Apollinaire poemas

Cerca de 6 poemas Apollinaire

Venham até a borda, ele disse. Eles disseram: Nós temos medo. Venham até a borda, ele insistiu. Eles foram. Ele os empurrou... E eles voaram.

Guillaume Apollinaire

Meu desejo maior é ter em casa uma mulher razoável, um gato a passear entre meus livros e, a todo tempo, amigos. Sem tais prazeres eu não viveria.

Apollinaire

É pela quantidade de trabalho fornecida pelo artista que medimos o valor de uma obra de arte.

Guillaume Apollinaire

Vamos passando, passando, pois tudo passa / Muitas vezes me voltarei / As lembranças são trompetas de caça / Cujo som morre no vento.

Guillaume Apollinaire

Incerteza, oh, que deleite / Vós e eu nos vamos / Como se vão os caranguejos, / para trás, para trás.

Guillaume Apollinaire

Cheguem à borda, disse ele
Eles responderam: Temos medo.
Cheguem à borda, ele repetiu,
Eles chegaram,
Ele os empurrou... e eles voaram.

Apollinaire