Amor Gótico

Cerca de 70 frases e pensamentos: Amor Gótico

O amor não prospera em corações que se amedrontam com as sombras.

William Shakespeare

Olhar

Lua que busca o silêncio dormido entre as sombras
Alma que guarda saudade dormida em silêncios
Beijo que dorme em saudade de alma e desejo
Corpo que grita no canto, pois quer o teu beijo

Paz que não tenho a distância e nas sombras que venho
Alma que dói por saber da saudade que tenho
Brilho da luz escondida na lua que espera
O beijo que grito e que traz teu amor primavera

Um dia o meu olhar, quem sabe, encontre o teu
E acorde pra um novo mundo que o tempo adormeceu
E o brilho que, em ti, virá da luz da lua é meu
E a calma da sombra mansa da paz que amanheceu
O teu olhar se encontra ao meu
Reflete os sonhos dormidos que buscam achar os teus

Olhar de estrela recente em meio ao que penso
Adeus ao sorriso que parte e não sabe se volta
E o pouco de mim que ficou já não sabe se canta
Fez lua e saudade chorar no olhar da garganta

Um dia o meu olhar, quem sabe encontre o teu
E acorde pra um novo mundo que o tempo adormeceu
E o brilho que, em ti, virá da luz da lua é meu
E a calma da sombra mansa da paz que amanheceu
O teu olhar se encontra ao meu
Reflete os sonhos dormidos que buscam achar os teus

lisandro amaral

QUANDO CHOVE

Quando olho nos teus olhos
Não vejo a luz do amor
Só as sombras do passado
Só um fogo que se apagou

A vida é assim
Nosso espelho se quebrou
É hora de se guardar
Os segredo no coração

Se chove lá fora
Queima aqui dentro
De vontade de te abraçar
Amor
Quando chove
Fica mais triste esperar
Por alguém que não vai chegar

Quando ouço teu silêncio
Escuto meu coração
Bater apressado e urgente
Te querendo sem querer
Cansado de sofrer
Mais agora já é hora
Dessa chuva ir embora

Patrícia Marx

Maternidade

A certeza de amor incondicional…
A plenitude da luz sem sombras…
A compreensão às vezes incompreendida…
A companhia na solidão infinita…
A alegria incontida mesmo nas lágrimas…
A felicidade multiplicada e infinita…
O meu EU fora de mim…
Permito-me: A perfeição divina oferecida aos homens.

André del Roso Guirronda

Era uma história de um amor proibido.

E por mais que nas sombras tenha sofrido,

nem dele ela era, nem nunca tinha sido.

Jacqueline

"Vale da Sombra da Morte, 15 de setembro de 2013: lugar sombrio e temido. O gélido arrepio corre pela espinha de quem aqui se aventura. Ninguém está aqui por escolha própria; aqui não há turistas. A vida empurrou para cá cada caminhante, que não esconde no rosto o horror da empreitada, e a incerteza do que lhes espera no próximo sombrio desfiladeiro.

Atônito, observo um grupo diferente: alegre, destemido, como que a curtir uma grande aventura; ousados. Paro e pergunto a um daqueles o que lhes fazia tão diferentes dos demais, tão calmos e inspiradores, ao que o caminhante me responde: 'Mesmo aqui no vale da sombra da morte, não precisamos temer que nenhum mau nos aconteça, pois temos um Senhor, Sua vara e Seu cajado que nos protege, guia e consola.'"

Vale da Sombra da Morte.
Salmos 23:4
Por Samuel Amorim Oliveira

Samuel Amorim Oliveira

Tempo de Amar

Oh sombrio mundo
que por tantas agruras me fez passar
Oh negritude da noite
que com o dia me fez sonhar
que a misericórdia de Deus nas alturas
não deixe minha vida cessar

Nas mais árduas agruras da vida
pude ver a criaça brincar
Na mais negra de todas as noites
vi a mais bela estrela brilhar
Se minha vida aqui terminar, serei um tolo
que não teve tempo de amar

"Papillon Adore"

Adriel Crahan

Eu te amo, te amo muito, mais a cada dia você afoga todo o meu amor em um lago sombrio e escuro.

Gleicy Andrade

Hoje na nevoa meu amor padece
Vai num lago sombrio navegando em prece
Num breve assobio sinto você
Mas olho e nada posso ver.

Mariana Eliza de Oliveira Beguito

Nem todo o dia escuro e sombrio significa tristeza e amargura. Lembre-se, “Das mais escuras nuvens cai água clara e fertilizante”.
Não importa a cor do céu, quem faz o dia ficar bonito é você.

Prof Lourdes Duarte

Amar e, uma expectativa Falha de uma ilusão criada por um âmago sombrio e solitário.

Insanidade Lírica

Amor sem verdade é como a primavera num sombrio deserto árido.

Marília Masgalos

Sofro de amor e de solidão,
sou uma ilha deserta com um,
castelo sombrio de um poço vazio,
cheio de escuridão.

Sinto os meus cabelos brancos como,
o despertar uma borboleta para vida,
um navio pirata que navega depressa,
não deixo de ver o por o sol.

Porque sinto-me a envelhecer,
envelheço se deixar de amar,
Nesta ilha deserta tão escura,
desta solidão.

Não são os cabelos brancos,
que me impedem de voar,
e o meu coração gelado que não sabe amar,
como as aguas desta ilha.

Deste castelo sombrio cheio de escuridão,
tem medo de sofrer nesta noite fria,
como o meu corpo gelado desta,
longa solidão.

isabelRibeiroFonseca

Uma torrente de lágrimas irrompe de meu coração amargurado e choro desolado ante o futuro sombrio que me espera.

Goethe

o desprezo cresce, acaba o amor, corpos decompondo-se tornam o ar mais sombrio, o sangue que escorre faz com que aguce meus sentidos, minha visão se alerta e vejo jovens sentindo prazer em contemplar um cadáver, minha audição se aguça e ouço as brigas pelo prazer, e quanto ao meu olfato... sinto o cheiro do sangue, e isso me instiga a não sair desse mundo sombrio, isso me faz não querer sair de dentro de mim, isso me faz a não querer sair desse meu coração sombrio.

reney van hallen (reney barbosa)

Nesse mundo sombrio,
Algo tocou minha alma
Você do nada surgiu
como uma brisa na madrugada.

Olhando o pôr-do-sol
Em ti começo a pensar
Fico imaginando nós dois,
Juntos à beira mar.

Nesse mesmo dia,
Peguei meu violão,
E com os mais belos acordes,
Fiz uma linda canção.

Pois te amar? Foi simplesmente inevitável,
Meu mundo? Agora estar revirado
Mas de uma coisa eu tenho certeza
No meu coração você está bem guardado.

Agora lhe digo o seguinte:
Estou numa vida sem tormento,
Pois algo imenso me transformou,
O amor, vivo desse sentimento.
E que o mundo inteiro possa saber,
Que simplesmente eu amo você.

Aline Pereira

És e serás sempre.
A minha alma
Nasceu num inverno sombrio
Onde a sombra da nostalgia era transparente
Nas águas do rio
Banhei-me
Sequei o meu corpo molhado
De tristeza
De amor
De desejo e de agonia
Procurei-te nas amarras da minha solidão
Alberguei no meu coração pedaços
Pedaços de migalhas
De amor
De dor
De saudade
Na minha vida deixei a felicidade fugir sem correr
Abracei a amargura onde chorei
Nas noites sombrias
Percorri a imensa escuridão
Vazia e talvez perdida
Amarrei-os os sonhos na alma
As mágoas amarrei-as no coração
Descobri
Que no meio de tanta dor
A minha felicidade foste e serás sempre tu !

Isabel Morais Ribeiro Fonseca.

Esta noite foi perfeita
Fiz magia com receita
Queimei o passado sombrio
Varri a sujeira da alma escura
Afastei as pedras com ternura
Adicionei muito perdão
Invoquei elementais
E todos os seres de luz
Abri um circulo sagrado
Revestida de forte magia
Me alimentei de pura energia
No caldeirão virou cinzas minha velha mania
E delas renasci para um novo dia

catia castaldi

E se o passado não for passado? E se estiver à espreita? No momento mais sombrio, ele será o porto seguro.

Senôma Landy

Quando a saudade avizinhar-se, e deixar o teu coração sombrio e triste, tentando macerar-lhe o coração, refugie-se no amor e deixe que as recordações felizes iluminem a noite em que você se encontra. O amor e só o amor pode nos transformar e transformar nossas vidas.
Profª Lourdes Duarte

Prof Lourdes Duarte