Euclides da Cunha

Euclides Rodrigues da Cunha foi engenheiro, físico, militar, jornalista, historiador, geólogo, zoólogo, geógrafo, botânico, sociólogo, professor, filósofo e escritor brasileiro.
Encontrados 6 pensamentos de Euclides da Cunha

Estamos condenados à civilização. Ou progredimos ou desaparecemos.

Euclides da Cunha

Rimas

Ontem - quando, soberba, escarnecias
Dessa minha paixão - louca - suprema
E no teu lábio, essa rósea algema,
A minha vida - gélida - prendias...

Eu meditava em loucas utopias,
Tentava resolver grave problema...
Como engastar tua alma num poema?
E eu não chorava quando tu te rias...

Hoje, que vivo desse amor ansioso
E és minha - és minha, extraordinária sorte,
Hoje eu sou triste sendo tão ditoso!

E tremo e choro - pressentindo - forte,
Vibrar, dentro em meu peito, fervoroso,
Esse excesso de vida - que é a morte...

Euclides da Cunha

Não é o bárbaro que nos ameaça, é a civilização que nos apavora.

Euclides da Cunha

O evangelho fecha-se com a astronomia.

Euclides da Cunha

Num país em que toda a gente acomoda a sua vidinha num cantinho de secretaria, ou numa aposentadoria, eu estou, depois de haver trabalhado tanto, galhardamente, sem posição definida! Reivindico, assim, o belo título de último dos românticos, não já do Brasil apenas, mas do mundo todo, neste tempos utilitários!

Euclides da Cunha