Autor desconhecido

51 - 75 do total de 391 pensamentos de Autor desconhecido

As melhores coisas estão dentro de nós. Onde os desejos não precisam de razão, nem os sentimentos de motivos.

Autor desconhecido

Esquecer você seria como mudar minha identidade, perder minha personalidade, apagar a melhor parte da minha vida.

Autor desconhecido

Felicidade não é um destino, é uma viagem.

Autor desconhecido

De todas as minhas conquistas a maior delas são os meus amigos.

Autor desconhecido

Quando um homem morre não é um homem que morre, mas um mundo que morre dentro desse homem.

Autor desconhecido

Em muitos julgamentos mesquinhos julgamos nós mesmos na figura do outro.

Autor desconhecido

Que sejamos senhores da nossa língua para não sermos escravos das nossas palavras.

Autor desconhecido

Minha felicidade te irrita?
Que pena, porque a sua não me importa.

Autor desconhecido

Pisa.
Mas quando eu levantar, corre.

Autor desconhecido

A inveja é sua forma incompetente de me admirar.

Autor desconhecido

Perdoar é o modo mais sublime de crescer.
Pedir perdão é o modo mais sublime de se levantar.

Autor desconhecido

Somos livres para escolher nossas ações, mas prisioneiros de nossas consequências.

Autor desconhecido

COMODISMO E MODOS DE VIDA



Uma coisa que acho muito interessante, é a maneira com que a maioria das pessoas encara a própria vida. Existe um certo fatalismo com certos conceitos que "não se discutem".

Por exemplo, quantas vezes um casal que já não se entende mais, permanece junto "por causa dos filhos" , ou então porque "o que vão dizer os amigos, ou parentes".

Ou então, permanece-se em um emprego, "só por causa da segurança".

Por vezes, deixa-se passar oportunidades de grandes mudanças na vida "só para não ficar longe da família".

Esses, são conceitos que tendem a levar ao comodismo na vida. Na verdade, o que faz com essas pessoas se apeguem aos conceitos, é uma certa covardia em enfrentar mudanças. Por medo do insucesso, não se vai atrás dos sonhos, do grande objetivo na vida. Existe uma frase cujo autor desconheço, que diz simplesmente, que o medo de perder nos impede de ganhar.

Exemplificando, quando resolvemos ir para o Congo, tivemos que enfrentar forte oposição de familiares e amigos, que diziam ser rematada loucura o que iríamos fazer, e como poderíamos viver longe de todos. Não posso dizer como seria minha vida se não tivesse ido... só sei que não teria aprendido a grande lição de vida que aprendi vivendo lá, além de outras vantagens pecuniárias... Enfim... são decisões que devem ser tomadas na hora certa, e da maneira correta.

E que grande verdade é este pensamento. Assim, cada vez que nos surgir a pergunta: será que vai dar certo? O que realmente há que se fazer, é mudar o rumo da pergunta para: o que é preciso fazer para que dê certo?

Geralmente quando se chega a uma encruzilhada, não podemos perder muito tempo com indecisões. Um caminho tem que ser seguido, e quanto mais rápido, melhor.

Agora o que mais serve de entrave, são os velhos conceitos de vida, que costumam ser apresentados como "verdades absolutas", e ficam muito arraigados dentro do espírito de muita gente.

Outro tipo de "verdades absolutas" é aquele apresentado pelos pais que procuram determinar os destinos dos filhos, porque sabem "o que é melhor para eles". Ora, os jovens devem ser preparados para escolher seus destinos, ao invés de ter de seguir caminhos já traçados.

É uma diferença muito grande, entre orientar-se os filhos preparando-os para que eles possam escolher que rumo tomar na vida, seguindo seu sonho, sua vocação, ou simplesmente escolher que carreira os filhos devem seguir, "porque é melhor para eles".

Quem deve saber o é melhor para eles, são eles mesmos.

O principal é ter coragem para tomar decisões. Se serão certas ou erradas, o tempo dirá.

O importante, é tomá-las.

Autor desconhecido

"Separar o falso do verdadeiro e o real do imaginário é como separar o joio do trigo, uma difícil e necessária tarefa que resulta na felicidade da vida, onde o autoconhecimento é a única evolução".

Autor desconhecido

"Toda vontade pode ser realizada, querer é poder, mas permanecer dependerá de compreensão e habilidade".
Podemos extrair uma reflexão para você: "Ir e vir não é um direito constitucional, é uma qualidade do caráter e da sabedoria pessoal".

Autor desconhecido

E é com leveza sublime e felicidade religiosa, de quem muito acreditou num milagre, que olho nos seus olhos hoje em dia. É com maquiagem adulta e salto fino de mulher que depois de tantos anos fui virar sua menina. É estranho, e delicado, e prazeroso, e engraçado. É tão intimista e compulsivo ter você, finalmente, a meio centímetro de mim. E dói a barriga, dói a cabeça, dói o peito. Dá um nó no estômago de pensar que o mundo deu tantas voltas e foi parar de novo bem aqui, nesse ponto mal acabado da nossa história. Essa história louca que não tinha tido um fim pelo simples fato de que nunca tinha tido um começo. E o começo começou bem no começo do meu desprendimento (...). Finalmente eu pude ver o final das coisas que finalizavam qualquer hipótese de um dia haver um final feliz com você. Porque eu era criança, eu era lilás, eu sorria de peito aberto pro mundo. E você era amigo, era irmão mais velho, era primo postiço achando que meu amor era adolescente. Eu sentava no chão da escola e olhava o jeito que você olhava todas aquelas meninas que nunca me olharam. Você sentava do meu lado e fraternalmente me abraçava. O meu coração explodia, mas minha alma nunca gozava. E aí você namorou, e namorou, e namorou... E eu sempre fiquei namorando a hipótese de um dia namorar você. Procurando em todos os namorados que tive a delicadeza que era sua, o carinho fraterno que moveu a minha admiração adolescente durante todos aqueles anos confusos de auto-conhecimento e baixa auto-estima. Por mais distante que fosse a minha lembrança, nada nunca arrancou do meu coração calejado a adolescência cor-de-rosa que eu tive com você. Pode parecer estranho, e meloso, e piegas. Pode parecer mentira, e exagero, e perfeição demais. Pode parecer carência, e ilusão, e passado. Pode parecer rápido, e confuso, e futuro. Pode parecer tanta coisa junta que pra mim já não faz diferença. Pode parecer tanta coisa e todas essas coisas serem mentiras separadas que formam a minha verdade universal. E você pode ser todas essas coisas. Nós podemos ser o que nós quisermos e podemos continuar sendo um do outro. Eu posso escrever um livro, virar redatora, virar gente grande de verdade. Nós podemos ser hoje o que somos continuando a ser quem sempre fomos, e só nós dois sempre soubemos. Você pode ser o que for para todos os outros, mas pra mim você nunca vai deixar de ser o amor que sempre sonhei, a melhor companhia do mundo que me arranca o bico da cara e me tira a pose do corpo. E nada tira da minha cabeça que valeu a pena esperar esse tanto, e que, se fosse preciso, eu esperaria tudo de novo.

Autor desconhecido

A gente podia ter podido tudo. Podia ter feito surtir efeito. Já é abril. E você ainda nem percebeu que perdeu. Todos ganham presentes, mas nem todos abrem o pacote. Algumas pessoas ainda, guardam o sorvete pra mais tarde. Eu gostaria imensamente de entender, mas a minha compreensão enfraquecida não consegue suportar certas verdades, nem ver mais aberta as feridas, minha compreensão quer descansar.

Autor desconhecido

Loucura! Não tente entender. Passei muitas vezes por cima do meu orgulho por te amar. Por uma razão muito simples: é amor. E esse amor é maior que qualquer medo, orgulho ou receio que eu possa sentir. É amor! E não se explica ou entende. É a água mais limpa que Deus fez em mim, minha capacidade de amar. Amar alguém que não merece o meu amor, e mesmo assim eu amo, com tudo de mim. É o que eu tenho de mais puro. Mas é paixão, e pra essas coisas de paixão não tem explicação, parei de entender e procurar motivos. Não me importa parecer idiota ou ridícula, sabe? Ou loucura, ou o nome que quiserem. O amor me enriquece, porque cada vez que eu amo eu fico grande, eu fico maior a cada vez que amo. Um covarde é incapaz de demostrar amor. Isso é privilégio dos fortes! E eu que sempre acreditei na sua força. E que sempre soube que vencer significa não ter medo de perder. Um tempo atrás eu pensei que seria diferente. Hoje eu tenho medo das palavras e de atitudes falsas. É que eu acredito muito na força das palavras e pra mim uma promessa feita é uma dívida não paga. Prometemos conforme as esperanças e agimos conforme os medos. Entendo. Pois cuide dos seus medos! E depois do erro corra atrás de refazer o seu acerto. Viver das expectativas dos outros é suicídio, meu bem!

Autor desconhecido

Quem transforma as mulheres em galinhas... são os próprios homens.
Tudo bem. Queremos meninas legais, sexys, taradas, bonitas,
inteligentes e boazinhas... Muito fácil falar, pois quando
aparece uma assim, de bandeja, a primeira coisa que a gente
pensa é: Oba, me dei bem. Ficamos com elas uma vez, duas.
Começamos a pensar que essa é a mulher que as nossas mães
gostariam de ter como noras. Se sair um namoro, vai ser uma
relação estável. Você vai buscá-la na faculdade, vocês vão ao
cinema, num barzinho, vai ter sexo toda a semana...Tudo básico,
até virar uma rotina sem graça... Você vai olhar os caras bem
vestidos e bem humorados indo pra noite arrasar com a
mulherada e vai morrer de inveja (sem saber que eles estão
morrendo de inveja do seu relacionamento, da sua namorada
superiormente interessante comparada as meninas da night)Vai
sentir falta de dar aquelas cantadas infalíveis na noite,
falta de dar umas olhadas pra uma gata, ou de dar aquela
dançadinha mais provocativa na pista... Você pensa: Acho
que não estou pronto pra isso, pra me enclausurar pro
resto da vida nesse namoro. E a boa menina se transforma
numa "MALA", e aos poucos vai surgindo um nojo dela, uma
aversão. Quando tu vê o nome dela no celular, não dá vontade
de atender, você pensa: NÃO TÔ MAIS AFIM, NÃO GOSTO MAIS DELA,
JÁ ERA. Daí aquela promessa de vida estável vai por água abaixo
a menina não se dá conta, a gente começa a ser grosso, muito grosso.
E a pobre menina pensa: O que eu fiz? Não sou bonita, legal, inteligente, companheira, boa o suficiente? Será que há outra
(geralmente há, porque não nos cansamos de boas conquistas,
porque também achamos que outras não vão ficar no nosso pé,
ou que serão as outras as noras que sua mãe pediu a Deus.
Muito nos enganamos nesta vida...), será que da para confiar?
Coitada, ela não fez nada e, a culpa é nossa mesmo (temos
medo de enfrentar as dificuldades e as privações do mundo
de solteiro. Temos medo de nos prendermos de verdade
aquela menina boazinha que temos certeza que seriam
capazes de suportar qualquer coisa para nos fazer bem)...
GRANDE ILUSÃO.
Você chega em casa depois da balada, sozinho e
fica tentando descobrir porque você não está
satisfeito (porque mesmo estando com outra no
lugar da boazinha sempre há uma questão: será
que troquei o certo pelo duvidoso. Como estará
a menina boazinha sem que eu esteja por perto
pra tomar de conta... coisas realmente verdadeiras
dentro desta felicidade momentânea que vivemos agora.)
Ah! e pensa : De repente foi porque a menina da night,
a linda, gostosa, misteriosa, ficou contigo, passou
a mão, rolou algo mais , mas você no interior ainda
está insatisfeito sem saber direito qual a razão,
bom você diz : vai ver não estava muito inspirado,
a cerva não era bem gelada, a galera não tava muito
na pilha, foi uma situação ocasional,sei lá, mas
tenta arranjar um motivo para a tal insatisfação interior. FRUSTRAÇÃO. Daí, por mais que você não
queira, você pensa, de algum modo, na sua menina
boazinha que você deixou pra trás... (mas
não admitindo muito, querendo fugir do tal
pensamento, achando que é apenas um momento, que vai logo passar).
Aí, a gente volta pra nossa vidinha, que a gente odiava até
semanas atrás (os amigos são os mais novos possíveis,
a gente tenta se afastar da monótona vida que estavamos
levando antes. E essa nova "mina", e essa nova galera
trata a gente como se fossemos maiorais, e a gente
faz tudo pra estar perto dessa nova vida tentando
desesperadamente apagar a vida anterior. Alias,
neste ponto, a gente tenta realmente apagar tudo
que nos prende a menina boazinha, até falar com
ela é uma coisa intolerável. "Primeiro passo do
arrependimento”). A gente não vê a hora de sair,
esquecer e arrasar na noite com a galera.
Enquanto isso, a boa menina, chateada, lesada,
custa a entender o que ela fez pra ter te afastado dela...
Daí essa dúvida vira angústia, ressentimento, que vira raiva.
Aí a menina manda tudo a puta que pariu... Não quer mais saber
de nada, só de sair beijando muito cara. Resolve não se
envolver mais, pra não sair lesada, chutada, humilhada ou
chateada... Muito bem, acabamos de criar uma monstra (por
mais inteligente que ela seja, é inevitável, mecanismo de
defesa. Ninguém vive decepções amorosas mais de uma vez na
vida)... O tempo passa e a gente continua na mesma... Volta
a reclamar da vida e das mulheres. Elas só querem as coisas
com homens cachorros e não estão nem aí pra nós... Atenção:
- Elas são assim por culpa nossa. A mulher vulcão da night
de hoje, era a boa menina de outro homem ontem... e assim
sucessivamente... Provavelmente, essa nossa ex-boa menina,
deve estar enlouquecendo a cabeça de outro homem por aí...
E eu a perdi para sempre, ela virou uma mulher enlouquecedora
e a encontrei na balada e nem olhou para mim...

Autor desconhecido

"Numa época de crise em que todos choram, há sempre alguém que se lembra de fabricar lenços."

Autor desconhecido

"Se não tomares conta do teu cliente, alguém tomará."

Autor desconhecido

Se o seu orgulho permitir Achar que é meu o seu olhar, Eu vou estar aqui Fui feito pra te amar.

Autor desconhecido

Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguem lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar, que realmente é forte e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida.Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderiamos conquistar se não fosse o medo de tentar..."

Autor desconhecido

- Descrições são fundamentais quando nos deparámos com pessoas estúpidas.

Autor desconhecido

Conte estrelas, molde nuvens , se apaixone todo dia pelo mesmo alguém

Autor desconhecido