Jorge Aragão

Encontrados 8 pensamentos de Jorge Aragão

Namoro proibido

Fala pra mim que me ama e você vai ver
Como se faz feliz um triste coração
Como se mata um ser carente de prazer

A gente fica a noite inteira se olhando
Mas eu não posso chegar perto de você
Por esse olhar estou me apaixonando
Namoro proibido é que dá mais prazer

A gente fica a noite inteira se olhando
Mas eu não posso chegar perto de você
Por esse olhar estou me apaixonando
Namoro proibido é que dá mais prazer

Meu amor eu faço tudo com você
Assumo o que acontecer deixa acontecer

Meu amor eu faço tudo com você
Assumo o que acontecer deixa acontecer

Jorge Aragão

Fizeram tanta coisa pra nos ver sofrer
Contaram tanta história de mim pra você
Brindaram nosso drama
Ao som da nossa valsa
Uma platléia fria, tão falsa
Mas o pior de tudo é que ficamos sós
Ouvindo uma canção que falava de nós
Armaram uma trama
Trocaram nossa valsa
Uma platéia fria, tão falsa

Bem que te avisei que no nosso abraço
Tinha um coração fora do compasso
Mas, você nem ligou
Bem que te avisei que no nosso abraço
Tinha a mão do mal desatando o laço

E não deu outra foi o fim
no gravador do meu telefone
a sua voz embargada
De pavor
Pede clemência
Jura inocência
com minha ausência
Diz que aprendeu a dar valor

Jorge Aragão

O ar que se respira
Agora inspira a novos tempos
Os sonhos meus e os teus
Decoram o nosso apartamento
Lá fora a sorte em trama
Enquanto aqui reflete
A lua em nossa cama
E a vida segue assim
Tão docemente vista
Da sacada da varanda
Eterna, plena
Adormecida sobre as ondas
E eu vizinho de uma estrela
Adoro vê-la iluminando
O meu pedaço
Foi Deus quem me mandou
Seguir seus passos
Pensando bem
A lua tem seus traços
E o céu desaba em nosso corredor
Esse é o nosso amor

Lençol de fogo no frio
A porta aberta pro cio
Brincar de amor...

Jorge Aragão

Ontem
Revirando uma gaveta de repente
Dei de cara com a saudade em minha frente
Era uma fotografia, de perfil você me olhava
Pois é
Parecia já que adivinhava
Que não mais daria certo o nosso amor
Parecia que já presentia a dor
Pois no verso uma dedicatória, tráz
Que eu lhe tenha na memória
Sempre mais
A foto amarelou

E aquele amor que o tempo engavetou
Ao lado de um sachê
Me trouxe até você

Um filme que passou
Espero que você seja feliz, como eu sou
Um filme que passou
Feliz, mas sem você
Só hoje é que eu pude entender

Que ontem
Parece que foi ontém...

Jorge Aragão

Mas ninguém é tão perfeito
Nem é dona da verdade
Não condeno seus defeitos
E já cansei de tolerar
Só você quer ter direitos
Você gosta de mandar
Pega leve no seu jeito assim não dá

Jorge Aragão

Sem lhe conhecer
Senti uma vontade louca de querer você
Nem sempre se entende as loucuras de uma paixão
Tem jeito não
Olha pra mim
Faz tempo que meu coração não bate assim
Não faz assim, me diz seu nome
Não me negue a vontade de sonhar
De sonhar os meus sonhos com você
Despertando pro seu adormecer
Seria bom demais
Que bem me faz, você.

Jorge Aragão

Por mais que essa dor possa durar,
é preciso amar
pra se recompor de um amor.
Afinal,
nunca foi em vão
reabrir o coração.
Se a ternura se escondeu
nas entranhas da mágoa,
é sinal que valeu...

Jorge Aragão

É tanta essa dor, mais tento manter serena

Agora só falta alguém me dizer que pena

Eu tenho o dom de esconder a verdade

Estou com saudade

Claro que contra a vontade quer saber

Desejando você

Voltar pra ver que não era pra ter que sair de mim

E venha aceitar se perder num abraço

Sentir-se coberta de fogo e ternura

Que eu tenha poder pra invadir seu espaço

Tomara que um dia sua intimidade

Lembrando de mim, faça amor na saudade

Que eu possa traduzir seu prazer e fim!

Jorge Aragão