continuidade que o sedutor ativa para que as mulheres
o persigam. As mulheres parecem ser altamente vulneráveis à rejeição
masculina, assim como nós somos vulneráveis a decotes, minissaias e à
conduta feminina voluptuosa. A vulnerabilidade feminina principal é o desejo
de continuidade do interesse masculino. Obviamente, há outras
vulnerabilidades fortes, tais como os desejos de proteção contra aquilo que
temem, de ter dinheiro, de humilhar as rivais, de vingar-se dos rejeitantes e de
satisfazer a curiosidade, mas o desejo de continuidade parece ser a
vulnerabilidade dominante, à qual as demais se somam. A inveja das rivais é o
que as mobiliza a conquistarem um homem que estiver acompanhado por uma
mulher linda. A curiosidade as mobiliza a tentarem atrair um homem
misterioso. O desejo de poder as leva a se insinuarem para os mais ricos. O
medo as leva a procurar os protetores e liderantes. Mas todos esses casos são
perpassados pelo desejo da continuidade. As várias vulnerabilidades femininas
se reforçam mutuamente, desenhando um panorama das fraquezas emocionais
por onde as mulheres podem ser tomadas por homens vadios e inúteis, mal
intencionados, mas também por onde poderiam ser arrebatadas por homens
bons, se estes prestassem mais atenção no que estamos apontando.

Nessahan Alita

A adaptabilidade exige maleabilidade comportamental. O homem precisa ser capaz de oscilar de acordo com as necessidades.

O comportamento adaptável é um comportamento espelho: você a segue para onde ela vai, acompanha-a e extrai as vantagens possíveis das situações que vão surgindo. Se ela te rejeitar, afaste-a; se ela for receptiva, receba-a; se ela não falar com você, não fale com ela; se ela for carinhosa, seja carinhoso; se ela for fria, seja frio; se ela disser “não gosto de você”, diga “ainda bem!”; se ela disser”você não me atrai”, diga “você também não”; se ela disser “eu te amo”, diga “eu também”; se ela marcar um encontro e não ir, marque outro encontro e não vá; se ela rir de você, olhe para ela com ar de deboche; se ela olhar nos seus olhos; olhe nos olhos dela; se ela te ajudar em algo, ajude-a ainda mais em algo que ela precisa. Vá com ela, acompanhe-a.

Nessahan Alita

Temos que reconhecer os momentos adequados para dar-lhes carinho (protetor e liderante). Não podemos ser carinhosos o tempo todo, como querem os “manginas”, “miguxos” e “matrixianos”. O homem polarizado no carinho se torna detestável e repulsivo. Particularmente, acredito que o carinho somente deve ser dado em momentos específicos, quando não provocarão reações indesejáveis de afastamento e rejeição por parte da parceira. Tentar ser carinhoso com uma mulher no momento errado é afastá-la ainda mais. Do mesmo modo, comunicar desinteresse na hora errada é desastroso. Tudo tem o seu momento adequado, propício. O observador perspicaz e livre de condicionamentos comportamentais sabe dosar e modificar suas ações conforme as necessidades. Há situações em que o ideal é o carinho intenso, há situações em que o ideal é a frieza e a há situações em que o ideal é afastá-las de nós. É a disposição feminina que o decide. Estou me referindo a um carinho protetor e liderante, não estou me referindo a nenhuma forma de pieguice sentimentalista.

Nessahan Alita

Como as mulheres oscilam muito, há momentos em que elas estão receptivas e há momento em que estão refratárias. Quando estão receptivas, são amáveis, sorriem e manifestam interesse. Quando estão refratárias, fecham a cara e estabelecem uma barreira à aproximação. Os homens adaptáveis as abordam sem demora quando se mostram receptivas, mas as afastam imediatamente ao constatarem que estão refratárias (e, deste modo, não permitem que ocorra nenhuma interação hostil). O homem rígido não é capaz de tais manobras, se perde no meio da confusão e interage de forma conflituosa.

Nessahan Alita

Hoje em dia, elas não respondem às mensagens eletrônicas e não atendem o celular. No passado, na pré-história, elas provavelmente se escondiam nas cavernas ou no meio do mato, evitando o macho. Mas, na essência, o comportamento é o mesmo: tornar-se inacessível para roubar do outro as certezas

Nessahan Alita

Se sua mulher ou namorada ficarem preocupadas com sua seriedade e severidade, chegando mesmo a ficar com medo, acalme-a com um ardente beijo na boca, enquanto a segura pelos cabelos, fingindo ser um troglodita, mas sem machucá-la de verdade…

Nessahan Alita