Ainda Lembro

Cerca de 84 frases e pensamentos: Ainda Lembro

Ainda lembro o que passou
Eu você em qualquer lugar
Dizendo "aonde você for eu vou"

E quando eu perguntei
Ouvi você dizer
Que eu era tudo o que você sempre quis
Mesmo triste eu estava feliz
E acabei acreditando em ilusões

Eu nem pensava em ter
que esquecer você
Agora vem você dizer
"amor, eu errei com você
e só assim pude entender,
que o grande mal que eu fiz
foi a mim mesmo"

Marisa Monte

Nosso primeiro beijo nunca esuqeci lembro a data lembro o local lembro ate a roupa que voce estava usando,lembranças boas essas! e a vida me afastou de voce,vi voce beijando outros labios, se enganando em outros abraços falsas promessas de amor! Voce dizia "te amo" e eles de bocas imundas,sem nem uma verdade no olhar dizia "eu tbm"...
De longe eu olhava ela sorrindo com ele mas nada me tirava da cabeça que aquele sorriso ainda faltava algo!
E como era de praste, nenhum deles deram certo!
e eu que nao era mas nenhuma criança disse " O tempo vai Mostrar quem é quem!" confesso já pensei em desistir, mas o sorriso dela me tonteia, a voz dela, me deixa sem palavras, sem saber oque dizer e digo ela tem esse poder de me calar sem dizer nada! ai eu penso desistir pra que se a motivaçao do meu sorriso ainda é ELA!

JC MEDEIROS - Ainda Lembro

Lembranças da infância




Ainda lembro do cheiro da chuva,
Das brincadeiras com as amigas
Do cheiro da comida,
Nas panelas que minha mãe preparava enquanto eu estudava.
Dos sonhos de voar de mãos dadas com Peter pan.
Da tentação da lama em me sujar.
De fingir que estava dormindo pra ver se via papai Noel,
Entrando em casa pra me deixar presente de natal.
De abraçar uma amiga que caiu e se machucou.
Das brigas com a irmã pelo pedaço maior do doce!
Do vento da balança em meu rosto!
De correr pra cama da mãe após um pesadelo e achar que
Somente ali nunca mais teria pesadelo!
De pensar que minha vida seria sempre uma eterna infância e
Que eu nunca perderia meu mundo de sonhos e refugio!
De falar pra minha amiga que nada nos separaria e acreditar
Que isso seria verdade!
De achar que todos falavam a verdade por que isso seria o certo
Porque foi isso que meus pais me ensinaram!
Ficar triste quando uma amiga vai embora para outra cidade, sem saber
Que essa sensação ira se repetir milhares e milhares de vezes em minha vida!
De pedir para que sua mãe beije um machucado seu por que acha que beijos
De mãe cura qualquer dor e acreditar que a dor passou!
Brigar com sua irmã, falar que ela é a pessoa mais insuportável do mundo
Mas ficar furiosa quando alguém a magoa e defende-la com unhas e dentes!
Sonhar que quando crescer encontrara um mundo La fora que nem a casinha
De doce do João e Maria.
Achar que o seu príncipe encantado será seu maior defensor e herói.
De chorar em publico sem vergonha de demonstrar sua decepção!
De expressar suas idéias sem medo de critica, e achar que elas seriam assim
Para o resto da vida, sem saber que mudaria de idéia varias vezes em minha
Vida!
Mas o que mais recordo e não consigo ter de volta, é a sensação de viver sem
Medo de ser feliz!

Adriana Poschi

Ainda lembro do som
Da chuva lá fora
E como quis
Me entender com você...

Mas o rancor foi quem falou
E eu fui embora
Você nem soube
O que eu ia dizer...

E nesse instante
O que lhe doeu mais
Foi pensar que eu nunca
Fosse voltar...

Eu disse:
Mas você não ouviu
Que não vim pra te perder
Não vim pra crer
Que possa haver você sem mim
Não pode ser
Não vim aqui pra saber
Que é fraca a minha fé
Eu vim aqui pela força do amor
Só por você

E fui rodando a longa estrada
Sem trégua
E quando eu quis retornar pra você
Fiquei sem pistas
Aumentou a pressa
Na chuva
Na luz do entardecer
Você distante
Esperando sempre
O momento em que eu voltasse ao final

Deixa esse momento ficar
Não foi um erro qualquer
Mas deve ser deixado pra trás
Perdemos o medo e sabemos porque

Não vim pra crer
Que possa haver você sem mim
Não pode ser
Não vim aqui pra saber
Que é fraca a minha fé
Eu vim aqui pela força do amor

Só por você

Dave Loggins e Wayne Tester

Eu ainda lembro
Do dia em que eu te encontrei
Eu ainda lembro
Como era facil viver ...
Ainda lembro.

Herbert Vianna

Ainda Lembro

Ainda lembro das palavras doces que você dizia
Ao pé do meu ouvido...
Lembro do sorriso que você abria quando me via,
Das explicações que você dava
Quando não conseguia telefonar...
Ainda lembro das risadas que dávamos juntos,
Das juras que fazíamos...
Ainda lembro do jeito que você me olhava,
Dos sonhos que eu tinha com você,
Do amor que eu tinha pra lhe oferecer...
Ainda sinto seu perfume,
Ainda sinto o calor de sua pele,
Ainda sinto sua presença...
Ainda lembro da nossa canção.
Ainda lembro das vezes que você me olhava
e dizia o medo que sentia de me perder...
Ainda lembro de quanta dedicação que eu
Tinha em lhe ver sorrir.
Ainda lembro das cartas apaixonadas,
Que me faziam ficar até tarde acordada...
Lembro das noites em claro que passei,
Pensando em você.
Hoje não te amo como antes,
E nem você me amava como dizia,
Ainda Lembro...

Desconhecido

- Danger of illusion

Ainda lembro-me do perigo que corríamos, quando isso tudo não passava de um sonho. Mas o que mais me intriga é que isso nunca deixou de ser um sonho, isso nunca foi real. Eu queria não ter acordado, queria continuar a ser iludido. Mas nem isso eu posso pedir de você.

Luca Weingärtner

' ainda lembro de você, <3'
ainda sinto tuas mãos nas minhas, tua boca na minha boca, tuas palavras como se fosse uma música, de seus euteamo e será pra sempre, de seu carinho e seu ciúmes, dos momentos em que pude perceber o quanto você me queria e quanto eu te queria D: tanto tempo faz, mais tudo continua igual, tudo permanece intacto, tudo ficou parado, o tempo não passa, ): eu sinto que te amo, sinto que preciso de você do meu lado, me protegendo e me amando, me ensinando o que é o amor. e por mais que não estejamos juntos, saibas que minha intenção era estar colada com você, vivendo coisas especiais, momentos maravilhosos, criando uma história de amor verdadeiro, de carinho sincero. de companherismo, de entendimento, de dor, de angustia, de sonhos, de VIDA.

alguém que te ama muito (L)

Embora eu tenha rosto de príncipe e palavras de um poeta, ainda lembro do favelado que eu era naquela época.

Fellippe Simônides

Partir

Quando me lembro do seu sorriso... É eu ainda lembro
Quando sinto os seus passos pela casa, eu quase enlouqueço...
Que saudades... Que falta você me faz...
Muitas vezes acordo a noite, e não consigo escutar a sua respiração...
O silencio invade a minha solidão...
E tudo que consigo é pensar, no seu jeito de sorrir, quando brincava...
No seu jeito de falar quando algo estava errado
No seu olhar perdido olhando para o vazio...
E mais uma vez, eu penso...
Será que a culpa foi minha, será que errei... Em te deixar partir...
Não consegui te segurar, e como poderia...
Quando te via ali deitada, só esperando o futuro...
Minhas pernas se enfraqueciam e eu não tinha forças nem para te falar que tudo ficaria bem...
Quando você se foi, eu não quis mais ficar aqui.
Não havia mais brilho em nada... Tudo ficou assim tão quieto e escuro...
E as lembranças me atormentam, me enlouquecem, me torturam.
Pensei que o tempo me faria esquecer, mas não pude... Não consegui encontrar nenhuma forma de apagar o passado...
Ainda espero, sei que você se foi para não voltar, mas ainda espero...
Só em casa, com o resto do que sobrou, quase nada é verdade...
Mas você se foi e eu fiquei, não para sempre, não por livre vontade...
Esteja certa te encotrarei, me espere... Eu to indo para ficar com você... Dessa vez para SEMPRE.

Gustavo H. Nascimento

Ainda lembro do brilho dos seus olhos quando se encontrava ao meu;
Do seu cheiro doce;
Do seu sorriso maravilhoso;
Do calor do seu corpo;
De vc;
Você me faz muita falta, mas um dia eu ainda irei te encontrar por ai, nos meus sonhos;
Você foi a única pessoa que realmente me fez feliz, porque vc não se escondeu atrás de mascaras, o seu modo de viver a vida amor, me fez feliz de novo.

Saâmy

LEMBRANÇAS APÓS A MOTE

Ainda lembro de quando perguntavam-me quem era eu, tentava não revelar mas sou uma alma vazia, alma incapaz de obter algum sentimento por alguém
Minha vida foi de pura solidão, durante minha vida toda fui dado como algo invisível. Hoje o que me resta e apenas lembrar do meu sofrimento por não ser uma pessoa comum.
Aquele desejo de ter uma esposa e ser amado já não importa mais agora, pois nem sei mais onde estou, vivia em um mundo de imaginação aonde tudo parecia mais fácil.
As vezes me pergunto por que, o porquê de eu ser desse jeito, até meu sorriso não conseguia vê-lo, me via como um reflexo da solidão, hoje talvez ninguém saiba nem eu como vim parar aqui preso em meu passado de angústia e dor na alma, se minha morte foi o melhor, não entendo os meus pensamentos, queria esquecer de tudo isso . Meu passa tempo era poesias, poesias que relatam a minha morte.
Sei que agora não importa mais pois não estou mas entre quem eu amava. Fico pensando se essas pessoas ainda lembra de min, se minha presença significou algo para eles. Vivi muitos tempos preso no medo da regeição, eu também amava, isto foi a causa de todo o meu sofrimento.
Tudo começou na minha infância, no tempo do colégio, passei a gostar de uma pessoa que pra min seria tudo, mas não me contia com a raiva, o ciúme de vê-la com alguém, eu não tinha coragem de me declarar a ela, ficava preso em min mesmo. Daí comecei a morrer aos poucos.

Renato

Mais um dia das mães... Ainda lembro de cada pequeno detalhe, se pudesse voltar ao tempo, mesmo com meus 7 anos de idade, demonstraria muito mais todo o meu amor. Minha mãe, minha eterna rainha,inspiração, sou grata por todos os anos que estive em sua companhia. Nunca acontecerá de cair no meu esquecimento. Saudade,saudade,saudade...

Leydjane Nascimento

Ainda lembro-me do meu primeiro beijo, do frio que estava sentindo, minhas carnes tremiam, meus lábios batiam de nervosismo, lembro-me da minha inocência que foi “brutalmente” perdida. Lembro-me de detalhes ocorrido, alguns esquecidos. Lembro-me por vezes que chorei por cada palavra dita que me magoou, e palavras que fizeram magoar outrem, por vezes briguei, esperneei, gritei, sorri e no fim chorei. Detalhes vêm e vão, mas sempre são essenciais. Sinto-me acalentada pela solidão de tudo que passo. Às vezes sinto-me sem chão, me sinto-me só, pois meu pensar ninguém entende e mais uma vez a solidão vem. E fica no meu pensamento as lembranças de tudo que me faz afugentar do quão solitário sou.

July Barbosa

Se hoje alguém me perguntar se ainda lembro do primeiro amor meu vou dizer assim, lembrar é pouco consigo descrever cada detalhes do rosto seu.Sua boca de lábios de mel cor de amor, seus olhos da cor do céu, seus cabelos, mistérios e dignidade, aquele nariz Aquilino, tão lindo, suas curvas acolhedoras e autoritárias que me enlouquecia a cabeça ainda é a minha forca

Nivaest

Eu nunca esqueci do meu tempo de criança foi o melhor momento Tenho uma memoria aguçada ainda lembro do meu tempo de bebe sentada no colo de minha mãe ainda não andadva quem de vocês são capazes

Maria de Fatima

Ainda lembro de nosso primeiro beijo
e sempre lembro dele com desejo.
Ainda lembro do seu rosto de menina,
que eu te observava passar na esquina.
Ainda lembro as palavras de amor
ditas por uma mulher mais linda que uma bela flor.
Ainda lembro o gosto de mel de sua boca
e de você tirando a roupa.
Ainda lembro de nosso abraço
e de te fazer carícias em cada pedaço.
Ainda me lembro de sua ternura
e de toda nossa loucura.
Ainda me lembro de tanto prazer
que você me ajudou a ter.
Ainda me lembro de você com saudade
e de você tenho vontade.
Ainda bem que posso sonhar
e nesse sonho novamente te amar!
Sergio Fornasari

Sergio Fornasari

Eu ainda lembro do dia que o amor foi embora.
Era tarde, então me marcaram em um status no Facebook junto com ele e ele comentou que estava ótimo e ficou lá conversando, e aquilo não me fez mal. Me fez bem saber que ele estava bem sem mim. A verdade é que, quando você ainda ama alguém e vai embora, você sempre torce para essa pessoa sofrer e se arrepender enquanto corre atrás de você, eu também desejei. Entretanto, assim que o amor foi embora, ele deixou de ter importância. E eu não quero mais que ele sofra e venha atrás de mim, porque quando você deixa de amar alguém, você não espera nada dessa pessoa. Confesso que foi meio deprimente passar por ele e não sentir nada. Chegar de noite e não esperar o celular tocar. Estar Online e não torcer para abrir uma janelinha com o nome dele. Esperar ele me beijar, torcer para ele me tocar, e desejar ele só para mim. Poder abrir um sorriso enorme e dizer o ‘eu te amo’ mais verdadeiro do mundo, e esperar um eu te amo de volta, mesmo que o dele nunca tenha sido verdadeiro. Tudo isso passou e parece que isso aconteceu à um século. Sendo que na verdade o amor foi embora faz apenas três semanas…
Estar com o coração limpo e vazio não parece ser tão mal assim, mas também não é tão bom. É estranho sabe? Você olhar para aquela pessoa que causava todas as sensações do mundo em você e ela não causar nenhuma agora. Recordar dos momentos que tiveram juntos, e que antes te causavam tantas lágrimas, e não sentir nada além de felicidade por ter acontecido, mas também por já ter passado. É diferente alguém te perguntar sobre ele e você não chorar mais e dizer o quanto ama e precisa dele, mas sim abrir um sorriso verdadeiro e dizer: acabou.
Então acharem que você vai lamentar, mas na verdade você vai dizer que está ótima. Esquecer ele foi a coisa mais difícil que eu fiz em toda a minha vida, mas agora, agora que eu já esqueci, parece a mais fácil. A verdade é que, ele foi o amor da minha vida. Clichê não é? Mas verdadeiro. Ele foi o amor da minha vida, ele partiu o meu coração, ele me fez rasgar todos aqueles malditos planos para o futuro e ir embora. Eu fui embora. Demorei um ano e dois meses para esquecê-lo, e agora? Agora que eu finalmente consegui esquecer, eu não sinto vontade de ir lá esfregar na cara dele, como eu sempre planejei. Ver ele curtindo a foto de outras garotas já não dói mais. Ele pode ter me destruído, mas agora eu me construí. E nessa construção de mim mesma, há apenas uma coisa que eu irei repetir: Se for para ficar presa em algo sem futuro, eu prefiro não ficar presa em nada.

Miriam Mello

Ainda lembro-me dos momentos em que lá cheguei. Lembro-me de desembarcar naquela noite, sem saber o que me esperava. Do alto daquela pedra no píer, apenas a luz de uma fogueira naquela imensa extensão de areia.

Alessandro Lo-Bianco

E eu ainda lembro de tudo. Lembro do café que bebia correndo, pois preferia dormir mais cinco minutos, lembro da bochecha rosada por dormir sempre apoiada do lado esquerdo, lembro do cheirinho de shampoo, lembro do teu perfume aromatizando o quarto. É eu ainda lembro, como um rastro de pedaços que surgem por onde caminho, você ainda está aqui. Só aprendi a amar por inteiro, como olhar a noite, não sei ocultar as estrelas vivo tudo por inteiro. E foi entregando meu coração por inteiro que hoje sou feliz, sim, mesmo só sou feliz. Feliz por saber que cada vez que me chamou, lá estive. Por cada presente, flor ou carinho que lhe dei foi com imenso amor. Sim, realmente sou feliz por inteiro, não por perder-te, mas por ganhar-me. Hoje me completo só, sou feliz só, sou bobo só, quem chega transborda e se gostar já faz morada. E, assim, você disse que não deixaria rastros, mas deixou. E sabe que é bom, gosto das lembranças elas confortam como o cobertor no frio, mas não esqueça "você deixou rastros e não saudade".

Wilton Lazarotto