Cazuza

Cazuza (1958-1990) foi um cantor e compositor brasileiro, foi vocalista do Barão Vermelho, banda formada em 1981. Em carreira solo gravou grandes sucessos, entre eles, Exagerado, Codinome Beija-Flor, Brasil e Faz Parte do Meu Show [Biografia de Cazuza]
76 - 100 do total de 266 pensamentos de Cazuza

Às vezes te odeio por quase um segundo
depois te amo mais
teus pelos, teu gosto, teu rosto, tudo
tudo que não me deixa em paz

Cazuza

Mentiras sinceras me interessam.

Cazuza

Comprar uma fazenda e fazer filhos talvez fosse a melhor forma de ficar pra sempre na terra.Por que discos,arranham e quebram.Amor.Cazuza

Cazuza

Perdi-me muitas vezes pelo mar
Com o ouvido cheio de flores recém-cortadas
Com a língua, cheia de amor e de agonia
Muitas vezes me perdi pelo mar
Como me perco no coração de alguns meninos

Porque as rosas buscam em frente
Uma dura paisagem de osso
E as mão do homem não tem mais sentido
Que imitar as raízes sobre a terra
Como me perco no coração de alguns meninos

Perdi-me muitas vezes pelo mar
Ignorante da água
Vou buscando uma morte de luz que me consuma

(Frederico García Lorca)

Cazuza

Resolve logo: ou transa ou sai de cima.

Cazuza

Para mudar alguma coisa, a gente teve que gritar, se drogar, ir para a rua e enfrentar nossa própria fraqueza. Era uma maneira de não se render, de não ficar careca, careta.

Cazuza

Tudo é possível no amor.

Cazuza

Eu protegi o teu nome por amor
Em um codinome, Beija-flor
Não responda nunca, meu amor
Pra qualquer um na rua, Beija-flor

Cazuza

E por você eu largo tudo
Vou mendigar, roubar, matar
Até nas coisas mais banais
Para mim é tudo ou nunca mais

Cazuza

Eu sou apenas um beijo da boca do luxo na boca do lixo.

Cazuza

Para quê mentir
Fingir que perdoou
Tentar ficar amigos sem rancor
A emoção acabou
Que coincidência é o amor
A nossa música nunca mais tocou

Para quê usar de tanta educação
Para destilar terceiras intenções
Desperdiçando o meu mel
Devagarinho, flor em flor
Entre os meus inimigos, beija-flor

Cazuza

Que prazer mais egoísta, o de cuidar de um outro ser, mesmo se dando mais do que se tem para receber.

Cazuza

Que quem ama nesta vida, às vezes ama sem querer, e que a dor no fundo esconde uma pontinha de prazer.

Cazuza

Não estou amadurecendo para apodrecer. Estou maduro, mas fresquinho no galho, pronto para ser comido.

Cazuza

O inferno é aqui. A cabeça da gente é um inferno. E essa de "o inferno são os outros" não sei não... Para mim, que dependo muito de amigos, de carinho dos outros, não vejo a vida contra alguém. Posso até ser meio ingênuo. Essa visão de inferno e céu: eu não vejo o inferno como uma coisa ruim e o céu como bom. O céu pode ser uma chatice e o inferno uma coisa divertida. Aliás, as imagens que temos do inferno são sempre aquelas onde localizamos o demônio, as pessoas transando, se comendo. O inferno é um baile de carnaval no Monte Líbano.

Cazuza

Estou careta, não bebo, não tomo drogas, não estou mais na noite; estou tratando de mim de um jeito que nenhuma babá trataria. Nunca tinha ido a um médico até os 30 anos... eu não sabia que tinha um corpo e que ele podia falhar um dia.

Cazuza

Eu quis fazer um mundo nosso
Um tempo nosso pressentido
Numa troca de olhares
Mas você só quer os bares
O imprevisível dos lugares
Perdidos sem mim

Cazuza

Eu queria te dar a lua, só que pintada de verde.

Cazuza

O que mais odeio é gente complicada e preconceituosa, hipocrisia e ser acordado. Nenhuma outra coisa consegue ser pior do que isso.

Cazuza

Quem tem um sonho não dança.

Cazuza

Se não der certo, meu coração é esperto.
Não vai parar de bater, para te esquecer meu bem.

Cazuza

Estranho o teu Cristo, Rio
Que olha tão longe, além
Com os braços sempre abertos
Mas sem proteger ninguém

Cazuza

Meus heróis morreram de overdose, meus inimigos estão no poder.

Cazuza

Eu quero a sorte de um amor tranquilo, com sabor de fruta mordida.

Cazuza

Queria um dia no mundo poder te mostrar o meu talento para a loucura.

Cazuza