Bruno Cordista

Encontrados 2 pensamentos de Bruno Cordista

No redemoinho da vida não existem possibilidades. Ou é ou não é. Agora ou nunca mais. As escolhas estão feitas, as cartas na mesa, a areia na ampulheta já começou a escorrer faz é tempo.
E tudo que você tem é um relógio que não para de correr, um corpo que vai sempre envelhecer, memórias que ficarão cada vez mais borradas.
Pessoas vão entrar e vão sair da sua vida. Algumas vão ficar. Algumas você não vai nem lembrar.
E a vida, como que por mágica, vai se encarregar de deixar tudo como deveria estar.
E tudo o que você terá que fazer é agradecer as oportunidades que tem.
Manter a cabeça erguida, a espinha ereta e o coração forte.
E ai quando você chegar nesse estágio você não terá que pensar mais em nada.
Vai fechar os olhos e se jogar
E o que tiver que ser, será.

Bruno Cordista

"Sabe, o amor é algo único. É um dos sentimentos que mexem com o corpo inteiro. Dos pés a cabeça. Mãos, pernas, costela e coração. Mas ele não acontece toda hora. É raro. Ele é exclusivo. O lugar certo, na hora certa, no tempo certo. E quando ele acontecer você vai se sentir tão diferente que vai reconhecê-lo na hora. E vai suspirar. Ele vai te tirar o sono e vai virar de cabeça pra baixo tudo que você acha sobre tudo. E você terá que ser grato e rápido para reconhecê-lo. Fará de tudo para não perdê-lo nunca, porque sabe que ele é tão especial que não acontecerá outra vez. Você pode gostar de outras pessoas, pensar, beijar, se acostumar e até chegar perto de amar, mas este amor que te tirou do chão você sentirá uma vez só e irá carregá-lo pelo resto da vida. Essa é a minha história. Este é o primeiro capítulo de uma história que, ao cruzar com a sua, embora não soubesse, jamais seria a mesma. Reciprocidade. Sintonia. E em pouco tempo, amor."

Bruno Cordista