Acelera o Coração

Cerca de 30738 frases e pensamentos: Acelera o Coração

"As pessoas são pesadas demais pra carregá-las nos ombros, por isso, levo-as no coração."

Dom Hélder Câmara

Como se vive num mundo tão hipócrita tendo tanta verdade dentro do coração?

Tati Bernardi

"Faça o que seu coração acha certo. De qualquer forma você será criticado."

Eleanor Roosevelt

O verão está instalado no meu coração.

Clarice Lispector

"O que me dói não é o que há no coração, mas essas coisas lindas, que jamais existirão..."

Fernando Pessoa

Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!
Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?

Arnaldo Jabor

"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece"
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece"
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece"
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."
"O coração tem imbecilidades que a estupidez desconhece."

Millôr Fernandes

"Seu coração não é estrada para passeio de muitos,seu coração é lugar que só fica quem faz por merecer."

Charles Chaplin

Errante

Meu coração da cor dos rubros vinhos
Rasga a mortalha do meu peito brando
E vai fugindo, e tonto vai andando
A perder-se nas brumas dos caminhos.

Meu coração o místico profeta,
O paladino audaz da desventura,
Que sonha ser um santo e um poeta,
Vai procurar o Paço da Ventura...

Meu coração não chega lá decerto...
Não conhece o caminho nem o trilho,
Nem há memória desse sítio incerto...

Eu tecerei uns sonhos irreais...
Como essa mãe que viu partir o filho,
Como esse filho que não voltou mais!

Florbela Espanca

Soneto XLVII

"Entre minha vista e meu coração estabeleceu-se um acordo,
E agora cada qual faz ao outro um favor:
Quando meu olho está faminto por um olhar,
Ou o coração almejando amar com suspiros que ele mesmo abafa,
Com o retrato do meu amor então a minha visão entra em festa,
E ao banquete esboçado convida o coração:
Assim, quer seja por teu retrato ou por meu amor,
Estás, mesmo longe, presente sempre ainda comigo:
Pois não estás mais distante que o alcance dos meus pensamentos,
E eu estou unido a eles, e eles contigo;
Ou se eles dormem, teu retrato na minha vista
Desperta o meu coração para a alegria de vista e coração."

William Shakespeare

“……O CORAÇÃO TEM RAZÕES QUE A PRÓPRIA RAZÃO DESCONHECE……"

Blaise Pascal

O coração do homem-bomba faz tum tum
Até o dia em que ele fizer bum!

Zeca Baleiro

As Rosas Não Falam


Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminado o verão
Enfim
Volto ao jardim
Na certeza que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim
Queixo-me às rosas
Mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti, ai
Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E quem sabe sonhavas os meus sonhos
Por fim
Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E quem sabe sonhavas os meus sonhos
Por fim.

Cartola

Bem por isso mesmo diz o caboclo: a alegria vem das tripas — barriga cheia, coração alegre. O que é pura verdade.

Cora Coralina

Um mês de abstinência dele, e o coração quer ter recaidas agora?! Ah coração, não me envergonhe!

Tati Bernardi

Quando a razão é capaz de entender o ocorrido, as feridas no coração já são profundas demais.

Carlos Ruiz Zafón

Recebi no coração o golpe de misericórdia. Ah! Eu não o havia previsto.

Arthur Rimbaud

Saudade do teu grande abraço.
Perto do Coração Selvagem

Clarice Lispector

Pouco importa de onde a brisa
Traz o olor que nela vem.
O coração não precisa
De saber o que é o bem.
A mim me basta nesta hora
A melodia que embala.
Que importa se, sedutora,
As forças da alma cala?
Quem sou, p'ra que o mundo perca
Com o que penso a sonhar?
Se a melodia me cerca
Vivo só o me cercar...

Fernando Pessoa

Gargalhada

Homem vulgar! Homem de coração mesquinho!
Eu te quero ensinar a arte sublime de rir.
Dobra essa orelha grosseira, e escuta
o ritmo e o som da minha gargalhada:

Ah! Ah! Ah! Ah!
Ah! Ah! Ah! Ah!

Não vês?
É preciso jogar por escadas de mármores baixelas de ouro.
Rebentar colares, partir espelhos, quebrar cristais,
vergar a lâmina das espadas e despedaçar estátuas,
destruir as lâmpadas, abater cúpulas,
e atirar para longe os pandeiros e as liras...

O riso magnífico é um trecho dessa música desvairada.

Mas é preciso ter baixelas de ouro,
compreendes?
— e colares, e espelhos, e espadas e estátuas.
E as lâmpadas, Deus do céu!
E os pandeiros ágeis e as liras sonoras e trêmulas...

Escuta bem:

Ah! Ah! Ah! Ah!
Ah! Ah! Ah! Ah!

Só de três lugares nasceu até hoje essa música heróica:
do céu que venta,
do mar que dança,
e de mim.

Cecília Meireles