Ando Desanimada

Cerca de 30 frases e pensamentos: Ando Desanimada

Minhas palavras prediletas

Ando meio afastada;
meio desanimada.
Ando meio sozinha;
meio sem clima.
Solidão é minha única companhia;
é a única em quem eu confio.
Os dias estão frios;
estou me escondendo atrás dos livros.
As histórias as vezes me arrancam um sorriso;
mas normalmente eu não rio.
Meus pensamentos estão andando meio que confusos;
sem direção,sem sentido.
Me distraio com qualquer barulhinho.
As me pego falando sozinha;
escrevendo coisas sem sentido.
Meus contos estão ficando sem titulo;
os parágrafos não passam de um grande vazio.
Entre uma linha e outro,procuro um espaço;
um espaço que não é encontrado.
Meus cadernos estão andando vazio.
Minhas historias estão todas sem sentindo.
Ando escrevendo muito as palavras "sem sentido".
Não o que me faz escrever tanto sobre isso.
Estou confusa, sozinha, com uma caneta e um caderno;
mas as linhas continua em branco.
Às vezes uma agenda, escrevo palavras dizeres;
mais que explique o motivo de tanta tristeza.
Para falar a verdade nem sei se é mesmo tristeza.
Ou se é apenas um tempo que preciso .
Na escola não consigo me concentrar;
escrever um texto,responder alguma pergunta.
Nem nas musicas eu presto atenção;
Toca algumas que eu gosto e quando eu as vejo já estão no final.
Ando confundindo as coisas, as pessoas os nomes, as palavras, as musicas,os caminhos.
Ando confundindo tudo.
Ultimamente minhas palavras prediletas são: SOLIDÃO, SENTIDO, CONFUDINDO...

http://depoisgarota.com/

karine kelly de Oliveira

Viemos em nome de Deus

Maria Lúcia sentiu-se mais desanimada. A chuva que caia impiedosamente lá fora, entrava por todos os buracos do barraco, sem dar muita chance de encontrar um lugar seco para dormir. Fora todo esse incomodo, havia o medo terrível de desabamento naquela favela construída na encosta de um morro. Como dizem os moradores mais antigos, “lugar que ninguém quer é o lugar do pobre”, mas ela não se conformava com aquela situação. Na única cama do cômodo, seus 3 filhos dormiam quase que abraçados, a sensação de frio aumentava com o vento que a chuva trazia.

Passava da meia noite e sua barriga enviava sinais de fome. Sua única refeição naquele dia fora um pão seco que ganhara da vizinha e ainda dividira com os filhos. Olhou para o caixote ao lado do fogão e percebeu que até o fubá que ela usava com água e um pingo de açúcar para disfarçar a fome das crianças estava acabando, o que seria dela amanhã?

Adormeceu com fome e sonhou que estava em um campo onde havia muitas árvores com frutas de todas as cores. Era um festival de cores e cheiros que inundavam a sua alma. Maria Lúcia sentia-se na plenitude dos seus 23 anos, envelhecidos pela miséria e descaso. Esquecera dos problemas e valsava uma música imaginária que só ela podia ouvir. Pegava uma fruta aqui, outra ali e se deliciava com os sabores…
Acordou com um gosto doce na boca, mas quando abriu os olhos, a triste realidade a fez chorar. seu choro, mesmo baixinho, acordou o filho mais velho, Márcio de 4 anos que abraçou-a e com seus dedinhos encardidos das brincadeiras de ontem, tocou no seu rosto com suavidade:
-Mamãe tá chorando?. Por que você está triste? . Chora não…sonhei com um lindo anjo esta noite, e ele falou que alguém viria ajudar a mamãe ainda hoje.

Maria Lúcia se surpreendeu com aquele recado do filho tão novinho. Onde ele ouvira falar de anjos???
Mais surpresa ainda ficou ao ouvir palmas na frente do barraco. Abriu a porta timidamente e viu algumas senhoras paradas diante dela. Todas estavam com um sorriso no rosto e faziam parte de um grupo de caridade da igreja local. Logo se aproximaram e foram invadindo o pequeno barraco com alimentos que pareciam até coisa de sonho. Arroz, feijão, leite em pó, fubá, farinha, ovos e até carne…quanto tempo ela não sabia o que era comer um pedaço de carne.

-Viemos em nome de Deus para ajudar. O que mais a irmã precisa.
Surpresa com todo aquele amor, Maria Lúcia queria agradecer, mas falou do seu maior sonho: arrumar um emprego para poder sustentar aquelas crianças. Ela sabia que aqueles alimentos iriam acabar em breve, e depois? Só um emprego a libertaria daquela miséria. Seu outro sonho era voltar estudar, concluir o segundo grau interrompido pela gravidez precoce.

Falou dos seus sonhos, enquanto as irmãs faziam uma corrente de oração, depois, a mais velha perguntou se ela não queria trabalhar na casa dela cuidando da mãe dela que sofria do mal de Alzheimer. Ela poderia inclusive morar na casinha que ela tinha no quintal com os seus filhos. Maria Lúcia não podia acreditar no que ouvia, grossas lágrimas escorriam pelo rosto, beijou as mãos daquela mulher que nem lhe perguntou o nome e lhe deu uma oportunidade.

E ela soube aproveitar aquela oportunidade. Cuidou da mãe da patroa como se fosse a sua própria mãe, e além disso cuidava da casa da patroa com tanta dedicação, que mesmo depois do falecimento da mãe dela, ela continuou morando ali, onde pode criar seus filhos com dignidade, pode voltar estudar e agora, prestes a se formar na faculdade, a nova assistente social, que nunca esqueceu as suas origens, bate palmas naquele mesmo barraco onde um dia o filho disse que tinha sonhado com um anjo, e que a caridade mudou a sua vida. Na noite passada sonhou com um anjo que lhe mostrara o antigo barraco e pessoas famintas esperando por ajuda.

Quando a porta se abriu, uma mulher muito magra e assustada atendeu com olhar perdido. Maria Lúcia foi entrando, com as amigas da igreja, avançando com comida, roupas, esperança e uma parte de Deus.
-Viemos em nome de Deus para ajudar. O que mais a irmã precisa?.

Deus que nesta noite, através de seus anjos, falou em mais um coração disposto a ouvir. Assim, mais uma vez, antes da caridade, Jesus entrou naquele barraco, sentou, tomou água, abençoou a todos e partiu feliz, porque aprenderam a sua mais preciosa lição:
“Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.”
Mat. 5:7.

Paulo Roberto Gaefke

Estou tão desanimada, que a vida nem tem mais graça... Tudo isso porque eu perdi você!

Alanis Habeck Tavares

No reino mineral, a consciência é inanimada; no reino vegetal, é desanimada; no reino animal, é animada, e no reino hominal, é determinada, dona de si.

Juahrez Alves

E que fraqueza que há em admitir que se tem medo, que se sente desanimada as vezes, que esta decepcionada? Para essas pessoas que são sinceras há sempre a oportunidade de revigorarão pois admitem que precisam. Já para as outras que saem por ai a desfilar sorrisos forçados, alegrias falsas, fortalezas construidas de papel, ahh...tenham cuidado... que valor há na aparência?

Alessandra Gonçalves

Alessandra Gonçalves

Se um dia você me vê triste e desanimada. Não pense que estou me dando por vencida...Pois a minha força cresce da minha fraqueza.

Vanessa Pimentel

se algum dia estiver desanimada e não conseguir se consentrar pense em mim que estarei la pra te confortar

iranildo

Quando estiver triste, desanimada, sem forças para continuar olhe ao seu redor e veja que você não esta sozinha. Estamos ao teu lado e nunca te deixaremos só.

Natalino Gomes da Silva

Cansada,mas, não abatida, afrontada ,mas,não desanimada, sofrida,mas ,jamais vencida.

Marcia Morais

E quando estiver desanimada, triste, se sentindo mal, te devolverei o abraço que me deste hoje, pois ele curou esses mesmos sintomas.

Hudson MEnezes

Eu estou naquela sabe? Naquela sensação de estar sendo enganada, estou insegura, estou desanimada, a única coisa que eu queria era estar ao seu lado, mas de verdade? Se você não quiser nada, é melhor falar de uma vez, não quero ficar aqui, sendo iludida, pois na minha opinião.. é horrível sentir isso! Foi tão simples me apaixonar por você, seu sorriso, seu jeito, sua voz, seu jeito de me fazer rir, foi tudo tão rápido, mas também, pode ser mais rápido ainda para todo esse conto de fadas acabar, na boa.. você nunca vai achar alguém que te ame igual eu, pode ter acontecido tudo isso em pouco tempo, mas mesmo assim.. eu te amo demais

Gi Marconato

Estou cansada e completamente desanimada, eu quero chorar e também quer um cigarro.

Kananda Chaves

-eu odeio me sentir assim,eu odeio me sentir triste,eu odeio me sentir desanimada,eu odeio ler coisas que me deixam mal,odeio quando as pessoas tem atitudes que me deixam com raiva.Eu queria que tudo mudasse por um instante,que tudo se calasse e ficasse em paz,que não houvesse mais essas brigas,essas brigas que eu tanto odeio,essas brigas que me fazem pensar em tomar decisões precipitadas,essas brigas que machucam o coração da gente de uma forma extremamente furiosa.As palavras as vezes machucam muito,nos trazem lágrimas,fazem nos sentirmos um verdadeiro NADA,ao mesmo tempo que você gostaria de ser tudo,é simplesmente inevitável a gente se magoar com aquelas pequenas coisas que dizem tudo,tudo o que você gostaria de não ouvir daquela pessoa,aquela pessoa que você gosta tanto,que você tanto quer ter perto.Aquelas feridas adquiridas por brigas e mágoas anteriores,estavam cicatrizando,até acontecer novamente algo que te faça chorar,que te faça sentir de novo tudo aquilo que você tanto evita sentir,aí então,as feridas se abrem novamente,deixando aquele vazio enorme,aquele aperto insuportável que te faz sentir uma tristeza invadindo todo o coração,quebrando cada pedaço dele,deixando a dor se alojar por aquele momento,aquele momento que em vez de lágrimas,você quer sorrisos,em vez de distância,você quer abraços,mas isso não é possível,pois é só você quem quer,e isso não depende só de você,depende daquela pessoa que já havia citado,a pessoa especial,que você gosta tanto,que você quer tanto ter perto,mas ela está lá,bem longe,enclausurada numa tortura só dela,esperando a paz novamente se alojar nela.

Tassiane de Avila

Evite contatos com pessoas desanimadas e sem objetivos e se sentiras satisfeito (a) e realizado (a).

Humberto Queiroz

Eu a vi além do corpo torneado;
Vi-a aborrecida, com os olhos desconcentrados, desanimada com o mundo. Garganta seca pelo egoísmo dos que lhe machucaram, olhos marejados sonhando por uma vida com mais amor, eu a vi além do resultado da academia, das estampas, além do que queria mostrar. Quando parei de olhar ansiosamente o quanto faltava para chegar até você, passei a olhar o quanto já me aproximei e com gentileza descobri, de verdade, que sabia mais de você do que imaginava. Não reparei nas dobras da sua barriga, mas sim nas do seu rosto ao sorrir. Não reparei no tamanho de calça, mas na profundidade que o seu olhar era capaz de alcançar. Você é uma mulher interessante já a vi trocando de cidade, de projetos, de trabalho, de sonhos, de medos, de amores. Você vai se completando a cada dia, vai crescendo em cada despertar da aurora, aprecie mais. Aceite o meu convite para ser feliz, esforçarei-me para isso. Vou te mostrar que basta um sorriso e o dia vence a noite, a vida vence a morte, a coragem vence o medo, a fé vence a enfermidade, basta confiar, acreditar e, principalmente, sorrir. Eu sei a sua cor preferida, seu prato predileto, seus medos, suas vontades e sei como te encontrar. Eu sei as palavras que gosta de falar, mas tome cuidado com aquelas que sussurra para si mesma. Tome cuidado com o rancor que guarda, com o coração que blinda, com tantos que afasta, talvez, dentre tantos, esteja alguém disposto a ser como ninguém ainda foi com você. Por isso, acostume-se com as chegadas, partidas, com as distâncias, com as mágoas, mas nunca esqueça que dentre tantas coisas nessa vida, chegará os momentos de paz, e principalmente, de amor, confie, pois a vida lhe reserva momentos incríveis.

Wilton Lazarotto

Se um dia você me vê triste e desanimada...
Não pense que estou me dando por vencida...
Pois a minha força cresce da minha fraqueza.

Vanessa Pimentel

Desanimada.


Olhos vendados, boca fechada, totalmente desanimada.
Palavras cortadas, não decifradas.
O tempo passa e nada muda.
Preciso de um lugar novo.
Ocupar minha mente.
Ler intensamente.
Rir alegremente.
Dizer adeus.
Ao vazio.
Adeus.
Vazio.

Larissa Ariane de Arruda

Quando foi a última vez que, como cristão, você segurou as mãos de uma pessoa desanimada, fraca ou rebelde contra Deus, para fazer uma oração com ela?

Helgir Girodo

●๋• AMIGOS ,,..)

ααin, αs vezes estou me sentido desanimada, quαndo penso que tudo αcαbou e que α vidα perdeu o sentido, são pequenαs pαlαvrαs e simples gestos tiipoh uma palavra amiga que nos confortα. É nessα horα que α gente enxergα αs verdαdeirαs pessoαs e os αmigos de verdαde. São com piαdinhαs que eles levαntαm nosso αstrαl, são com risαdαs αtoα, com compαnhiα,ou mesmo através de comentários ,depoimentos e com sinceridαde que α gente percebe que tem sim um sentido prα viver.

Obrigαdα por tudo, αmigos...mesmo que alguuns sejam a longa distância e virtuais,,,
mas que fazem toda a diferença !!!

Desconhecido

-Você está bem?
-Sim seu moço,estou bem.
(Bem decepcionada,bem desanimada,bem apaixonada,bem louca,bem confusa e bem estranha.Estou bem a bessa com um tanto de coisas assim.Estou bem mal.)

Camila Vieira