Agradecimento aos Mestres

Cerca de 22 agradecimento aos Mestres

Agradecimentos

Obrigado professor,
pela persistência,
pela vontade de querer nos fazer pessoas melhores,
pela transmissão do conhecimento,
pela dedicação,
pelo desempenho,
pelo profissionalismo,
pelo diferente,
pela mudança,
pelo puxões de orelha,
pelo divertimento,
pela educação,
pelo respeito,
pelo moderno,
pela competência,
pela capacidade,
pela as tentativas incansáveis de nos fazer refletir,
por nos fazer ouvir e entender estrelas,
por tudo,
por ter sido realmente PROFESSOR.
Com sua excelência,
conseguiu nos fazer descobrir um mundo novo,
fantástico, espetacular,
tirar as pedras do caminho, e continuar a retirá-las,
conseguiu nos fazer criar, recriar, começar, recomeçar,
seus ensinamentos ficarão para sempre guardados,
considero-o MESTRE,
MESTRE do saber, da busca incessantemente pelo conhecimento,
Nunca me esquecerei de suas parábolas,
de seus pensamentos,
de suas manifestações diante do que pensavam ser imutável,
de seu prazer pela mudança,
de seus poemas, tal como TIMIDEZ,
de suas piadas,
de sua garra,
de sua vontade incessante de ser
e cada vez mais querendo ser PROFESSOR.
Tu és e sempre será o grande maestro,
da música saber, aprender, apreender.
Tu és exemplo de determinação,
de coragem,
de luta,
de vontade férrea,
de vontade indomável,
Vossa Excelência,
nos diz em todos os poemas
- Quando estiver no PARAÍSO, não se esqueça de mim!
Eu agora direi:
- Porque buscas o PARAÍSO se ele se encontra na pessoa que tu és, no seu coração, no seu interior, nos seus atos. O PARAÍSO se encontra dentro de cada um de nós, só basta termos sensibilidade para entender.
A PASÁRGADA de Bandeira,
A Terra das Palmeiras de Gonçalves Dias,
O Último Andar de Cecília Meireles,
A Mudança, o Amor, o vôo de Lispector,
O som das Estrelas de Olavo Bilac,
A Tarde Azul de Drummond,
O Cimento da poesia de Vinicius Morais,
Os Lírios do Campo, as Aves de Érico Veríssimo,
O Olhar de Isaac Newton,
A Peça de Teatro de Chaplin,
A Luz de Victor Hugo,
A Riqueza de Kant,
É seu PARAÍSO.

- Ó! PROFESSOR Candido tu és Mestre na arte em que atua. A Língua Portuguesa é sua espada. Só seu nome fala por ti, brilhante, inocente é também seu significado. Gostaria de mais coisas escrever, entretanto parece que as palavras fogem, mais fogem tão rápido, parecem efêmeras, fogem do Norte para o SUL, da Direita para a Esquerda. E então terei que dizer um adeus, um adeus de um começo e de um fim.

Tu e o corpo dessa escola que constituem os grandes artistas me destes a asa necessária para que eu voasse para longe, tão longe que nem os maiores intelectuais verão, e agora, farei uso desse acessório que mais parece essencial, voarei, voarei para meu destino, mas não me esquecerei dos ensinamentos tidos aqui. Que servirão por toda minha vida.

E como em todas as aulas, tínhamos um pensamento para refletir, terminarei com um pensamento:

“Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós”. (Clarice Lispector)

Parabéns, Ó grande, excelente, mestre Candido!

Jefferson da Silva Divino

UMA HOMENAGEM AO MEU PROFESSOR.
É com você que me alegro e solidarizo neste momento.
Você, que dialoga com os seus educandos.
Você, que acompanha, coordena e orienta a aprendizagem Você, que questiona e faz pensar.
Você, que se alegra quando os alunos o questionam. Você, que já tomou consciência e usa o senso crítico.
Você, que diz e vive a verdade que liberta.
Você, que é honesto consigo mesmo e com seus educandos.
Você, que faz acontecer a participação.
Você , que enxerga as mentiras, meias verdades e distorções dos textos escolares.
Você, que está criando relações de solidariedade fraternidade e justiça.
Você, que quer quebrar a separação, diferença e distancia que Existem entre você e seus alunos.
Você, que em vez de reprimir, estimula a criatividade e originalidade.
Você que faz fazer fazendo.
Você, que acredita na força da união de nossa classe e na força do fraco.
Você que já perdeu o medo da censura e da demissão.
Com você professor , caminho tentando fazer

A EDUCAÇÃO LIBERTADORA

Ivan Dionizio da Cruz; prof, Filosofia e Mestre em Sociologia.

MINHA HUMILDE HOMENAGEM AO DIA DO BEIJO. SE LIGA!

A vida é realmente surpreendente. Muitas vezes estamos recebendo carinho de quem menos esperamos. E não recebemos nada de quem tinha a obrigação de nos fazer bem.
Enfim, ninguém é obrigado a lhe fazer bem nem você de passar a vida toda esperando de quem não presta carinho.

Professor Glauco Marques

Homenagem de Vitória Lima ao professor Glauco.
Hoje em uma aula, tive como tema a liderança, como esses líderes influenciam mal ou bem as nossas vidas, como os seguidores tem uma paixão pelos seus ensinamentos e uma devoção pelo mesmo. Não pude deixar de lembrar do meu mestre, e como seus ensinamentos ajudaram a libertar o que eu queria ser mas não tinha coragem! Obrigada por tudo e me desculpe as decepções que te dei ao longo desse caminho e até agora, mas eu te prometo, que não terei medo de conseguir o que eu desejo e a sua voz será sempre uma inspiração! Me desculpe. #TerceirãoAcabou #RealidadeComeçou #MasSempreSeráCapitão. — com Glauco Marques.

Professor Glauco Marques

Minha homenagem a Eduarda Mello Queiroz, minha doce e amada aluna que morreu jovem sem dizer adeus.
Morrer jovem é muito esquisito. É de uma ironia sem graça. De um espanto em que não cabem argumentos. Morrer jovem é muito estranho. Mesmo porque juventude é coisa relativa, num mundo em que Einstein já não está aqui para explicar.
Morrer jovem é como interromper uma música. É como cortar um filme ao meio, rasgar as páginas de um livro pra não se saber o final. É roubar de cena um ator em seu momento mais fantástico, em seu grande ato, sua cena mais brilhante. Porque morrer jovem é injusto. Injusto com as leis da natureza. Injusto com os que partem. Muito mais injusto com os que ficam. Pois saudade é morte lenta, passo-a-passo, emudecida, olhos cerrados, quase sem respirar.
Quem morre jovem não tem o que dizer. Vai calado, sem dizer palavra, num silêncio intrigante. Não tem quase história pra contar, não tem quase passado, não terá futuro. Quem morre jovem, seja qual for a forma, tem morte súbita. Porque é de repente se morrer jovem. Fica aquela sensação de poder ter feito mais. Poder ter dito mais. Aquela frustração de quem perdeu o jogo de sua vida.
Morrer jovem é contabilizar ao contrário. É descontar, é subtrair somente. É contar os abraços que deixou de abraçar, os beijos que não deu, as obras que não realizou, os sonhos que não viveu, a formatura que não aconteceu, o carro que queria e não veio, o namorado que amava demais da conta e que não deu conta de que você se foi. Morrer jovem é mais triste, porque a velhice é o que se espera e a juventude apenas vai acontecendo e a gente sempre se achando bem, se sentindo forte, audaz, capaz, feliz. Quando se morre jovem, se desdiz tudo o que tinha de haver. É a contramão da história. A volta de uma viagem que nem sequer chegou a existir.
Morrer jovem é não ter tempo. Não conseguir conhecer a beleza, não dar satisfação, não explicar, não dar até logo, ir direto ao adeus. Morrer jovem é mal educado, é nem pedir licença para levantar e sair. Morrer jovem é não aparecer no compromisso, é marcar a reunião e não ir. É fazer todo mundo de bobo. Dar um drible nos amigos, nos parentes, no cachorro. Morrer jovem é faltar a tudo que estava na agenda e se perdeu no ar. Morrer jovem é deixar para trás. É uma ida sem volta. Uma deslealdade. É ir a uma guerra e nunca mais voltar. É esperar por quem não vem. Morrer jovem é uma traição da vida em conluio com a morte. É uma armação para desesperar mães. É um desafio. Um fustigo. Morrer jovem é um deboche abominável.
Uma sacanagem sem noção.

Professor Galvão

As mulheres de minha vida.
São todas especiais. Cada uma reside no mais nobre endereço de meu coração.
Algumas já se foram. Partiram pra longe. Deixaram saudades, ensinamentos, amores, certezas, coragens.
Minhas avôs Adalgisa e Mariana,. Fortes, belas, professoras do amor.
Na geração que me fez, minha mãe. Com certeza a maior de todas as mulheres que tive o privilégio de conhecer. Lutadora incansável. Maestrina no reger a família. Humilde austera. Soberba humilde.
Minhas tias Enedina, Mirtes e Deri. Vocês excederam no amor a esse sobrinho aqui.
Minha amada irmã Ana Maria. Chata amorosa. Amiga eterna. Vou te amar enquanto esse velho coração bater. Apesar do Pituca.
Dai veio a mais importante das minhas mulheres: Lenise a dona de meu coração. A dona de meu maior amor. Minha ex esposa, a mãe que Deus delegou aos meus maiores tesouros: meus filhos. Amor maior de várias vidas. Amiga de um sempre sempre mesmo.
Minhas cunhadas, agregadas pelo amor de meus amados irmãos. Viviane e Erivanda. Você representam a continuidade de onde eu parei.
Sobrinhas lindas quase filhas. Yvna Galvão​ cópia de dona Augusta. Danielle e a Lixo, Nathalie Ximenes​ minha adorada que vi nascer. Como amo vocês.
E as amizades???? Maria Helena Leta​ a maior de todas. Adriana Telles​ tão grande em meu coração. Claudia Carvalho​ antiga e eterna paixão. Amigas de várias vidas.
Minhas mulheres, minha vida.
Cunhadas do lado dela que eu tenho como irmãs. Nadia Ximenes​ minha eterna ex. Valéria Ximenes e Elaine Ximenes. A vocês meu coração.
Minha amadíssima sogra (ex) dona Gilka. Com você foi uma luta que me orgulho de ter vencido. Te amo pra sempre. Respeito eterno. Eita mulher forte. A senhora é e sempre será meu exemplo de força. Meu escudo para o medo. Lutadora.
Meus exemplos não poderiam começar por outra pessoa se não pela amiguíssima Helô Mannato​ onde minha admiração excede. Você minha amiga dignifica o XX da nossa espécie.
Minhas ex alunas eternas filhas. Amo-as do fundo de meu coração.
Colegas de profissão. Profissionais que fazem a educação valer apena: Vanessa Giordano​ você me faz ser feliz por me permitir está em seu mundo. Karla, Olivinha. Márcia Amália Rosa​ você engrandece a educação. Invade meu coração todos os dias.
Minhas noras de ocasião amo vocês. Se os filhos falharem contem sempre com esse sogro chato aqui.
Ah essas mulheres.
O que seria de minha felicidade sem vocês. Me orgulho do meu cromossomo X e de minhas mitocôndrias.
Eu amo cada uma de vocês muito mais que muito.
Parabéns.

Professor Galvão

PROFESSOR(A)

[...]
Extintos não foram todos!
Restam poucos.
Ainda heroicos,
Ainda desbravadores.
Com raça rompem o silêncio,
superam as intempéries,
produzem matéria prima
de boa qualidade.
Rompem com o tradicional sistema,
subvertem-no.
Aprendem, ensinam, superam...
Adversidades.
Mestres sem pleito ou coroa,
ofício sem holofotes ou fama.
Glórias, injúrias, infâmias...
Perfeito contexto de infinitas possibilidades.
E vitórias e derrotas contínuas
no ato diário de moldar diamantes brutos
para o exercício da cidadania
no seio da sociedade.

J.W.Papa

Srº Doutor Professor


Extintos não foram todos!
Restam poucos.
Ainda heroicos,
Ainda desbravadores.

Com raça rompem o silêncio,
superam as intempéries,
produzem matéria prima
de boa qualidade.

Rompem com o tradicional sistema,
subvertem-no.
Aprendem, ensinam, superam...
Adversidades.

Mestres sem pleito ou coroa,
ofício sem holofotes ou fama.
Glórias, injúrias, infâmias...
Perfeito contexto de infinitas possibilidades.

E vitórias e derrotas contínuas
no ato diário de moldar diamantes brutos
para o exercício da cidadania
no seio da sociedade.

J.W.Papa

Meu eterno agradecimento aos meus professores de infância, por ter lapidado e ensinado a andar por caminhos até então desconhecidos.

Reinaldo Vasconcelos Pereira

E Disse Deus a Noé, Faça Backup Que Vou Formatar...

Essa Fica Como Homenagem Ao meu ex-professor de Montagem e Manutenção Marcos! Abraço Vey...

jose antonio

A palavra que expressa a admiração, respeito e carinho por meus professores é AGRADECIMENTO. Agradecer pela paciência, pela partilha de conhecimento, pelos ensinamentos para a vida, professor não somente ensina matérias, professor disciplina alunos, aconselha, gerencia atividades, planeja o futuro e principalmente é formador de opinião, professor nos faz pensar, refletir, colocar as ideias no lugar. O que seria de nós sem os professores que aliado aos pais nos formam personalidades do bem. Professores não são esquecidos, são lembrados com carinho e ternura, o saudosismo sempre é válido em se tratando de professores.
Quem não se lembra dos professores que marcaram a sua vida, daquela aula cuja matéria muito interessa, daquela bronca não bem recebida pela imaturidade, quem não se lembra dos jeitos particulares e únicos de cada um lecionar, quem não se lembra da rigidez cobrada para cumprimento do respeito mútuo.
Aos mestres uma luta diária, a motivação não monetária para exercer o profissionalismo da melhor forma.
Os professores nos apresentaram matérias que muito usaremos na vida e outras lições que não estavam incluídas nos livros.
Sou grata e honrada pelos professores que tive, pelos ensinamentos que colhi e pela certeza da contribuição árdua desses profissionais para mudanças significativas e cumprimento da frase tatuada na nossa bandeira: Ordem e Progresso.

Arcise Câmara

Uma Mulher de Valor

Este texto é uma homenagem à Professora Maria Ângela Pimentel Mangeon Elias , uma mulher especial, que encanta a todos com sua graça, sua vitalidade, sua força de vontade e sua determinação em construir um mundo melhor, e, principalmente, em nos mostrar, a cada dia, e em todos os dias de sua existência, que isso é possível. Parabéns à nossa querida Professora neste dia em que completa mais um ano de encantadora existência.


Uma mulher de valor
Não é aquela que só nasceu para ser mãe
Ou irmã, ou companheira, ou amante, ou educadora
Uma mulher de valor tem tudo isso em sua bagagem
E mais outro tanto, guardado em seu coração
Em um coração que, normalmente, não pulsa
Deixa, com serenidade, o sangue fluir
Indo e voltando, como um rio
(Grande ou pequeno, afinal, todos os rios são iguais)
Como um rio que vai e volta...
Vai e volta...Sempre volta, na sua forma de voltar
E sempre tem serenidade em suas águas
Embora, por vezes, suas aguas pareçam revoltas
Uma mulher de valor é assim, uma mistura perfeita
Um amálgama entre o humano e o divino
Entre o santo e o não santo, entre o espírito e a matéria
Uma mulher de valor é atraente, naturalmente
Não precisa de subterfúgios, não precisa de salamaleques
Naturalmente se apresenta, e naturalmente encanta
Vive naturalmente, compreendendo que a vida é uma passagem
Só uma passagem, uma ponte, entre o hoje e o amanhã...
Não vive o passado, não olha para trás, não se distrai
Segue em frente, sempre em frente, nada a detêm, nada!
E leva consigo todos que querem atravessar a ponte
Todos que querem conhecer o futuro
Todos que querem estar ao seu lado neste futuro
Uma mulher de valor...
Encanta-se com cada novo dia, com o nascer da aurora
Louva a cada novo dia, encanta-se com a vida, com as flores
E com os inúmeros jardins da vida, aqui e acolá
Encanta-se tanto que chega a fazer parte deles
Tornando-se uma flor, tornando-se uma flor-mulher
De um valor inestimável, de um encanto contagiante
De suave perfume...Tornando-se mulher!
Meiga, angelical, doce, próxima, parte de cada um de nós
E nós todos a amamos, como amamos tudo que é belo, divino
Nós a amamos, muito e muito!
Afinal, o valor está em toda mulher, não é mesmo?
Em cada uma com suas particularidades
E nesta, em especial...Ela é especial!
....

Poeta Sidarta da Silva Martins

A vida homenageia a todo professor, a cada dia, uma nova página. É nossa cotidiana responsabilidade o que nela se escrever.

celso antunes

HOMENAGEM AOS MEUS QUERIDOS COLEGAS PROFESSORES PELO NOSSO DIA.
Profª Lourdes Duarte
Em nome das minhas filhas que são professoras competentes e dedicadas, quero homenagear todos os meus colegas de profissão de onde trabalho e de todo Brasil.
O Professor É parte integrante De nossas vitórias, Mas nem sempre recebe mérito justo.
Se parássemos pra pensar o quanto vale um professor daríamos bem mais valor á essa profissão de ensinar. Pois independente de seu salário procuram ensinar com muita dedicação ajudando pessoas a enxergar o mundo letrado com clareza decifrando letras, palavras frases e números...com esse seu trabalho diário e muitas vezes árduo. E não haveria nenhum doutor se no início de sua carreira não tivesse tido um professor.
Que bom que escolhi essa missão e dou graças a Deus que por minhas mãos foram plantadas muitas sementes e que hoje dão bons frutos. Doutores, engenheiros, professores, e tantas outras profissões são exercidas por ex alunos e para mim não tem recompensa maior.
Aos meus ex professores e aos colegas de profissão meus agradecimentos e PARABÉNS pelo nosso dia!

Prof Lourdes Duarte

* HOMENAGEM AO PROFESSOR*

PROFESSORES AMIGOS, DECIDIDOS, CAMARADAS,
COMPANHEIROS DE AVENTURAS, ENTRE SALAS SUFOCADAS.
QUANDO ESTAMOS UNIDOS, SOMOS FILHOS PROTEGIDOS
SOMOS NÓS BEBÊS PERDIDOS EM MATÉRIAS DIFICULTADAS
PRIMEIRO PORTUGUÊS, MATEM[ATICA, INGLÊS.
EM NOSSAS CABEÇAS CRIANÇAS
NÃO ENTENDE NEM UMA DAS TRÊS.
HISTÓRIA, GEOGRAFIA, MEU DEUS QUE CONFUSÃO.
ARTES, O.S.P.B.,É DEMAIS PRA O CORAÇÃO.
CIÊNCIA, GEOMETRIA, TODAS PRA NÓS ENROLA
AGORA NA HORA DA FÍSICA,GOSTAMOS É DE JOGAR BOLA.
MAS DE REPENTE, A GENTE, FAZ ALGUMA TRAVESSURA
QUANDO SENTE QUE AMARGURA, APARECE O DIRETOR,
E A GENTE SE SENTE INFANTIL, MAS TUDO É BRASIL
OBRIGADO ....*PROFESSOR***


CANÇÃO QUE FIZ PARA MINHA FILHA QUE PRECISAVA UMA NOTA MAIOR NO COLÉGIO, CLAUDIA CRISTINA, , DEU ME INSPIRAÇÃO. *MINHA FILHA.

COMPOSIÇÃO DE DIVANIL GARCIA.

divanilgarcia

Está Tudo Errado, Mas Eu Faço Direito - Homenagem aos Professores , Alunos e Operadores do Direito.

Gil Nunes

Hoje é o Dia do Professor


Homenagens na verdade,
o professor bem merece.
Jorrando criatividade
ele também se entristece.
É o drama do educador
onde a família se alheia.
Dando instruções e amor,
incentiva-o no que anseia:
A escola valorizada,
de fé e colaboradores,
o sucesso na empreitada,
por vencimentos melhores.
Resta ao mestre o brilhantismo,
o que o tem iluminado,
fazendo-o achar mecanismo,
equilíbrios desejados.
SALVE ESTE EDUCADOR!
Sua ação com maestria,
o espírito criador
resultando em harmonia.

Antonia Neusa de Oliveira (aneusapoesias)

EM HOMENAGEM AO MESTRE DOS MESTRES
Ser ou não ser eis aí a questão... Pois então um dia quando criança VOCÊ sonhou, planejou, ficou em dúvida, estudou, batalhou e formou-se. Enfrentou algumas dificuldades pelo caminho, mas nada impediu que VOCÊ tornasse esta pessoa que hoje
conheço como PROFESSOR poderia ter escolhido outro ofício a não ser ensinar-me o que aprendeu e ainda está aprendendo. Mas não você escolheu ser um MESTRE, assim como aquele que VOCÊ devê por tudo que conseguiu absorver de seu conhecimento.
Ser o que VOCÊ é não é nada fácil, mas também não é impossível transmitir aos outros o que aprendeu, não apenas ensinar a sua disciplina. Mas auxiliar a dar cada passo a realidade em cada bronca, puxão de orelha... Uma lição mesmo sabendo que poderia não lhe ouvir e VOCÊ insiste, persiste chega a pensar em desistir, mas tem consciência que será bom pra mim. Ao conquistar minha confiança, VOCÊ passa não só ser meu MESTRE, mas um eterno AMIGO que posso contar sempre.
A VOCÊ PROFESSOR que move a HUMANIDADE, forma a grande SOCIEDADE, transforma novos PENSADORES... Meu eterno carinho, amor e gratidão. Sem VOCÊ o que seria os PROFISSIONAIS que hoje estão formados ou esta em processo de formação? O que seria de VOCÊ sem nos APRENDIZES de suas experiências? O MESTRE e o APRENDIZ fazem a grande diferença na SOCIEDADE, o MESTRE por passar seus conhecimentos adiante, o APRENDIZ por absorver seu ensinamento e fazer dele nova as coisas.
Devo agradecer de todo meu coração primeiramente a DEUS por esta obra-prima, em seguida a todos os PROFESSORES que conheço e que passaram por minha vida. MESTRE obrigado por me fazer mais humana, me conceder sua amizade, não desistir de mim e muito menos de seu trabalho, por chamar minha atenção inúmeras vezes... Obrigada por escolher ser PROFESSOR o MESTRE dos MESTRES e trabalhar com muito amor.
PARABÉNS PROFESSOR!!!

Lauani Caetano Lima

São professores que ora se orgulham, quando são elogiados, homenageados, mas que destratam seus alunos quando impelem em suas mentes que ser professor não é bom.
Ser professor é mágico, é tão brilhante quanto ser pai, é tão fascinante quanto ser médico ou bombeiro este último sim, desvalorizado.

Douglas Melo

HOMENAGEM AO PROFESSOR:A ORIGEM DOS DIAMANTES

Professores são arautos. Portadores que se ocupam em levar mensagens diversas aos receptores que, ao fim, simbolizam a esperança que depositamos em novos e melhores tempos. Movidos por um altruísmo comum aos grandes personagens da História - que comumente mesclam em sua jornada um misto de idealismo e capacidade de realização -, nosso exército de mestres desbrava fronteiras e adentra aldeias indígenas, comunidades quilombolas, bairros movimentados das metrópoles. Seja nos cursos mais elementares de alfabetização, seja nas universidades mais renomadas do País, sempre há a figura desse lapidador. Desses homens e mulheres que, cuidadosamente, permitem que pedras brutas se transformem em jóias cujo brilho é capaz de iluminar o futuro. Hoje é Dia do Professor. Data que demanda reflexões sobre o que é realmente essencial no vaivém contínuo do processo ensino-aprendizagem. Momento de observar que, nas últimas décadas, o papel da escola foi ganhando novos contornos. Novas alterações provenientes de métodos educacionais mais modernos. Resultantes tanto da troca ininterrupta de experiências no setor quanto da consciência social em torno da importância da educação. Do ensino de excelência nesta que é a Era da Informação e do Conhecimento. São mudanças que ampliaram sobremaneira os horizontes. Renovações que tiveram início com passos importantes rumo à democratização da aquisição de conhecimento. Hoje, muitas escolas já estão informatizadas e, portanto, conectadas ao mundo. Exigência de uma época que requer habilidades e talentos cada vez mais diversos, como a fluência em mais de um idioma. É fato que o mercado de trabalho não tolera amadores. E também é fato que a cobrança sobre a capacidade dos aprendizes recai sobre o professor. Profissional de quem a sociedade exige aprimoramento ininterrupto. Por esse motivo, é importante que os educadores relembrem os modelos referenciais do ensino de qualidade muitas vezes empregado ao longo da História. É o caso do método utilizado por Aristóteles em seu desejo de formar uma geração de jovens éticos e, portanto, felizes. O liceu do estagirita era um espaço privilegiado em que a virtude e a busca pelo meio termo permeavam as discussões filosóficas entre o educador e seus jovens aprendizes. No mesmo diapasão, o filósofo Pedro Abelardo, nas escolas francesas, desafiava os estudantes a colocar em prática o potencial gigante, mas ainda adormecido, que habitava em cada um. Mais recentemente, temos o modelo de Dom Bosco, mestre dos salesianos. Verdadeiro professor que exaltava o amor como o único caminho para a educação verdadeiramente completa. Mário Quintana, em outra seara, poetizava: "E no dia em que tratardes um dragão por Joli, ele te seguirá por toda a parte como se fosse um cachorrinho". Por meio dessa metáfora tão bela quanto inusitada, o poeta nos ensina que é possível modificar para melhor os seres considerados mais amedrontadores. Para isso, basta que recebam carinho e atenção como tratamento. Em outros termos: se até um dragão pode ficar dócil, carinhoso, o que dizer de um aluno? Já Paulo Bonfim, outro artesão da palavra - considerado o príncipe dos poetas brasileiros - diz que a juventude precisa de um tema. Um tema que a torne protagonista. Um tema que a instigue a viver. É como na arte: uma vez sem bons temas, as peças ficam sem sentido, os textos empobrecem, as danças perdem a magia. Eis aqui nossa homenagem àqueles que são leais à missão de educar. Sábios que não servem a um partido ou a um governo, mas sim à causa nobre da educação. Servem a um sonho. Talvez o mesmo vivenciado por Aristóteles, Abelardo, Dom Bosco: o sonho de lapidar diamantes. Mestres que neste, e em todos os outros dias, acreditam que o esforço do trabalho será recompensado pela magnitude do resultado. Pela beleza rara da jóia que começa a tomar forma, sempre, em suas mãos.


Publicado nos jornais Jornal da Tarde Tarde, Diário do Grande ABC, A Tribuna, Correio Popular e Vale Paraibano

Gabriel Chalita