Jane Austen

Jane Austen (16 de Dezembro de 1775 - 28 de Julho de 1817) foi uma escritora inglesa, considerada como a segunda figura mais importante da literatura inglesa depois de Shakespeare. [Biografia de Jane Austen]
1 - 25 do total de 63 pensamentos de Jane Austen

Metade do mundo não consegue compreender os prazeres na outra metade.

Jane Austen

Como bom cristão, tendes de perdoá-los, mas jamais deveis admiti-los na vossa presença, ou permitir que os seus nomes sejam mencionados diante de vós.

Jane Austen

Receio bem que a agradibilidade de uma ocupação nem sempre revele a sua propriedade.

Jane Austen

Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas.

Jane Austen

O negócio pode trazer dinheiro, mas a amizade raramente o faz.

Jane Austen

Muitas vezes perdemos a possibilidade de felicidade de tanto nos prepararmos para recebê-la. Por que então não agarrá-la toda de uma vez?

Jane Austen

Jane: [...] Grande parte das vezes é a nossa própria vaidade que nos ilude. Para as mulheres, a admiração que elas crêem no objeto significa mais do que aquilo de fato se trata.

Elizabeth: E são os homens que se encarregam de as convencer.

Jane: Se é propositalmente que o fazem, não têm desculpa; mas não creio que no mundo haja tanta duplicidade, como a maioria das pessoas pretende fazer acreditar.

Elizabeth: Estou longe de atribuir à duplicidade alguma faceta do comportamento de Mr. Bingley; mas o que certo é que, mesmo sem se planejar fazer o mal ou tornar os outros infelizes, podem-se criar situação de equívoco e sofrimento. Refiro-me à inconsistência, à falta de atenção para com os sentimentos dos outros e à falta de poder de resolução.

(Orgulho e Preconceito)

Jane Austen

A imaginação de uma senhora é muito rápida; pula da admiração para o amor, e do amor para o matrimônio em um segundo.

Jane Austen

A vaidade e o orgulho são coisas diferentes, embora as palavras sejam frequentemente usadas como sinónimos. Uma pessoa pode ser orgulhosa sem ser vaidosa. O orgulho relaciona-se mais com a opinião que temos de nós mesmos, e a vaidade, com o que desejaríamos que os outros pensassem de nós.

Jane Austen

Elizabeth: Eu me pergunto quem descobriu o poder da poesia para espantar o amor.
Darcy: Achei que fosse o alimento do amor.
Elizabeth: Do amor belo e vigoroso. Mas se é apenas uma vaga inclinação, um pobre soneto o liquidará.

Orgulho e Preconceito

Jane Austen

Seus olhos erravam por aqui, por lá, por toda a parte, maravilhados. Ela viera para ser feliz, e já se sentia feliz.

Jane Austen

devo ater-me a meu próprio estilo e seguir meu próprio
caminho. E apesar de eu poder nunca mais ter sucesso deste modo, estou convencida de que falharia totalmente de
qualquer outro.

Jane Austen

I must keep to my own style and go on in my own way. And though I may never succeed again in that, I am convinced that I should totally fail in any other.

Jane Austen

"The more I know of the world, the more I am convinced that I shall never see a man whom I can really love."

Jane Austen

Devo manter meu próprio estilo e ir no meu próprio caminho. E embora eu nunca possa ter sucesso de novo em que, estou convencido de que eu deveria deixar totalmente em qualquer outro.

Jane Austen

Ela queria saber o que naquele momento estava passando em sua mente, de que maneira ele pensava nela. e se, ao arrepio de tudo, ela ainda era querida por ele.

Jane Austen

Tempo ou oportunidade não determinam a intimidade, apenas a disposição.

Jane Austen

Quando, finalmente, estiver segura do amor dele, terá todo o vagar para, por sua vez, se apaixonar como ela bem o entender.

Jane Austen

... não tenho medo de mostrar meus sentimentos
e de fazer coisas imprudentes,
pois acredito que o que não se mostra, não se sente.
Coisa que talvez surpreenda muito a você,
pois os seus sentimentos são tão guardados
que parecem não existir realmente..

Trecho de razão e sensibilidade

Jane Austen

"Em vão tenho lutado comigo mesmo; nada consegui. Meus sentimentos não podem ser reprimidos e preciso que me permita dizer-lhe que eu a admiro e a amo ardentemente."

Orgulho e Preconceito

Jane Austen

"Sei que é generosa de mais para fazer pouco de mim. Se os seus sentimentos são ainda os mesmos que manifestou em Abril passado, diga-mo imediatamente. O meu amor e os meus desejos permanecem inalterados; mas basta uma única palavra sua para silenciar-me para sempre."

Orgulho e Preconceito

Jane Austen

Lizzie: "Eu me pergunto quem descobriu o poder da poesia para espantar o amor."
Darcy: "Achei que fosse o alimento do amor"
Lizzie: "Do amor belo e vigoroso. Mas se é apenas uma vaga inclinação, um pobre soneto o liquidará."
Darcy: "Então o que recomenda para despertar a afeição?"
Lizzie: "Dançar. Mesmo que o par seja apenas tolerável."

Orgulho e preconceito

Jane Austen

"You have bewitched my body and soul.I love you, I love you, I love you!" (voce enfentiçou meu corpo e minha alma, eu te amo, te amo, te amo)"

Orgulho e Preconceito

Jane Austen

"Tudo isso me faz acreditar que o Sr. seria o último dos homens do mundo com quem eu me casaria. "

Orgulho e Preconceito

Jane Austen

"Não caçoarei do senhor por isto, o que é uma pena pois eu adoro rir..."

Orgulho e Preconceito

Jane Austen