Agradecimento pelos Filhos

Cerca de 283 agradecimento pelos Filhos

A maior de todas as heranças que um pai pode deixar para seus filhos são bons hábitos e bons exemplos,pois sem eles nada poderemos administrar na nossa escura e fria via que se chama vida.

Expedito Gilberto Paranhos da Silva Junior

Como os dedos das mãos ,nossos filhos são diferentes,e igualmente importantes,e por suas diferenças, é que são tão complexos,e, nos causam sentimentos tão diversos.Como é interessante observá-los em seu crescimento pessoal,poder olhar e reconhecer neles atitudes nossas de algum tempo atrás.São reflexos de nós mesmos,e porisso,é impossível não ter conflitos,pois ,ás vezes vemos coisas que nos falam muito lá dentro do coração,que sinalizam escolhas feitas,algumas de maneira impulsiva como qualquer um faz,outras, pensadas demais,que nem sempre saíram como imaginavamos quando eramos mais jovens.Como é bom ter tempo para observar nossos filhos,e torcer para que as suas escolhas saiam do jeito que eles sonham.

Rosália pinheiro

Os defeitos dos filho
são filhos dos defeitos
dos pais.....

Laryssa Di Cobrayk

Seus filhos, são tão importantes para você, quanto os meus pra mim...
Seus pais, idem...
Os deficientes, idosos, gestantes, enfim, devem ser tratados como nossos amigos, afinal quem de nós não tem, teve ou terá, um desses na vida!!
Sua pressa não é culpa minha, e a minha não é sua culpa. Não desconte nos outros seus 5 minutinhos a mais na cama.
O busão e o trem lotado, não é responsabilidade daquele que já esta dentro, quando vc entra, e nem do que esta fora quando você já entrou.
Chover é bom, não um pecado capital só por causar trânsito, a chuva existia antes do asfalto...
Bom dia , boa tarde ou boa noite, não dói nem pra dizer nem pra responder!!
Ser gentil com o próximo, mesmo que ele não seja com você, pode não ser fácil, mas nos faz bem...
Ser uma pessoa melhor, a cada dia, é parte do meu projeto de vida!!!

Ivete Sousa

Nossos filhos são laços eternos que criamos antes mesmo de os conhecermos. As alegrias que eles nos dão, são prêmios pela nossa dedicação. O resto são lições a serem aprendidas e isto é presente de Deus. É a chance de nos tornarmos melhores.

Clarete Marques

Preconceitos são filhos de nossos olhares apressados.

Padre Fábio de Melo

Os filhos são o ápice do amor e da motivação. Conosco podemos até falhar, com eles jamais...

Hernandes Leão

Por que os filhos do Bin Laden são felizes?
r= Porque o papai Osama.

Lana Karine

A inveja assim como o ódio são filhos da intolerância.

Rafael silveira

Singular e Plural
Aos que são filhos do mesmo predicado.
Sujeitos de um verbo em comum.
Adjuntos de suas próprias vidas.
Uni-vos!
Em uma só conjugação.

Conjuguem um mesmo verbo...
Tomem o poder. Façam uma Revolução!
Subvertam a moral. Estilística e estrutura

Afundem, todas elas!
Numa mudança de poder, de viver...

Pois,
A forma está morta!
Mas, não lhe deixam ser velada.

Somos todos filhos do pretérito
Tentando viver o presente
Seu Gerúndio é o arquiteto do novo futuro
Mas, sempre no particípio da história,
Fazendo sempre, que o vivendo seja melhor
Que o não vivido.

João Murillo

PERDA DE TEMPO

Percebo quão rápido passa o tempo, quando...
Vejo filhos que não são meus, e poderiam, vestindo uma calça que não é minha, mas poderia.
Vejo atitudes serem relevadas, não as minhas, por vir de pessoas imaturas como eu.
Olho para o espelho, espelho meu, e vejo a imagem de uma mulher madura, que não condiz com minhas atitudes e pensamentos, mas é minha própria imagem.
Vejo o quanto sou imatura por não aceitar a idéia de ser madura.
Por esses e outros motivos, percebo o quanto perco tempo pensando nele: o tempo.

Sirlea Vieira

Na humildade e submissão aos pais, os filhos são recompensados; assim também os cristãos se beneficiam
de seu relacionamento com o Pai eterno.

Helgir Girodo

Filhos 
Oi Hique e Renata,  vcs são, uns filhos abençoados, que todos os pais gostariam de ter. Nós, somos os  pais abençoados pelos filhos que temos !!!!
Fico feliz ,por ter conseguido passar para vcs, aquilo que penso ser esencial para a preservação da espécie humana !!!!
O que é familia !!!!
Bjs!!!

Raimundo grossi

Natal, Cidade do Sol, no que te transformaste?

Seus filhos são bobos, alienados, não sabem o que fazem. Não sabem o poder que tem, não querem ver outra realidade, não querem viver outra cidade. Querem sofrimento, querem descaso, fracasso. Não querem mais uma Cidade do Sol, querem um cativeiro, um bueiro. Não querem ser filhos, não querem pensar.

Perdoem-me conterrâneos, mas vocês são espectros de gente, não são gente. Não é povo. Não há povo na cidade do sol. Não há luz. Só lamento...

Anderson Cruz

Na maioria dos casamentos com filhos há uma inquietação econômica feroz. As necessidades são reiteradas e insciáveis. Igualmente a adversidade. Só Deus pode ajudar.
E ajuda, quando pensamos que estão esgotadas todas as possibilidades.

Fabio Savatin

Meus filhos são meus tesouros, mas antes de serem meus são de Deus, eu os consagro a ele desde o momento que sei que os concebi.

Rosane Brito

A coisa mais importante na vida de um homem ou de uma mulher são seus filhos que por sua vez vêem em seus geradores (pai e mãe) a maior força emocional e moral. Ame os sobre todas as coisas. No fim eles só querem lhe chamar a atenção pra dizer que está próximo de ti e que te ama...

Edergilian A. Sousa

Deus, se não fosse tão bom, diria o quanto seus filhos são caretas, sem graça e chatos.

Aline Stechitti

Filhos São Corrigidos – Jó 21

Jó mais uma vez protesta contra o erro teológico de seus amigos, quanto ao ensino da correção imediata dos ímpios por Deus, como vemos no capítulo 21.
Ele comprova, que ao contrário dos que amam a Deus, os ímpios não são corrigidos e disciplinados pelo Senhor, enviando-lhes aflições, tal como sucede aos justos.
Nisto Jó estava correto, porque é verdade que Deus corrige somente aos Seus filhos, de maneira que se afirma na epístola aos Hebreus que caso algum cristão não seja participante desta disciplina divina que é comum a todos os Seus filhos, é porque é bastardo e não verdadeiramente filho.
O apóstolo Pedro afirma que o juízo de Deus começa pela Sua própria casa, a saber, pelos cristãos.
E o apóstolo Paulo diz que os cristãos são julgados pelo Senhor para não serem condenados juntamente com o mundo.
Portanto, ao contrário do que imaginavam os amigos de Jó, são justamente os que temem a Deus que estão sujeitos a correções que podemos chamar de certo modo, de imediatas, da parte do Senhor, porque se cumprem enquanto ainda se encontram neste mundo, mas isto não se aplica ao caso dos ímpios que não se arrependem, porque sofrerão um castigo eterno, e não se sujeitariam a qualquer disciplina que lhes fosse imposta por Deus.
Jó manifestou abertamente qual era o pensamento que os seus três amigos estavam abrigando em seus corações em relação a ele nos verso 28:
“Pois dizeis: Onde está a casa do príncipe, e onde a tenda em que morava o ímpio?”
Eles haviam afirmado isto várias vezes em seus discursos condenatórios contra ele, porque era o que abrigavam em seus corações contra ele próprio, Jó, pensando desta mesma forma. Porque Jó era príncipe, e havia sido despojado da sua honra e glória terrenas.
Por causa da sua doença deve ter sido retirado do convívio em sua própria casa e dos aposentos confortáveis que o abrigavam. E daí indagarem em seus corações onde estava a tenda em que ele, o ímpio Jó morava?
Mas a resposta de Jó para esta indagação absurda e injusta, era uma chamada à reflexão para eles, em forma de pergunta, como vemos nos versos 29 e 30:
“29 Porventura não perguntastes aos viandantes? e não aceitais o seu testemunho,
30 de que o mau é preservado no dia da destruição, e poupado no dia do furor?”
No entanto, Jó não invejava esta falsa e passageira prosperidade dos ímpios, porque sabia qual seria no final o juízo eterno que aguardava por todos eles, de maneira que o expressou com as seguintes palavras:
“Vede, porém, que eles não têm na mão a prosperidade; esteja longe de mim o conselho dos ímpios!” (v. 16)
À luz destas verdades, quem deveria desconfiar do desconforto de sua posição diante de Deus não era Jó, mas justamente seus três amigos, que estavam se gloriando da prosperidade permanente deles.
Era para desconfiarem, se afinal não estavam alinhando com os ímpios, sob a capa de uma falsa religiosidade.
Não eram assim os escribas e fariseus dos dias de Jesus?
E muitos religiosos de nossos dias?
Eles são lobos vorazes vestidos de ovelhas.
Falam em defesa de Deus e da religião mas seus corações estão distantes do Senhor, porque na verdade, são ímpios cheios de cobiça mundana.
Por isso Jó vinha lhes advertindo repetidamente sobre a hipocrisia e falsidade deles, conforme vemos também no último versículo deste capitulo:
“Como, pois, me ofereceis consolações vãs, quando nas vossas respostas só resta falsidade?” (v. 34)
É bem provável que a afirmação de Deus que encontramos no último capítulo do livro de Jó, em relação a seus três amigos, de que a Sua ira se havia acendido contra eles, bem pode ter sido um modo de confirmar que eles não passavam de ímpios, porque os trataria segundo a própria teologia deles, de que Deus não deixa viver o ímpio e que logo o destrói neste mundo.
No entanto, lhes mostrou que é longânimo para com os ímpios, com os vasos de ira, exatamente por causa dos justos, especialmente de suas intercessões em favor deles, motivo porque mandou Jó interceder por eles para que não fossem mortos.
É importante observar que Eliú foi excluído disto, porque apesar de ter atacado a Jó não sustentou esta falsa teologia de que o justo é sempre poupado neste mundo, e que Deus destrói logo os ímpios, tal como afirmavam os três amigos de Jó.




“1 Então Jó respondeu:
2 Ouvi atentamente as minhas palavras; seja isto a vossa consolação.
3 Sofrei-me, e eu falarei; e, havendo eu falado, zombai.
4 É porventura do homem que eu me queixo? Mas, ainda que assim fosse, não teria motivo de me impacientar?
5 Olhai para mim, e pasmai, e ponde a mão sobre a boca.
6 Quando me lembro disto, me perturbo, e a minha carne estremece de horror.
7 Por que razão vivem os ímpios, envelhecem, e ainda se robustecem em poder?
8 Os seus filhos se estabelecem à vista deles, e os seus descendentes perante os seus olhos.
9 As suas casas estão em paz, sem temor, e a vara de Deus não está sobre eles.
10 O seu touro gera, e não falha; pare a sua vaca, e não aborta.
11 Eles fazem sair os seus pequeninos, como a um rebanho, e suas crianças andam saltando.
12 Levantam a voz, ao som do tamboril e da harpa, e regozijam-se ao som da flauta.
13 Na prosperidade passam os seus dias, e num momento descem ao Seol.
14 Eles dizem a Deus: retira-te de nós, pois não desejamos ter conhecimento dos teus caminhos.
15 Que é o Todo-Poderoso, para que nós o sirvamos? E que nos aproveitará, se lhe fizermos orações?
16 Vede, porém, que eles não têm na mão a prosperidade; esteja longe de mim o conselho dos ímpios!
17 Quantas vezes sucede que se apague a lâmpada dos ímpios? que lhes sobrevenha a sua destruição? que Deus na sua ira lhes reparta dores?
18 que eles sejam como a palha diante do vento, e como a pragana, que o redemoinho arrebata?
19 Deus, dizeis vós, reserva a iniquidade do pai para seus filhos, mas é a ele mesmo que Deus deveria punir, para que o conheça.
20 Vejam os seus próprios olhos a sua ruína, e beba ele do furor do Todo-Poderoso.
21 Pois, que lhe importa a sua casa depois de morto, quando lhe for cortado o número dos seus meses?
22 Acaso se ensinará ciência a Deus, a ele que julga os excelsos?
23 Um morre em plena prosperidade, inteiramente sossegado e tranquilo;
24 com os seus baldes cheios de leite, e a medula dos seus ossos umedecida.
25 Outro, ao contrário, morre em amargura de alma, não havendo provado do bem.
26 Juntamente jazem no pó, e os vermes os cobrem.
27 Eis que conheço os vossos pensamentos, e os maus intentos com que me fazeis injustiça.
28 Pois dizeis: Onde está a casa do príncipe, e onde a tenda em que morava o ímpio?
29 Porventura não perguntastes aos viandantes? e não aceitais o seu testemunho,
30 de que o mau é preservado no dia da destruição, e poupado no dia do furor?
31 Quem acusará diante dele o seu caminho? e quem lhe dará o pago do que fez?
32 Ele é levado para a sepultura, e vigiam-lhe o túmulo.
33 Os torrões do vale lhe são doces, e o seguirão todos os homens, como ele o fez aos inumeráveis que o precederam.
34 Como, pois, me ofereceis consolações vãs, quando nas vossas respostas só resta falsidade?” (Jó 21)

Silvio Dutra

Jamais pense que ficar com os filhos é tempo perdido.Eles são o único tesouro real de tudo o que é mais belo e sagrado.

Gilberto Martini Refatti.