Maria Helena Sobral

Encontrado 1 pensamentos de Maria Helena Sobral

Carpe Omnius!¹
Ingenuidade achar que alguma coisa dura pra sempre. Amizades, paixão, TPM, melancolia, inspiração, aquela pizza de ontem que você encontrou no fogão, o beijo no cinema, chocolate...tudo acaba!
É a boa e velha história do passageiro, do "Eterno enquanto dure" de Vinicius de Morais², da mortalidade humana que nos diferencia dos deuses gregos. O pior de tudo é que nós, seres de tão pouca visão, achamos que o hoje vai ser igual ao amanhã e assim sucessivamente. Acabamos nos esquecendo do mais importante: do agora. Não é sentindo saudade daquele show maravilhoso do mês passado nem planejando aquela praia com os amigos no sábado que podemos dizer que aproveitamos o que a vida proporcionou.
É beijando aquela menina que te encara desde o início da festa(atitude!), é correndo pelado na praia quando o álcool se torna parte de você(baseado em fatos reais), é chorar com as primeiras palavras do seu filho, é vibrar com as 19(até agora) medalhas de ouro do Brasil no Pan sem esquecer de quantos são baleados, estupradas, assaltados e agredidos do lado de fora do ginásio/hipódromo ou qualquer outro lugar que esteja rolando competições, é dizer "Mãe, tou grávida!", levar um bofete e depois sentar com ela na cama pra acariciar a barriga da, antes, filha, agora, mãe; é tudo isso e muito mais!
O agora é impossível definir. É algo extremamente complexo e, ao mesmo tempo, tão bobo. Depende de quem o esteja vivendo, de como esse alguém vai transformar seu agora.
Se chorar, que seja pelo que não fez. E mesmo assim, isso é remoer o passado. A lei agora é a do título!
Torne seu agora inesquecível...agora!
Saudade? Tá bom..é permitido(ninguém é de ferro!).
Relembrar? Jamais!
Tou avisando... é perca de tempo.
Planejar? Jamais! Marcar, no máximo!
Carpe Diem...Carpe Omnius!

Maria Helena Sobral