Amiga Antiga

Cerca de 1795 frases e pensamentos: Amiga Antiga

Sou diferente a daí? Sou romântico a moda antiga. Mando flores, cartinhas e ainda convido para jantar. Gasto horas ao telefone e teclando no msn. Adoro joguinhos, o jogo da conquista é tão mais gostoso quando jogado a dois.

Leandro M. Cortes

Há uma antiga noção de realidade que nos diz que os homens não passam de sonhos na mente dos Deuses. Porem o contrario é igualmente válido e os Deuses não passam de sonhos dos humanos. Acredito que o mais importante e assustador dessa questão é decidir qual será o primeiro a acordar desse sonho.

Nelson Barbosa

Anjos da noite
Desde a mais antiga história
Chegam os anjos da noite
Vestidas de vermelho e preto
Tendo a vaidade como a glória

Deslumbrantes e maquiadas
Para enganar a tristeza estampada na face
Máscara embutida para aliviar o passado
Trazendo juntos aos pertences na bolsa a sua vida
Resumida em um simples retrato

Desfilam pelas ruas escuras e avenidas
Ofuscando a vista dos incautos
Trocando o corpo por dinheiro
Nem sentem mais prazer... apenas um vazio depois do triste ato

Debaixo de toda a vaidade
Um corpo frágil e cansado
Na alma com pontos negros manchados
Cada um indicando um aborto... um ser que foi desprezado.

IVAN HAUPTMAN

Quando o assunto é amor eu me torno clichê, fico a "moda antiga" , viro uma romântica descontrolável, fico até brega… do tipo que escreve cartas, faz surpresas,descreve o tamanho do seu amor o tempo todo. Quando se trata do amor eu fico besta, idiota, viajo na maionese, fico o dia inteiro no mundo da lua. Quando se trata do amor, pra mim vale tudo, até me entregar por inteiro.

Danielle Gomez

Amor Eterno

Amor que nunca se acabou.
Ficou guardado como foto antiga
que se deixa dentro de um livro.

Amor que se achou
e se perdeu,
e agora se encontra de novo.

Antigo e amigo amor,
que o tempo conservou,
e sempre caminhou por perto.

Quando procurei por ele
me olhava com o mesmo carinho
daquele menino que conheci.

Me abraça,
me lembra quem fui,
me traz de volta pra casa.

Leva meus medos embora,
seca minhas lágrimas.
Cuida de mim.

Shalimar Catramby

Quando descobre-se um novo fato, para os sábios a verdade antiga morre e nasce uma nova opinião, mas para os ignorantes nada muda.

William Eduardo Marques

Entre papéis rasgados e matérias não completas, eis que acho uma conversa esquecida e meio antiga. Mas mesmo assim, não me deixa menos feliz desde a primeira vez que li.

Ela: Você é chato, mas eu o aturo :)
Ele: Chato é quem me chama e eu não suporto kkk.
Ela: Sei, sei...
Ele: Não sabe não kkk
Ela: Então você não me suporta? Tá bom então...
Ele: Então tá pessoa insuportavelmente linda, legal, meiga, inteligente e madura, rsrs..

E foi assim, que seu rosto ficou marcado em meus pensamentos. Até hoje.

Val Garcia

Quando partimos deixamos saudades, mas quando voltamos a amizade não é a mesma, é superior a antiga.''

Rafa Mendes

A antiga vontade de ser alguém melhor. E aquela boa certeza de que Deus me guia para isso..

Vanessa Leonardi

Amor a moda antiga

Quem sabe ainda sou
Aquele homem que ama
Que lhe manda cartas
E te leva, cafezinho na cama
Que faz tudo e nunca reclama
Que lhe faz mulher, uma dama
Quem sabe ainda sou
Aquele amor a moda antiga
Que lhe faz uma canção, um poema
Uma serenata , uma cantiga
Ainda sou aquele que te leva flores
Que por você morre de amores
Quem sabe ainda sou teu homem
Tua vida, teu príncipe encantado
Que sabe ainda sou teu amado
Quem sabe sou fogo, sou brasa, sou chama
Só sei, que mesmo com o passar dos tempos
Ainda sou, aquele homem...
Que diz que te quer, e te ama.

Reff Carvalho

O mundo modo a vida antiga deu lugar a algo que não compreendo, vou retornar a mel antigo lar, onde á esperança, lá na mais antiga e profunda das florestas, de joelhos perto da arvore mãe vou pedir pra ouvir o canto sagrado da floresta essa a mais bela das sinfonias e que a vida retorne a meu coração.

Uberval Do Nascimento Santos

Poema

A uma velha letra, de uma antiga canção.
Que desvendada os mistérios de uma rosa, seus perfumes.
Não importava seus espinhos, era única em todo mundo.
Diziam que seu beijo poderia salvar uma vida
Se a tivesse em mãos nada nesse mundo teria algum sentido

Quantas noites em palavras adormeci em seus braços
Mas ao acordar a solidão me observava em silêncio onde está
Será que o mundo é uma loucura sórdida que vem pra nos silenciar
Até quando a vida brinca com nossos sentimentos num jogo fatal
Moldamos-nos forte mais uma simples rosa pode nos derrubar

Olhando a chuva que cai, agosto já é um mês triste.
E o tempo faz tudo parecer mais depressivo, e agora.
Olhando as lembranças que cabem ao meu redor, tudo esta aqui.
Mas assim mesmo o frio me faz saber que você ainda esta longe
Será que pode ouvir os gritos que emanam de meu coração

Talvez as palavras mal acabadas organizadas em frases
Cheguem a fazer algum sentido quando conseguir expressar tudo
Bem que queria criar em uma frase toda dimensão do que sinto
Mas sei que você entende tudo o que quero dizer com um olhar
Tudo que eu te disser em silencio, valerá mais que diamantes.

A alma arde vida quando nos encontramos, ela renasce.
Com um simples olhar tudo começa a ter o sentido de novo
Não há mais buscas, o caminho esta em nossa frente.
Às vezes é tão fácil escrever o nome na eternidade, mas
Demoramos anos pra ver que a vida esta além de um poema.

03 de Novembro de 2011 15:26 hrs.

Ivaan Rodrigues

A nova ordem mundial é a antiga rede mundial.Acumulam informações, invadem e mails e têm você na mão.Quando quiserem, usam.

Zulmira Zuzu Fontes

Os alienados da Roma antiga eram iludidos por pão e circo. Já os de hoje o são por TV e shoping.

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

Há dois prazeres que pairam além de toda descrição: o primeiro é pagar uma antiga dívida e o segundo é fazer uma criança sorrir!

Reinaldo Ribeiro - O Poeta do Amor

A nostalgia é uma leve tristeza que se deita nos braços da saudade de uma antiga alegria que não existe mais.

Gil Nunes

Sacrificando a Antiga Vida Para Obter Uma Nova



Por João Calvino

“Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.” (Romanos 12.1)

Depois de ter apresentado as coisas que são necessárias para a construção do reino de Deus, - que a justiça deve ser buscada apenas de Deus, que a salvação deve vir até nós somente a partir de sua misericórdia, que todas as bênçãos nos são concedidas diariamente por nos serem oferecidas somente em Cristo - Paulo passa de agora em diante, de acordo com uma melhor ordem, a mostrar como a vida deve ser ordenada. Se for, através do conhecimento salvífico de Deus e de Cristo, que a alma é, por assim dizer, regenerada em uma vida celestial, e que esta vida é formada e regulada pelas exortações e preceitos santos; então é em vão você mostrar o desejo de formar a vida corretamente, exceto que você prove em primeiro lugar, que a origem de toda a justiça nos homens está em Deus e Cristo; porque é deles o levantar-nos da morte.
“Portanto, rogo-vos, pelas misericórdias de Deus”. O que Paulo diz, ao exortar-nos assim, deveria ter mais poder sobre nós, na medida em que ele se destaca de todos os outros em estabelecer a graça de Deus. De ferro deve ser de fato o coração que não é acendido pela doutrina que tem sido anunciada em amor para com Deus, cuja bondade é achada por ter sido tão abundante. Onde, então, estão os que pensam que todas as exortações a uma vida santa são nulas, se a salvação dos homens depende somente da graça de Deus, já que por nenhum preceito, por nenhuma sanção, é forjada uma mente tão piedosa para prestar obediência a Deus, senão por uma séria meditação sobre a bondade divina para com ele?
Também podemos observar aqui a benevolência do espírito do Apóstolo, - que preferiu lidar com os fiéis por admoestações e exortações amigáveis ​​ao invés de comandos rigorosos; pois ele sabia que poderia prevalecer mais com o ensino desta forma do que em qualquer outra.
“Que ofereçais os vossos corpos, etc”. Isto é então o começo de um curso correto em boas obras, quando entendemos que somos consagrados ao Senhor; por causa disto, portanto, segue-se que devemos deixar de viver para nós mesmos, a fim de que possamos dedicar todas as ações de nossa vida a seu serviço.
Há, então, duas coisas a serem consideradas aqui, - primeiro, que somos do Senhor, - e em segundo lugar, que devemos em razão disso, ser santos, pois seria uma indignidade para a santidade de Deus, que nada, nem mesmo uma primeira consagração, fosse oferecido a ele. Essas duas coisas sendo admitidas, então, segue-se que a santidade é para ser praticada por toda a vida, e que nós somos culpados de uma espécie de sacrilégio quando somos relapsos em impureza, pois isto nada mais é do que profanar o que é consagrado.
Mas há toda uma grande idoneidade nas expressões. Ele diz que em primeiro lugar, o nosso corpo deveria ser oferecido como um sacrifício a Deus; por que ele implica que não somos de nós mesmos, senão que temos passado inteiramente, de modo a tornar-nos propriedade de Deus; o que não pode existir, a menos que renunciemos a nós mesmos e, portanto, neguemos a nós mesmos. Então, em segundo lugar, através da adição de dois adjetivos, ele mostra que tipo de sacrifício deveria ser este. Ao chamá-lo vivo, ele sugere, que somos sacrificados ao Senhor para este fim, - que a nossa vida anterior sendo destruída em nós, possa se elevar a uma nova vida. Pelo termo santo, ele ressalta aquilo que necessariamente pertence a um sacrifício, porque a vítima é, então, somente aprovada, quando já tivesse sido feita santa, ou seja, separada e consagrada a Deus. Pela terceira palavra, aceitável, ele lembra que a nossa vida está enquadrada corretamente, quando este sacrifício é feito de modo a ser agradável a Deus; ele nos traz, ao mesmo tempo, nenhuma consolação comum; pois ele nos ensina, que o nosso trabalho é agradável e aceitável a Deus quando nos devotamos à pureza e à santidade.
Por corpos ele quer dizer não somente os nossos ossos e carne, mas toda a massa da qual somos compostos; e ele adotou esta palavra, para que pudesse designar mais plenamente tudo o que somos; porque os membros do corpo são os instrumentos com os quais nós executamos nossos propósitos. Ele na verdade exige de nós santidade, não só quanto ao corpo, mas também quanto à alma e ao espírito, como em 1 Tessalonicenses 5.23. Na ordem de apresentar nossos corpos, ele alude aos sacrifícios mosaicos, que eram apresentados no altar, como se fosse na presença de Deus. Mas ele mostra, ao mesmo tempo, de forma marcante, quão prontos devemos ser para receber os mandamentos de Deus, para que, sem demora, os obedeçamos.
Por isso aprendemos, que todos os mortais, cujo objetivo não é adorar a Deus, nada fazem, senão miseravelmente vagar e se extraviar. Agora, também encontramos que sacrifícios Paulo recomenda à Igreja cristã; porque somos reconciliados a Deus através do único e verdadeiro sacrifício de Cristo, somos todos, pela sua graça, feitos sacerdotes, a fim de que possamos nos dedicar e tudo o que temos para a glória de Deus. Nenhum sacrifício de expiação é requerido de nós; e ninguém pode afirmar que o seja, sem lançar um opróbrio manifesto na cruz de Cristo.
“O vosso culto racional”. Esta frase, eu penso, foi adicionada, para que ele pudesse aplicar de forma mais clara e confirmar a exortação anterior, como se ele tivesse dito: - "oferecei-vos como um sacrifício a Deus, se tendes vosso coração para servir a Deus porque esta é a maneira correta de servir a Deus; a partir da qual, se alguém se aparte, são senão falsos adoradores." Se, pois, somente Deus é justamente adorado, quando observamos todas as coisas de acordo com o que ele prescreveu, para fora então com todos esses modos elaborados de adoração, que ele abomina com justiça, uma vez que ele valoriza a obediência mais do que o sacrifício. Os homens estão, de fato, satisfeitos com suas próprias invenções, que têm uma exibição vazia de sabedoria, como Paulo diz em outro lugar; mas aprendemos aqui o que o Juiz celestial declara em oposição a isto, pela boca de Paulo; chamando-nos para aquele culto racional, que ele ordena, e que repudia como tolo, insípido e presunçoso, o que quer que tente ir além da regra de sua Palavra.

Traduzido e adaptado por Silvio Dutra.

Calvino

Havia uma história bem antiga que um dia alguém me contara quando eu era pequena, o tempo foi passando e eu nunca esqueci.

Era uma vez uma linda garota de cabelos castanhos, longos, ia até a cintura, os olhos eram da cor do mel, teus lábios eram macios, carnudos e doces que ninguém nunca provara, tinha a pele branca e as bochechas coravam facilmente, era desinibida, festiva, alegre e de bem com a vida, tinha todas as qualidades que qualquer garota sonhara em ter.

Na mesma cidade vivia João, um rapaz atraente e bem educado, 26 anos, inteligente e engraçado, gostava de bossa nova, era perfeccionista, amava comida mexicana, andava desacreditado no amor.

Anabelle cheia de encantos, moça bonita não fazia fita, morava em uma casinha de campo com seus pais, longe do centro da cidade, por mais que amasse morar com os pais, a pobre garota perdia-se em teu pensamentos a noite fazendo planos de se casar e ser feliz, fazia tantos planos que se esquecera que mesmo no auge dos seus doces dezesseis anos não sabia o que era amor. Olhou-se no espelhou e viu-se penteando os longos cabelos lisos e sedosos, quase se perdeu no tempo, disparara a porta, iria pegar o ônibus das 08:00h am.

João com todos teus problemas e dores levantara-se da cama, era um rapaz com um nobre coração, gostava de fazer mimos a quem amava, mas pobre coitado, sempre dava teu coração a pessoas erradas, e deixou isso de lado, arrancou teu coração fora e escondeu, em um lugar bem fundo e escuro para que não achassem tão facilmente. Já atrasado, saiu de casa e pegou o ônibus das 8:00h am.

Anabelle entrou e sentou na penúltima cadeira, passara do lado de João e teu coração pequeno disparou, ele com teu jeito poético e simplista fez o coração da garota bater mais forte, o que nunca lhe a acontecera. Pensou consigo: Que rapaz nobre e elegante, dever ser um cavalheiro encantador cheio de prosas e versos.

João se sentara em uma das primeiras cadeiras, quando viu Anabelle passar ao teu lado colocou um sorriso na face, encantou-se com tanta formosura disse para si: Meus olhos estão enfeitiçados com tanto encantamento, és tão bela, deixo meus devaneios, a nobre garota deve ser noiva e estar de casamento marcado.

Anabelle cheia de doçuras mal prestou atenção na aula, João lhe despertara um pequeno amor, passou o dia pensando nele, pensando se algum dia o encontraria novamente. E um dia desses qualquer, em que o sol já nasce quente e o dia amanhece sorrindo, João andava pelas ruas da cidade e esbarrou em alguém, era ela. Apresentaram-se e conheceram-se, os dois se amaram logo de cara, trocaram emails e telefones para não se perderem. João ligava todos os dias, não conseguia ficar sem ouvi-la, a voz dela era doce e suave e lhe trazia calma, com o tempo a pequena garota achou o esconderijo do coração de João e tomou para sim, cuidava tão bem e enchia o de amor.Apesar de se amarem tanto, um era diferente do outro, Anabelle gostava do azedo, do frio, era simpática e falava com todos, João gostava do doce, do quente, era tímido e tinha poucos amigos. Eram diferentes em tudo, mas se completavam, um não vivia sem o outro. O tempo correu e a garota com o teu sorriso sincero descobriu o que era amor e teus planos feitos pela noite se concretizaram, foram muito felizes juntos, ela se formou em medicina ele se tornou um ótimo engenheiro, tiveram 2 filhos, Ana e Carlos, contaram a eles a história dos dois, e foi se passando de geração em em geração, nunca houve casal mais apaixonado que aqueles dois, se amaram até o último suspiro.

Layara Sarti

Para a resolução da vida sentimental devemos apenas saber do limite... onde acaba a antiga e se começa uma nova historia!

Silas Mendes

Olha o mundo que estamos, ninguém olha pra ninguém, não tem tanta violência física assim como antigamente, como na idade média, por exemplo, que as pessoas eram decapitadas em praça pública para delírio de quem assistia. Mas a violência psicológica, moral que sofremos hoje é muito grande.. Pra passarem a perna em você hoje em dia, basta a oportunidade. - Trecho de "Segredo de Irmão"

Erick Tomazini