Alexandre o Grande

Encontrados 12 pensamentos de Alexandre o Grande

Um túmulo basta agora aquele para quem não bastava o mundo inteiro.

Alexandre o Grande

Vence o medo e verás que venceu a morte ( ... )

Alexandre o Grande

Quando, à beira da morte, Alexandre convocou os seus generais e relatou seus 3 últimos desejos:

1. Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;
2. Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistados (prata, ouro, pedras preciosas...);
3. Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.

Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a Alexandre quais as razões. Alexandre explicou:

1. Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;
2. Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;
3. Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos.

Alexandre o Grande

"Eu não temeria um grupo de leões conduzido por uma ovelha, mas eu sempre temeria um rebanho de ovelhas conduzido por um leão."

Alexandre o Grande

Nada é impossível para aquele que persiste

Alexandre o Grande

Na fé e na esperança o mundo discordará, mas todo o interesse da humanidade está na caridade

Alexandre o Grande

Lembre-se que da conduta de cada um depende o destino de todos

Alexandre o Grande

Que nosso exército sejam as árvores, as rochas e os pássaros do céu

Alexandre o Grande

Meu pai me deu este corpo que é efémero; mas o meu mestre me deu uma vida que é imortal

Alexandre o Grande

Eu superaria mais os outros no conhecimento do que é excelente do que no tamanho dos meus poderes e domínios

Alexandre o Grande

Nem o céu admite dois sóis, nem a terra dois senhores.

Alexandre o Grande

Não sabeis que o fim e objeto de uma conquista é evitar fazer a mesma coisa que o conquistado?

Alexandre o Grande