Amor que não se Mede

Cerca de 96 frases e pensamentos: Amor que não se Mede

É um amor pobre aquele que se pode medir.

William Shakespeare

A amizade é o conforto indescritível de nos sentirmos seguros com uma pessoa, sem ser preciso pesar o que se pensa, nem medir o que se diz.

George Eliot

A FITA MÉTRICA DO AMOR

Como se mede uma pessoa? Os tamanhos variam conforme o grau de envolvimento. Ela é enorme pra você quando fala do que leu e viveu, quando trata você com carinho e respeito, quando olha nos olhos e sorri destravado. É pequena pra você quando só pensa em si mesmo, quando se comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas: a amizade.

Uma pessoa é gigante pra você quando se interessa pela sua vida, quando busca alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto. É pequena quando desvia do assunto.

Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma. Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos clichês.

Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaço de poucas semanas: será ela que mudou ou será que o amor é traiçoeiro nas suas medições? Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande. Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.

É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos. Nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e frustrações. Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente, se torna mais uma. O egoísmo unifica os insignificantes.

Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande. É a sua sensibilidade sem tamanho.

Martha Medeiros

Distância não pode ser um problema. Um amor não pode ser medido como se mede uma rodovia.

Karina Perussi

QUE AMOR DE MÃE!
Não há explicação para este AMOR arrebatador...
AMOR que não mede forças para defender,
É capaz de sentir dor sem doer,
De chorar sem entristecer,
De alegrar-se com suas vitórias e chorar em suas derrotas.
Pode ser platônico a vida inteira.
AMOR que quando o vê tropeçar e cair, estende as mãos a sorrir.
Ao passar noites em claro,
Dormir a noite inteira, é raro.
Sente emoção em qualquer ocasião, aja coração!
AMOR que sente ciúme, mas não toma posse.
Sabe que o "barquinho" deve ser lançado ao mar.
Trabalha para seus sonhos manter.
Briga, mas seus brinquedos põe-se a recolher.
Por mais que seja machucado, recompõe-se e volta a ficar ao nosso lado.
Nunca espera nada em troca,
Pelo contrário. Doa-se com toda força.
AMOR que ninguém sabe explicar, nem copiar.
Parece já nascer dentro deste alguém chamado perfeito, sem defeito.
Aos olhos do mundo, nem sempre bem vista, mas por seus filhos querida.
Difícil achar uma rima para um ser tão especial.
AMOR igual a este não tem igual.
Que AMOR de mãe!
AMOR que nunca termina, mesmo sem rima e que com o tempo e como pó,
Termina em amor de vovó.

Eliani Maria Alves de Almeida Santos

Não mede o tempo e não se podes medir o tamanho do meu amor que muita das vezes eu acho pouco para cultuar a tua beleza divina e natural;

Julio Aukay

Medir as consequências não é um ato de covardia, mas uma nobre prova de respeito ao universo!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Antes de condenar a transgressão alheia, olhe para si mesmo e lembre-se que Deus não mede pecados com escalas métricas!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

O amor é como uma dose de álcool que em nosso sangue perpetra. Vivemos nos embriagando sem medir todas as consequências hoje, para morrermos de ressaca e nos arrependermos amanhã. E por mais que digamos que não o faremos outra vez, acabamos tomando outro porre para esquecer os outros amores que deixamos de tomar.

Felipe Magister

Já experimentou medir tudo com amor? Cada decisão, palavra, olhar, atitude, pensamento...

Alex Verly

Não gosto de números para me definir, números não conseguem me medir.

Patrícia de Oliveira Lima

Quem se dedica a uma causa digna não deve medir honestos esforços para vê-la obter êxito.

Ivenio Hermes

A razão de toda a existência.
É possível avaliar um sentimento? Pesar uma afeição? Medir o entusiasmo ou regular uma paixão? Estamos conectados, seguimos uma ordem natural, um preceito imposto a cada ser como dádiva divina. Somos cativos a esses sentimentos, o ser humano é um indivíduo coeso, de origem racional e segue os próprios instintos. Não há como negar, existe em cada ser a necessidade de suprimir as emoções, mitigar os anseios e saciar desejos concupiscentes. O campo sentimental é como uma selva em que vence o mais forte, em seu interior existe um contrassenso, um leão a ser abatido. Todavia, esse caminho é uma senda serpeada, um campo minado, pérfido, onde vence o perspicaz. Esse “vencedor” não somente se valia de sua argúcia instintiva, como de um desprendimento sentimental especial, diferente dos demais. O ser humano é capaz de amar racionalmente, responder a esse sentimento e submeter-se a suas condições. Desde o útero aguardamos o contato materno, a ânsia pelo amor tornou a experiência embrionária um ensaio prodigioso. O amor, no entanto é um admirável paradoxo, um bem comum, o atributo peculiar em cada ser, o domínio de um e a sujeição do outro. Se estivermos compelidos a amar de forma irracional, estaremos impelidos ao inefável abismo solitário da razão. O amor é inerente como a alma, é a essência de cada ser, um nobre sentimento, uma busca; a razão de toda a existência.

Paulo Master

Não se pode medir a quantidade de amor! Não há muito ou pouco amor... o amor já é tudo!

Duilho Laviola Pedrosa

Alguém me Espera


Andar no teu compasso
Mesmo mundo, outra esfera
Sempre a medir meus passos
Não importa se é outra terra
Pois é só esticar os braços
Que logo, um alguém me espera.

Siomara Reis Teixeira

"Se seu gostar de alguém. Ligo, mede importo, amo, valorizo.. Mas se não o houver retribuição. Desligo, mede afasto, ignoro-o e mede valorizo"

Wender Lima

A locura nao se mede pelos nossos atos .
Mais sim pela forma de deixarmos o amor nos comandar ...
Por isso somos unicos

Daiana contine

A verdade nas palavras de um homem, não se mede pela quantidade de vezes que as pronúncia, mas pelo momento e vontade como as pronúncia, sentir saudades de alguém é sentir a falta que nós faz, é reconhecer que é importante pra nós é olhar para dentro de nós e reflectir o quanto gostamos, admiramos e amamos.

Tuapanda