Barão Vermelho

Barão Vermelho é uma banda de rock brasileiro.
Encontrados 8 pensamentos de Barão Vermelho

Se eu ainda soubesse como mudar o mundo
Se eu ainda pudesse saber um pouco de tudo
Eu voltaria atrás do tempo
Eu não te deixaria preso no passado
E arrumaria um jeito pra você estar ao meu lado de novo
Eu voltaria no tempo

Pra voltar pra ontem sem temer o futuro
E olhar pra hoje cheio de orgulho
Eu voltaria atrás do tempo...
Os nossos erros seriam apagados
Nossos primeiros desejos ressuscitados
E de novo eu voltaria no tempo
Eu não te deixaria desistir tão fácil
E não te negaria nenhum abraço
De novo Eu voltaria no tempo

Barão Vermelho

"Declare guerra a quem finge te amar, declare guerra
A vida anda ruim na aldeia, chega de passar
A mão na cabeça de quem te sacaneia..."

Barão Vermelho

PRA TODA VIDA

Primeiro foi a musica
a canção fez você sorrir,
e logo a primeira vista
o mundo girou pra mim
e a paixão é loucura que passa como um terremoto
com o tempo acalma
mais onde você esta....onde você esta......

Eu tentei acreditar
que sem você eu viveria
mas assim o tempo para,
cada segundo é um dia.....
mas a paixão com tempo passa
como o vento acalma
e ainda quero saber como você esta......

O que eu sinto não e de mentira ...
e agora tenho certeza você é pra toda vida......
você é pra toda vida.......pra toda vida.......

Com tantos desencontros
sei que você não me esqueceu...
como seria a nossa vida e tudo aquilo que a gente não viveu
e a paixão é loucura que passa como um terremoto,
com o tempo acalma,
o amor chegou pra ficar,

O que eu sinto
não e de mentira
e agora tenho certeza você é pra toda vida......
você é pra toda vida.........pra toda vida......
O que eu sinto não e de mentira......
e agora tenho certeza você é pra toda vida......
Pra toda vida......

Barão Vermelho

Eu te desejo não parar tão cedo
Pois toda idade tem prazer e medo
E com os que erram feio e bastante
Que voçe consiga ser tolerante

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um voçe possa confiar
E que tenha até inimigos
Pra voçe não deixar de duvidar

Eu desejo que voçe ganhe dinheiro
Pois é preciso viver tambem
E que voçe diga a ele ao menos uma vez
Quem é mesmo o dono de quem

Desejo que voçe tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda...
Amor pra recomeçar...

Barão Vermelho

Se você não pode ser forte, seja, pelo menos, humana.

Barão Vermelho

Se você não pode ser forte, seja, pelo menos, humana

Barão Vermelho

Amor Pra Recomeçar

Eu te desejo não parar tão cedo
Pois toda idade tem prazer e medo
E com os que erram feio e bastante
Que você consiga ser tolerante
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero

Desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar

Eu te desejo, muitos amigos
Mas que em um você possa confiar
E que tenha até inimigos
Pra você não deixar de duvidar
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero

Desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar

Eu desejo que você ganhe dinheiro
Pois é preciso viver também
E que você diga a ele, pelo menos uma vez,
Quem é mesmo o dono de quem.


Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Eu desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar.
Pra recomeçar.

Barão Vermelho

Por Você

Por você
Eu dançaria tango no teto
Eu limparia
Os trilhos do metrô
Eu iria a pé
Do Rio à Salvador

Eu aceitaria
A vida como ela é
Viajaria a prazo
Pro inferno
Eu tomaria banho gelado
No inverno

Por você!
Eu deixaria de beber
Por você!
Eu ficaria rico num mês
Eu dormiria de meia
Prá virar burguês

Eu mudaria
Até o meu nome
Eu viveria
Em greve de fome
Desejaria todo o dia
A mesma mulher

Por você! Por você!
Por você! Por você!

Por você!
Conseguiria até ficar alegre
Pintaria todo o céu
De vermelho
Eu teria mais herdeiros
Que um coelho

Eu aceitaria
A vida como ela é
Viajaria à prazo
Pro inferno
Eu tomaria banho gelado
No inverno

Eu mudaria
Até o meu nome
Eu viveria
Em greve de fome
Desejaria todo o dia
A mesma mulher

Por você! Por você!
Por você! Por você!

Nã nã nã nã nã

Eu mudaria
Até o meu nome
Eu viveria
Em greve de fome
Desejaria todo o dia
A mesma mulher

Por você! Por você!
Por você! Por você!
Por você! Por você!
Por você! Por você!
Por você! Por você!

Barão Vermelho