Ai que Vale a Vinganca

Cerca de 12410 frases e pensamentos: Ai que Vale a Vinganca

Ai! Que vale a vingança, pobre amigo. Se na vingança, a honra não se lava?

Castro Alves

Não conheço vingança perfeita. Não se vingar talvez seja a melhor vingança. Fazer esperar uma resposta que nunca virá.

Fabrício Carpinejar

Na vingança e no amor a mulher é mais bárbara do que o homem.

Friedrich Nietzsche

O amor nunca faz reclamações; dá sempre. O amor tolera; jamais se irrita e nunca exerce vingança.

Indira Gandhi

Antes de sair em busca de vingança, cave duas covas.

Confúcio

A justiça é a vingança do homem em sociedade, como a vingança é a justiça do homem em estado selvagem.

Epicuro

O desprezo é a forma mais subtil de vingança.

Baltasar Gracián y Morales

Não há maior vingança do que o esquecimento.

Baltasar Gracián y Morales

O ódio é a vingança do covarde.

George Bernard Shaw

Dizem que a vingança é doce; à abelha custa-lhe a vida.

Carmen Sylva

A vingança procede sempre da fraqueza da alma, que não é capaz de suportar as injúrias.

François La Rochefoucauld

O esquecimento mata as injúrias. A vingança multiplica-as.

Benjamin Franklin

A vingança é uma espécie de justiça selvagem.

Francis Bacon

O ódio sem desejo de vingança é um grão caído sobre o granito.

Honoré de Balzac

A vingança agrada a todos os corações ofendidos; (...) uns preferem-na cruel, outros generosa.

Pierre Marivaux

Quando não podemos gozar a satisfação da vingança, perdoamos as ofensas para merecer ao menos os louvores da virtude.

Marquês de Maricá

Abster-se de imitar é a melhor vingança.

Marcus Aurelius

Quem dos outros ri, deve recear que, como vingança, também se riam de si.

Molière

O sentimento da vingança é tão agradável, que muitas vezes o homem deseja ser ofendido para se poder vingar, e não falo apenas de um inimigo habitual, mas de uma pessoa indiferente, ou até mesmo, sobretudo em alguns momentos de humor negro, de um amigo.

Giacomo Leopardi

Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.

Fernando Pessoa