Biografia de Fredo

Fredo

Fedro (30/15 a.C. – 44/50 d.C.) foi um fabulista romano nascido na Macedônia, Grécia. Filho de escravos, provavelmente foi alforriado pelo imperador romano Augusto.

Quando iniciou-se na literatura, tentou enriquecer estilisticamente muitas fábulas de Esopo, pois a maioria delas não era escrita, mas transmitidas oralmente. Deste modo, Fedro, redigia suas fábulas, normalmente sérias ou satíricas, tratando das injustiças, dos males sociais e políticos, expressando as atitudes dos fortes e oprimidos, mas ocasionalmente breves e divertidas, explicando-nos, todavia, porque teve tanto sucesso, séculos depois, pela sua simplicidade, na Idade Média.

Fabulista da época dos Imperadores Tibério e Calígula, nos primeiros séculos da era cristã, e seguidor de Esopo, Fedro fez a sátira dos costumes e personagens da época. Por isso, com o grande incômodo que causaram as suas críticas, acabou sendo exilado. Em literatura, tudo o que era espontâneo se considerava medíocre. Foi o único poeta do império de Tibério. Publicou cinco livros de fábulas esópicas, com prováveis alusões aos acontecimentos de sua vida.

Acervo: 1 frases e pensamentos de Fredo.

Frases e Pensamentos de Fredo

Ninguém volta de bom grado a um lugar onde foi maltratado.

Fredo