Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritísmo

Encontrados 4 pensamentos de Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritísmo

" O amor é de essência divina e todos vós, do primeiro ao último, tendes, no fundo do coração, a centelha desse fogo sagrado. "

Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritísmo

" Não são os da consanguinidade os verdadeiros laços de família, e sim os da simpatia e da comunhão de ideais, os quais prendem os Espíritos antes, durante e depois de suas encarnações."

Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritísmo

"O amor resume inteiramente a doutrina de Jesus, porque é o sentimento por excelência, e os sentimentos são os instintos elevados à altura do progresso realizado.(...)Feliz aquele que ama, porque não conhece nem a angústia da alma, nem a miséria do corpo; seus pés são leves e vive como que transportado para fora de si mesmo.(...)no seu início o homem não tem senão instintos, e aquele, pois, em quem os instintos dominam está mais próximo do ponto de partida que do objetivo. Para avançar em direção ao objetivo, é preciso vencer os instintos em proveito dos sentimentos, quer dizer, aperfeiçoar estes, sufocando os germens latentes da matéria. Os instintos são a germinação e os embriões do sentimento; eles carregam consigo o progresso, como a bolota encerra o carvalho, e os seres menos avançados são aqueles que, não se despojando senão pouco apouco de sua crisálida, permanecem escravizados aos instintos."

Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritísmo

"Com o egoísmo e o orgulho, que andam de mãos dadas, haverá sempre um caminho para o mais sagaz, uma luta de interesses, onde são pisoteadas as mais santas afeições...)."

Allan Kardec - O Evangelho Segundo o Espiritísmo