Frases de Albert Camus

Cerca de 95 frases de Albert Camus

Antes, a questão era descobrir se a vida precisava de ter algum significado para ser vivida. Agora, ao contrário, ficou evidente que ela será vivida melhor se não tiver significado.

Albert Camus

Amar uma pessoa significa querer envelhecer com ela.

Albert Camus

Vou-lhe dizer um grande segredo, meu caro. Não espere o juízo final. Ele realiza-se todos os dias.

Albert Camus

Não quero ser um génio... Já tenho problemas suficientes ao tentar ser um homem.

Albert Camus

O homem tem duas faces: não pode amar ninguém, se não se amar a si próprio.

Albert Camus

Quando procuro o que há de fundamental em mim, é o gosto da felicidade que eu encontro.

Albert Camus

Não há que ter vergonha de preferir a felicidade.

Albert Camus

A imaginação oferece às pessoas consolação por aquilo que não podem ser e humor por aquilo que efectivamente são.

Albert Camus

Toda a infelicidade dos homens nasce da esperança.

Albert Camus

A estupidez insiste sempre.

Albert Camus

A verdadeira generosidade para com o futuro consiste em dar tudo ao presente.

Albert Camus

Sem a cultura, e a liberdade relativa que ela pressupõe, a sociedade, por mais perfeita que seja, não passa de uma selva. É por isso que toda a criação autêntica é um dom para o futuro.

Albert Camus

Não é nenhuma vergonha ser-se feliz; vergonhoso é ser feliz sozinho.

Albert Camus

O homem não é nada em si mesmo. Não passa de uma probabilidade infinita. Mas ele é o responsável infinito dessa probabilidade.

Albert Camus

Nenhum homem é hipócrita nos seus prazeres.

Albert Camus

Fazer sofrer é a única maneira de se enganar.

Albert Camus

Não é o sofrimento das crianças que se torna revoltante em si mesmo, mas sim que nada justifica tal sofrimento.

Albert Camus

O absurdo é a razão lúcida que constata os seus limites.

Albert Camus

O homem é a criatura que, para afirmar o seu ser e a sua diferença, nega.

Albert Camus

O que finalmente eu mais sei sobre a moral e as obrigações do homem devo ao futebol...

Albert Camus