As mais Lindas cartas de Amor

Cerca de 130 cartas As mais Lindas de Amor

Todas as Cartas de Amor são Ridículas

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Álvaro de Campos

Cor-respondência


Remeta-me
os dedos
em vez de cartas de amor
que nunca escreves
que nunca recebo.
Passeiam em mim estas tardes
que parecem repetir
o amor bem feito
que você tinha mania de fazer comigo.
Não sei amigo
se era seu jeito
ou de propósito
mas era bom
sempre bom
e assanhava as tardes
Refaça o verso
que mantinha sempre tesa
a minha rima
firme
confirme
o ardor dessas jorradas
de versos que nos bolinaram os dois
a dois
Pense em mim
e me visite no correio
de pombos onde a gente se confunde
Repito:
Se meta na minha vida
outra vez meta
Remeta.

Elisa Lucinda

CARTAS DE AMOR

Ah! As Cartas de Amor!...
Não existem poemas mais belos,
nem canções mais lindas do que as cartas de amor!

E elas podem ser simples,
podem ser descoladas,
podem não ter mais que quatro ou cinco linhas,
mas sempre serão lindas,
perfeitas,
maravilhosas,
e sublimes,
pelo simples fato
de serem Cartas de Amor!

Augusto Branco

Não é preciso fazer cartas enormes...
Não é preciso falar bonito, com palavras complicadas, e seguindo o português rigidamente....
Não é preciso dar flores, chocolate ou ursinhos de pelúcia...
Nem mesmo fazer músicas românticas...
Do que adiantaria tudo isso sem o verdadeiro amor? De nada adiantaria.
Fazer essas coisas ajuda ? Ajuda, agradam bastante.
Porém não existe no mundo um agrado melhor ao coração de uma mulher do que o amor verdadeiro, um amor 100% sincero.
Amar com toda sua força, abrir mão de suas coisas por uma pessoa, abrir mão até mesmo de sua própria vida.
Esquecer certas vontades, parar com certas manias.
Nunca se abandonando...
Apenas melhorar para a felicidade de seu amor, e com o sorriso de seu amor conseqüentemente sua felicidade.
Amar vai além de versos, além de frases, palavras, ou presentes.
O amor verdadeiro é demonstrado com atitudes, olhares e algumas palavras vindas de seu coração.
Falar de amor nunca é fácil, pois ele irá sempre muito mais do que achamos que seja, sempre será mais do que podemos dizer, ou do que podemos expressar.
Se um dia eu não disser “te amo”, não se preocupe...
Eu apenas não saberei expressar em meras palavras o quanto é grande o que sinto por ti.
Só lhe peço que quando houver alguma dúvida olhe dentro dos meus olhos e veja...
Veja o quanto eu te amo...
Que a razão do meu viver é você .

Gabriel De Queiroz Ribeiro

Estamos com fome de amor

Baladas recheadas de garotas lindas, com roupas cada vez mais micros
e transparentes, danças e poses em closes ginecológicos, chegam
sozinhas e saem sozinhas. Empresários, advogados, engenheiros que
estudaram, trabalharam, alcançaram sucesso profissional e, sozinhos.
Tem mulher contratando homem para dançar com elas em bailes, os
novíssimos "personal dance", incrível. E não é só sexo não, se fosse, era
resolvido fácil, alguém duvída?
Estamos é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber
carinho sem necessariamente ter que depois mostrar performances dignas de
um atleta olímpico, fazer um jantar pra quem você gosta e depois saber que
vão "apenas" dormir abraçados, sabe essas coisas simples que perdemos nessa
marcha de uma evolução cega. Pode fazer tudo, desde que não interrompa a
carreira, a produção.
Tornamos-nos máquinas e agora estamos desesperados por não saber como
voltar a "sentir", só isso, algo tão simples que a cada dia fica tão
distante de nós.
Quem duvida do que estou dizendo, dá uma olhada no site de
relacionamentos ORKUT, o número que comunidades como:
"Quero um amor pra vida toda!", "Eu sou pra casar!" até a desesperançada
"Nasci pra ser sozinho!" Unindo milhares ou melhor milhões de solitários em
meio a uma multidão de rostos cada vez mais estranhos,plásticos, quase
etéreos e inacessíveis.
Vivemos cada vez mais tempo, retardamos o envelhecimento e estamos a
cada dia mais belos e mais sozinhos. Sei que estou parecendo o solteirão
infeliz, mas pelo contrário, pra chegar a escrever essas bobagens (mais que
verdadeiras) é preciso encarar os fantasmas de frente e aceitar essa
verdade de cara limpa.
Todo mundo quer ter alguém ao seu lado, mas hoje em dia é feio,
démodé, brega.
Alô gente! Felicidade, amor, todas essas emoções nos fazem parecer
ridículos, abobalhados, e daí?
Seja ridículo, não seja frustrado, "pague mico", saia gritando e
falando bobagens, você vai descobrir mais cedo ou mais tarde que o tempo
pra ser feliz é curto, e cada instante que vai embora não volta mais (estou
muito brega!), aquela pessoa que passou hoje por você na rua, talvez nunca
mais volte a vê-la, quem sabe ali estivesse a oportunidade de um sorriso à
dois.
Quem disse que ser adulto é ser ranzinza, um ditado tibetano diz que
se um problema é grande demais, não pense nele e se ele é pequeno demais,
pra quê pensar nele? Dá pra ser um homem de negócios e tomar iogurte com o
dedo ou uma advogada de sucesso que adora rir de si mesma por ser
estabanada; o que realmente não dá é continuarmos achando que viver é 'out",
que o vento não pode desmanchar o nosso cabelo ou que eu não posso me
aventurar a dizer pra alguém: "vamos ter bons e maus momentos e uma hora ou
outra, um dos dois ou quem sabe os dois, vão querer pular fora, mas se eu
não pedir que fique comigo, tenho certeza de que vou me arrepender pelo
resto da vida".





Antes idiota que infeliz!
Arnaldo Jabour

Arnaldo Jabour

Há coisas lindas na vida:

poesia...
amor...
você...


Poesia linda, por que é triste
Amor lindo, por que existe
Mas lindo mesmo é você!


Há coisas grandes na vida:
amor...
perdão...
você...


Amor é grande por que isola
Perdão consola
Mas grande mesmo é você


Há coisas inexplicáveis na vida:
Deus...
saudade...
você...


Deus se ama e não se explica
Saudade se justifica
Mas como explicar você?


Há coisas boas na vida:
livros...
carinhos...
você...


Livros nos ensinam
Carinhos quem não os sente?
Mas bom para mim é você


Há coisas incompreensíveis na vida:
crianças...
sonhos...
você...


Crianças não sei se entendo
Sonhos não os compreendo
Mas sei que amo você...

Desconhecido

SIMPLISMENTE

Talvez essa seja a mais dolorosa de todas as minhas cartas.
Talvez esse amor tenha sido o mais bonito e complicado que já senti.
Por que amar você ao mesmo tempo que me deixa pessoa mais realizada e feliz do mundo, me deixa também a menos e mais insignificante das criaturas.

E isso me faz sentir dores em lugares que nem sabia que dava pra sentir.

Vivo confusa sem saber o que realmente fazer,pois se eu te deixar agora nunca vou saber onde isso vai acabar( apesar de só estar esperando que você me deixe).

Só de pensar nisso meus olhos ardem de vontade de chorar, de dor de raiva, pois eu sempre soube que você não poderia ficar comigo(Para sempre, para mim).

Ai me pergunto porque toda essa dor e angustia, se tenho você aqui, agora? Se você faz com que eu me sinta feliz? Se você arranca de minhas melhores gargalhadas, meus mais ardentes sussurros? Se me sinto segura quando me abraça? Se me fascina ouvir tua voz e todos seus elogios? Se me derreto toda com seus maravilhosos beijos? Se você me esculta? Se você me perdoa? por que? Sabe, é por que simplismente te amo!

E porque não continuar como está? deixar tudo correr de acordo com o vento? Não posso pois machuca te amar e te dar tanto sentimento, sendo que enquanto fico aqui você já entrega todo seu coração a outra pessoa.

Doi...Doi...Doi muito!

Só que eu não posso reclamar de tal dor,Eu nunca pensei que me incomodaria saber que os beijos que me embriagam não são só meus,eu nunca me importei em saber que os braços que me aquecem com todo aquele calor, aquecia também outro corpo que não é o meu.

Mas agora está insurpotável, ter só um pouco de você está se tornando mais difícil se eu não tivesse nada.

Mas eu não posso e não devo te contar nada desses sentimentos, sei que não se sentiria bem com essa situação.

Uma vez sem querer te deixei constrangido e naquele dia jurei a mim mesma que jámais eu voltaria a fazer qualquer coisa que pudesse vir a te magooar.Aquele dia descobri que deixei de estar somente apaixonada e passaei a amar-te.

Desde então sofro,pois tenho ou melhor sou obrigada a lembrar que uma hora você vai sair por aquela porta e não vai voltar mais.

Que vou perder para sempre o gosto dos seus lábios, o carinho de suas mãos, o doce son da sua voz e o delicioso prazer do seu corpo.

Por isso, por esses motivos não posso dizer o quanto te amo, pra não te assustar, pra não te afastar.

Mas te amo tanto tanto que eu seria capaz de ir embora caso todo meu amor viesse a te sufocar, se te atrapalhasse, se te prejudicasse, se eu soubesse por um instante sequer que por minha culpa, caisse uma lágrima do seus olhos.

Eu pegaria sem fazer barulho algum meu coração em pedaços e sairia da sua vida sem deixar rastros,pois nada nesse mundo me deixa mais feliz do que ter ver feliz.

Angelica Lopes Felipe

CARTAS AMOROSAS

escreva cartas de amor, mas não as amasse
assim como os poemas, destilados em versos beijados
podem tudo os amantes novatos, menos desfazer provas
ou cometer arrependimentos ainda que indesejados

vale uma pequena prova escrita, qualquer ato
ou insanidade cometida, tudo deve permanecer intacto
o vivido não merece o destino do nada
mesmo que sua lixeira seja obra patenteada

não, não jogue fora o respirar do tempo
a sandice da mão que comete uma declaração
guarde bem a foto com cara de bobo
aquela mal tirada no lambe-lambe do parque

mesmo que a foto contenha bancos, praças, pipoca
e um olhar besta de eterno apaixonado
quem sabe um dia você não tome coragem
e tire tudo isto do baú contemplando sua bagagem

espalhe as baboseiras escritas, fotografadas
deixe todas as coisas descansarem reviradas
descubra um você menino no presente
um você amoroso e frágil, um você diferente

talvez neste dia você tome posse
do que já havia esquecido, do muito que havia sido
seus crimes amorosos estão agora prescritos
mas ficam mais belos sempre que são descritos

dizem que com os anos a ausência de culpa
esculpe novos seres humanos dentro dos velhos que ocupa

Lou Bertoni

Todas as Cartas de Amor são Ridículas

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Fernando Pessoa

Há coisas lindas na vida:
Poesia,
Amor,
Você.
Poesia é linda porque é triste,
Amor é lindo porque existe,
Mas linda mesmo é VOCÊ.
Há coisas grandes na vida:
Amor,
Perdão,
Você.
Amor é grande, pois tudo isola,
Perdão é grande, pois consola,
Mas grande mesmo é VOCÊ.
Há coisas inexplicáveis na vida:
Deus,
Saudades,
Você.
Deus se ama, não se explica,
Saudade se justifica,
Mas como explicar VOCÊ?
Há coisas boas na vida:
Livros,
Carinhos,
Você.
Livros instruem a gente,
Carinhos, quem não os sente?
Mas bom mesmo para mim é VOCÊ.
Há coisas incompreensíveis na vida:
Crianças,
Sonhos,
Você.
Crianças, não sei se entendo,
Sonhos não os compreendo,
Só sei que amo VOCÊ.

desconheço

EXCLUSIVAMENTE PARA VOCÊ
Há coisas lindas na vida
Poesia, amor e você
Poesia é linda porque é triste
Amor porque existe
Mas como explicar você?
Há coisas incompreensíveis na vida
Deus, saudade e você
Deus se ama e não se explica
Saudade se justifica
Mas como justificar você?
Há coisas inexplicáveis na vida
Criança, sonho e você
Criança não sei se entendo
Sonho não os compreendo
Mas compreendo que gosto muitooooooo de você.

Desconhecido

O amor e o poker tem muitas semelhanças em comum , tanto em um quanto no outro as pessoas jogam com probabilidades e riscos , e com o tempo você aprende que em ambos não existe o jogo perfeito (ou a pessoa perfeita), depois que você adquire experiência você aprende a jogar com mais inteligência e segurança ,acaba aprendendo a desviar dos blefes que a vida pode te dar no meio do jogo e acaba descobrindo que precisa aprender a jogar com as cartas que tem na mão ,e é exatamente por você construir a sua vitória , que ela tem um significado tão grande e especial. Em ambos é sempre bem vindo um pouquinho de sorte , e sim se você jogar seu jogo com dedicação , paciência e competência você com certeza sairá com o pote de ouro no final, seja ele uma maleta de fichas em Vegas, ou melhor ainda , o prêmio final pode ser o amor da sua vida. E aí vai entrar nessa aposta? o risco é grande , mas a recompensa também.

Igor Minor

Sempre te escrevo cartas de amor todos os dias. Tudo isso só para lhe demonstrar que eu te amo, mas estou aprendendo que não basta escrever ou dizer, tenho que fazer, demonstrar, por isso se você deixar ou permitir que eu confesse pra você e pra todo o mundo que é só você que me faz feliz e que ilumina o meu dia mais que o sol (o sol perto de você é apenas uma estrelinha) e as noites ilumina mais que a lua e as estrelas e é só você que significa pra mim, você é a minha vida o meu sorriso a minha felicidade a minha razão de viver, você é tudo pra mim, te amo tanto que nem sei te dizer mais posso demonstrar pra você e o mundo que EU TE AMO!!!

Danilo César

“Todas as cartas de amor que hoje repousam em alguma gaveta velha e as que não foram nem escritas pelo medo da resposta. As rasgadas, queimadas, manchadas de água dos olhos ou caneta ruim. Todos os sentimentos ridículos que só são ridículos pelo tamanho da verdade, pela vontade de dizer sem motivo e mil vezes. Todas as ressacas desnecessárias das noites vazias, que seriam tão facilmente evitadas, que por pouco não são preenchidas de romance e música. Todas as palavras certas da pessoa errada e todas as pessoas erradas que insistem em tentar me fazer feliz quando são incapazes por natureza. Os risos forçados que geram lágrimas no travesseiro, as danças vazias que geram um vazio ainda maior. Os finais de semana que doem o resto dos dias. A mentira que preenche de ar o que devia ser companhia.”

Verônica Heiss

Ninguém disse que seria fácil. Amar não é coisa de filme, apesar de ter cenas lindas. Amor é real, dia a dia. No amor, a gente tem que conviver com cada imperfeição – e fazer isso com vontade. Tem que querer de verdade. Não, não é fácil, tem altos e baixos, frases e fases. Mas se você parar pra pensar, tudo na vida é assim. O importante, na minha opinião, é enxergar o outro como ele é – sem ilusões ou floreios. Se você quer a pessoa que você vê, certamente tudo será mais fácil. A gente precisa aceitar os próprios defeitos e limitações – e respeitar os do outro. Ninguém disse que é fácil. Mas amar é tão bom que se torna maior do que o resto.

Clarissa Corrêa

cartas para o céu

Se eu pudesse entregar suas cartas para o Céu, eu seria um pombo correio.
Se Deus recebesse telefonema, eu te daria o número.
Se existisse falarcomosanjos.com, sei que mandaria um e-mail.
Mas não! Mesmo assim, você não receberia uma resposta em palavras, de volta, não dos anjos!
Irá receber um e-mail automático, como caixa postal, escrito seu nome no começo e o da pessoa dos seus pensamentos, fechando com um:
“Eu te amo, não se preocupa comigo, vai cuidar da sua vida, ser feliz, cuidar da família. Sei que você sente saudade, mas eu não faço mais parte do seu coração. Quando recebo uma oração, me sinto mais vivo! E você sabe sentir isso, portanto, conserve-me em paz no seu coração que eu gosto!
Não sofra, porque quando você sofre eu sofro junto. A saudade, eu sei, eu compreendo, mas em um dia distante você também vai pular do barco. Aí então, teremos esse sonho eterno inteiro para abraços e lembranças do passado, poderemos ver seus filhos lendo a essa mesma carta que você leu e eles serão felizes porque você os criou. Assim como eu estou feliz por ter netas e netos com sorrisos lindos, brincadeiras, artes e choros que me fazem sentir amor nesse instante, remar em frente mesmo contra a corrente, porque a maré, logo em frente, ficará calma e descerá água limpa.
Veja a reflexão do seu rosto alegre, sente em seu coração o meu batendo contente!
Desculpe não poder responder pessoalmente, mas quando quiser estar comigo é só pensar com sentimentos puros aqui no Céu que o amor fala palavras e nós escutamos. Não é preciso despedir, nem ficar com Deus, porque com Deus aqui estou eu. Agora eu sou um olho dEle, e nem pisco
lendo cada página do seu livro.”

Dedicado à todos que foram para o Céu
A inspiração vem mais perto do coração.

Vó Izaura
Dona Dalva
Seu Cico

felipe de paula

O Poeta dela...

Suspirando de amor,
cada dia morria um pouquinho...
Bailava nos sonhos azuis
daqueles versos escritos no papel,
jogados ao sabor do vento,
caídos no colo, sobre seu vestido estampado...
A cada palavra sentia o beijo terno,
cada estrofe uma promessa de vida,
cada rima uma canção mágica...
O amado de toda a vida,
estava naquele pedacinho de papel...

Daniele Dallavecchia

Sei que deveria escrever cartas para você com milhões de palavras de amor, mas não consigo, quando me encontro com uma folha de papel e um pequeno lápis não consigo nada mais nada menos do que ficar pensando em você, mas porque não consigo escrever para você?

Entrei na conclusão que as vezes o amor não pode ser expresso por palavras, por presentes, mas pode ser expressado por pequenos gestos, por pequenos carinhos e modo de agir ao estar a seu lado.

Me perdoe se não consigo apenas escrever uma carta de amor, mas não quero escrever apenas uma carta de amor. Quero mais do que lhe escrever amores, quero te dar amores e te fazer muito feliz.

Fico por aqui meu amor. Nunca se esqueça eu te amo.

Guilherme Felipe do Nascimento Reis

Na vida, e principalmente no amor, temos de colocar as cartas na mesa; não dá para ludibriar com a carta mais valiosa, o Ás, a fidelidade é inegociável; o respeito é o Rei que comanda a sintonia harmoniosa; o Coringa é deixado de lado, jamais pode haver prostituições, amassos, beijos, ficar, pra se deleitar, defraudar o templo sagrado do Espírito Santo.

Devemos ser sinceros, dignos, fiéis, e sempre dispostos, a jogar limpo, pra ganhar o coração de uma Dama virtuosa, rara, especial, escolhida e amada.

Aimara Maia Schindler

DATILOGRAFAR UMA DIVAGAÇÃO

Já datilografei muito na vida,
Escrevi cartas de amor,
Postei cartões no correio,
Telegramas apaixonados,
Mas que saudades da datilografia,
Do som das teclas da maquina,
Do ajustar o papel,
E até mesmo do palavrão
(risos)
Palavrão ao errar no fim da pagina.
Tecla que enroscava
Fita que gastava
Pesquisa na biblioteca,
Saudades de uma época difícil,
Mas o mundo era maior,
Tudo era tão grande
Até mesmo os sonhos
E as fantasias...
Tudo era um misto de romantismo,
(...)
Querendo caminhar para o futuro,
Época que divorcio causava escândalo
Beijo na boca era beijo a francesa,
E o som da maquina de escrever me encantava,
Nessa época a muito passada
Na mesa de bar conversávamos
Não havia um paredão
Chamado celular...

André Zanarella 22-01-2013
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/4902221

André Zanarella