Ana Laura

Encontrados 19 pensamentos de Ana Laura

Eu até gosto de você, mas aprendi que ficar insistindo na mesma tecla, pode dar problema.
Eu gosto de mim e aprendi que somente eu sou capaz de fazer com que a saudade, a dor e a distância seja menor do que eu mesma.
Eu até gosto de te ver, mas de que vale poder olhar o que é bonito por fora e lembrar do que está podre por dentro?
Eu até lembro do quanto fomos felizes, lembro dos apelidos, dos carinhos, dos beijos e dos momentos, mas resolvi guardá-los em caixa de vidro, assim não me machucarei ao lembrar.
Eu até penso em te ligar, mas prefiro guardar as palavras para um próximo.
Eu até gosto de você, mas prefiro gostar de mim!

Ana Laura

Fim do Ano, apesar de ser o fim, é a melhor parte.
Ficamos perto de quem não víamos há tempos, ou até nos aproximamos mais de quem estava ao nosso lado o tempo todo.
Ganhamos abraços, beijos. Trocamos palavras e carinhos. Brincamos e elogiamos.
Relembramos os bons momentos e também os que não foram tão bons assim, mas, acima de tudo, lembramos que fomos e somos capazes de vencer tantas coisas.
Criamos novos anticorpos para o Ano que está por chegar.
Criamos novos vínculos e novos horizontes.
Corremos atrás de outros objetivos.
E assim, conforme a vida passa, passamos também.

Ana Laura

Gosto de dias ensolarados, mas, prefiro a chuva.
Gosto de doce, mas, prefiro salgado.
Gosto de olhar, mas, prefiro o sorriso.
Gosto de ser pontual, mas, me atraso.
Gosto do dia, mas, prefiro a noite.
Gosto do sol, mas, prefiro o brilho da lua.
Gosto das gotas d'água que caem e ficam nas pequenas folhas.
Gosto de pessoas que são o que são, sem máscaras, nem mentiras.
Gosto daqueles livros, que, quando estou lendo, pareço ser a personagem principal.
Gosto de ver as crianças sorrindo.

Ana Laura

Se for pra entrar e sair rápido, nem venha.
Se for pra dar um beijo quente e depois me deixar, nem o faça.
Se for pra dizer que me ama só pra me ver sorrir, nem diga.
Se for pra brincar com meu coração, avise! Comprarei um de pelúcia, assim ele não se machuca.

Ana Laura

Hoje, chovendo.
Acho tão confortante a chuva, e ainda há pessoas que discordam disso.
Acredito que um banho dela, refaz todo o lado fluidico da alma, do espírito. Acredito que realmente venha para renovar, para fazer-nos pensar mais no quão importante é.
Sinto pena dos poucos que a odeiam, primeiro porque odiar é muito forte e, segundo, porque somente os leigos não valorizam a grande e saudosa água.

Ana Laura

Talvez as perguntas me movam; talvez as respostas.
Gosto de explicações que condizem com minhas expectativas.
Gosto de questionamentos que não encontro as respostas.
Gosto de saber e, às vezes, gosto de não saber.
Por vezes, as respostas não me preenchem, então, finjo não tê-las ouvido.
Por vezes, as perguntas são tão amplas e relativas que nem busco respostas.

Ana Laura

Por mais que seja inevitável sentir saudade,
Só que a alimenta, deixa permanecer.
Por mais que os problemas cheguem,
Só quem não os administra, deixa engrandecer.
Por mais que se apaixonar seja repentino,
Só quem abre a guarda deixa acontecer.
Por mais que não queira contar,
Só quem não faz, deixa esconder.

Ana Laura

A gota d'água que se espalha ao tocar uma superfície.
O balanço que causa a batida do prego no martelo.
O fiapo de madeira que sai quando a chave de philips gira o parafuso na mesa.
A borracha do chinelo que se contrai e volta ao seu estado normal após receber peso.
O impacto e o estrondo que causa a porta ao bater.
A espera da caneta que gira para soltar tinta.
O tum-tum do coração.
O tic-tac do relógio.
O abre e fecha dos olhos ao longo do dia, da vida.
Os músculos, nervos e vasos sanguíneos que fazem a máquina corporal funcionar.

Ana Laura

Viva intensamente. Ame em abundância. Perdoe ao outro e a si mesmo sempre que preciso. Fique atento para não carregar cargas mais pesadas que a sua. Esqueça de reclamar e lembre-se de agradecer. Receba cada palavra como última de sua vida. Dê conselhos como se fosse aos seus filhos. Admire os pequenos gestos. Aceite o calor e a chuva e, mais do que isso, fique feliz por poder presenciar. Valorize seus pais. Ame seus irmãos. A cada pessoa nova, dê as boas vindas e seja você mesmo, sem fantasias, nem máscaras. Seja fã da música e da poesia. Mantenha o foco. Busque seus objetivos. Medie razão e emoção. Acima de tudo, tenha fé!

Ana Laura

"Tô bem, sabe? Tô seguindo a vida, sem medo de errar, sem culpa, sem ter um passado para atormentar.
Ando tão bem comigo mesma, que sou capaz de sair só para me acompanhar.. sei que é confuso, mas é assim que decifro essas coisas que vem de mim.
Tô tranquila. Posso até passar na corda bamba, cair e voltar a subir mil vezes se for preciso.
Tô caminhando. Não importa se está chovendo ou um sol de rachar a cabeça. Não tô nem ligando.
Meus sentimentos são confusos, mas vou seguindo. Creio que com a vivência aprendo a me virar!"

Ana Laura

"E do nada os ventos mudam, o astral muda, os amigos mudam, a vida muda, os caminhos mudam.
Tudo parece fazer sentido, ter razão ou motivo.
Você se assusta, acha que é muito, que não merece, mas, não foi dito certa vez que depois da tempestade, o sol volta a brilhar? Então! Se voltou a brilhar do nada, agarre! Pare de se importar com a sociedade e com o que falarão.
É isso aí. Poucas vezes as oportunidades batem à porta e, meu caro, quando bate, é pra valer!"

Ana Laura

Eu e essa maluca mania de guardar as pessoas pelo cheiro, pelas expressões e pelas músicas.
Eis que o cheiro se torna horrível, as expressões inaceitáveis e a música uma tremenda porcaria.

Ana Laura

"Ficar no meio termo machuca mais o coração. Não aceito reticências nem vírgula; ou continua a escrever a história, ou põe um ponto final!"

Ana Laura

"Um motivo para continuar vivendo?
A vida, poxa. Quer mais que isso? Tem tanta gente aí, mano, passando necessidades e nem por isso deixa de lutar. Tem tanta gente lutando contra uma doença e nem por isso desiste.
Eu sei que tem hora que é tenso, que você pensa que é muita carga, que não vai aguentar, mas tá vendo, cara, tá vendo? Me fala por quantas você já passou e pensou que fosse o fim. Me fala por quantas você passou chorando e hoje conta sorrindo. Me fala, poxa, me fala!
Deixa de marra e vai viver. A vida toda é curta demais para reclamar, invejar ou chorar o que nos foi tirado.
Já pensou que chorar o que nos foi tirado é muito pior, uma vez que podemos festejar o que foi recebido?"

Ana Laura

"E sabe, Zé, chega uma hora que a vida pede.
Pede para que você reveja sua vida, seus amigos, seu coração, seus ideais.
Você se vira do avesso e pensa que o mundo vai acabar, que tudo está desabando, mas sabe, aprendi que nada desmorona e sim que nossos impulsos criam pessoas inexistentes, que são aquilo só em nossa imaginação.
E quer saber mais, Zé? Você vira do avesso e assim como alguém disse um dia "descobre que o avesso é seu lado certo". Você começa a mudar os lugares que frequenta, as pessoas que convivem contigo e as preocupações. Você descobre pessoas que "estavam ali o tempo todo e só você não viu", descobre que "tudo pode naquEle que te fortalece". E descobre também, que tudo é muito pouco aos nossos conhecimentos e que quando pensamos que foi um tombo, pode ter sido a realidade falando alto."

Ana Laura

"Eu poderia todas as noites não esperar sua volta, carente e arrependido por ter saído.
Eu poderia não esperar seu arrependimento por ter me dito o que foi pouco para você, mas para mim o suficiente para me magoar.
Eu poderia deixar de lado esse amor, essa preocupação e esse carinho que sinto mesmo depois de todos os desentendimentos.
E sabe, você faz parte de mim e quando se vai, leva uma parte que é refeita com um sorriso de lado, meio atrapalhado, que só você sabe dar.
Eu poderia esquecer-te, mas o coração não quer isso. O coração quer você, quer nós."

Ana Laura

É tempo de dar aquela respirada mais funda, colocar a razão para funcionar e administrar as coisas.
É tempo de colocar as coisas em seus devidos lugares, como quando você organiza a casa e guarda certos objetos, joga outros fora e coloca ao uso o que nem sequer lembrava que estava ali.
É tempo de reconhecer seu valor e o valor das pessoas.
É tempo de mudar a trilha sonora da vida, comprar um sapato novo e trocar as meias.
É tempo de inovar, usar sua imaginação e parar de se preocupar com a sociedade.
É tempo de se desprender do casulo e voar, ter vida livre.
É tempo de descer do degrau da ilusão e respirar a natureza.
É tempo de amar, de ser amado, de se amar.

Ana Laura

As pessoas são doidas.
Depois que a gente chuta o balde, manda pro inferno e para de se importar, elas dão valor.

Ana Laura

Nunca deixe ninguem te iludir com palavras de amor por que. Isso pode acabar em um instante.

Ana Laura